Uma das maiores queixas dos docentes das escolas da Educação Básica recai no comportamento dos alunos. O desapontamento não diz respeito às traquinagens próprias da idade, mas ao individualismo exacerbado, a total falta de respeito à autoridade, agressões verbais e físicas contra colegas e contra os próprios professores.

A situação de vitimização dos professores e violência das escolas de todo o Brasil se agrava a cada dia e reflete as quantas andam as famílias e a sociedade de modo geral.

Diante deste quadro, parece que o resgate da discussão sobre a virtude, ou dizendo de um outro modo, sobre a ética da virtude é mais do que bem-vinda, sobretudo, na Educação Infantil, momento apropriado para o início da construção das virtudes.

De modo que estou a oferecer um curso online, cuja proposta é contribuir com a mudança deste perverso momento em que se encontram nossos jovens e crianças, professores e famílias.

O objetivo do estudo é resgatar práticas pedagógicas que discutam as virtudes com crianças da Educação Infantil e dos primeiros anos do Ensino Fundamental.

Onde fazer : www.centrodestudos.com.br
Curso online e assíncrono http://www.centrodestudos.com.br/Ead/Aberto/DetalheCurso.aspx?Codigo=46
Início imediato
Coordenação: Profa.Sônia Aranha
 

Tags: , ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

4 Comentários »

  1. Wagner Gonçalves comenta,

    junho 13, 2016 @ 12:57

    Sônia, eu estou cursando o 3° ano do ensino médio, e em maio desse ano completei 18 anos. O meu Colégio não vem, digamos, aceitando o fato de eu já ser responsável por mim. Com isso eles não deixam eu sair quando eu preciso, a não ser que meus pais autorizem, e não me deixam assinar documentos de responsabilidade ou receber meu próprio boletim, só querem entregar meu boletim aos meus pais. Portanto, eu gostaria de saber se existe algum documento, onde eu possa formular com meu pai, assinamos, talvez autenticar e dar ao Colégio informando que agora tudo é comigo, que a responsabilidade é minha. Se tem como fazer esse documento, se existem modelos, ou como posso prosseguir nessa situação para ter minha liberdade.

  2. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 14, 2016 @ 2:15

    Wagner, isso tem acontecido e você não é o primeiro a me perguntar isso.

    Faça você um documento em duas vias um entrega e outro protocola e guarda , dizendo que o Código Civil diz que você é adulto, responsável por si.

    Art. 5o A menoridade cessa aos dezoito anos completos, quando a pessoa fica habilitada à prática de todos os atos da vida civil.

    Novo Código Civil(Lei nº 10.406/02), em vigor desde 11 de janeiro de 2003, a nova maioridade civil é 18 anos.

    Que a lei federal n.8069/90 diz que após os 18 anos é adulto.

    Você é responsável e seu pai não tem mais responsabilidade para com você.

    A escola está tolhendo o seu direito de ir e vir. Se após o documento a escola mantiver a conduta , isto é, descumprindo a Constituição Federal Art.5o, inciso XV, reza que sobre o Direito de ir e vir:

    É livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens”.

    Se é livre a direção não tem o direito de impedi-lo de sair da escola, ainda mais você com 18 anos.

    Se mesmo assim ela insistir, você poderá solicitar junto a Defensoria Pública ou constituir um advogado para impetrar um Habeas Corpus (HC)

    Art. 5°-LXVIII –“conceder-se-á “habeas-corpus” sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder”.

    Eu presto serviço de elaborar documentos para alunos,porém cobro honorários para fazer isso, caso queira entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    Se o documento não resolver, daí penso que terá que constituir um advogado ou buscar a Defensoria Pública e mover uma ação contra a escola.

    ok?


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  3. Lucas Gabriel comenta,

    julho 28, 2016 @ 20:22

    Tenho 102 faltas já estou reprovado? no meu Colégio São 200 dias letivos porém tenho notas maravilhosas e lembro que ano passado passei com 150 faltas mais esse ano é reprovado automaticamente se atingir o limite de faltas..

  4. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 30, 2016 @ 18:20

    Lucas Gabriel,

    102 faltas são dias letivos ou horas?
    Se for dias sim.
    Se for horas não.
    Se na sua escola tem 5 horas por dia ,são 1000 horas no total , pode faltar 25% igual a 250 horas, 50 dias letivos.
    Se na sua escola tem 6 horas por dia ,são 1.200 horas no total do ano, pode faltar 25% igual a 300 horas dá mais ou menos 50 dias também
    Depende de quantas horas tem no total do ano, ok?
    abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !