Prof.Dr. Luis Carlos Freitas, diretor da Faculdade de Educação da Unicamp (que foi meu professor) em entrevista concedida pelos Jornalistas Livres, opina sobre o destino das escolas públicas diante da política liberal da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.


AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01





Tags: , , ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

11 Comentários »

  1. Thomaz Laureano comenta,

    fevereiro 12, 2016 @ 9:21

    Gostaria de saber, sobre dependência escolar, nas escolas estaduais de São Paulo. Tenho dependência de 2 matérias do terceiro ano do ensino médio de 2013. Ouvi dizer que isso não existe mais? Ou como posso fazer para suprir isto?
    Me ajude. Desde já ahradeço. Obrigado

  2. Anderson Sa comenta,

    fevereiro 22, 2016 @ 0:09

    Ola, tenho uma duvida eu fui me matricula no EJA I mas a escolar errou e me matriculou no EJA II eu passei com exito, agora a direção não que libera o meu historico querendo que eu repita o EJA II mas eu não quero como posso resolver isso

  3. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 2:06

    Anderson Sa ,

    1) Qual o seu Estado?
    2) Escola pública ou particular?
    3) EJA I significa Ensino Fundamental, é isso?

    Veja se você não tem o Ensino Fundamental e fez o Médio e foi aprovado poderá recorrer junto ao Conselho Estadual de Educação. Escrever um documento solicitando que regularize a sua situação baseando-se no seguinte:

    esclarecer que “o ensino fundamental não é condição absoluta de possibilidade de ingresso no ensino médio, dada a flexibilidade posta na LDB, em especial no Art. 24, II, c.

    Isso consta do ENEM , se vc fizer o ENEM e atingir a pontuação necessária não precisa ter o Ensino Fundamental.

    Então, é possível sim você receber o certificado de ensino médio sem o ensino fundamental.

    Mas vai precisar brigar por isso. Escrevendo para a direção, depois para a Secretaria de Educação ou direto no Conselho Estadual.

    Eu escrevo defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  4. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 4:26

    Thomaz, se você está de dependência como que não existe?

    Existe sim e você terá que cumpri-la para finalizar o Ensino Médio, caso contrário, não terá o seu certificado de conclusão do ensino médio.

    Saídas…

    Fazer o EJA
    Prestar o ENEM 2016 e no ato da inscrição indicar que você quer o certificado de ensino médio.. mas para isso terá que ter 18 anos..e ler o guia do certificado de 2016 para saber se houve alguma alteração.

    é isso! abraços

  5. lidia comenta,

    março 1, 2016 @ 15:08

    Boa tarde, professora! Minha dúvida é a seguinte: um aluno saiu de uma escola em que foi reprovado em 03 disciplinas (essa escola aceita dependência de até 02 disciplinas). Foi transferido para outra escola que aceitava até 03 disciplinas em seu regimento e matriculou o mesmo na série seguinte com dependência para cumprir referente as disciplinas da escola anterior. Gostaria de saber se a escola que o aceitou, matriculando-o no ano seguinte agiu corretamente, tendo em vista que o histórico escolar da escola de origem informa que o aluno foi reprovado.

  6. lidia comenta,

    março 1, 2016 @ 16:26

    Professora, Boa tarde! Minha dúvida é a seguinte : um aluno foi reprovado em uma escola porque obteve média inferior ao mínimo em 3 disciplinas. Essa escola só permite dependência em até 2 disciplinas. O aluno pegou documento de transferência para outra escola que aceita dependência em até 3 disciplinas. A escola que o recebeu efetuou a matrícula no ano de escolaridade seguinte e deu a dependência das três disciplinas. Gostaria de saber se a escola que o recebeu agiu de forma correta, tendo em vista que o documento da escola de origem o considerava reprovado. Este aluno não deveria repetir o ano de escolaridade obedecendo o documento de transferência ? Existe alguma legislação em relação a isso?

  7. kaique comenta,

    março 4, 2016 @ 12:35

    olá meu nome é Vítor tenho 15 anos e fui retido no nono ano,escola municipal de são Vicente ,tem como eu fazer a prova para pular de ano?
    porque a minha escola só vai ate o nono ,tenho que mudar de escola para fazer a prova?

  8. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 2:04

    Kaique, não.. não tem.

    Como assim? Você terá que terminar o nono ano.

    Você pode tentar junto a direção (você não, um responsável legal por você) uma reclassificação para o 1o ano do Ensino Médio.

    Mas isso só poderá ocorrer se você estiver bem neste ano. Se estiver indo mal .. não vai resolver ok?

    abraços

  9. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 2:51

    Lidia,

    Escola A – DPs em 3 disciplinas
    Escola B – recebeu o aluno com as 3 DPs

    O procedimento está correto desde que no Regimento Escolar da Escola B conste que há regime de Dependência de 3 ou mais disciplinas.

    Se tiver está correto. O aluno cursará o ano seguinte e as 3 DPs do ano anterior.

    Tudo certo.

    Ato normativo a respeito terá que verificar com a Secretaria de Educação do seu Estado, ok?

    abraços

  10. Luana Borges comenta,

    junho 7, 2016 @ 17:18

    Boa tarde, professora! Meu nome é Luana Borges e tenho 16 anos. Estudo no Instituto Federal de Educação, Tecnologia e Ciência do Pará onde exerço o curso de Agrimensura – Integrado no 2° ano do ensino médio, mas o ano letivo referente ao segundo ano já passou e com isso vieram os problemas. Logo no início do semestre a professora de Geografia abandonou a turma, (alegando o término do seu contrato) deixando-nos apenas com a primeira avaliação e agora a secretaria do Instituto quer impor que façamos essa disciplina como um intensivo no período das férias, sendo que muitos alunos iram viajar nas férias e não tem como adiar a viagem. Me informei com uma das secretárias que estava fazendo as rematrículas e ela disse que poderia abrir uma exceção para mim, colocando-me em uma turma de dependência se eu levasse a minha passagem juntamente com o meu passaporte no dia da rematrícula. Mas acho isso uma injustiça sendo que fui aprovada direto sem nenhuma pendência e creio que nem eu e nem meus colegas merecemos ganhar uma dependência “grátis”. Existe alguma legislação em relação a Isso? Como posso resolver essa situação?
    Me ajude, por favor! Desde já agradeço.

  11. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 7, 2016 @ 18:57

    Luana Borges,

    1) Vocês deverão buscar no Regulamento Didático-Pedagógico http://www.ifpa.edu.br/documentos-institucionais/proen-pro-reitoria-de-ensino/1557-regulamento-didatico-pedagogico-do-ensino-no-ifpa/file
    lá pelos artigos 80 em diante e verifique se tem algo que possam ajudar na defesa de vocês.

    E no Regimento Geral http://sigp.ifpa.edu.br/sigrh/public/colegiados/anexos/regimento_retificado_2014-09-03.PDF

    O que estiver neste regulamento é o que está a valer.
    É ele que regula a vida escolar do IFPA

    Art.129.O corpo discente ficará sujeito ao Regimento Geral e complementado pelos Regimetos Internos dos Campi e resoluções específicas.

    É permitido a organização estudantil, de modo que vocês deverão também buscar auxílio na entidade que os representa Centro Acadêmico e DCE – Diretório Central dos Estudantes para auxiliá-los.

    Vocês deverão expor a situação primeiramente para a Coordenação do Curso (por documento escrito em duas vias , um entrega e o outro protocola e guarda) se não obtiverem resultado terão que subir de instância de Poder: Diretoria de Ensino; Conselho Diretor que possui representante de estudante nele.

    ok? Vá à luta !! abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG – faça uma doação. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


Por favor, Deixe um comentário aqui !