Certificado de conclusão do Ensino Médio inválido, o que fazer?

07/jun/2017 às 22:41 por Profa. Sônia R.Aranha em: educação

 

Recebo centenas de pedido de ajuda com relação a certificados de conclusão do ensino médio inválidos.

Mas o que é isso ?

O aluno não pode dar continuidade em seus estudos na época correta, o tempo passa e ele precisa concluir o Ensino Médio, afinal, sabemos que sem o Ensino Médio a vida profissional fica inviabilizada.

Então, o aluno recorre a modalidade de ensino a distância. Em geral, estas “escolas” dizem que basta fazer as provas , receber apostilas para estudo e pagar as mensalidades e receber o certificado. O aluno faz tudo isso,mas no final do processo, recebe um certificado de uma escola que ele não estudou e de um outro Estado.

Exemplo:  o aluno estudou  em uma  “escola” em  São Paulo, capital, mas ao receber o certificado verifica que foi emitido por uma escola que ele nunca viu na sua vida e que fica no Estado do Rio de Janeiro.

Qual  problema configurado?

1) A escola para funcionar precisa de uma autorização da Secretaria de Educação do Estado no qual tem a sede, se ela não tiver autorização, isto é, credenciamento para funcionar, ela não é escola de fato,mesmo que tenha as portas abertas, carteiras e quadro negro;

2) A escola pode ter autorização de funcionamento concedido pela Secretaria de Educação do Estado no qual tem a sede e pode abrir um polo em um outro Estado e cidade, porém, para cada um dos polos terá que pedir autorização de funcionamento para as Secretarias de Educação de cada local que queira colocar um polo;

3) Sem estas autorizações estas “escolas” não são escolas de fato.

Se o aluno entrou em uma escola  que não tem autorização, entrou em uma fria e recomendo que faça o ENCEEJA (O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) que ocorrerá em janeiro de 2018  ou supletivo , EJA (Educação de Jovens e Adultos ) em escola pública que é mais confiável, para conquistar o seu certificado válido de ensino médio.

Se o aluno recebeu um certificado das escolas cassadas e já está adiantado nos estudos da faculdade, as saídas são:

1) Trancar a faculdade, voltar para o supletivo concluir o Ensino Médio e somente depois  retomar os estudos na faculdade;

2) Se o aluno tem certificado de conclusão do Ensino Médio, no verso do certificado tem o carimbo da Secretaria de Educação,  assinatura do inspetor escolar, tem o nome publicado no Diário Oficial do Estado, e mesmo assim a faculdade não aceita o certificado, o jeito é buscar a Justiça.

De todo o modo, esta situação de ter um certificado de conclusão do Ensino Médio inválido é  bem complicada, não é fácil de sair , mas cada caso é um caso. O melhor seria não cair nestas arapucas, uma vez que caiu, sair não é nada simples.

Caso seja o seu caso e você quer resolver na Justiça, entre em contato: saranha@mpcnet.com.br – posso indicar advogada que está obtendo êxito em casos assemelhados.

Tags: ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

29 Comentários »

  1. Roberta Oliveira comenta,

    julho 21, 2017 @ 14:42

    Sonia, boa tarde.
    Admiro muito seu trabalho e sempre responde aos meus comentários.
    Eu fiquei em DP de algumas matérias no ensino médio e solicitei a conclusão através do ENEM de 2016. Essa semana fui ao Instituto Federal de Educação e Ciência e Tecnologia (CAMPUS HORTOLÂNDIA) para retirar o certificado e na verdade só tem uma Declaração Parcial de Proficiência, o que seria esse documento? Com esse documento consigo fazer um tecnólogo?

    Desde já agradeço!

    Roberta Oliveira

  2. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 25, 2017 @ 16:42

    Roberta Oliveira, não sei lhe informar a respeito.
    Pegue o documento ou ligue para uma Diretoria de Ensino para saber do que se trata, ok?

    Diretoria de Ensino de Sumaré

    R. Luiz José Duarte 333 – Jd Carlos Basso

    Telefone: (19) 3803-1600 – (Central – PABX)
    (19) 3803-1616 – (Equipe de Supervisão de Ensino)

    abraços

  3. Gaby comenta,

    julho 30, 2017 @ 3:42

    Olá profª Sônia Aranha

    Estudo em uma escola aqui no Estado de São Paulo no período noturno com 5 aulas, e estou com problemas de ausência, contei o nº de faltas no 1º bimestre e o total foram 48, e no 2º bimestre foram 78 faltas no total. :/

    Porém teve uma semana em Maio em que faltei por ter ficado doente, mas não fui no médico para poder apresentar atestado.

    Liguei na escola e me disseram que se eu não ter mais problemas de faltas, não reprovarei.

    Estou confusa, porque o total de falta no ano letivo deve ser 50 e só no 1º e 2º bimestre ja estourei de faltas no total.

    É verdade mesmo que não reprovarei se pegar firme e não ter mais problemas de faltas no 3º e 4º bimestre?

  4. Gaby comenta,

    julho 30, 2017 @ 21:58

    Olá profª Sônia Aranha

    Estudo na 3ª série do Ensino Médio, numa escola aqui no interior do Estado de São Paulo no período noturno com 5 aulas.

    Estou com problemas de falta, no 1º bimestre o total delas foram 48 e no 2º bimestre o total foram 78 faltas. Eles já me alertaram para parar de faltar, pois corro o risco de repetir.

    Outro dia liguei na escola e perguntei se eu parar de faltar no 3º e 4º bimestre posso passar de ano, e eles disseram que não reprovarei se parar de faltar.

    Fiquei confusa pois o total de faltas deve ser 50 e só no 1º e 2º bimestres já estourei de faltas… Se eu não faltar mais durante esses 4 meses de aula que restam eu não reprovarei??

  5. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 31, 2017 @ 15:14

    Gaby depende do que isso significa… faltas é igual a hora/aula ou dias letivos?

    Veja , no seu 3o ano teve ter 1.000 horas no total de carga horária do ano.

    Então, você pode faltar 250 horas ou 50 dias letivos.

    Se faltas para você significa dias letivos está para reprovar

    Se faltas para você significa horas/aula não está para reprovar.

    Depende do que significa faltas se dias letivos ou horas/aula, ok?

    Defina isso com a secretaria de sua escola e saberá como está a sua situação, ok?

    abraços

  6. Tatiane comenta,

    setembro 12, 2017 @ 21:58

    Olá boa noite, a secretaria da educação da cidade onde moro , proibiu as crianças do infantil e fundamental ir brincar no parquinho e de usar a sala de vídeo teca pra assistir filmes.so pode usar a sala de vídeo teca só quando for fazer projeto.gostaria de saber se a coordenadora tem esse direito.pois as crianças da tarde fica só na sala .acho que criança de 4 anos tem q sair um pouco no ar livre.

  7. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 15, 2017 @ 20:10

    Tatiane, precisa verificar o motivo pelo qual a Secretaria de Educação do seu município fez esta regra, juntar mães e professores, elaborar documento questionando a medida e solicitar um projeto pedagógico infantil mais adequado para atender a educação infantil, ok? Abraços!!

  8. Paulo comenta,

    janeiro 22, 2018 @ 1:26

    Boa noite, minha esposa fez o eja a distancia aqui em ribeirao preto e o certificado veio de uma escola do Pará o nome da escola é a IETAAM, sera que esse certificado vale para escolas tecnicas de Sao Paulo, pois da primeira vez deram o certificado do rj e a escola nao aceitou

  9. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 29, 2018 @ 16:19

    Paulo, hummm

    1) Não pode morar em São Paulo e estudar a distância sem que a escola que certifica tenha autorização para fazer isso junto a Secretaria do Estado de origem e também da Secretaria de Educação do estado de destino, caso contrário, é ilegal e é o que mais tem por aí.

    2) Só é válido se tiver visto confere – carimbo da Secretaria de Estado , assinatura do órgão público e nome publicado no Diário Oficial do Estado de origem da escola. Mas mesmo assim, será contestado aqui no Estado de São Paulo.

    4) Recomendo que faça supletivo em escola pública para garantir um certificado válido , com GDAE, e para não ter dores de cabeça porque elas virão e para resolver só na Justiça e olhe lá .. com um custo alto.

    Faça CEEJA – supletivo público e flexível. Logo resolve este problema Rua Guaruja, 1159 – Jd.Paulista
    (16) 3624-4151 – 3618-1026

    ok?

  10. Tales de oliveira comenta,

    fevereiro 18, 2018 @ 18:59

    Boa tarde gostaria de saber como faço para me ajudar,
    Pois concluir o ensino médio a distância tenho o certificado junto com o visto conferir da secretaria estadual de educação do Rio de janeiro. Me matriculei em um curso técnico em são Bernardo do campo SP … paguei todas as mensalidades e concluir o curso, mas não consigo pegar o certificado de conclusão de curso técnico devido a diretoria de ensino de são Bernardo do campo SP eles não reconhecer o certificado de conclusão de ensino médio

  11. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 19, 2018 @ 1:43

    Tales, infelizmente a certificado de EAD do Rio de Janeiro não tem legalidade no Estado de São Paulo porque precisaria ter uma autorização da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

    Então, o que fazer?

    1) Dependendo da escola que o certificou pode tentar regularizar a situação via Justiça, mas tem que ser lá no Rio de Janeiro. Caso precise posso lhe indicar advogada para isso. Alerto apenas que a consulta com a advogada não é gratuita.

    2) Você pode ter um EJA – supletivo em escola pública (para não cair em mais uma armadilha) para conquistar um certificado de ensino médio válido no Estado de São Paulo e depois tentar a convalidação de estudos junto ao Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo ou buscar a Justiça, porque a data da finalização do ensino médio será posterior da data de finalização do técnico e haverá um problema para o técnico fornecer o certificado, mas pelo menos é mais fácil para resolver.

    ok?

  12. Cláudio Silva comenta,

    fevereiro 26, 2018 @ 17:52

    Boa tarde Sônia,

    No ano de 2006 participei da modalidade de ensino EJA através de uma instituição privada. Fiz as provas presenciais e recebi um certificado de conclusão do Ensino Médio, registrado em Diário Oficial. Porém só quando recebi a certificação, soube que o colégio mantinha sede no Estado do Rio de Janeiro. Em 2015 eu decidi prestar vestibular e fiz algumas pesquisas. Soube que o colégio havia sido extinto. E vi algumas pessoas avisando que deveria solicitar a autenticação do Diploma. Enviei os documentos em 2015 para solicitar a autenticação. Nesse meio tempo fui aceito na universidade no curso de Tecnólogo em Gestão Pública. E desde então venho entrando em contato com a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro para saber como andava o processo, não obtendo nenhum sucesso quanto informações. Pois bem, concluí meu curso em dezembro/2017. E em 7/12/2017 recebi um e-mail com cópia de ofício dizendo que meu nome não consta como concluinte do Ensino Médio. Em 24/11/2017 recebi uma notificação através da área do aluno da Unicid onde solicitava o visto confere, entrei em contato com a universidade e me disseram que era erro do sistema. a notificação sumiu. Hoje entrei novamente e estava solicitando o visto confere. Gostaria de saber o que fazer, porque a colação de grau é no próximo mês e vou ficar impedido de receber o certificado de conclusão. Gostaria de saber também quais são as taxas que você cobra para me informar como proceder e também de honorários caso eu tenha que entrar com ação na justiça.
    Grato.

  13. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 26, 2018 @ 19:29

    Claudio infelizmente o seu drama é de muitos. Nenhuma solução que eu vou postar aqui tem o tempo que você precisa.

    1) Uma saída é tentar a Justiça. Vou lhe enviar e-mail com o contato da advogada que tem atuado nesta área e obtido êxito. Mas a consulta não é gratuita. Ela impetrando uma ação não significa também que obterá êxito, infelizmente cada caso é um caso, cada juiz tem uma cabeça.. enfim… Ela obtive êxito em alguns casos e outros não… Mas é um jeito de conseguir ter o diploma.

    2) Outra possibilidade é você fazer o CEEJA aí em São Paulo. É um supletivo público e flexível e fica no bairro do Belém. Av. Alcântara Machado no 4188 – telefone: 2604- 5849. Você faz o CEEJA e conquista o seu certificado de ensino médio válido , com GDAE, mas o problema não termina. Com o certificado do ensino médio em mãos você terá que tentar convalidá-lo junto ao Conselho Estadual de Educação ou Nacional ou via Justiça. Mas pelo menos terá um certificado válido e fica bem mais fácil. Por que isso? Porque a data do certificado será posterior a data do término do ensino superior e daí a faculdade não vai querer emitir o diploma.

    Essas são as saídas. .. nenhuma fácil, infelizmente….

    att

  14. André Meirinho comenta,

    março 27, 2018 @ 12:07

    Bom dia. Eu concluí em 2010 o ensino médio na modalidade EJA pela entidade Jardim Escola Vitória(Escola Triunfo). Recebi todos os documentos, declaração assinada pelo diretor, histórico com carimbos e assinaturas de diretora do MEC, e certificado de conclusão com carimbos e assinaturas do MEC e no verso, carimbo e assinatura do SEEDUC.

    Também foi publicado no DOU certinho.

    Porém, há um erro no certificado, que diz que concluí em 2011 quando nos demais documentos e publicação, consta em 2010. Não consigo qualquer tipo de contato mais com a Escola, nem sei se ainda existe. O que fazer nesse caso? Pois foi apenas um erro de digitação e está me impedindo de conseguir certificado de curso superior que já concluí.

  15. Angélica Cava Zanetti comenta,

    março 28, 2018 @ 16:09

    Bom dia Sônia,

    Meu nome é Angélica, estou enviando esse e-mail para saber se você pode me ajudar.
    Segue em anexo o Certificado do Ensino Médio do meu cunhado ANDERSON DONIZETTI DE FREITAS, juntamente com a carta recebida por Ele através da Instituição Unopar.
    Ele concluiu o Ensino Médio em 26/05/2007 através de uma Instituição chamada Meta que se localizava aqui em Poços de Caldas/MG onde Ele reside.
    Agora esse ano resolveu fazer graduação a distância pela Unopar, porém foi informado de que necessita de um certificado Visto. Não sei se esse certificado está no diploma de conclusão e também não sei o que devemos fazer para consertar isso. Estamos preocupados pois já a dois meses Ele começou a faculdade.
    Peço encarecidamente que me ajude a esclarecer, pois sou leiga no assunto.

    Desde já antecipo agradecimentos e aguardo retorno.

  16. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2018 @ 15:35

    Angélica,

    1) Visto confere significa assinatura e carimbo da Secretaria de Educação do Estado da escola que emitiu o certificado. Este visto confer, como o nome diz, confere ao certificado validade.

    2) É preciso verificar se a escola, cujo nome e endereço constam do certificado de conclusão do ensino médio é autorizada. Para saber isso, tem que solicitar informação junto a Secretaria de Educação do Estado da escola. Se a escola é de Minas Gerais, solicitar informação para a Secretaria de Educação de Minas Gerais. Se a escola é de outro Estado para a Secretaria de Educação correspondente.

    3) Se a escola for autorizada, solicitar para a escola o visto confere e a publicação do nome em Diário Oficial do Estado. Se a escola não for autorizada, será preciso levantar junto a Secretaria de Educação, quando teve autorização e quando foi cassada para verificar se a data do certificado está fora da autorização.

    4) Se a escola não era autorizada quando emitiu o certificado o seu cunhado não tem ensino médio e precisará fazê-lo via EJA – Educação de Jovens e Adultos em escola pública para não cair novamente em uma armadilha ou prestar o ENCEEJA – Exame de Certificado de Educação de Jovens e Adultos cuja inscrição abrirá provavelmente em Maio e o exame ocorrerá em outubro ou novembro.

    Não analiso documento gratuitamente, somente se contratarem o meus serviços de consultoria. Informações gratuitas somente aqui sem análise documental, ok? Caso precise contratar meus serviços para esmiuçar o caso entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  17. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2018 @ 17:39

    André, difícil conseguir a correção deste erro porque esta escola foi cassada.

    Talvez consiga via Justiça ação contra a SEEDUC. Pelo procedimento administrativo acredito que demore um século, a SEEDUC está muitíssimo morosa.. mais rápido via Justiça. Porém, é uma ação que gerará custos, não tem jeito.

    Caso precise de um advogado posso lhe indicar, porém alerto que a consulta não é gratuita.

    Outra possibilidade é prestar ENCEEJA no final do ano para obter um certificado de conclusão de ensino médio válido e sem problemas.

    ok?

    abraços

  18. Arthur Leandro comenta,

    abril 30, 2018 @ 16:31

    Já entrei duas vezes numa universidade federal e em uma faculdade particular, inclusive curso sem problemas Psicologia atualmente, fiz o ingresso numa segunda faculdade e eles não querem regularizar minha matrícula. O motivo? Segundo eles minha ficha 19 é inválida como certificado, pois, ao invés de estar escrito que eu “concluí” o ensino médio está dito que eu o “cursei”. Argumentei que havia atrás da ficha, nas próprias notas, que eu tinha “Progressão plena” sinônimo de “Aprovação” para todas as séries do Ensino médio, e que a interpretação mais ÓBVIA disso é que o certificado do cursar era também um de conclusão. Não adiantou. Bom… Sinceramente não estou a fim de ir na minha escola pegar uma outra ficha pedindo que eles reformulem a interface do documento por causa de uma palavra, prefiro entrar na briga. Estou bem munido? Estou na lei?

  19. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 7, 2018 @ 17:51

    Arthur difícil eu lhe dar uma opinião porque eu teria que analisar o documento.

    Recomendo que você procure a Secretaria de Educação do seu Estado, leve a ficha e com eles verifique de que esteja correta.

    Se der uma busca pelo Google encontrará muitas denúncias de fraude feitas com esta ficha, razão pela qual a secretaria da sua faculdade não quer ter o risco de aceitar um documento que pode ser falso.

    Então, o melhor modo é buscar informações seguras junto a Secretaria de Educação do seu Estado e se for o caso para que deem um visto confere para por fim na suspeita em definitivo.

    ok?

    abraços

  20. Samuel edilson comenta,

    junho 28, 2018 @ 17:15

    Olá.. eu terminei o ensino médio em uma escola onde o processo era rápido.. mas ao terminar só recebi uma declaração de conclusão.. e não recebi o certificado pois quando fui buscar a escola tinha mudado de lugar e não sei para onde foram.. o que devo fazer?

  21. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 28, 2018 @ 23:25

    Samuel, você caiu em uma arapuca. Na verdade o local que você fez o ensino médio rápido não era uma escola..

    Recomendo que faça CEEJA ou EJA em escola pública para não cair em outra armadilha ou preste em 2019 o ENCEEJA que é o EXAME NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS.

    ok? abraços

  22. João Matheus comenta,

    julho 15, 2018 @ 7:56

    Boa Noite professora Sônia, queria muito saber o que eu tenho que fazer diante da situação que eu estou.

    Emfim, eu cursei o meu primeiro ano do Ensino Médio em uma escola chamada Mercúrio/Pavuna-RJ, em 2016. Em 2017 me matriculei numa escola chamada Educandários Trigos Dourados/Jardim América-RJ, para cursar o meu segundo ano do Ensino Médio, então, eu estava cursando meu ensino médio nesta escola, até que a Diretora da Escola passou eu e minha turma inteira para fazer um “supletivo” e terminar o ensino médio no final de 2017. Emfim, chegou no final do ano, ela disse que ñ me daria o meu diploma de conclusão, sem falar o por que. Como eu investigo bem, soube que, na época que ela me passou para fazer esse tal “supletivo” eu tinha 16 anos, e de acordo com a lei, ñ se pode fazer supletivo antes dos 18 anos. Emfim, iniciei uma faculdade de Administração na Estácio, mesmo sem o diploma de conclusão do Ensino Médio, apresentei uma declaração da escola, dizendo que eu conclui o Terceiro Ano do Ensino Médio em dezembro de 2017. O que acontece, eu vou na escola há mais de 7 meses saber se eles tem meu diploma de conclusão do Ensino Médio pronto, porém eles nunca tem, e a Diretora nos trata muito mal, e é muito grossa conosco, sendo que isso é uma escola particular.

    Queria muito saber o que e tenho que fazer, tenho 17 anos agora (faço 18 anos final de 2018), curso Administração, e eu tenho que apresentar meu certificado para a faculdade, porém eu tenho medo da faculdade ñ aceitar meu diploma, pois eu me formei nesse tal “supletivo’ em 2017, e no meu diploma pode vir escrito que eu conclui o Ensino Médio em 2018, pois ñ entregaram ele até agora.

    Como eu iniciei faculdade esse ano 2018, a faculdade ñ vai aceitar um diploma de ensino médio escrito que eu conclui o Ensino Médio em 2018, pois ñ tem como uma pessoa cursar o Ensino Médio e fazer uma graduação ao mesmo tempo. Queria muita saber o que eu tenho que fazer, por favor me ajude.

  23. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 16, 2018 @ 4:15

    João Matheus, problemas…

    1) A idade para fazer o supletivo é 18 anos.

    2) Este limite de idade é rigorosíssimo..

    3) Você terá problemas com a faculdade sim.. a faculdade poderá recusar rematrícula se perceber a data de término do ensino médio.. e se permitir não emitirá o diploma.

    O que fazer:

    1) Aguardar completar os 18 anos é uma opção para emitir notificação extra-judicial para que a escola emita o certificado de conclusão do ensino médio. A data do certificado será aquela após você completar os 18 anos.

    2) Após pegar o certificado levar para a faculdade. Se a faculdade não aceitar . Cancele a matricula, e depois faça outra com novo RA e peça dispensa das disciplinas que já cursou.

    3) Se a faculdade permitir a continuação do curso e no final não emitir o diploma , daí você pede para o Conselho Nacional de Educação para convalidação ou impetre ação de obrigação de fazer na Justiça.

    ok?

    abraços

  24. lucas comenta,

    setembro 2, 2018 @ 12:19

    bom dia professora Sônia, concluir meu ensino médio em 2015, e estou fazendo cursinho, mas semana passada fui olhar meu histórico escolar e acabei percebendo que o dia do meu aniversario esta errado sendo que no certificado esta correto, o que devo fazer ? vou ter problema se eu entrar na faculdade? e se meu colégio tiver fechado o que devo fazer ?

  25. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 3, 2018 @ 20:09

    Lucas,

    1) Primeiro verificar na escola que emitiu o histórico e certificado e solicite a correção.

    2) Se a escola foi extinta , daí é aguardar o que a faculdade diz. Acho que não é um problema esse erro, mas se for quem deverá fazer a correção será a Secretaria de Educação que supervisiona a escola, ok?

    abraços

  26. Weslley comenta,

    setembro 26, 2018 @ 4:40

    Olá, professora Sônia!

    Estou preocupado com uma situação nada agradável sobre o lugar onde fiz o Ensino Médio está sendo investigado de fraudar certificados (numa operação deflagrada pela Polícia Civil do RJ chamada “Nota Zero”) e gostaria de fazer a seguinte pergunta:

    O meu nome foi publicado no DOU e isso faz com que o Certificado seja válido?

    Pois estou cursando nível superior e li alguns casos de pessoas que não conseguirão ter seu diploma após a universidade alegar, no final do curso, que o Certificado não era válido. Neste caso, acho uma tremenda má-fé praticada pela mesma, já que no ato de inscrição ela deveria pesquisar sobre o documento entregue e, só após isso, ela poderia validar a pessoa como apta para cursar em seu estabelecimento.

    O que fazer neste caso?

  27. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 26, 2018 @ 20:08

    Wesley depende.. cada caso é um caso…

    1) Você está correto em dizer que a faculdade poderia verificar isso no ato da matrícula. Mas elas não fazem e quando vão emitir o diploma informam que não o farão porque o certificado é inválido.

    2) Há certificados que possuem o visto confere, na data da emissão do certificado a escola tinha autorização de funcionamento, há a publicação do nome do aluno no D.O. e mesmo assim as faculdades paulistas (por exemplo) não aceitam. Sei de casos de exoneração em cargo público em função disso, mesmo o certificado sendo válido mas de escolas que foram extintas.

    3) Eu recomendo que faça CEEJA ou ENCEEJA .. e busque conquistar um certificado válido e de escola pública
    mas se não quiser, o jeito é buscar a Justiça. Sendo a escola do Rio de Janeiro, impetrar mandado de segurança (isso se você tem todos os documentos certificado com visto confere e publicação do nome no D.O.) na Justiça do Rio de Janeiro (se o certificado é de escola de lá) a ação é contra a SEEDUC – SEcreteria de Educação do Estado do Rio de Janeiro para que emita uma certidão com força de certificado. O problema é que esta ação não é barata… posso indicar advogado caso precise: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  28. Karen de paula comenta,

    dezembro 3, 2018 @ 19:34

    Professora, eu me formei em técnico adm em 2006 no rio de janeiro, só que o colégio nunca me entregou meu diploma ou certificado de conclusão do técnico, somente do médio normal e só em 2009. Em contato com a SEEDUC me informaram que o colégio ñ tinha autotização para lecionar o técnico de 2002 a 2009. E agora o q faço uma vez que paguei todo meu curso técnico???

  29. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 4, 2018 @ 13:21

    Karen,

    Se o colégio não tinha autorização de ministrar aula de técnico nada a ser feito do ponto de vista acadêmico. Terá que fazer outro técnico em escola credenciada.

    Se o colégio ainda existe, você deve buscar na Justiça o reembolso do que você pagou para ter o técnico e não teve. Constitua um advogado ou busque a Defensoria Pública, ok?

    abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !