O que o seriado 13 Reason Why pode nos ensinar sobre o bullying

18/abr/2017 às 16:09 por Profa. Sônia R.Aranha em: Direito do Aluno

A Netflix, um streaming de vídeos, lançou um seriado neste último mês de Abril/2017, cujo nome é  13 Reasons Why, que traduzindo poderia ser: 13 Razões para o Porquê ou, como tem sido traduzido, Os 13 porquês.

Trata-se de saber ao longo da série as treze motivações que levaram a personagem principal Hannah, ao  suicídio. 

Durante esta série vamos descobrindo que Hannah sofreu um intenso bullying e assédio sexual por dois anos na escola sem que ninguém nada fizesse por ela.

Mas esta história ficcional não está longe da realidade e, tampouco, longe de nós.

Eu mesma estou lidando com um caso de bullying, cujos resultados estão sendo nefastos tanto para a aluna, como para a família.

O bullying é sério, não é brincadeira.

Temos a lei que combate o bullying que veio justamente para incumbir a escola de prevenir este tipo de violência sistemática contra os alunos mais vulneráveis.

É tão importante o que esta história ficcional nos alerta que estou disponibilizando um novo  curso on-line a respeito.

A lei de combate ao bullying e as implicações para a escola (aqui)

Não cumprir a determinação legal e se ver com casos dramáticos em mãos por negligência é pedir para ser  acionada criminalmente e não é o que um diretor de escola almeja. De modo que de novo: prevenir é melhor do que remediar.

Venha estudar comigo! (aqui)

Tags: ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

2 Comentários »

  1. valdirene comenta,

    maio 5, 2017 @ 15:18

    boa tarde Sonia!!
    Desculpa por incomodar,no dia 13/03/2017 meu filho teve uma descussao com a mediadora da escola onde ele estuda e junto a mediadora havia uma policial militar que se envolveu na descussao e acabou chamando meu filho de lixo,onde meu filho acabou se alterando e a policial conduziu ele a delegacia,isso sem me comunicar que meu filho estava sendo conduzido ate a delegacia,a escola nao me comunicou fiquei sabendo do caso atraves de uma funcionaria que trabalha na cozinha da escola e me avisou.enfim diante disso e outroa advertencias que ele ja havia na escola a escola fez a transferencia compulsoria dele e ate na data de hoje meu filho eta fora da escola aguardando vaga pra outra escola.Essa semana me ligaram e pediram pra eu ir et a escola pegar trabalhos pra ele estar fazendo em casa e ele esta afastado por tempo indeterminado,nao sei oque devo fazer sera que vc pode me orientar?ele tem 16 anos ira fazer 17 em julho.obrigada…aguardo resposta se for possivel.

  2. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 8, 2017 @ 18:50

    Valdirene, isso é um absurdo!!

    1) Menor de idade não pode ser conduzido para a delegacia policial sozinho

    2) O que a polícia militar faz em intervir na escola?

    3) Acho que você deve pedir auxilio junto a Defensoria Pública para impetrar mandado de segurança contra a escola visando o juiz conceder liminar para que seu filho volte a sala de aula.

    É preciso alertá-lo que sendo ele de 16 anos para 17 anos já poderá sofrer sanções e que o melhor, neste momento, é não retrucar porque está terrível a agressão contra jovens de escolas públicas.

    ok? Busque a Defensoria Pública do Estado que é o direito gratuito, explique o que aconteceu, leve testemunhas para ajudar e impetre um mandado de segurança para que ele possa voltar a estudar afinal é obrigação dos pais encaminharem seus filhos para a escola até 17 anos, ok?

    abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !