No próximo mês de dezembro até meados de fevereiro conviverei novamente, via blog, com pais paulistas guerreiros.

Incansáveis na busca do direito de seus filhos , fizeram uma peregrinação pela internet até encontrar informações que permitissem uma saída diante da reprovação eminente.

Enviaram inúmeros comentários via este blog e o blog do CentrodEstudos , enviaram e-mails , alguns me telefonaram , outros contrataram os meus serviços para elaborar as peças deste processo : o Pedido de Reconsideração e o do Recurso.

Foram à escola  para entregar documentos, foram à Diretoria de Ensino  em busca de informações.

Se chocaram com as negativas, se alegraram com a virada de mesa.

Mas lutaram pelos direitos de seus filhos por considerarem que a reprovação não seria um caminho educativo.

Dos casos que atendi diretamente no ano passado foram 70% de  alunos aprovados  diante do Pedido de Reconsideração sem necessitar do Recurso.

Dos casos que foram para Recurso 10%  conseguiram vitória, 10% o pedido foi negado e 10% seguiram para o Conselho Estadual de Educação.

Não vi nenhum caso que fosse sem fundamento. Todos continham uma boa razão. A maioria dos alunos estudam em  anos finais do Ensino Fundamental ou no Ensino Médio e foram reprovados em duas ou três disciplinas, mas por décimos. Outros casos diziam respeito a inclusão que não foi feita ou foi feita de modo incorreto.

Os casos mais difíceis de serem revertidos são os que envolvem a reprova  por faltas, frequência menor do que 75%. Mas mesmo assim um aluno conseguiu ser aprovado pelo pedido de reconsideração.

É possível, então, concluir que vale a pena , diante de uma reprovação, fazer uso da Deliberação CEE-SP n.155/2017 que revogou todas as anteriores.

Ela permite que o Conselho de Classe reveja com mais calma o processo daquele aluno específico, a partir de um pedido que pode iluminar alguns pontos que não foram considerados na hora do Conselho de Classe geral.

É um momento muito educativo para todos os envolvidos, permitindo que compreendam melhor suas responsabilidades:

- para os pais   fica a lição de que é preciso acompanhar de perto o desempenho de seus filhos registrando todas as reuniões com coordenação por escrito; encaminhando de imediato o filho para outros profissionais se a escola solicitar; encaminhando de imediato para a escola os laudos médicos,  ficando com os originais;lendo e tirando cópia do Regimento Escolar e compreendendo como se dá o sistema de avaliação da escola e, por último, solicitando um programa de educação com necessidades especiais para alunos que possuem uma especificidade: hiperativos, TDAH, DA, síndrome de dow, lesão cerebral, surdez parcial ou total, síndrome de pânico, síndrome de asperger, etc…

- para os alunos fica o aprendizado de que é preciso estudar mais , mas o que é estudar mais?  É apenas se organizar, ter disciplina e um método de estudos a ser seguido. Estudar é disciplina , é ter um método organizativo e sistemático que possibilite avanços. O aluno também precisa  conhecer os direitos e deveres que constam do Regimento Escolar e , sobretudo, como é o sistema de avaliação adotado pelo colégio para poder prever melhor os resultados.

- para os professores um processo de reconsideração e recurso faz com que  a reprovação seja compreendida como instrumento pedagógico, cujo objetivo é  o avanço do aluno frente os objetivos pretendidos, mas ter claro que o melhor caminho é a análise do processo, com propostas diferenciadas de ensino que contribuam com alunos que possuem uma especificidade de modo de pensar e agir.  Reprovar aluno por décimos é um método arcaico e que não contribuirá com a construção de conhecimentos posteriores. Avaliação punitiva e seletiva não se faz presente na lei federal n.9394/96 e, tampouco, em atos normativos dos Conselhos de Educação.

- para os gestores fica a lição de que é preciso presidir os Conselhos de Classe com maior apuro. Investigar melhor os casos para que não se cometam erros. Uma reprovação significa um ano de investimentos jogados na lata do lixo, um ano de vida de uma criança ou adolescente que se foi, um ano de perspectivas frustradas. De modo que reprovar só é possível quando há uma consenso entre todos os envolvidos de que a reprovação é o melhor caminho a ser percorrido no sentido de alavancar competências e habilidades imaturas. Reprovar um aluno por duas vezes no mesmo ano é incompetência . Não há aprendizagem sem o ensino, portanto, ao avaliar a aprendizagem se está , ao mesmo tempo , avaliando o ensino.   Quando há uma reprovação de aprendizagem o ensino também está sendo reprovado.

Esta Deliberação CEE-SP n.155/2017   revogou todas as anteriores.  Espero que os Conselhos Estaduais de Educação de outros Estados também disciplinem esta matéria que , a meu ver, é democrática e tem um sentido pedagógico relevante para todos os envolvidos.
————————————————————-
AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo.

depósito no Banco Itaú -Ag.1370- c/c  05064-1

Tags: , ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

1.144 Comentários »

  1. Hellen de cassia comenta,

    janeiro 22, 2014 @ 2:31

    Eu estou no 9 ano e faço de do 8ano se eu ficar retida no 8 ano e passar no 9 ano poderei me matricular no 1 ano

  2. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2014 @ 18:28

    Hellen veja seu entendi o que você quer dizer:

    Você tem uma dependência no 8o ano e em 2013 cursou o 9o ano.

    Se você passar no 9o porém ficar retida na dependência do 8o ano tem como fazer matrícula no 1o ano do Ensino Médio?

    Não , não tem.

    Porque você precisa desta dependência para concluir o Ensino Fundamental, ok?

    Abraços

  3. Alessandra comenta,

    janeiro 23, 2014 @ 15:33

    Boa tarde!
    Sou moradora do RJ, e gostaria de saber se há alguma lei sobre reprovação em massa, pois minha filha cursa o 3° ano do Ensino Médio, a turma dela é composta de 8 alunos e hoje ao pegar o resultado foi verificado que TODOS os alunos foram reprovados. Como devemos proceder?
    Agradeço desde já.

  4. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 23, 2014 @ 19:40

    Alessandra, não há lei para isso , mas os pais poderão junto recorrer desta reprovação em massa junto a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro ,ok? SEEDUC. Ou mesmo recorrer ao Conselho de Educação do Estado do Rio de Janeiro.

    Se todos os alunos foram reprovados o ensino também foi reprovado porque não há aprendizagem sem ensino.

    Façam Recurso contra este resultado.

    abraços

  5. Alessandra comenta,

    janeiro 24, 2014 @ 13:52

    Sônia,
    Vamos para mais uma página do meu drama. Entrei com o Recurso por Perda de Prazo na Diretoria de Ensino, mas me responderam por escrito que o Colégio estava dentro do prazo quando me respondeu quase 25 dias depois que protocolei o Pedido de Reconsideração.
    Mas o que me deixou muito chateada foi o seguinte, no documento que o Colégio enviou para a Diretoria, falaram coisas que não procedem, disseram que não comparecia nas reuniões e nem nas convocações que foram feitas, realmente não compareci em 3 reuniões, mas logo em seguida marquei horario com a coordenadora e fui ao colégio e nunca me convocaram para nenhuma me convocaram para nenhuma conversa. Fica a dica, sempre que forem ao colégio guardem algum comprovante.
    Resumindo, segunda-feira entrarei com um Pedido de Mandado de Segurança, pelo que já conversei com o juiz da Infância e Juventude, existindo a legislação sobre o prazo é um processo simples.

    Obrigada por tudo até agora!!!

  6. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 24, 2014 @ 14:36

    Alessandra,

    Dou uma dica para o texto de recurso por perda de prazo:

    Data da ciência da reprovação:
    Data da interposição do Pedido de Reconsideração:
    Data da devolutiva da Escola:

    Recurso:

    Considerando que a Deliberação CEE n.120/2013 em seu Artigo 7º diz que esta “Deliberação entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário, em especial a Deliberação CEE Nº 11/96.”

    Considerando que a Deliberação CEE n.120/2013 em seu artigo 3º, parágrafo 2º diz que “a direção da escola terá o prazo de 10 dias, a partir da data do pedido, para informar sua decisão.”

    Considerando que a Deliberação CEE n.120/2013 em seu artigo 3º, parágrafo 3º diz que “a não manifestação da escola no prazo estabelecido implicará no deferimento do pedido.”

    Considerando que o Parecer CEE n.478/2013 foi publicado em Diário Oficial do Estado de São Paulo somente em 20/12, portanto, após a interposição do Pedido de Reconsideração, significando que este processo claramente está circunscrito às determinações da Deliberação CEE n.120/2013 e não da Deliberação CEE n.11/96 e do Parecer CEE n.478/2013;

    Solicito a intervenção de V.Sa para aprovar o aluno ____________, por perda de prazo de acordo com a Deliberação CEE n.120/2013, garantido pela lei federal n.8069/90, em seu artigo 53, inciso III.

    Boa Sorte e não deixe de nos informar sobre a continuidade do caso ,ok?

  7. Malu Faial comenta,

    janeiro 31, 2014 @ 13:15

    Meu filho ficou retido por faltas em Sociologia e nota em Química. NUNCA fui informada sobre suas faltas ou desempenho escolar. Como ele estava envolvido com outro curso técnico, que frequentou durante os três anos do ensino médio, não me dei conta de suas dificuldades. Só fui chamada após a decisão do conselho de classe, e me deram um papel para assinar um pedido de reconsideração. Aturdida, busquei o conselho com um advogado. Quando fui informada da decisão do pedido, que foi negado, já protocolizei um recurso para a delegacia regional de ensino. Novamente negado, ainda que na resposta conste todos os erros cometidos pela escola, e o descumprimento de seu regimento e da LDB. Não houve recuperação (só provas), nem a possibilidade de repor as faltas, que referem-se a aulas ministradas fora do período normal de aulas. Novo recurso foi protocolizado para o CEE, mas não encontro qual o prazo legal para a resposta. Vc tem conhecimento? meu filho fez a 2ª fase da Unicamp, na qual se saiu muito bem, e tenho medo dele não poder se matricular, caso seja aprovado. Será que um mandado de segurança preventivo permite a matrícula? Grata

  8. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 1, 2014 @ 21:31

    Olá Malu,

    O prazo de devolutiva do CEE não é informado na Deliberação CEE n.120/2013. Diz que será feito em caráter de urgência, mas não definem o prazo. http://www.soniaranha.com.br/deliberacao-cee-n-1202013-reconsideracao-e-recurso/

    § 3º O recurso especial ao Conselho será apreciado pela Câmara de Educação Básica, em caráter prioritário, observadas as normas regimentais.

    Parece que o resultado do vestibular da Unicamp será para esta próxima semana … mas se o seu filho passou na 2a fase da Unicamp e o CEE mantiver a retenção , peça para o seu advogado entrar com mandado de segurança para conquistar liminar e garantir a vaga e depois discute na Justiça … não é fácil ganhar uma causa desse tipo, mas em função da demora da sentença é possível seu filho já na Universidade conquistar o direito adquirido.

    Se precisar de advogado para lhe aconselhar posso indicar o melhor na área específica de direito educacional.

    É isso! Abraços

  9. Malu Faial comenta,

    fevereiro 6, 2014 @ 16:54

    Preciso da indicação do contato do advogado especialista na área, com urgência. Grata

  10. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 6, 2014 @ 19:00

    Oi Malu, estou lhe enviando por e-mail.
    Abraços

  11. Telma Maria Soares comenta,

    fevereiro 7, 2014 @ 9:40

    preciso com urgencia da indicação de um advogado na áreada educação principalmente em relação aos direios de um TDAH.Grata.

  12. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 7, 2014 @ 17:46

    Olá Telma, enviei por e-mail.
    Abraços

  13. Silvia comenta,

    fevereiro 8, 2014 @ 20:00

    Boa tarde,Sônia.
    Eu já te escrevi no outro dia porque o meu recurso junto a D.E.foi deferido e o colégio disse que ía recorrer.Pois é,o colégio recorreu ao CEE,mas somente 5 dias após a resposta da D.E..Eu sei que na deliberação não consta prazos para isso ,mas é justo o aluno permanecer 8 dias na sala de aula e depois ser retirado?O colégio não deveria recorrer imediatamente?Será que o CEE vai levar isso em conta?Enquanto isso já entramos com um mandado p/ que ele volte p/ sala.Obrigada.Silvia

  14. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2014 @ 0:23

    Oi Silvia, que coisa heim?

    Claro que não é justo um procedimento desta natureza!

    Agradeço você vir aqui e compartilhar conosco como está se dando este processo porque há muitos pais na mesma situação e angustiados com seus filhos em casa no limbo , sem saber qual ano estudarão em 2014 porque o CEE não prevê prazos para devolutivas.

    Torço por você!! Muita força! Abraços

  15. Marcia Ramos comenta,

    fevereiro 10, 2014 @ 18:27

    Oiiii, sou eu novamente, obrigada pelo retorno, porém a dificuldade está justamente na reclassificação que só é indicada no caso do aluno está com a idade não compatível como ano/série o que não é o caso dele, pois está na idade certa- ele é de 06/03/99 e nunca foi reprovado. todas as escolas procuradas até o momento dizem a mesma coisa reclassificação só com 16 anos.
    E como fazer?
    Um abraço,
    Márcia Ramos

  16. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 11, 2014 @ 1:30

    Olá Márcia,

    A reclassificação não está , em tese, circunscrita ao critério da idade. Estas escolas é que resolveram colocar esta barreira, mas não há restrinção de idade. Fiz muitas reclassificações quando diretora de escola e nunca li em nenhum ato normativo ou mesmo na lei federal esta restrição quanto a reclassificação.

    Mas o problema é que as escolas que procurou estão fazendo isso e daí não tem jeito porque elas são autônomas em suas escolhas educativas. É um lobby de escola , uma protegendo a outra.

    Enfim…

    1) Reclassificação é um caminho tentado e sem sucesso.

    2) Buscar uma escola que tenha dependência de uma matéria . Será que o Objetivo não faz isso? Soube que sim. Seu sobrinho faz o 1o ano e cursa , ao mesmo tempo, história do 9o ano em 2014. É uma possibilidade se a escola contar com o expediente de dependência.

    3) Recurso contra a Reprovação – é outro caminho , mais penoso , mas possível.

    É feito o Recurso contra a Reprovação e é dado a entrada na escola e ,ao mesmo tempo, na Secretaria de Educação, Diretoria de Ensino. E aguardar o posicionamento.

    Prestamos o serviço de escritura do documento baseando-se nos fatos objetivos e na legislação disponível mas para isso cobramos honorários,ok? O serviço cobre a escritura do documento e orientação , mas infelizmente não garante que haverá êxito.

    Fizemos isso aos montes no final do ano, mas para o Estado de São Paulo que possui um ato normativo disciplinando esta matéria e ganhamos 70% dos casos já no pedido de reconsideração e 10% perdemos e o restante ganhamos no Recurso junto a Secretaria , o problema é que tudo depende muito do caso, da diretoria de ensino.

    Em Minas é muito mais complicado, mas se quiserem tentar estou à disposição, ok?

    Não há outros caminhos infelizmente. Na Justiça não adianta, é jogar dinheiro fora porque não há jurisprudência exceto se tivesse tido caso de discriminação, se fosse caso de inclusão , enfim.. fora isso os juízes entendem que não devem se meter na área da educação.

    É isso! Abraços

  17. Maria Andreza de Sna Durr comenta,

    março 3, 2014 @ 7:33

    Você é ótima. Lendo alguns casos e suas resposas, convenci-me a buscar os últimos recursos dos CEEs que desconheço. Obrigada pelas dicas. Informarei de os resultados foram positivos ou negativos por parte da Escola.
    Obrigada mesmo!!!!!

  18. Anna Cristina comenta,

    julho 9, 2014 @ 17:44

    Olá,
    Faço o EJA, e fui reprovada em três disciplina, sendo uma delas Inglês, onde faltou 1,3 para eu ficar pelo menos de progressão parcial.
    Com sua ajuda Sônia, entrei com um primeiro recurso e foi me negado, então entrei com um segundo, onde permaneceu o mesmo.
    Não me conformei com a forma, que os professores me avaliaram, só apontaram para pontos negativos.
    Gostaria de saber se tem outra forma de reverter essa situação ou devo aceitar os fatos?!

  19. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 11, 2014 @ 4:52

    Olá Anna, como lhe disse por e-mail

    Se você já fez o recurso e não conseguiu ir para a Justiça é bem difícil conseguir êxito porque os juízes não gostam de interferir na esfera da educação quando o assunto é de ordem acadêmica: aprovação e reprovação.

    Digo porque não há jurisprudência para casos como o seu. A farta maioria de ações o juiz indefere o pedido.

    Mas se quiser tentar, ajuste um advogado ou busque a Defensoria Pública, ok?

    Talvez fosse mais aconselhável para você que já completou 18 anos prestar o ENEM de 2015.

    Em maio de 2015 é aberta as inscrições. Você se inscreve e solicita o certificado de conclusão do ensino médio.

    Em novembro de 2015 você presta o exame.

    Se atingir 450 pontos nas 4 provas objetivas e 500 em redação você solicita o seu certificado de conclusão do ensino médio para o órgão que expede o certificado.

    E resolve o seu problema com o ensino médio.

    O único problema é que este ano as inscrições encerraram em maio e terá que aguardar 1 ano.

    E terá que estudar porque o exame não é fácil.

    Quando a sua reprovação no 2o médio. Se você já tentou recurso e não conseguiu dificilmente conseguirá novamente.

    Infelizmente terá que retornar ao 2o médio pelo EJA.

    Então você poderá refaze o 2o médio ou aguardar para prestar o ENEM em 2015.

    O que você não pode é desanimar.

    O obstáculo aparece para que saltarmos e seguirmos adiante.

    Não desista. O estudo é a maior conquista de liberdade. Sem ele os empregos são piores, os salários são piores e tudo fica pior.

    Abraços

  20. BRENDA MENDES comenta,

    setembro 30, 2014 @ 14:49

    Olá
    estou cursando o 2º ano do ensino médio no periodo noturno e tenho em média umas 130 faltas, porém minhas notas são ótimas. Eu trabalho e muitas das vezes não chego em casa a tempo de ir para a escola e não vou por que estou muito cansada também! gostaria de saber se este tanto de faltas pode gerar uma reprovação!

    OBRIGADA :)

  21. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 1, 2014 @ 18:42

    Brenda você terá que verificar na secretaria da sua escola : quantas aulas dadas são no ano e quantas você tem falta porque terá que ter 75% de frequência caso contrário é reprovada sem choro e nem piedade porque isso é uma determinação da lei federal 9394/96, ok?

    Verifique na escola se no Regimento Escolar consta compensação de ausência.

    Abraços

  22. Telma Nascimento comenta,

    dezembro 7, 2014 @ 23:20

    Boa noite,
    Meu filho passou no vestibular, mais não passou de ano,sempre foi um bom aluno, elogiado sempre pelos professores, nem consigo entender como isso aconteceu.
    Bom na verdade até entendo, foi um ano dificil pra ele, muitas mudanças, mudamos de estado,eu me casei, e diversas outras coisas,
    O que faço? Ele fez o vestibular em três faculdades e passou em todas, mais a na escola foi reprovado em fisica, e não pode cursar a faculdade, como reverter esta situação? A quem ou o que deve recorrrer.

  23. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 0:43

    Telma entro em contato com você por e-mail para orientá-la no recurso,ok?
    abraços

  24. Adriana Roberta Anastacio comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 11:10

    Prof Profa. Sônia R.Aranha
    Prof leio seus artigos e estou precisando de suas orientações,meu filho está no 3ana do ensino fundamental e esta para ser reprovado fui a escola várias vezes e estou aguardando o resultado da pedido de reconsideração .
    gostaria de saber com devo fazer o pedido de recurso caso o anterior seja a reprovação.

  25. Daniela comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 15:28

    Olá,
    Gostaria de saber se escolas particulares podem reprovar um aluno com sindrome de aspenger, caso ele nao consiga a media 7,0 e queria tirar uma duvida, se a media para o mec 5,0 para passar é valida para escola particular?

  26. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 18:02

    Adriana, com certeza , faça o Recurso.

    Escola particular?

    Presto serviço de elaborar o documento de recurso caso precise entre em contato comigo saranha@mpcnet.com.br

    Abraços

  27. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 18:29

    Olá Daniela , não há média nacional e do MEC.

    A escola é autônoma e pode escolher qual média quer adotar.

    O aluno com síndrome aspenger é aluno de inclusão e não pode ser reprovado se os pais entregaram na escola laudo comprobatório no início do ano.

    É possível recorrer com defesa da inclusão.

    Se for do Estado de São Paulo fazer pela Deliberação CEE n.127/2014 mas cuidado com os prazos pois são rigorosos se perder não tem mais como recorrer.

    Se precisar dos meus serviços entre em contato saranha@mpcnet.com.br Faço a defesa do aluno mas cobro honorários para isso, ok?

    Abraços

  28. Stanley gomes comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 19:23

    Ola Sonia
    Primeiramente gostaria de parabeniza a senhora pela Seu trabalho nesse site, acredito que ele esteja sendo útil bem como esta sendo pra mim.
    Gostaria que a senhorita tirasse algumas duvidas a respeito do meu casso que esto cursando o 3º ano do ensino médio e esto com um decisão escolar de “Retido” Mais no momentos esto fazendo Um requerimento de Reconsideração pra ser protocolado na minha escola.
    Mais não tenho como fazer o pedido de reconsideração pq a escola não me disponibiliza o motivo da “Reprovação”.
    Mediante a situação esto usando os fatos que acredito que seja o motivo da reprovação.
    Gostaria que a senhora me ajuda-se se nessa situação a escola pode agir dessa forma que estão fazendo de não me mar o motivo da reprovação.

    agradeço a atenção desde já !!!

  29. Cleuman Cardoso comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 19:34

    Profª Sonia
    Boa tarde
    Preciso de auxilio para elabora uma carta de recurso de revisão de aprovação.

    O aluno foi retido por 5 matérias, numa delas o professor de arte exigia que o aluno fosse a eventos artisticos como forma de ganhar nota, estes eram pagos e em horário de trabalho do aluno, sendo assim era inviável, tinha que trazer o comprovante do ingresso. O de fisica, faltava sempre, isso pq tinha apenas duas aulas na semana, quando comparecia, dava o livro , a pagina e mandava que se virassem para entender, arrogante com os alunos sempre. Educação fisica, não quis nem conversa, foi irredutivel quanto a recuperação.
    A escola nunca tinha aula até as 12h20, sempre liberando mais cedo. Não existia preocupação em comunicar os pais sobre faltas ou situação pedagogica, reunião era 2 minutos, só para passar as notas.
    Me ajude.

  30. samya comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 21:29

    Boa tarde?
    Sou acadêmica no curso de direito em Santa Catarina. Na minha sala houve uma reprovação altíssima, inclusive eu não aprovei por seis décimos. Sendo que na última avaliação dissertativa, ela chegou a descontos abusivos na nota. Legalmente, se necessário for, essa prova pode ir à juízo? É claro a implicância dela com a grande maioria da sala.

  31. Roberta Lima Furusho comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 22:01

    Boa noite, meu filho foi diagnosticado com TDAH, repetiu o primeiro ano do ensino médio no Colégio Albert Sabin onde estuda desde o 6º ano, e agora recebi a informação de que foi retido novamente no primeiro ano do médio. Ele foi para exame final em três matérias, sendo que uma delas, Artes, onde tenho sérios questionamentos em relação à notas dadas pelo professor. Não fosse isso, ele iria para final em História e Literatura. Ele estudou diariamente, inclusive sábados e domingos e o professor particular que o acompanhou, tem vasta experiência com estudantes com TDAH e ele me disse que o caso de meu filho não é cognição e sim falta de atenção característica do TDAH, sem falar no pânico por provas, consequência de anos de pressão para ter foco. Nos dias de recuperação, ele chegou a ter 4 provas no mesmo dia. Veja bem, para um aluno com TDAH, concentrar-se por 1 hora seguida é um exercício absurdamente pesado. A escola não leva isso em consideração. Ele fez a prova de recuperação de Literatura e tirou 6,9, em Artes ele tirou 6,6, mas em matemática e Química, ele não foi também, foram as últimas provas do dia da recuperação. Eu acho que ainda tenho cópia da receita da neurologista indicando Ritalina para ele, porém, o meu filho passou muito mal tomando essa medicação e se recusou a tomar, o que sinceramente, também preferi e desde então ele não tomou mais nenhum medicamento. Por favor, me ajude a redigir um pedido de recurso, estou desesperada! Os impactos emocionais são muito piores (Auto-estima, ele não acredita mais em si) do que a própria repetência.

  32. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 22:27

    Stanley, obrigada!!

    Onde você mora?
    Escola pública ou particular?
    A escola não lhe forneceu o boletim?
    Quando soube da reprovação?
    Aguardo.
    abraços

  33. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 22:32

    Cleuman, você mora no Estado de São Paulo?

    O Pedido de Reconsideração é endereçado ao diretor da escola.

    Você deve fazer um cabeçalho …. eu .. fulano … portador do RG ……. residente à rua……… município de ——— responsável legal pelo aluno __________ regularmente matriculado no ano ____ da escola ______ localizada __________ no município tal ___________ venho mui respeitosamente solicitar de V.Sa a intervenção no resultado final de avaliação , reprovado, segundo o direito que me é concebido pela Deliberação CEE n.127/2014.

    Histórico: aqui você conta o motivo pelo qual a escola deve considerar a reprovação.

    Pedido : reiteira o pedido

    Finaliza Subscrevo-me na presente data.

    assina e data.

    Depois se a escola mantiver a reprovação entre com recurso endereçado para a Diretoria de Ensino.

    Presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno, caso precise contratar meus serviços entre em contato saranha@mpcnet.com.br mas cobro honorários, ok?

    abraços

  34. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 22:35

    Samya, a princípio os alunos que se sentem prejudicados poderão buscar no Regimento da faculdade o procedimento de recurso ou revisão de prova.

    O primeiro passo sempre é dentro da instituição de ensino.

    Se não resolver daí pensar em algo na Justiça mas em último caso porque não são ações que possuem a meu ver jurisprudência.. eu teria que procurar e hoje estou lotada de trabalho por aqui… mas dê um busca no site Jus Brasil e veja se encontra algo, ok?

    aBraços

  35. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2014 @ 22:36

    Roberta, vou lhe enviar por e-mail os procedimentos.

    Caso de inclusão bem encaminhado são fáceis de ganhar recurso, ok?

    Abraços

  36. Renata Bueno comenta,

    dezembro 9, 2014 @ 0:13

    Ola Sônia,ano passado meu filho foi retido no primeiro ano do ensino médio,entrei com recurso e ele foi aprovado.Este ano ele não conseguiu nota em matemática,gostaria de saber se ele pode ser aprovado pelo conselho de classe?Obrigada

  37. Isabelle Florencio comenta,

    dezembro 10, 2014 @ 10:44

    Professora, Bom dia!
    Caso eu entre com a “reconsideração” qual o primeiro passo?

  38. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2014 @ 0:54

    Renata , nada impede do Conselho Aprová-lo principalmente em um único componente curricular.

    Abraços

  39. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2014 @ 1:20

    Isabelle,

    1) Verifique o dia que soube da reprovação conte a partir dele 10 dias é o prazo que você tem e se perder não tem como ok?

    2) Elabore um documento de reconsideração endereçado para a escola e protocole na escola fazendo duas vias uma entrega e a outra protocola e guarda.

    3) Aguarde a devolutiva da escola

    4) Se a escola mantiver a reprovação entre com recurso junto a Diretoria de Ensino. Elabore outro documento de recurso endereçado ao Dirigente de Ensino Regional que supervisiona a sua escola e entre o documento na escola e a escola vai entregar na DE.

    5) Aguarde a resposta da DE.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários para isso.. se precisar entre em contato
    saranha@mpcnet.com.br

  40. Adriana Roberta Anastacio comenta,

    dezembro 11, 2014 @ 21:28

    prof escola da prefeitura me envie seu contato por email

  41. Natan franca comenta,

    dezembro 12, 2014 @ 1:41

    Entao estou no 9ano e fiquei e uma mateira por 0,2 e conclui todas as outras materias.fiz o exame final e nao fui bem e fui mandado para concelho final eles me pasariam ?

  42. Lierci Andrade comenta,

    dezembro 12, 2014 @ 20:42

    Olá Professora!
    Gostaria de saber se uma escola particular pode reprovar o aluno, por não alcançar a media em uma matéria? E a media é determinada pela Escola ou pelo MEC. Moro em Goiânia-GO.
    Se puder responder via e-mail…
    Desde já agradeço a atenção.

  43. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2014 @ 2:01

    Adriana, meu contato saranha@mpcnet.com.br … abraços

  44. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2014 @ 2:09

    Natan, tudo pode acontecer!! Em geral passam sim… abraços

  45. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2014 @ 2:12

    Lierci, a média é determinada pela escola porque a escola é autônoma para escolher qual é o sistema de avaliação que quer adotar.

    Agora reprovar em uma matéria você pode recorrer primeiro na escola, depois na Secretaria de Educação que supervisiona escolas particulares e públicas e depois ainda no Conselho Estadual ok?

    Abraços

  46. Vivian Brenna comenta,

    dezembro 14, 2014 @ 16:35

    Olá, meu filho teve um atraso de linguagem e atualmente tem um atraso no desenvolvimento,está com 7 anos mas não alfabetizado. Reconhece as letras apenas com associação, escreve o nome dele, mas não forma sílabas. Tem dificuldade com números e dificuldade de relacionamento com os amiguinhos que o excluem das brincadeiras, pois tem maturidade inferior – de uma criança de 4/5 anos, temos uma equipe multidisciplinar que o atende (médico, psicóloga e fonoaudologa) e todos atestam esse atraso. Por conta disso, gostaríamos que refizesse o 1º ano., porem a escola diz que não é possível devido ao Parecer 285/14.
    Mas nós QUEREMOS e acreditamos que a retenção seria positiva. Vc sabe de algo que pode me ajudar?

  47. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2014 @ 5:08

    Oi Vivian, lhe respondi …

    Use a Deliberação CEE n.127/2014 e recorra da decisão ok? Assumindo esta decisão.

    Abraços

  48. Andréa comenta,

    dezembro 15, 2014 @ 15:30

    Bom dia, em primeiro lugar quero agradecer pelo blog que muito me ajudou e informar a todos que desde setembro/14 ficou proibido em todas as escolas inclusive nas particulares a retensão dos alunos no primeiro ano do ensino fundamental esta “lei” chama-se PARECER 285 não deixem que reprovem seus filhos liguem na delegacia de ensino informem o nome da escola e o nome do seu filho e fale sobre o PARECER 285 que rapidinho eles ligam na escola e eles são obrigados a reverterem a decisão.
    Um grande abraço a profª Sonia.

  49. Gieli Lima comenta,

    dezembro 15, 2014 @ 18:37

    Oi boa tarde preciso de ajuda meu filho foi retido e a divulgação saiu hoje em uma lista no mural da escola, conversei com a direção e fui informada que para entrar com recurso só dia 02/02/2015 está correta essa data? Estou com medo de ter sido enganada e quando chegar lá ter perdido o prazo o que faço?

  50. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2014 @ 5:01

    Andréa abraços!

    Isso mesmo, é o Parecer CEE-SP n.285/2014 que ainda não tive tempo de escrever sobre ele!!!

  51. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2014 @ 5:08

    Gieli, não de jeito nenhum..
    Se você é do Estado de São Paulo tem 10 dias a contar do dia 15/12, mas como cai no Natal então recomendo que entre com o Pedido de Reconsideração ainda nesta semana.
    O quanto antes entrar com o Pedido de Reconsideração melhor,ok?

    Abraços

  52. Andrea comenta,

    dezembro 16, 2014 @ 13:54

    Bom dia,

    Minha filha está cursando o 2º ano do ensino médio (S.P.), ficou de recuperação em três disciplinas: física, química e matemática.
    O ano letivo foi muito difícil, pois com baixo rendimento em matemática e física, ela ficou desmotivada, baixa auto-estima, passou a ter fortes dores de cabeça, pesadelos e consequentemente insônia. Procurei ajuda e o diagnóstico foi depressão, no momento ela está sendo acompanhada pelo psiquiatra e psicóloga, ela toma antidepressivo e remédio para dormir. A coordenação da escola está ciente de todo esse processo, mas estou apreensiva. O resultado final será divulgado 22/12.
    Caso ela seja reprovada, o que posso fazer para tentar reverter essa situação, pois no global ela tem boas notas. A escola é particular e a média para promoção é 6.
    Boletim final(média anual): Português 6.0, Redação 6.5, Biologia 6.5, História 6.1, Geografia 6.0, Inglês 6.0, Filosofia 8.4, Espanhol 6.5, Sociologia 8.7, Química 5.6, matemática 3.8 e física 4.3

    Um abraço,

    Andréa

  53. Saskia comenta,

    dezembro 16, 2014 @ 21:08

    Estou vivendo um drama desde o inicio do ano, estive doente no segundo bimestre da escola, e fiquei afastada por duas semanas, nesse período perdi provas e trabalhos, peguei atestado de todos os dias e entreguei na mão da diretora, tudo correto, até a diretora sair da escola, e não documentar os meus atestados… Resultado, meu bimeatre foi pessimo por conta da perca das atividades, fora a minha quantidade de falta que foi acrescentada a meu numero de falta que ja era um caso preocupante. Hoje recebi a noticia que repeti no ultimo ano do ensino médio, sem nunca ter sofrido uma reprovação, foi de fato, um choque. Me prejudiquei, fiz as recuperações, e me dediquei ao máximo, mais hoje todas minhas notas estavam PESSIMAS resultando a reprovação. O que eu devo fazer?

  54. Cristina comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 0:37

    Senhora Sônia,
    O meu nome é Cristina, meu filho está no segundo ano do ensino médio em uma escola estadual do bairro da Casa Verde.
    Por exemplo, em um conselho de classe os votos são individuais para cada matéria, cada professor decide individualmente sobre sua matéria?
    Ele tem um professor que leciona 3 matérias, porque estão faltando professores, então esse professor pode decidir três vezes a vida do meu filho?
    Eu estou muito preocupada, porque eles não conversam com ninguém e não explicam a situação, nem as matérias direito para os alunos, todos fogem, até a diretora…
    O que eu posso fazer se ele reprovar ou ficar de DP?
    Obrigado pela atenção.
    Cristina

  55. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 5:29

    Olá Cristina

    Por exemplo, em um conselho de classe os votos são individuais para cada matéria, cada professor decide individualmente sobre sua matéria?
    Sim.

    Ele tem um professor que leciona 3 matérias, porque estão faltando professores, então esse professor pode decidir três vezes a vida do meu filho? Sim!

    O que eu posso fazer se ele reprovar ou ficar de DP? Entrar com Recurso usando a Deliberação CEE n.l27/2014 http://www.soniaranha.com.br/deliberacao-cee-sp-n-1272014-altera-a-120/

    http://www.soniaranha.com.br/deliberacao-cee-sp-n-1272014-altera-a-deliberacao-cee-sp-n-1202013/

    Recorra é direito do seu filho ok?
    Abraços

  56. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 5:37

    SAskia recorra é direito seu.

    Se for do Estado de São Paulo use a Deliberação CEE n.127/2014 e se for de outro Estado use apenas a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Segue modelo
    A
    Ilm. (a) Sr. (a)
    Diretor (a)

    Colégio __________________________

    P E D I D O D E R E C O N S I D E R A Ç Ã O

    Eu , ____________________, responsável legal pela aluno(a) _________________________ regularmente matriculada no ________ do Ensino ___________, deste estabelecimento de ensino , venho mui respeitosamente ,solicitar que VSa, juntamente com o Conselho de Classe, venham reconsiderar o resultado final do processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) à luz da legislação lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III e Deliberação CEE n.127/2014

    Na certeza de que o Conselho de Classe ,com a orientação de V.Sa, poderá analisar com maior clareza o processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) revertendo o resultado final, é a intenção deste meu pedido que compreende uma devolutiva em um prazo de 10 dias. A não observância deste prazo fará com que solicitemos aos órgãos competentes o recurso desta decisão.

    Cordialmente

    nome data

  57. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 5:47

    Andrea entre com recurso

    Deliberação CEE n.127/2014 http://www.soniaranha.com.br/deliberacao-cee-sp-n-1272014-altera-a-deliberacao-cee-sp-n-1202013/

    Se você apresentou laudo médico que sua filha tem algum transtorno no início do ano ou em meados do ano daí pode caracterizar caso de necessidade de educação especial. Mas agora não resolve laudo ok?

    Eu presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno mas cobro honorários se precisar entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  58. Andréa comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 11:28

    Sônia,

    Obrigada pela orientação.
    Vou aguardar até o dia 22/12 a divulgação do resultado final, se necessário entro em contato.
    Um abraço,
    Andréa

  59. Jackson Figueiredo comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 17:30

    Senhora Sônia. Tenho 15 anos e fiz o primeiro ano do ensino médio em 2014, passei direto em Física, Matemática, Química, História,Geografia e etc. Peguei Recuperação em Inglês, Biologia e Português, professores me elogiam não pelo comportamento ou atividades, mais sim pela minha inteligência, de fazer cálculos de cabeça como nenhum outro. Porém nessa recuperação passei em Biologia de certeza, português estou em dúvida e em Inglês eu vou pro conselho com uma nota de 3 a 4 na recuperação. Tenho muita dificuldade nessa matéria, mais você acha que mesmo com essa nota eu passarei no conselho? Mesmo sendo em língua estrangeira? Estou muito temeroso, vivendo semanas de choros antes do resultado, em sua humilde opinião o que acha que vai acontecer comigo?

  60. CLARICE TACHINI ARALDI comenta,

    dezembro 17, 2014 @ 18:46

    Boa tarde!
    sou de brusque , sc minha filha estuda em um colégio com média 7 pra passar , pode-se paegar dependencias em duas matérias, ela ficou em quatro em matemática por 1,5 em quimica por dois décimos, em historia por 1 e em fisica por 1 ponto. ela tem problemas de processo auditivoe toma duas vezes por dia ritalina de 10 mg.Mas o que me deixou chocada foi que ela tem um namorado e colocaram a culpa que foi por causa do namorado. A médica disse que eu posso recorer , quero saber sua opiniaõ se vale a pena ou naõ!
    Obrigado, ficvo no aguardo com urgência, pois tenho pouco tempo pra resolver isso.
    Abraços.
    Clarice

  61. Jackson Figueiredo comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 3:15

    Professora, é o seguinte fiquei em recuperação em inglês,português e Biologia. Faço o primeiro ano do ensino médio, e passei em todas as exatas, história,geografia, não vou mentir que converso, bagunço um pouco, mais sou muito inteligente e os professores falam que já viram poucos alunos fazerem cálculos mentais como eu, mais enfim, tenho dificuldades em línguas e acabei ficando nessas três, acho que passei em biologia, tenho minhas dúvidas sobre português e inglês eu vou pro conselho, devo ter tirado um 3 a 4,5. O que acha que acontecerá comigo? (Tenho 22 pontos anuais em inglês).

  62. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 5:02

    Jackson, não da´para dizer… tem de tudo… parece que os professores perderam o juízo .. aluno ótimo sendo reprovado no 3o ano por uma única disciplina. Eu nunca havia visto isso antes..

    Então, só quando sair o resultado poderá saber .. ok?

    abraços

  63. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 5:10

    Clarice pode e deve!

    Sua filha se encaixa em necessidades educacionais especiais e se você levou laudo na escola no início do ano e tem como provar isso e tem laudo você recorre e tem boas chances de ganhar.

    Mas se não tiver os laudos ou não levou na escola … daí não dá.

    Só que há um problema.. em Santa Catarina há um prazo curtíssimo para recorrer .. dois dias úteis após saber da reprovação. http://www.soniaranha.com.br/recurso-contra-reprovacao-escolar-em-santa-catarina/ mas de qualquer modo tente, ok?

    Tem muito ato normativo e lei que ampara aluno com necessidades especiais .

    Eu presto serviço de escrever a defesa do aluno inclusive fiz um para Minas e reverti a reprovação , mas cobro honorários para fazer se tiver interesse entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  64. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 5:29

    Jackson.. se não atingir pode reprovar .. é isso que acontecerá com você.

    Agora você tem o direito de recorrer ok?

    Se ficar reprovado você entra com Pedido de Reconsideração.. não você mas um responsável legal seu ..

    É o jeito né? Já saiu o resultado? abraços

  65. leticia comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 11:23

    Professora, eu sou do parana, quero fazer o pedido de reconsideração, qual o meu prazo? e mais, eu tenho laudo médico que tenho síndrome do pânico, mas nao mostrei ao colégio no inicio do ano, nao mostrei porque quando fui fazer minha matricula e informei eles disso nao gostaram muito da ideia, mas dai deixei queto, tem que protocolar? e em qual secretaria da educaçao eu vou porque moro em uma cidade, mas estudo em outra..

    abraços

  66. Anônimo comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 14:46

    Olá professora Sonia, tenho 17 anos, estou no 3° ano do ensino médio, estudo em um colégio estadual, na Bahia , e tenho 76 faltas no total, já estou passada nas notas em todas as matérias desde a 3° Unidade mais tive que viajar na 2° unidade e faltei vários desses dias corridos o que não me prejudicou em nada no meu rendimento, mais a escola entrou em contado comigo informando que o estado irá me reprovar por falta!!
    essa informação é verídica?
    Pelo que li em um texto seu sim!
    como posso recorrer? ha algo que eu possa fazer ?
    Estou matriculada em uma faculdade particular, minha nota no Enem provável que seja boa, e na Uneb também, não sei o que faço, como pode em um pais onde metade dos jovens não terminam o ensino médio, eu terminar com boas notas e ser reprovada? Tenho natas muito maiores do vários colegas que vão pra escola todos os dias, isso é pra tirar o chão de qualquer pessoa.
    Não sei o que faço. Tem alguma forma de recorrer, me ajude por favor, estou desesperada .

  67. Marcia Grenci comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 18:18

    Olá, Prof. Sônia, prazer imenso em encontrar seu blog em um momento tão complicado.
    Primeiro queria dizer que no site do colégio (em SP), no qual minha afilhada estuda consta que temos 5 dias úteis
    para entrar com a Reconsideração. Mas na verdade parece que a lei mudou e que agora são 10 dias. Correto?
    Minha afilhada estuda no 9º ano do Fundamental II de um colégio particular. Ficou em recuperação ( 1ª fase) e não passou em 4 matérias – Port., Hist, Geometria e Espanhol. Em três das matérias ficou por UM ponto. O que a impossibilitou de fazer a 2ª fase da recuperação. Minha Reconsideração solicita que ela tenha, ao menos, a chance de fazer a segunda fase da recuperação ( que já aconteceu, teria que ser provas especiais), por exemplo, com o colégio lhe concedendo UM ponto em espanhol (uma língua opcional na maioria dos colégios). Afinal esse é um ano de festa, de formatura, um ano em que até viagem para se comemorar a formatura já foi feita ( em SETEMBRO- com festa à fantasia, festa a rigor, festa de branco) e paga, muito bem paga. Ela foi a única que não passou e está profundamente abalada com esse fato ( claro que deveria ter estudado mais etc, etc, e essa conversa já tivemos com ela). Agora imagine a cabecinha de uma garota de 13 anos que comemora a formatura e no final do ano fica sabendo que não se formou!!).O colégio alega que está fazendo isso para o bem dela, uma vez que não tem condições de cursar o ensino médio. Tem outro ponto que considero bem grave : às vésperas da recuperação ela foi chamada pela coordenadora que questionou porque ele passava rímel para vir a escola. Que devia se preocupar em estudar e não em coisas fúteis como passar rímel. E que queria deixar claro que se ela precisasse de 0,10 para passar, o conselho não iria lhe dar. Para mim isso é
    Bulling !!! Enfim, você acha que temos chances?

    Abraços, Sonia
    Marcia Grenci

  68. Marlon da cruz comenta,

    dezembro 18, 2014 @ 21:57

    Fui reprovado hoje por 0,2 em filosofia e 0,9 em matemática. Achei q foi um abuso não terem dado esses décimos no conselho aonde eles passam pessoas que precisam de muito mais. Quero saber se posso recorrer disso

  69. MIRIAM DE MORAES MACEDO comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 2:08

    Gostei muito do seu blog,através dele pude notar que posso entrar com recurso e talvez ajudar minha neta.Li sobre o que disse a respeito de aluno repetir duas vezes o mesmo ano que é incompetência ,tenho uma neta que foi reprovada pela segunda vez a sexta série,tem algo que eu possa fazer ela esta totalmente
    desmotivada
    Att,
    ,.Miriam

  70. Jackson Claudio comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 2:20

    Boa noite

    Professora eu fui reprovado no 1º ano E.M,gostaria de saber como devo entrar com o pedido de reconsideração e se necessario entrar com recurso.

    Obrigado

  71. Luana de Miranda Lima comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 13:16

    Fui reprovada em um materia na faculdade por um decimo, tenho como recorrer a isso? os professores podem reprovar por um decimo?

  72. Kaio comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 13:40

    Boa tarde, hoje fiquei sabendo que fui reprovado por duas matérias no meu colégio, sou aluno do 3°ano do E.M, e gostaria de saber se é válido o meu recurso, trabalho e cursei o último ano, passei em 3 faculdades em direito, e agora estou impossibilitado de cursar o ensino superior por este motivo. Agradeço caso possa me orientar.

  73. Ariane comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 15:44

    Minha filha reprovou pela 4 vez a 7 serie por falta esse ano resolvi entrar com recurso, estou muito revoltada porque em nenhum momento os professores ofereceram os trabalhos de compensação de ausência. mesmo assim eu insisti em apenas 4 professores passaram os trabalhos e mesmo com td dedicação aos trabalhos ela foi reprovada, não quer mais estudar. Sinto que ela esta sofrendo perseguição pois me informaram que com os trabalhos ela seria aprovada. Em desespero e muito decepcionada com o descaso dos educadores que foram para o trabalho burocratico.

  74. Patrícia Carvalho comenta,

    dezembro 19, 2014 @ 18:31

    Gostaria de aproveitar esse espaço (gostaria que fosse na primeira página para que todos vissem!! rs) para agradecer, mesmo que tardiamente, à prof Sônia, que com sua clareza, entendimento e perseverança vem ajudando milhares de alunos e seus pais a buscarem os direitos a que fazemos jus mas que desconhecemos. Há um ano exatamente, encontrei esse blog através da ferramenta de busca e através da Sonia encontrei respostas, caminhos e uma visão sobre a educação completamente diferentes do que conhecia. Essa profissional, extremamente competente, fez de tudo ao seu alcance para me orientar e graças ao seu esforço, conseguimos junto ao Conselho Estadual de Educação de SP que a síndrome do pânico, através do Parecer nº 101/2014, se enquadrasse na lista de doenças que fazem com que seus portadores mereçam um atendimento diferenciado por parte dos estabelecimentos de ensino. Sônia é regida por um amor incondicional à sua profissão e é com esse amor que ela nos acalma nos momentos de desespero e nos mostra o melhor caminho. Não encontramos nela somente uma profissional com elevado grau de conhecimento em sua área mas também com conhecimento em relações humanas. Carregarei sempre comigo a alegria de ter conhecido uma profissional como Sônia mas mais ainda a alegria por ter conhecido o ser humano especial que é Sônia Aranha. Obrigada por tudo! Patrícia

  75. Patricia comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 2:06

    Ola dona Sonia , meu nome é Patricia eu acabo de ser reprovada no 8 ° Ano por faltas eu fiquei com 74 % de frequência no ano , eu sempre tirei ótimas notas mas depois das ferias de meio do ano , tive muitos problemas e acabei ficando muito mal sem vontade de ir para ha escola pois eu sofria bullying dos meus colegas nisso fique vários dias sem ir pra escola , a senhora poderia me explicar com fazer o pedido de reconsideração , se manda pelo correio ou os responsáveis tem que ir entregar pessoalmente , no meu caso qual é opinião da senhora , é um acaso muito difícil ? É preciso processar a escola? em quanto tempo a decisão da escola é tomada ?
    Muito obrigada pela a atenção

  76. Juan comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 11:39

    Sonia, protocolei o pedido ontem 19/12,a escola tem até dia 29 para dar deferimento ou não do pedido? Eles precisam me comunicar ou eu vou atrás? Obrigado

  77. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:01

    Leticia,

    Agora é difícil… sempre que há necessidade educacional especial é preciso informar a escola no início do ano, apresentando laudo médico e pegando um ciente da escola porque daí se a escola não incluir o aluno em um programa inclusivo o aluno tem chances de recorrer com êxito.

    Como você não apresentou o laudo a escola alegará que não sabia que você tinha uma necessidade especial e vc perderá o recurso.

    Mas se quiser tentar o procedimento no Paraná está aqui..http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    Abraços

  78. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:23

    Anônimo… sim pode recorrer mas a informação é verídica porque a lei federal n.9394/96 diz que o aluno tem que ter frequência no total de horas da carga horária de 75% e pode faltar até 25% do total da carga horária.

    Então, se a carga horária total do 3o ano de sua escola é 1.000 horas , você só poderia ter dado 50 faltas.

    Como pode em um pais onde metade dos jovens não terminam o ensino médio, eu terminar com boas notas e ser reprovada?Ué … !!! Como pode uma aluna boa não saber que a regra do jogo para ser aprovada é desempenho e frequência? Marcou, vamos combinar!!

    A reprovação mais difícil de reverter é a de falta, porque é uma exigência federal e depois de consumada a escola não tem muito a fazer.

    A escola poderia ter lhe alertado, a escola poderia ter um expediente de compensação de ausência expresso em Regimento Escolar para evitar uma reprovação por falta…

    No Estado da Bahia desconheço como se dá o recurso, entre em contato com a Diretoria Regional de Ensino http://institucional.educacao.ba.gov.br/direc de sua cidade e verifique o que vc pode fazer,ok?

    Abraços

    o

  79. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:32

    Olá Luana, podem reprovar por um décimo! Incrível mas infelizmente tem professor e escola que assumem um sistema de avaliação quantitativo e azaram com os alunos.

    Pode recorrer dependendo do Estado.

    Se for no Estado de São Paulo tem prazo para recorrer e acho que já perdeu o prazo.

    Conte do dia que você soube da reprovação 10 dias e entre com o Pedido de Reconsideração.

    Se a escola fechou e não tem viva alma para lhe atender envie o documento via SEDEX 10 , carta registrada, para ter provas que enviou o documento no prazo e adote no documento que teve que enviar por correio porque não havia ninguém para receber o documento ,ok?

    Abraços

  80. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:36

    Kaio, sim , não pode ir para o Ensino Superior porque não concluiu o Ensino Médio.. é um fato…

    Pode recorrer . Se for do Estado de São Paulo use a Deliberação CEE n.127/2014 , você tem até o dia 26/12 para fazer isso, depois não tem mais saída, ok?

    Faça o Pedido de Reconsideração e se a escola estiver fechada e não houver criatura para receber o documento envie por SEDEX , carta registrada para provar que você interpos o Pedido no prazo determinado pela n.127/2014 mas não havia ninguém na escola para receber. Faça essa observação no documento.

    A escola , quando retornar do recesso ou férias (daqui a 30 dias) lhe dará a resposta daí vc tem 10 dias para encaminhar o Recurso para a Diretoria de Ensino e esta 15 dias para dar a resposta. Vc resolverá este processo em meados de fevereiro.

    Abraços

  81. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:38

    Ariane!!!

    Disponibilizo o meu blog para você divulgar a sua revolta. Eu posto para você no blog,ok?

    Você recorreu?

    Quando soube da reprovação?

  82. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 14:56

    Ai Patrícia!! Me fez chorar!!
    Muito obrigada!!
    Beijos para você e seu filhão!!
    Vou subir para post!!
    Obrigada de coração por este presente de Natal!

  83. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 17:02

    Márcia,

    1) Primeiro queria dizer que no site do colégio (em SP), no qual minha afilhada estuda consta que temos 5 dias úteis para entrar com a Reconsideração. Mas na verdade parece que a lei mudou e que agora são 10 dias. Correto?
    Sim! Deliberação que está vigorando é a n.127 e não a n.120

    2) Não é fácil, sobretudo esse ano as escolas estão irredutíveis, mas tentar é um direito.

    3) Interponha o Pedido de Reconsideração o mais rápido possível porque o processo estará suspenso no período de recesso , então se a escola estiver aberta no dia 22/12 já faça isso porque o desfecho só saberá em meados de janeiro daí entra com Recurso na escola mas endereçado na Diretoria de Ensino que levará uns 15 para responder.. só em meados de fevereiro é que saberá o resultado..

    Muito angustiante e sofrido todo o processo que poderia ser evitado se a escola estivesse acompanhando melhor a sua afilhada.

    Se a sua afilhada participou das festividades de formatura você pode também tentar uma ação na Justiça por danos http://www.soniaranha.com.br/aluno-participou-da-formatura-mas-estava-reprovado/ também não é garantido que ganhe mas já há jurisprudência a este respeito.

    Abraços

  84. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 17:14

    Sim Marlon, pode recorrer.
    Qual o seu Estado?
    Aguardo

  85. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 17:23

    Miriam, recorra …abaixo eu já lhe instrui,ok?

    Abraços

  86. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 17:26

    Jackson, qual é o seu Estado?
    São Paulo?
    Se for você tem 10 dias corridos a partir do 19/12 para interpor o Pedido de Reconsideração.
    Se a escola estiver fechada você poderá colocar o Pedido em Sedex com carta registrada para provar que interpôs no prazo.
    Abraços

  87. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 18:46

    Oi Patrícia,

    Se você é de São Paulo o responsável legal por você deve interpor o Pedido de Reconsideração em um prazo de 10 dias corridos. Se a escola estiver fechada envia pelo Sedex carta registrada, se a escola estiver aberta interponha na secretaria protocolando a cópia que ficará com vocês.

    A carta registrada é importante porque servirá como protocolo.

    É um caso muito difícil porque reprovação por falta é determinado por lei federal 9394/96.

    Você só terá uma resposta em meados de janeiro e depois se mantida a reprovação pode entrar com o Recurso endereçado a Diretoria de Ensino e interposto na secretaria da escola

    É isso! abraços

  88. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 19:00

    Juan, infelizmente o artigo 2o , parágrafo 4o da Deliberação CEE n.127/2014 diz que § 4º – Os prazos a que se refere este artigo ficarão suspensos durante os períodos de recesso escolar e férias dos docentes”

    Então você terá a resposta após os 30 dias de recesso.

    Se os professores entraram em recesso no dia 19/12 – voltarão 19 ou 20/01 e daí mais uns dias vc terá a informação. Ficar atento para o decurso de prazo.

    Se mantiverem a reprovação entre com o Recurso endereçado ao Dirigente que supervisiona a escola, ok?

    Infelizmente o desfecho só no início de fevereiro.

    Abraços

  89. Juan comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 19:20

    Muito obrigado, entendi, mas após todo esse tempo eu deverei procurar a escola ou eles me procuram para informar sobre o deferimento ou não do pedido? Não realizarei mais a matricula, já estou com 20 anos e era final de ciclo, se não conseguir ser aprovado vou tentar concluir de outra maneira

  90. Luciana comenta,

    dezembro 20, 2014 @ 22:18

    Boa noite Sônia,

    Moro cidade de Salvador na Bahia, tenho uma filha de 14 anos a uma menina muito inteligente, porém portadora do TDAH. e no final do ano de 2011 tive o diagnóstico de TDAH dela que iniciou no escola no ano de 2012. No período de 2012 e 2013 a coordenação responsável apesar de não tratar de forma diferenciada no que se refere a avaliações ou recursos estava muito presente o que contribuiu bastante na rotina escolar dela sendo aprovada sem necessidade de recuperação final .
    Já no ano de 2014 a coordenação mudou, porém a escola já tinha o conhecimento do deficit, mas a nova coordenação ignorou totalmente o problema dela, inclusive me convidando a escola para assinar uma advertência pela inquietude da minha filha em sala de aula, esta advertência tinha inclusive caráter ameaçador pois ela convocou também a minha filha para assinar e isto na escola significa o primeiro passo para um convite a retirada da escola, neste momento reforcei junto a esta coordenação o TDAH e a mesma me disse que eles estavam ” olhando”, porém nenhuma medida ou ajuste foi tomado no decorrer do ano de maneira que contribuísse com o desenvolvimento de maneira que ela alcançasse o sucesso no ano letivo. Ao final do ano a escola divulgou o resultado que apresentava Minha filha na recuperação em 5 matérias sendo que 2 matérias por uma questão de 0,4 em ciências e outra por 0,8 em português não houve nenhum critério para que a situação da aluna pudesse ser melhor avaliada. Enfim recebeu a sobrecarga de realizar 5 avaliações de recuperação, ok as provas foram realizadas e das 5 matérias ficou com notas acima da média em 3 matérias, em geografia ficou reprovada por 0,2 e em matemática 1,6 ! O conselho decidiu por reprovar e não levando em consideração o TDAH que em nenhum momento foi tratado sem falar que no dia da avaliação de matemática e geografia a Aluna estava com um início de infeção intestinal muita dor abdominal e diarreia eu imediatamente comuniquei a escola que além da dificuldade de concentração a Minha filha estava fisicamente debilitada, a escola respondeu que não tinha nada a fazer, a prova obrigatoriamente teria que ser realizada naquela data e fui obrigada a levá-la mesmo sem condições .
    Nada disso foi considerado pelo conselho de classe reprovando a e existindo incoerência grande pois a avaliação de participação em sala pelos professores foi boa, principalmente o professor de matemática que avaliou a participação dela com média 8,5.

    Gostaria de contar com o seu apoio, pois quero recorrer da decisão do colégio em reprovar no ano de 2014 .
    Considero que a escola não fez o seu papel em momento algum e inclusive tratando com total descaso a situação apresentada pela minha filha, além de estar prejudicando mais ainda no que se refere a altoestima e segurança dela .
    A divulgação da reprovação ocorreu em 18 de dezembro de 2014 !
    O que devo fazer para reverter esta decisão da ?

  91. Tatiana comenta,

    dezembro 21, 2014 @ 1:03

    Olá Sonia, tenho um filho diagnosticado con Deficit de atenção há 3 anos, mas estamos em acompanhamento com ele desde 2007, em psicopedagoga, fonoaudiologo, professor particulares e o mais recente um psicoterapêutico com acompanhamento há 1 ano e 10 meses, com atendimento em casa 2x por semana, hoje ele cursa o 7 ano, e foi retido por nota, e foram muitas conversar para tentar alinhar, organizar e disciplinar para minimizar as falhas e desorganização dele, porém dessas reuniões entre todos nada durava muito tempo por parte da escola. Agora como devo proceder, acredito que a reprovação causar mais prejuízo do que ganho, tb entendo que ele reluta muito em fazer as obrigações, mas estou arrasada e se saber o que posso fazer, me sinto culpada pois estou sempre acompanhando de perto tudo da vida escolar dele. Por favor, como vc pode me ajudar? Agradeço muito qq orientação.

  92. Luciana comenta,

    dezembro 21, 2014 @ 10:14

    Me chamo Luciana moro na cidade de Salvador na Bahia, tenho uma filha de 14 anos estudou este ano a 7 serie , uma menina muito inteligente, porém portadora do TDAH. No final do ano de 2011 tive o diagnóstico de TDAH . No período de 2012 e 2013 a coordenação responsável apesar de não tratar de forma diferenciada no que se refere a avaliações ou recursos estava muito presente o que contribuiu bastante na rotina escolar dela sendo aprovada sem necessidade de recuperação final .
    Já no ano de 2014 a coordenação mudou, porém a escola já tinha o conhecimento do deficit , mas a nova coordenação ignorou totalmente o problema dela, inclusive me convidando a escola para assinar uma advertência pela inquietação da minha filha em sala de aula, esta advertência tinha inclusive caráter ameaçador pois ela convocou também a minha filha para assinar e isto na escola significa o primeiro passo para um convite a retirada da escola, neste momento reforcei junto a esta coordenação o TDAH da dela e a mesma me disse que eles estavam ” olhando”, porém nenhuma medida ou ajuste foi tomado no decorrer do ano de maneira que contribuísse com o desenvolvimento da aluna de maneira que ela alcançasse o sucesso no ano letivo. Ao final do ano a escola divulgou o resultado que apresentava recuperação em 5 matérias sendo que 2 matérias por uma questão de 0,4 em ciências e outra por 0,8 em português não houve nenhum critério para que a situação da aluna pudesse ser melhor avaliada. Enfim recebeu a sobrecarga de realizar 5 avaliações de recuperação, ok as provas foram realizadas e das 5 matérias ficou as notas foram acima da média em 3 matérias, em geografia ficou reprovada por 0,2 e em matemática 1,6 ! O conselho decidiu por reprovar a não levando em consideração o TDAH que em nenhum momento foi tratado sem falar que no dia da avaliação de matemática e geografia a minha filha estava com um início de infeção intestinal muita dor abdominal e diarreia eu imediatamente comuniquei a escola que além da dificuldade de concentração a minha filha estava fisicamente debilitada, a escola respondeu que não tinha nada a fazer, a prova obrigatoriamente teria que ser realizada naquela data e fui obrigada a levá-la mesmo sem condições .
    Nada disso foi considerado pelo conselho de classe reprovando e existindo incoerência grande pois a avaliação de participação em sala pelos professores foi boa, principalmente o professor de matemática que avaliou a participação dela com média 8,5.

    Gostaria de contar com o seu apoio, pois quero recorrer da decisão do colégio em reprovar minha nestas condições no ano de 2014 .
    Considero que a escola não fez o seu papel em momento algum e inclusive tratando com total descaso a situação apresentada pela minha filha, além de estar prejudicando mais ainda no que se refere a autoestima e segurança dela .

    O que devo fazer para reverter esta decisão da escola ?

  93. Ana Paula Diniz comenta,

    dezembro 21, 2014 @ 23:12

    olá dr Sonia minha filha ficou reprovada em três matérias aqui no rio tem dependência até três matérias, mais ela foi reprovada logo n lhe deram oportunidade de fazer a dependência.
    So que estou muito preocupada pq ela vai ficar muito atrasada pois ja repetiu uma vez, ela tem 15 anos e repetiu agora o oitavo ano quando deveria ter passado para o primeiro do médio.
    Eu sou de Duque de Caxias RJ o que posso fazer posso pedir a deliberação para que ela tente novamente me ajuda pelo amor de Deus.

  94. Bruna Marques comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 3:23

    Olá professora.
    Presenciei um caso grave de retenção e goataria de saber se tal procedimente está sendo efetuado se forma correta.
    Em tal caso, o aluno tem uma doença crônica ( Diabetes tipo 1) o que acarreta em faltas frequentes e confusão mental além do cansaço físico por suas frequentes crises de hipoglicemia.
    Além do mais, o aluno tem dificuldades com as matérias exatas, tanto que o mesmo ficou de recuperação em física, química e matemática.
    Fiquei sabendo que a prova de matemática foi corrigida pela diretora ao invés do professor e o aluno nao foi para conselho de classe.
    Achei um tanto quanto estranho, pois o mesmo cursou em 2014 o 3°ano do ensino médio e foi o único retido da sala sendo que alunos em situações críticas de notas e comportamento foram aprovados.

  95. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 14:56

    Juan, a escola entrará em contato com você , mas se não fizer isso mais ou menos daqui a 30 dias, entre em contato ou com decurso de prazo junto a Diretoria de Ensino.

    Em abril ou maio haverá as inscrições do ENEM. Faça e indique que quer o certificado de conclusão do ensino médio. Ao prestar o ENEM terá que alcançar 450 pontos nas 4 provas objetivas e 500 em redação. SE isso ocorrer em 2016 já terá o seu certificado de conclusão do ensino médio,ok?

    Abraços

  96. Thamyris comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 16:44

    Olá, meu nome é Thamyris, tenho 16 anos, descobri que reprovei o 2° ano, porem eu tive muitos atestados no decorrer do ano, e levei na Diretoria só que eles não abonaram as faltas e nem me deram trabalhos pra recuperar as notas. No meio do ano o diretor da minha escola veio a falecer, quem ficou no lugar dele foi minha professora de português. Depois da morte dele a escola ficou uma bagunça, eu estudo de noite por que trabalho de dia. Na maioria das vezes que ia pra escola era dispensada mais cedo, ou não tinha aula porque não tinha professor, ou porque não tinha agua na escola. Gostaria de saber se tem como recorrer? Porque eles não abonaram as faltas e nem me deram trabalho, oque a diretora disse que ia conversa com os professores pra mim fazer trabalho para não reprovar. Oque eu faço? Por favor me ajuda…

  97. Marcia Grenci comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 18:30

    Olá, Sônia, muito obrigada por suas orientações. Confesso que leio todas. E fico impressionada com seus comentários sempre tão precisos, incentivadores e carinhosos. Você me enviou o link do caso que os pais ganharam a causa pelo filho ter participado da formatura e depois terem sido comunicados da reprovação. Vamos entrar com essa ação. Você conhece algum advogado nessa área para nós indicar? Abraços, dou notícias.
    Marcia

  98. Fernanda Sanitá comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 22:20

    Boa noite Profa Sonia,hoje saiu as notas da minha filha,retida fui até a escola para saber eles me disseram que ela veio com as notas da outra escola defasada.Essa escola dá apenas trabalho valendo como nota de prova,ela tem vários trabalhos com ela com notas boas tipo 9,5,8, a nota mais baixa é 7 e mesmo assim ela reprovou.Fui falar da recuperação ela disse que não tem,que o aluno é avaliado diariamente,achei um absurdo,a direção da escola me disse que só quem tem muita falta que tem direito aos trabalhos para recuperar e como minha filha tem pouquíssimas faltas ela não teve direito de fazer os trabalhos.Entrei com recurso hoje mas estou com muito medo!!

  99. Fernanda Sanitá comenta,

    dezembro 22, 2014 @ 22:32

    Sonia, minha filha teria o direito de ver as provas e os trabalhos dela? Eles falaram que estão com os professores e que eles não podem pegar.. O que faço a respeito disso? Na realidade são muito mais trabalhos do que prova, nessa escola ela fez no máximo umas 5 provas só!
    E teve uma professora que ficou insinuando coisas dela com um colega de classe, e isso ofendeu minha filha e o colega dela. Teve um dia que ela pediu para ir da direção para poder ver sobre as notas (Obs: a coordenadora nunca tinha tempo) e ela foi, e quando voltou a professora a expulsou da sala, na frente de todo mundo, ela se sentiu humilhada. E teve um professor de sociologia que ofendia a maioria dos alunos, e chamou ela de atirada e outras palavras que seria melhor nao pronunciar aqui. E minha filha quebrou o braço no começo de outubro, então ela não podia fazer educação fisica, foram todos para a quadra, e minha filha havia esquecido o caderno na sala, ela voltou pra pega, a inspetora foi atrás dela falando que a professora tava reclamando que ela tava matando aula, e ela justificou que só foi pegar o caderno, e nisso a inspetora foi atras dela xingando ela de varios palavrões horriveis. E nisso tinha varias pessoas de prova. O que eu poderia fazer? Estou indignada com a atitudes dessas pessoas que já são adultas.

  100. Paulo Pinheiro comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 0:02

    Cara Sônia ,
    Meu filho de 9 anos foi reprovado no 3 ano do ensino fundamental I . Ele tem dificuldade eu sei e tenho tentado acompanhá-lo na escola . E soube de parecer do MEC que orienta que as escolas não reprovem crianças durante este ciclo . Procurei a escola que foi intransigente , disse que o menino de nove anos estava reprovado em matemática e ponto final . O que devo fazer ? Existe alguma lei que possa ser usada a meu favor ?

    Agradeço atenção

    Paulo Pinheiro

  101. Yollanda Prado comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 2:11

    Boa noite, meu namorado cursou o terceiro ano do ensino médio e foi reprovado em três disciplinas, porém muito provavelmente ele passe na federal de Santa Catarina em engenharia aeroespacial porque tirou uma ótima nota. Caso ele realmente seja aprovado no vestibular, como reverter a situação dele na escola? Vale lembrar que a escola que ele foi reprovado é particular. Aguardo uma resposta. Obrigada desde já! Se preferir entre em contato por email, estamos desesperados atrás de uma solução, pois muito provavelmente passará no vestibular e repetiu de ano.

  102. Érica comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 14:02

    Olá! O meu irmão ficou de recuperação em uma matéria por meio décimo e a escola reprovou ele. Isso pode acontecer?
    Por que agora por terem reprovado ele por essa quantidade de ponto ele não quer mais estudar.

  103. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:18

    Luciana, em Salvador não há ,salvo engano, ato normativo que discipline o processo de recurso, de modo que não há um prazo fixo..

    Então você poderá recorrer , penso eu, no início de janeiro exceto se a escola de sua filha estiver aberta.

    Casos de necessidades educacionais especiais são bem protegidos legalmente e há chances do recurso reverter a reprovação desde que bem diagnosticado e comunicado a escola desde o início do ano.

    Então, o primeiro passo entre com Pedido de Reconsideração endereçado a escola e se mantiverem a reprovação entre com recurso junto a Secretaria de Educação.

    Presto serviço de elaborar o documento de defesa mas cobro honorários pelo serviço ok? caso precise sonia@centrodestudos.com.br

    Mas recorra e se tiver que seguir até o Conselho Estadual siga.

    Abraços

  104. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:21

    Tatiana, qual é o seu Estado?
    Quando soube da reprovação se é do Estado de São Paulo porque tem prazo para recorrer…
    Aguardo.

  105. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:30

    Ana Paula, esta Deliberação é só do Estado de São Paulo.No Rio de Janeiro não tem.

    1) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado para a escola
    2) Se a escola mantiver a reprovação entre com Recurso junto a Diretoria Regional de Ensino.
    Usando para isso a lei federal, 8069/90, artigo 53,inciso III ok?

    Abraços

  106. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:35

    Bruna, peça para o responsável legal desse aluno recorrer .

    Alunos com necessidade educacionais especiais são protegidos por lei.

    Se a diabetes 1 é configurada e a escola está ciente com laudos apresentados no início do ano pronto ..

    Recorra.

    Abraços

  107. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:38

    Thamyris se vc for do Estado de São Paulo poderá usar a Resolução SE n.20/98 que fala que reprovação por falta poderá ser feito uma reclassificação.

    Quando soube da reprovação?

  108. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:44

    Olá Marcia, vou lhe passar a indicação por e-mail ok?
    Abraços

  109. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:49

    Fernanda .. fique tranquila o que foi feito foi feito .. curta o Natal, a passagem de ano e em janeiro você volta a pensar ok?
    Não sofra de véspera!
    Abraços

  110. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:51

    Paulo Pinheiro,

    Não pode reprovar no 3o ano do ensino fundamental Resolução CNE/CBE n.07/2010 e se vc for do Estado de São Paulo há Parecer CEE n.285/2014 que diz claramente que não pode reprovar nos três primeiros anos do ensino fundamental.

    Recorra que vc ganha.

    Quando soube da reprovação? Corra …

    Abraços

  111. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 20:55

    Yollanda difícil porque o prazo para recorrer em Santa Catarina expirou…

    http://www.soniaranha.com.br/recurso-contra-reprovacao-escolar-em-santa-catarina/

    Abraços

  112. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 21:03

    Érica, pode sim reprovar por décimos infelizmente.. pedagogicamente é um absurdo mas pode se estiver previsto no Regimento Escolar.

    REcorra. abraços

  113. Rafaella comenta,

    dezembro 23, 2014 @ 22:40

    Boa noite,
    Minha filha cursa o 7º ano e foi reprovada em 4 matérias:Português por 4 décimos,Matemática por 3 décimos,Inglês por 5 décimos e Filosofia por 8 décimos ,procuramos a escola para solicitarmos uma nova chance ou para ver se havia a possibilidade de arredondamento das notas pois as notas do ano letivo não foram notas que titulasse a aluna como ruim,a mesma participou de todos os trabalhos e projetos e não tive problemas quanto ao mau comportamento,e seria injusto a menina repetir o ano por conta de décimos, mais a Direção se mostrou irredutível,gostaria que me orientasse qual procedimento, como devo seguir de agora em diante ou se devo aceitar a reprovação.
    Att

  114. Serginaldo comenta,

    dezembro 24, 2014 @ 13:43

    Drª. Sônia, moro no estado da Paraíba e meu filho faz a 1ª serie do ensino médio em uma escola estadual, ele ficou reprovado em apenas uma matéria (matemática), fiquei surpreso ao saber que esse professor que reprovou meu filho, dar aula particular para os próprios alunos e que os que foram reprovados são,(” olha que coincidência”) os que não pagaram aulas de reforço ao dito professor,. Queria sua ajuda para cria o modelo de recurso.
    Certo de sua colaboração, desde já agradeço.

  115. Elaine comenta,

    dezembro 25, 2014 @ 15:52

    Profa. Sônia,
    Boa tarde! Feliz Natal!
    Soube da reprovação de minha filha do 3º ano do ensino médio no dia 12, entrei com pedido de reconsideração no dia 17.
    Foi reprovada por faltas e por notas em 4 matérias (Uma delas – Artes).
    No dia 16 quando fui conversar com a coordenadora para saber os motivos, ela comentou que poderia ter sido feito trabalhos para abonar as faltas, porém tanto eu como minha filha desconhecíamos esse procedimento e isso nunca foi sugerido por nenhum professor. (Anteriormente minha filha estudava em escola particular e cursou o 2º e 3º ano apenas na Rede Estadual)
    Quanto às notas, minha filha teve uma melhora nesse ultimo bimestre, mas nunca deram um trabalho ou prova de recuperação e nem conseguimos saber quais os métodos de avaliação da escola, pois são muito variáveis e pouquíssimas provas foram feitas.
    No boletim constava 44 faltas de português no 4º bimestre e com certeza está errado pois nem 44 dias úteis tiveram de aula. E ela não faltou todos os dias.
    Minha filha foi aprovado no vestibular em uma universidade particular e ficou muito indignada de não poder cursar.
    Coloquei todas estas justificativas no pedido de reconsideração.
    Gostaria de saber se são motivos fortes, principalmente o fato da escola não ter realizado nenhuma recuperação e nenhuma chance de recuperar as notas e nem orientar quando aos trabalhos para abonar as faltas.
    Como irá ser descontado o recesso no prazo que tenho?
    Muito obrigada!
    Você tem ajudado muito a nos orientar quanto aos nosso direitos.
    Abraço.

  116. Fernando comenta,

    dezembro 26, 2014 @ 9:42

    Olá, estou muito trisrte por conta da minha reprovação. Desabei quando fui olhar o resultado final no colégio
    Eu sofro de depressão à uns 9 anos e desde então tenho dificuldades na escola, não consigo me concentrar. Tenho muitas dificuldades mesmo
    Esse ano também fiz tratamento contea a anemia
    Eu não queria a reprovação, isso me afetaria ainda mais, e meu psicológico já é muito abalado
    Gostaria de saber se com um atestado da psicóloga que me acompanha falando sobre minha depressão e meu problema de aprendizado poderiam me aprovar.
    Eu tenho muitos problemas mesmo, e isso reflete na minha vida escolar.

  117. irac comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 4:27

    boa noita!Sânia moro em goiania-goias, fiquei sabendo que minha filha tinha ficado em 3 provas, sendo que pode ficar em dependencia em 2, ela não conseguiu eliminar as 3, mais em ciências, ela tirou 5,5 e 5,3 e 5,8 e eles mim chamou no colegio dia 19/12/2014 as 17:30 e avisou que o conselho reprovou ela,a escola e particular, e a mesma ja avia feito a matricula dela no 9 ano,nâo sabia que tinha prazo pra recorrer fiquei sabendo agora lendo seus email. ja tentei entrar em contato com a escola pelo telefone e a atendente disse que esta todos de recesso, ja liguei ate na secretaria de educação do mec,e eles estão em recesso.o que devo fazer,estou contrando um advogado,e o correto que devo fazer.aqui em goias tenhe prazo pra recorrer,se tenhe eu nunca subi. minha filha tenhe 14 anos , não gosta nem de falar em namorado so sai com os pãis,nunca dormiu em casa de ninguém sem nós,não quer nem ir a escola más, porque aqui os alunos do ensino particular que cusa o 8 ano fundamental de de 12 a 13 anos ,e ela esta com vergonha,assim que cheguei na escola a pedagoga mim deu opção de escolha, que ia reprovar ela, mais eu não aceitei, então ela falou que eu tinha que assinar um termo pra ela ir pro 9 ano,depois entrou a diretora e disse que não porque o conselho tinha reprovado. o que eu devo fazer,ja entra com advogado ou procurar a secretaria do mec,ou ir de novo na escola tenhe 9 anos que ela estuda la e so reprovou ela de mulher.sendo que quais todo mundo ficou.obriga desde ja estou desesperada, minha esperánça esta em Deus e agora na sua orientação.

  118. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 6:25

    Irac,

    Desconheço se em Goiânia ou Goiás tenham prazo para recorrer.

    O prazo que eu discuto aqui é de ato normativo do Estado de São Paulo e só vale aqui,ok?

    Procedimentos:

    1) Faça um documento Pedido de Reconsideração e peça ao diretor da escola que reconsidere a reprovação da sua filha.

    2) A escola mantendo a reprovação vc entra com Recurso junto a Secretaria de Educação do Estado de Goiás. Entre em contato pelos Telefones: 3201-3215 / 3201-3237 e verifique como você deve proceder para entregar o RECURSO CONTRA O RESULTADO DE AVALIAÇÃO FINAL.

    3) Se não conseguir entre com Recurso junto ao Conselho Estadual de Educação de Goiás.

    Em último caso constitua advogado para mover uma ação jurídica porque não há jurisprudência nesses casos de reprovação.

    Presto serviço de elaborar os documentos de defesa na área de educação. Caso queira contratar meus serviços entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  119. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 6:42

    Fernando, a escola sabe de sua saúde frágil? Levaram na escola laudo médico com o diagnóstico de depressão? Fizeram isso no início do ano?

    Se todas essas respostas forem sim então você deve recorrer porque é um caso de necessidade educacional especial e tem muita proteção, mas desde que a escola tenha ciência disso.

    Só que os prazos estão expirando se for do Estado de São Paulo , se não for ainda tem tempo ok?

    Recorra ! Avante! Abraços!

  120. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 6:54

    Obrigada Elaine,

    Na escola pública é mais fácil de reverter uma reprovação do que na escola particular.

    Acho que os profissionais da escola pública reconsideram …

    1) Entrou com Pedido de Rconsideração e a reprovação foi mantida

    2) Quando lhe deram a devolutiva?

    3) Tem 10 dias para entrar com o Recurso..

    4) Para as faltas entre com a Resolução SEE n.20/98 que diz que reprovando por falta a escola poderá reclassificar o aluno na série seguinte.

    Para reverter uma situação é apresentar as falhas da escola e fundamentar se possível com a legislação. SE houver falhas daí sim dá para reverter uma reprovação , caso contrário não.

    É isso Abraços!

  121. Fernando comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:01

    Não, a escola não está ciente que sofro de depressão.
    Vou apresentar o atestado pra eles agora em janeiro. Eu tenho muitas dificuldades mesmo, de verdade, principalmente em matemática. mas sou esforçado, temho boas notas em biologia

  122. Fernando comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:10

    Não, a escola não está ciente da minha depressão e minha saúde frágil. Vou apresentar todos os atestados pra eles agora em janeiro.
    Eu tenho muitas dificuldades mesmo, de verdade. Principalmente em matemática,. Mas sou bom em biologia, inglês, sociologia português…
    Eles aprovaram alunos que não sofrem de nenhuma doença, alunos normais, porém que não faziam o mínimo esforço,. Mesmo sofrendo de depressão profunda eu me dedicava, me esforçava e não faltava um dia de aula.
    Isso foi o que mais me machucou.

  123. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:14

    Fernando, o problema que apresentar agora o atestado não surtirá o efeito desejado.

    Funciona assim:

    1) Aluno com diagnóstico de doença crônica ou temporária é um caso de necessidade de educação especial;
    2) Deve apresentar o laudo no início do ano para a escola , expor a situação para que a escola possa incluí-lo em um programa específico;
    3) Se a escola sabe e nada fez daí sim é possível reverter uma reprovação porque a escola não cumpriu com a legislação.
    4) Mas se a escola não sabia não pode ser responsabilizada pela reprovação.

    Então, agora apresentar para a escola não resolve porque a escola alegará que não o assistiu porque não sabia de sua dificuldade.

  124. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:22

    Luciana, se vc tem laudo comprobatório de que a sua filha é portadora de TDAH e tem provas de que apresentou na escola no início do ano esta situação as chances são boas para reverter a reprovação e em um caso desse tipo siga até o Conselho Estadual de Educação.

    A legislação é boa e ampla, com jurisprudência inclusive na Justiça.

    Esta deliberação deste post não lhe serve porque é do Estado de São Paulo. Para a Bahia terá que usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    1) Entre com o Pedido de Reconsideração na escola endereçado a direção
    2) Se a escola mantiver a reprovação você entra com Recurso junto a Secretaria de Educação
    3) Se mesmo assim não conseguir tente o CEE

    Mas é como se fosse um processo jurídico deve anexar os laudos médicos (cópias) que comprovam o TDAH, e tudo o mais, ok?

    Caso precise , escrevo os documentos de defesa do aluno mas cobro honorários para isso ok? Contato saranha@mpcnet.com.br

    Leia mais a respeito:

    http://www.soniaranha.com.br/aos-pais-de-criancas-ou-adolescente-com-necessidades-especiais/

    http://www.soniaranha.com.br/inclusao-de-alunos-com-necessidades-especiais/


    http://www.soniaranha.com.br/plano-de-desenvolvimento-individual-pdi/

    http://www.soniaranha.com.br/meu-filho-tem-deficit-de-atencao-e-agora/

    É isso! abraços

  125. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:25

    Rafaella, é direito recorrer garantido na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Então, se houver prazo para isso recorra independente do resultado porque é um direito e direito não desperdiçamos,ok?

    Qual é o seu Estado?

    Se for do de São Paulo precisa saber quando soube da reprovação e conte 10 dias corridos e já passou não dá mais .. se caiu no Natal ainda dá tempo.

    Caso precise de auxilio na escritura do documento presto este serviço mas cobro honorários, ok? saranha@mpcnet.com.br

  126. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 17:33

    Serginaldo, salvo engano, aqui nos comentários já postei modelo de recurso. Dá uma olhada.. abraços

  127. LUZIA CANDIDA DA SILVA comenta,

    dezembro 27, 2014 @ 21:04

    Boa tarde!

    Preciso de orientação a respeito do conselho escolar do colégio do meu filho, ele obteve média 47 e o conselho não aprovou, deixou ele de progressão.A frequência dele chega a 95/% é um bom aluno e por motivos particulares a escola fez isso. Me oriente segundo as leis para que eu possa tomar providências.
    Obrigado.

  128. Elaine comenta,

    dezembro 28, 2014 @ 16:59

    Sonia,
    Soube da reprovação em 12/12 e entrei com a reconsideração em 17/12, ainda não me deram a devolutiva. Gostaria de saber como considero os 10 dias que eles têm para me responder, descontando o recesso.
    Exatamente como descobri através de seus conselhos, mencionei as falhas da escola pública e as leis correspondentes.
    Muito obrigada pela ajuda!
    Tenha um ano de 2015 maravilhoso! Que Deus a abençoe!
    Abraço

  129. kelly comenta,

    dezembro 28, 2014 @ 20:37

    Ola prof. Sonia minha filha ficou reprovada em duas materias sou de vitoria es. Ela e do 9 ano e reprovou como faço para recorrer neste periodo do natal, pois ela estava em tratamento de dois canal nos dente quando fez as provas, e nao estava em condiçoes de estudar direito por conta das dores de dente. quanto tempo tenho para recorrer?

  130. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 28, 2014 @ 21:50

    Luzia,

    Se a escola tem regime de progressão ela pode fazer o que fez já que o seu filho não alcançou a média exigida.

    O que rege a escola é o Regimento Escolar que é o documento mais importante e deveria ser conhecido por todos que convivem na escola.

    Mas como vc não concorda poderá contestar o resultado entrando com um Pedido de Reconsideração junto a direção da escola e pedindo que reconsiderem. Isso pode ser feito em função da lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III, ok?

    Abraços

  131. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 28, 2014 @ 21:54

    Olá Elaine,

    Então como os seus 10 dias caíram justamente no recesso agora terá que aguardar os 30 dias de recesso quando os professores retornam , deve ser por vota do dia 20/01 só depois disso que terá a resposta da escola e daí vc entra com Recurso junto a Diretoria de Ensino (5 dias ) se a escola manteve a reprovação.

    Obrigada você de ter vindo aqui no blog!! Abraços , boa sorte e um feliz 2015!

  132. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 28, 2014 @ 21:57

    Kelly, agora estão todos em recesso. Espere o retorno que salvo engano é no dia 05/01.

    No Espírito Santo eu desconheço se há um ato normativo que discipline o recurso. Eu não encontrei, então, não há um prazo rigoroso como ocorre aqui em São Paulo ou em Santa Catarina.

    1) Entre com o Pedido de Reconsideração na escola endereçado ao diretor da escola
    2) Se mantiverem a reprovação entre com o Recurso junto a Superintendência Regional de Ensino ok?

    Abraços

  133. Renata comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 0:51

    Sou do Rio e meu sobrinho cursou o segundo ano do ensino fundamental numa escola particular. Ficou em recuperação em 5 matérias, mas não conseguiu recuperar- se em matemática e inglês, ficando reprovado. Tem como recorrer desse resultado? Preciso de ajuda!!! Estou desesperada!

    Desde já, agradeço-lhe!
    Art Renata

  134. Nikole Sousa comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 1:57

    Olá eu fui a conselho de classe esse ano e reprovei por 1 décimo em física, meu colégio é militar! Eu posso entrar com esse recurso também?

  135. Douglas Eduardo comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 6:26

    Olá, gostaria de saber se tem como reverter minha situação, no qual, fiquei retido por questão de 3 décimos em filosofia. Onde no decorre do meu ano letivo. . Foi muito complicado por questões de saúde, mas tudo sobre orientac de atestado. . Enfim queria saber se tem como eu cursar o 3º ano sem pagar a dependência em filosofia por 3 décimos. . Existe algo pra eu fazer para fazer o 3º ano tranquilamente? !

  136. Carlos Santos comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 14:40

    Ola ! Eu Fiquei Reprovado No 9º Por 2 Décimos Na Materia De Geografia , o Que Posso Fazer Para Tentar Reverter Minha Situação ?

  137. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 18:42

    Olá Renata, recorra porque a Resolução CNE/CBE n.07/2010 , artigo 30 diz que
    não é para reprovar aluno nos três primeiros anos do ensino fundamental.

    No Rio de Janeiro não há ato normativo que discipline o Recurso.

    Mas vc poderá usar a lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III que diz que
    a criança ou adolescente tem direito de contestar critérios avaliativos em
    instâncias escolares superiores.

    Em tenho recomendado o seguinte procedimento:

    1) Encaminhar Pedido de Reconsideração na escola

    2) E se mantida a reprovação encaminhar para Recurso para a Diretoria
    Regional de Ensino que supervisiona a escola e se for o caso seguir com o
    Recurso para o CEE.

    É importante destacar falhas na escola para reverter a reprovação.

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa, mas cobro honorários
    para isso. Caso precise entre em contato.abraços

  138. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 18:42

    Nikole é preciso saber qual é o procedimento no colégio militar que possui outras regras,ok?

    ABraços

  139. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 18:48

    Douglas é preciso recorrer da decisão fazendo um Pedido de Reconsideração e depois o Recurso junto a Secretaria de Educação . Qual é o seu Estado?

  140. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 30, 2014 @ 18:51

    Carlos recorra.

    Qual é o Estado? Quando soube da reprovação?

  141. andreia comenta,

    janeiro 2, 2015 @ 0:47

    meu filho ficou reprovado no 4 ano mais acho que as professoras na deram as notas que deveria te dado acho que ela,teve um pouco de desrrespeito comigo pois fui ate ela 3 vezes e ela nunca sabia como meu filho foi nas avaliaçoes alem de te dado uma nota baixa para ele acho que elas projudicaram ele .

  142. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 3, 2015 @ 13:39

    Andreia, qual é o seu Estado? Escola pública ou particular?
    Aguardo

  143. paloma comenta,

    janeiro 5, 2015 @ 1:48

    Oi , estou com um grande problema meu nome é Paloma , repiti de ano o 3 ;;/ mais por problema de saúde tenho pedras nos rins e ano passado e esse ano foi ruim pra mim vivia em hospital levei alguns atestado , já passei mal na escola e tudo mais e assim o meu problema do rim vai e volta as pedras saem e voltam e tenhos crises voltes .. E mesmo assim repiti o que faço ? Recebi essa semana a notícia uma amiga minha me avisou e mandou a lista .. Me ajude ? Por favor

  144. paloma comenta,

    janeiro 5, 2015 @ 1:53

    Me ajude , sera que posso compensar as faltas , algum assim … Não tenho como ficar indo a escola , pois tem dia que tenho crises .Não sei o que fazer

  145. fabiana gomes comenta,

    janeiro 6, 2015 @ 9:59

    ola Prof. Sônia, estava no ano de 2014 no terceiro ano do ensino médio e reprovei pois não obtive a media pedida pela minha escola, fiquei na matéria de biologia, fiz a prova final e a especial e mesmo assim reprovei, eu realmente estudei e muito, eu naquele momento não consegui responde uma prova que era fechada, mas eu estudei e achei injusta essa reprovação, essa professora nunca gostou muito de mim, varias vezes quando eu ia mostrar uma atividade a ela que tinha no meu caderno, ela dizia que não era meu, mas isso não vem ao caso, eu soube que temos direito a uma terceira prova de recuperação no mês de janeiro e gostaria de saber se é realmente verdade e o que eu devo fazer agora, pois passei no vestibular e não poderei entrar na faculdade.

  146. giovana couto borges comenta,

    janeiro 7, 2015 @ 3:57

    Prof Sonia R Aranha..quero tirar uma dúvida minhas filhas estavam cursando o primeiro ano e reprovaram..algumas pessoas disseram..que não pode reprovar no primeiro ano..ate li alguns comentários. .sobre isso…mas já oegueio boletim..ainda posso fazer alguma coisa pra que eelas nnão reprovem…até porque não fizeram tudo que poderiam fazer pra que fossen aprovadas…senti um certo desinteresse por parte da professora…

  147. giovana couto borges comenta,

    janeiro 7, 2015 @ 4:11

    Não faltavam aulas..acordavam cedo prair no reforço. .e muitas vezes as duas gêmeas. ..chegavam em casa eu sempre perguntava e aí filhas aula foi boa?Então elas respondiam não fiz tarefa mamãe. ..só assisti hoje..e as postilha de apoio que a professora mandou no final do ano estavam sem fazer nada. ..elas conhecem o alfabeto. .o vocabulário. ..fazem o nome…algumas palavras tipo papai mamãe. .mão. ..mas ler não sabem…na sala dela sóelas reprovaram..e antes de encerrar o ano fiz uma rreclamação com a professora. .porque minha filha chegou em casa e disse que a professora falou que iria dar um tapa nela…não o fez mas segundo minha filha ela disse. ..ai quando reclamei ela chamou a minha filha pra petguntar c ela teria dito isso e minha filha ficou muda…até porque elas são reprimidas com pessoas estranhas..e falam bem baixinho…e a prof comentou que jamaus iria dizer isso …que era atenciosa e paciente. ..e ate quando fazia leitura ..como elas falam baixo pedia pra as duas falarem no ouvido dela…achei errado…não sei como agir…c recorro c ainda posso fazer alguma coisa pra elas não reprovarem…

  148. Andrea comenta,

    janeiro 7, 2015 @ 19:42

    Sônia Aranha, sou profundamente grata por ter me ajudado a recorrer pelos direito do meu filho, onde através do seu site tive a certeza de lutar e a justiça foi feita. A Diretoria de Ensino, através do Recurso de Deliberação CEE 128/2014, aprovou meu filho para o 3° ano ensino médio. Sônia querida, que DEUS te abençoe !!!
    “Só aos poucos o escuro se faz claro” – Guimarães Rosa.
    Grande abraço.

  149. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 8, 2015 @ 15:21

    Paloma, você terá que ter um laudo médico que ateste as crises que vc tem e precisa ser incluída em um programa de inclusão que a escola é obrigada a lhe oferecer para que suas faltas sejam justificadas, ok?

    Peça auxílio para profissionais da área da saúde em um primeiro momento.. abraços

  150. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 8, 2015 @ 19:29

    Fabiana, qual é o seu Estado? Eu não sei lhe responder o que me perguntou porque vc não informou se a escola é pública, particular , qual Estado vc mora… enfim… cada escola é uma escola.. cada Regimento um .. então depende ok?

  151. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 8, 2015 @ 19:52

    Paloma, escola pública ou particular… qual é o seu Estado?
    Você já tem 18 anos?
    Aguardo

  152. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 8, 2015 @ 20:03

    Giovana , você é do Estado de São Paulo? Quando soube da reprovação? Se for do Estado de São Paulo o problema é o prazo para recorrer.

    Há uma Resolução CNE/CBE n.07/2010 artigo 30 que diz para não reprovar alunos nos três primeiros anos do ensino fundamental. Confira: http://blog.centrodestudos.com.br/resolucao-no-7-de-14-de-dezembro-de-2010/

    Abraços

  153. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 8, 2015 @ 20:08

    Andrea!
    Viva!! Tin-Tin!
    Ai fico tão feliz com notícias assim!!
    Vou subir para post!
    Abraços e bom 2015 que já entrou com o pé direito!

  154. Roseli Vereta comenta,

    janeiro 10, 2015 @ 16:27

    Olá, primeiro parabéns pelo site, realmente é de grande ajuda. Meu problema é o seguinte: Moro no Paraná, meu filho tem 16 anos e foi reprovado agora em 2014 no 9º ano de escola particular. Ele já tinha sido reprovado 2 vezes na sétima série, 8º ano, na primeira vez por ter sido um ano difícil, perdeu o pai, mudou de cidade… A vida toda ele passou por conselho, sempre fui na escola conversar que ele tinha problemas de concentração, fez fonoaudiologia por anos, dificuldades de passar para o papel o que está pensando, etc. Mas nunca levei laudo médico na escola. Fui em dezembro de 2014 conversar com o diretor, mas ele disse que não podia aprovar. Sei que já passou o prazo pra recurso, então li aqui algo sobre reclassificação, mas será que vale a pena? Ele tem que ficar na escola que fizer a reclassificação? Pensei, se a particular recusar isso, matricular numa pública, pedir a reclassificação, mas dai ele tem que estudar na pública ou posso voltar pra particular? Estou desesperada, meu filho está devastado, muito triste, não quer estudar com alunos de 13/14, tendo ele 16! Desde já, obrigada!

  155. milena comenta,

    janeiro 11, 2015 @ 18:30

    Ola, Sonia
    sou de PE e reprovei o terceiro ano do ensino medi, so que assei em 2 faculdades. Estudo em escola privada e ja sei de varios casos que o colegio em que eu estudo deu o certificado de conclusão para alguns alunos no meio do ano, sem ter concluifo o colegial, só por ter passado no vestibular. Se eu for conversar com a coordenaçao, eles podem me dar o certificado de conclusão? Tem o direito de me dar? Ou terei que cursar o ano de novo?

  156. Paulo Venancio comenta,

    janeiro 12, 2015 @ 22:05

    Professora Sonia tudo bem

    Sou professor de Sao Paulo e tenho duvida sobre a reprovação.
    meu filho reprovou o 1° Ano do ensino Medio com argumento da escola de baixa desempenho o que devo fazer para que ele faça em 2015 o 2 ano .e nao perca o 1 ano.
    Atenciosamente
    Paulo

  157. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 13, 2015 @ 5:31

    Paulo depende de quando soube da reprovação porque há um prazo previsto pela Delbieração CEE n.127/2014 e n.128.

    Do dia que soube da reprovação conte 10 dias corridos.

    Verifique se o prazo não expirou e conte para isso com o recesso de professores e fechamento da escola..

    Se estiver no prazo entre com um Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola e depois se for o caso entre com o Recurso junto a Diretoria de Ensino.

    Mas todo este processo se estiver ainda em tempo deve estar para expirar, portanto, corra, ok?

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa, caso precise entre em contato, mas cobro honorários para isso.. saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  158. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 13, 2015 @ 6:06

    Milena, isso é fraude e acho que a escola não faz isso não.

    Se as faculdades que vc ingressou, via vestibular, forem de qualidade poderá:

    1) Entrar com Recurso junto a escola e se não der certo junto a Secretaria de Educação e ir até o CEE

    2) Vc também pode constituir um advogado e impetrar uma ação, há jurisprudência nestes casos.

    Tudo depende de quantas matérias ficou reprovada e por quanto, ok?

    Caso precise presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno mas cobro honorários, ok? saranha@mpcnet.com.br

  159. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 13, 2015 @ 6:20

    Roseli, o prazo é apenas para São Paulo e Santa Catarina que possuem atos normativos que disciplinam o recurso.

    Paraná não tem então vc poderá entrar com Pedido de Reconsideração e depois com Recurso junto a Ouvidoria

    http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    Quanto a reclassificação terá que encontrar um escola que faça a reclassificação.

    Ele ficou reprovado em muitas matérias? Se ficou é mais difícil.

    A reclassificação é um expediente legal, determinado pela lei federal n.9394/96 porém como a escola é autônoma para escolher suas opções pedagógicas nem todas fazem a reclassificação.

    Você pode sim reclassificar na pública e depois do 1o trimestre transferir para escola particular.

    Mas de qualquer modo terá que levar o seu filho ao médico para ter um laudo recente e entregar na escola no início do ano letivo para que ele seja incluído em um programa de necessidade educacional especial porque ele deve ter Déficit de Atenção e precisa de um trabalho pedagógico específico para ele.

    Leia a respeito

    http://www.soniaranha.com.br/plano-de-desenvolvimento-individual-pdi/

    http://www.soniaranha.com.br/meu-filho-tem-deficit-de-atencao-e-agora/

    http://www.soniaranha.com.br/crianca-com-hiperatividade-tem-direito-a-atividades-diferenciadas/

    Caso precise de ajuda para a elaboração de documentos de defesa do seu filho visando o Recurso eu presto este tipo de serviço mas cobro honorários para isso ,ok? saranha@mpcnet.com.br

    Abraços

  160. Michely comenta,

    janeiro 13, 2015 @ 9:35

    Bom dia, prof!
    Preciso de sua ajuda urgente, meu filho ficou reprovado em uma matéria só na rede municipal do RJ, em matemática por 0,7 décimos. Soube q não pode reprovar em uma matéria só ou tem como eu reverter essa situação, soube do resultado dia 18/12 porem o boletim só veio para a minha mão dia 12/01.Me ajude, meu filho está super triste q além de ser reprovado ele teve q ser transferido para fazer m projeto de aceleração porque a idade esta defasada, ele te 15 anos e repetiu o 8 ano. Aguardo ansiosamente dua resposta, desde ja obrigada!

  161. Ana Claudia comenta,

    janeiro 13, 2015 @ 14:39

    Prof. Sonia, tive conhecimento do seu blog que ¨caiu como uma luva¨ para a minha situação atual. É o seguinte: sou de Sp capital, minha filha cursou em 2014 a 1ª série do ensino médio e ficou de DP em 1 matéria. Fiz o pedido de reconsideração e utilizei o msm texto que a Sra. postou. Levei na escola no dia 08 de janeiro, mas a escola me informou que não pode protocolar porque os professores voltarão de férias no dia 19 de janeiro e a escola só poderá me dar uma resposta no dia 28 de janeiro, sendo que as aulas iniciam no dia 26. Até questionei a possibilidade da escola agilizar para que o resultado saísse antes do ano letivo, mas nada consegui e sendo assim a escola não protocolou pq não conseguiria cumprir os 10 dias para me dar uma resposta. Me informaram que iriam protocolar, mas iriam anexar um documento para eu dar ciência que o resultado só iria sair no dia 28. O que posso fazer para agilizar este processo?
    Aguardo

  162. Simone Oliveira comenta,

    janeiro 15, 2015 @ 11:42

    Bom dia, professora Sonia, meu filho e diagnosticado com TDHA , e um possivel Transtorno Opositivo Desafiador, cursa o 6° ano e foi reprovado, esta muito choroso, dizendo que nao quer mais estudar por causa disso, sou uma mae presente, ele e acompanhado por uma equipe de multiprofissionais, psiquiatra e psicologa, mesmo assim a escola o reprovou, realmente seu desempenho foi muito inferior, mas elas nao praticam a inclusao acham que ele esta com preguiça, nao faz porque nao quer, e sou eu sei o quanto ele sofre.
    So hj fiquei sabendo que posso recorrer desta decisao, mas que o prazo ja se encerrou, mesmo assim eu quero tentar, gostaria que me ajudasse a redigir este pedido.
    Grata
    Simone
    Aguardo seu retorno

  163. claudio araujo gonzaga comenta,

    janeiro 15, 2015 @ 17:49

    Bom dia Prof. Sonia, meu filho estuda em uma escola particular de goiania-go e foi reprovado na 5º serie do ensino fundamental. Acho que sera uma grande frustração pra ele esta reprovação. Conversei com a cordenadora pedagogica desta escola e ela me falou que não haveria outra alternativa a não ser fazer novamente o 5º ano. Posso fazer algo para que ele possa ir para o 6 ano?

  164. charles comenta,

    janeiro 15, 2015 @ 21:28

    OLA, GOSTARIA DE SABER COMO DEVO FAZER PRA REALIZAR ALGUMAS PENDENCIAS QUE TIVE NO MEU ENSINO MEDIO, TERIA ALGUM LUGAR PRA ME INDICAR PARA CONCLUSO DESSAS MATERIAS? AGARDO CONTATO SOU DO RIO DE JANEIRO, CIDADE DUQUE DE CAXIS.

  165. Mariana Rúbio comenta,

    janeiro 16, 2015 @ 18:40

    Professora eu fui retida em meu segundo ano do ensino médio em 4 matérias e devia coisa de 2 pontos em cada e em outras matérias tinha uma nota boa ou razoável. Houve uma enorme injustiça já que alunos com situações muito piores a minha passaram e eu não, eu liguei no colégio para saber o porque disso ter ocorrido e eles disseram que eu deveria me preocupar com o meu caso e não com o dos outros. Como é que não me preocuparia sendo que um aluno que necessitava de nota nas mesmas matérias que eu e precisava muito mais de nota passou, sendo que ele desistiu na semana de recuperação, e uma aluna que faltou 2 meses a escola porque estava em uma clinica (onde não era tratada com remédios e não dormia lá) foi aprovada. O meu prazo expirou mas eu ainda posso entrar em contato com um advogado para tentar reverter essa situação? Acha que eu conseguiria uma resposta diferente? Obrigado.

  166. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 18, 2015 @ 20:14

    Simone entrarei em contato comigo por e-mail, abraços

  167. Elaine comenta,

    janeiro 20, 2015 @ 13:56

    Profª Sonia,
    Bom dia,

    Soube da reprovação de minha filha no dia 09/12, entreguei o pedido de reconsideração no dia 17/12. Os professores entraram em recesso no dia 22/12 e retornam no dia 21/01/2015. Como conto os 10 dias, descontando os 30 de recesso deles?
    Seria assim? 18, 19, 20 e 21/12 = 4 dias + 21, 22, 23, 24, 25 e 26/01/2015= 6 dias, total de 10 dias? Ou seja, eles devem me retornar até o dia 26? E se não responderem ou se responderem no dia 27/01 passaram do prazo? É assim?
    Muito obrigada por todas as orientações, são de grande valor para nós leigos.
    Beijos

  168. Elaine comenta,

    janeiro 20, 2015 @ 13:59

    Complementando, ela cursava o 3º ano do médio em escola publica, passou no vestibular de universidade particular e já está matriculada. Tirou boa nota no ENEM, média de 530 e 620 pontos de redação. Reclassificação não dá para o 3º ano, não é?
    Obrigada

  169. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 21, 2015 @ 4:08

    Michely,

    O procedimento é o seguinte:

    1) Use a lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III
    2) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado ao Diretora da Escola
    3) Receba a devolutiva por escrito e se for negativa entre com Recurso
    4) Entre com Recurso junto a Secretaria Municipal de Educação.

    Alegue no Pedido de Reconsideração a defasagem de idade x série.

    No Rio de Janeiro , que eu saiba não tem um prazo como em São Paulo, então você poderá entrar com o Pedido ainda na semana ok?

    Abraços e boa sorte.

  170. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 21, 2015 @ 4:26

    Ana Claudia… a escola informou errado!!

    Veja bem … Eles teriam que ter aceito..

    Quando vc soube da reprovação? Você tem 10 dias para interpor o Pedido de Reconsideração.

    Eles é que teriam o prazo suspenso para responder em função do recesso de professores, isso está na Deliberação CEE n.128/2014 que altera apenas o artigo 2o parágrafo 4o da Deliberação CEE n.127/2014.

    Você tem que interpor o Pedido caso contrário perde o prazo!!!

    A devolutiva é depois do término do recesso.. isso não importa , importa é o seu prazo..

    Volte na escola e diga que é obrigação deles receber o Pedido de Reconsideração.. nem sei se vc já não perdeu o prazo para interpor o Pedido..

    Se você perdeu o prazo porque a escola lhe informou errado terá que ir na Diretoria de Ensino para verificar isso ok?

    Abraços

  171. PEDRO comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 0:23

    OLÁ PROFESSORA.
    ESTOU COM UM PROBLEMA… SOU POLICIAL MILITAR E ESTUDANTE..
    FIQUEI REPROVADO EM UMA DISCIPLINA POR CONTA DE NOTA, POIS A PROFESSORA USA O METODO DE AVALIAÇÃO DE ATIVIDADES EM SALA DE AULA + PROVAS.
    OCORRE QUE EM VÁRIAS OPORTUNIDADES TIVE QUE ME AUSENTAR DAS AULAS, E CONSEQUENTEMENTE DEIXEI DE FAZER AS ATIVIDADES VALENDO UM PERCENTUAL PARA A NOTA MENSAL, POR CONTA DE ESTÁ DE PLANTÕES E ASSIM.
    COMUNIQUEI A PROFESSORA, E ESSA NADA FEZ.
    AS PROVAS Q FIZ SÓ FORAM VALENDO 7,. EM DUAS TIREI NOTA 6,0 E OUTRA 7,0…
    OCORRE QUE FALTEI AULA POR FORÇA MAIOR, E ENTÃO DEVERIA SER AVALIADO DE FORMA DIFERENTE, O QUE NÃO OCORREU, POIS SE ASSIM TIVESSE SIDO FEITO, EU TERIA PASSADO..
    ME AJUDE EM UM MODELO DE PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO

  172. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:04

    Pedro você é de qual Estado? Pergunto porque dependendo o Estado dá para vc recorrer . Ensino Médio ?
    Aguardo

  173. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:17

    Mariana, eu posso indicar um advogado para você fazer uma consulta mas é muito difícil reverter caso de reprovação na Justiça.

    Em geral o juiz não quer entrar no mérito da escola.

    Então eu acho bem difícil.

    É mais fácil tentar uma reclassificação em uma outra escola.

    Onde você mora?

    Aguardo

  174. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:28

    Elaine, reclassificação do 3o ano não dá.

    Mas se ela tinha 18 anos em novembro de 2014 quando prestou o ENEM e alcançou em todas as áreas 450 em cada um e 500 em redação dá para entrar na Justiça e pedir o certificado de conclusão do ensino médio dela.

    Constitua um advogado, ok? Posso indicar um se precisar. abraços

  175. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:34

    Oi Elaine,,

    Ao retornarem do recesso conta 10 dias para darem a devolutiva.

    Então eles tem um bom prazo ..

    abraços

  176. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:50

    Charles, não sei infelizmente ficarei lhe devendo.abraços

  177. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 6:56

    Claudio, pode recorrer.

    Eu desconheço se há em Goiás ato normativo que discipline o recurso então indico-lhe o seguinte procedimento:

    1) Baseie-se na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III

    2) Elabore um documento Pedido de Reconsideração endereçado a direção da Escola pedindo aprovação e suas motivações apontando os erros da escola;

    3) Se a escola mantiver a reprovação entre com um documento chamado Recurso para a Superintendente de Ensino Fundamental: Viviane Pereira da Silva Melo – Endereço: Avenida Santos Dumont, Quadra 7 Lote 10
    Vila Nova – CEP: 74.643-030, Goiânia-Goiás Telefones: 3201-3215 / 3201-3237 E-mail: viviane.melo@seduc.go.gov.br
    Horário de funcionamento: 8h às 12h e das 14h às18 horas

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno mas cobro honorários para isso. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

  178. Ana Alice comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 14:59

    Olá Sonia,
    Ano passado estava curando o 2 ano do Ensino Médio em um colégio do interior de Goiás, no meio do ano letivo mudei para Goiânia e mudei de colégio. No final do ano minha mãe foi buscar minha transferência para outro colégio, quando chego la a secretária do colégio entrego os documentos do colégio anterior e disse que tinha reprovado, e não apresentou nenhum documento meu do colégio(nem minhas notas do final do ano), e nem falo o motivo da reprovação. Tem como recorrer contra minha reprovação?

  179. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 19:39

    Ana Alice , que coisa heim?

    Escola pública ou particular?

    Então você cursou o 2o ano em 2014 em um colégio e metade em outro, mas estando reprovada no 1o ano Médio?

    É isso? Confirme.

  180. Mendes comenta,

    janeiro 22, 2015 @ 21:39

    Olá, cursei o segundo ano do ensino médio em escola estadual (estado da bahia) e fiz recuperação de matérias na qual tinha dificuldade, e passei (física e matemática), fiquei em português pelo fato da professora só ter aulas em primeiros horários, moro longe e todos os dias pela manhã, antes de ir a escola, tenho que levar minha mãe ao trabalho e minha irmã menor à escola fazendo com que ocorram atrasos, estudei e acreditava ter feito uma boa prova final, porém recebi a notícia que fui reprovado na mesma, há algo que possa ser feito para recorrer desta decisão? Grato.

  181. Marli Aparecida Ribeiro Niles comenta,

    janeiro 24, 2015 @ 15:21

    Oi, Profa. Sônia R.Aranha meu filho pegou exame em 8 matérias este ano que passou e só não atingiu media em Química, e por isso reprovou posso recorrer essa decisão. Ele quis fazer muitas funções no mesmo ano e se perdeu nos estudos, faz aula de Footsal, participa de um grupo de dança, e trabalhava como menor aprendiz além de estudar, mas fazia tudo isso porque ele queria,mas agora vejo que ele esta triste sem vontade para tudo depois que soube que reprovou. Me falaram que Química não faz parte das matérias básicas então ele não podia reprovar, qual é a verdade de tudo isso , o que posso fazer para ajuda-lo.

  182. Marli Aparecida Ribeiro Niles comenta,

    janeiro 24, 2015 @ 15:23

    esqueci de dizer que ele esta no 2° ano do ensino médio. obrigada

  183. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 26, 2015 @ 3:14

    Olá Marli,

    Química é um componente curricular bem importante do Ensino Médio. E fazendo parte da Matriz Curricular da escola é importante tanto quanto Português, Matemática, Física, Artes ou qualquer outro componente curricular.

    Você pode recorrer mas qual é o seu Estado? Se for do Estado de São Paulo o prazo deve ter expirado porque conta 10 dias a partir da ciência da reprovação.

    Aguardo para dar melhores orientações. Escola pública ou particular? Qual Estado e cidade?

  184. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 26, 2015 @ 3:46

    Mendes, você é de qual Estado e cidade?
    Aguardo

  185. Jonny comenta,

    janeiro 26, 2015 @ 15:26

    Olá Prof. Sônia, é o seguinte, eu fui reprovado em duas materias no 3 ano do ensino medio em 2008, sendo elas português e matematica, pretendo voltar a estudar esse ano, posso fazer o EJA e pagar apenas as duas materias que ficaram pendentes? Ou vou ter estudar novamente todas as materias do 3 ano?

  186. Jonny comenta,

    janeiro 26, 2015 @ 15:26

    Olá Prof. Sônia, é o seguinte, eu fui reprovado em duas materias no 3 ano do ensino medio em 2008, sendo elas português e matematica, pretendo voltar a estudar esse ano, posso fazer o EJA e pagar apenas as duas materias que ficaram pendentes? Ou vou ter quer estudar novamente todas as materias do 3 ano?

  187. Bruna comenta,

    janeiro 28, 2015 @ 14:19

    Olâ tudo bem ?Moro no exterior precisamente no japão,minha filha estuda em uma escola brasileira reconhecida pelo mec e o método de ensino e anglo,esse ano ela reprovou por um ponto em ciências eu gostaria de saber se teria como eu recorrer?Ate porque mais dois alunos reprovaram na mesma matéria porem a coordenação junto ao professor deram uma segunda chance a esses aluno porem se eles não fossem bem nos primeiro bimestre que eles voltavam com eles para o quinto anos de novo sendo que na reunião que eu tive com eles,eles falaram que isso não pode ser feito pois eu tinha proposto isso a eles mais hoje fique sabendo que eles fizeram isso com os dois aluno da mesma serie da minha filha ?gostaria de ajuda !desde já muito obrigada

  188. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 29, 2015 @ 0:39

    Jonny, não sei bem como é que funciona o EJA , mas deve ser só essas duas matérias..

  189. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 29, 2015 @ 1:42

    Bruna, caramba não sei lhe responder.. mas encontrei http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12975&Itemid=866

    Tente o seguinte procedimento:

    1) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola
    2) Se a escola mantiver a reprovação
    3) Faça um Recurso para o Conselho Nacional de Educação e envie para o CNE= Conselho Nacional de Educação – Ao Ilmo Sr. Gilberto Gonçalves Garcia – Endereço: SGAS, Av. L2 Sul, Quadra 607, Lote 50 – 70200-670 – Brasília – DF

    Você vai usar a lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III . http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm

    Não sei se dará certo porque nunca vi um caso como esse, mas estou transpondo o procedimento que fazemos em solo brasileiro e passando para o CNE o que acontece com o CEE.

    Abraços

  190. Ana Paula comenta,

    janeiro 30, 2015 @ 1:14

    Olá, Profa. Sônia,
    Gostaria de saber se nos conselhos de classes há uma nota máxima para aprovar o aluno. Cada escola, particular no caso, poderá estipular em seu regimento interno uma nota máxima a ser dada? Ou não existe esse critério, podendo o aluno ser avaliado de forma global, independentemente do quanto precisaria para passar?!
    Agradeço essa oportunidade de tirarmos dúvidas.
    Abraço,
    Ana Paula

  191. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 2, 2015 @ 16:51

    Ana Paula,

    1) Cada escola, particular no caso, poderá estipular em seu regimento interno uma nota máxima a ser dada? Sim, pode estipular tudo,pois são autônomas, autonomia concedida pela lei federal n.9394/96.

    2) Ou não existe esse critério, podendo o aluno ser avaliado de forma global, independentemente do quanto precisaria para passar?! Tudo depende do que está expresso no Regimento Escolar de cada escola. Cada escola pode assumir um tipo de sistema de avaliação quantitativo ou qualitativo, infelizmente a maioria das escolas particulares usam o sistema quantitativo.

  192. Joel Mello comenta,

    fevereiro 3, 2015 @ 10:30

    Bom dia, meu filho de 8 anos reprovou na 3ª série, fui orientado q isso n deveria acontecer, entrei em contato com a escola e me informaram q seguem a lei municipal, diante disso o que devo fazer, é possivel conseguir q passem ele para o 4º ano?
    Aguardo retorno!
    Obrigado por sua atenção.

  193. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 4, 2015 @ 19:35

    Joel, é possível recorrer da decisão, mas reverter reprovação não é fácil.

    Se for recorrer tem que correr porque já entramos no ano letivo de 2015.

    Você poderá usar a Resolução CNE/CBE n.07/2010 artigo 30 http://blog.centrodestudos.com.br/resolucao-no-7-de-14-de-dezembro-de-2010/

    Também poderá usar o Parecer CEE n.285/2014 que é do Conselho Estadual de Educação dizendo que não é para reprovar nos três anos iniciais.. olha o que diz

    Portanto, não é admitida a retenção do aluno, por falta de aproveitamento, nos três anos iniciais do Ensino Fundamental. A proposta de um plano individualizado de ensino necessariamente deverá ser feita para atender às necessidades especiais do estudante em questão, de forma a apoiá-lo no ano seguinte, sem afastá-lo da sua turma e dos colegas com quem iniciou o Curso.

    Entre com o Pedido de Reconsideração junto a direção.
    Obtendo negativa
    Entre com Recurso junto a Secretaria de Educação do Município…
    A cidade é do Estado de São Paulo? ajuda..

    Eu presto este serviço de fazer o processo mas cobro honorários .. se precisar entre em contato saranha@mpcnet.com.br

  194. isabela comenta,

    fevereiro 5, 2015 @ 16:54

    Ola Sônia.
    Meu nome é Isabela e meu caso e o seguinte, fui reprovada agora no final do ano . No 3 ano do enino médio, mais a questão é, me reprovaram em 4 matérias que fui pra conselho até ai tudo bem. Mas a questão e que eu não fui a única que foi pra conselho com nota baixa . Haviam alunos com notas mais baixas do que as minhas e que tinham falta constantes. E alem disso havia uma formatura na qual foi realizada no fim do ano. E na qual eu não participei por eu não ser obrigada, e havia uma mensalidade que todos pagavam.. ate esses alunos com notas baixas. Então chego no dia do conselho todos eles passam. Mesmo estando na mesma situação que eu de notas. Agora eu penso como eles passaram ser ter notas. E por que eles pagaram a formatura e eu não. Por que disseram tambem que não e justo pagar o ano enteiroe chegar no fim do ano reprovarem . Me senti desvalorizada . So por que eu não paguei uma formatura eu sou obrigada a reprovar, queria saber saber dos meus direitos. Por que se É pra reprovar então deveria reprovar todos os alunos recori mais eles falaram que isso não e motivo para eles considerar. Oque devo fazer?!
    Att : isabela
    obg ate mais

  195. Marcia Rodrigues comenta,

    fevereiro 9, 2015 @ 13:20

    Meu filho passou de ano essa é minha revolta .
    Hoje ele esta na terceira serie…(Sem condições)
    Existe algum jeito que eu consiga reprovar meu filho.
    É incrivel como uns prof aq confirma d fato q ele ñ tem condições de estar no 3 ano, e ele passou.
    Eu como mãe conhecendo bem meu filho , sei tbm q ñ tm condiçoes!
    O ano passado era aplicado p ele dentro da sala d aula materia d estudo de primeira serie e pré… Fui saber a respeito disso eles m alegaram que seria um estudo de fortalecimento. E este ano o colocaram na 3ª …. O que posso FAZER???
    Sem falar q aq é 2 salas em uma 1ª e 2ª…agora meu filho está em uma sala só q estudam 3º 4º e 5ª ….ñ vai aprender nunca. E eu fiquei sabendo q só no terceiro ano q ele pode ser reprovado, acredito eu q ele ñ conseguira sair do 3 ano por um bom tempo!!!

  196. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2015 @ 2:54

    Isabela,

    Qual Estado e cidade?

    Se for Estado de São Paulo o prazo para recorrer expirou , infelizmente.

    Você já tem 18 anos? Faça o ENEM 2015 e indique que quer o certificado de conclusão do ensino médio, indique o órgão expedidor Secretaria de Educação do seu Estado e preste o exame em novembro atingindo a pontuação pronto já estará com o certificado,ok?

    Abraços

  197. Eduardo comenta,

    fevereiro 10, 2015 @ 6:43

    Professora Sônia, em 2014 cursei o 2ºano do ensino médio, por fim fiquei retido em 5 disciplinas , fui aprovado em todas exceto matemática. O sistema do colégio privado que estudo aqui no RS funciona da seguinte forma: se eventualmente não se alcança aquilo que necessita na recuperação,tens a oportunidade de fazer uma outra prova em fevereiro,chance dada em no máximo duas matérias(fiquei só em matemática) então fiz a prova., minhas perguntas são: Se caso haja uma reprovação há respaldo judicial para o ressarcimento de matricula (sim,foi feita minha rematricula no 3ºano sem nenhum problema e os respectivos meses já pagos,também sem nenhum problema) como achei tarde a data da prova, há tempo de recorrer se existir reprovação ?? Desde já te agradeço.

  198. Eduardo comenta,

    fevereiro 10, 2015 @ 6:47

    Te peço também, se há a possibilidade de reprovação em somente UMA MATÉRIA?? Enfatizando que tal matéria é matemática.

  199. Maiara comenta,

    fevereiro 11, 2015 @ 21:48

    Eu fui reprovada em uma escola estadual no 2 ano do ensino médio, no caso se eu tivesse passado cursaria o último o 3 ano. Enfim, vou passar para outra escola e essa escola também estadual, lá eu irei cursar o 3 ano como se não tivesse repetido. Isso pode dar algum problema quando eu pegar meu diploma, ou no sistema ou enfim algum problema ou estou livre disso?? Muito obrigada, agradeço desde já!

  200. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 11, 2015 @ 22:22

    Maiara, sim né? Claro que vai dar problema.
    Como é que a outra escola aceitou a sua matrícula no 3o ano?
    Não tem jeito, reprovou tem que cursar de novo o 2o ano.

    Exceto…

    1) Tem 18 anos, faz o EJA e termina o médio
    2) Tem 18 anos , presta o ENEM 2015, indica que quer o certificado de conclusão do ensino médio no ato da matrícula e indica o órgão expedidor, atinge 450 pontos em todas as áreas e 500 na redação e conquista o certificado.

    Fora isso não tem como… 2o ano ok?

    Abraços

  201. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 0:24

    Eduardo,

    Sim, há como recorrer não na Justiça e sim na Secretaria de Educação.

    O processo pode ser feito assim: 1) Pedido de Reconsideração na escola, 2) A escola mantendo a reprovação 3) Entra com Recurso junto a CRE que supervisiona a sua escola e se a CRE nada fizer poderá ir para o Conselho Estadual de Educação.

    Esta possibilidade é dada pela lei federal n.8069/90, artigo 53 inciso III que diz que a criança ou adolescente tem direito de contestar critérios avaliativos em instâncias educacionais superiores.

    Agora o ressarcimento do valor investido teria que ler no Contrato de Prestação de Serviço o que diz a respeito de cancelamento de matrícula.

    E sim, infelizmente, as escolas estão reprovando o aluno em um único componente curricular.

    Abraços

  202. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 0:53

    Marcia,

    O problema que eu vejo é que a escola não encontrou uma forma de ensino que atendesse as necessidades de seu filho.

    Escola pública ou particular? Estado?

    O que precisa fazer não é reprovar o seu filho é encontrar os motivos pelos quais ele não está conseguindo aprender da forma como estão ensinando. Ele pode ter também algum problema orgânico (surdez parcial, processamento auditivo comprometido, déficit de atenção, visão comprometida, etc.) são centenas de possibilidades o que a escola deveria ter feito é fazer uma anamnésia, pedir diagnostico e efetivar uma investigação para saber o que está acontecendo ou se se trata de uma questão de amadurecimento.. ou problema com o ensino mesmo.. enfim..

    Reprovar ou aprovar não é a saída para o problema. É preciso encontrar o motivo pelo qual ele não está aprendendo.

  203. Felipe comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 1:29

    Ola, boa noite!

    Estou no terceiro ano do ensino médio e gostaria de saber se posso solicitar o recurso caso eu seja reprovado… Tenho 18 anos, precisarei dos meus pais para isso?
    Obrigado desde ja!
    Att.
    Felipe

  204. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 1:40

    Felipe, não, com 18 anos vc mesmo poderá solicitar o recurso. ok?

    Mas espero que não precise…

  205. Danilo Rodrigo comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 23:09

    Oi professora tudo bem adoro seus comentários sempre pautados nas leis educacionais, sou aluno do ensino superior mais vez ou outra cunverso com amigos professores e eles sempre me dizem coisas tipo “ah, hoje as escolas tiraram a autoridade do professor, se eu reprovar o conselho da escola aprova, e se eu retrucar chamao outras autoridades maiores etc..gostaria de saber quais os direitos q o professor tem em sala de aula, se o aluno atrapalhar a aula ele pode retira-lo da aula usando auxilio como a de um vigia……qual sua opiniao sobre como se deve trabalhar em sala de aula com qualidade e sem perder a cabeça

  206. Danilo Rodrigo comenta,

    fevereiro 12, 2015 @ 23:29

    sim outra pergunta o professor pode levar uma aula teorica pra fora de sala de aula sempre..tipo pra tornala mais dinamica…um amigo professor meu de educação fisica disse q como não é obrigatorio o aluno comparecer aos jogos pois as aulas sao extra turno…nem todos vão…ele poderia tornar as teorica aulas praticas

  207. gleiciane comenta,

    fevereiro 19, 2015 @ 13:55

    Bom dia,
    Ola prof. Sonia.
    Eu fiz o Eja do ensino médio, que era feito em 2 anos( 4 semestre) quando estava no final do 2 semestre o professor disse que eu ia fica de pendência, procurei ele, depois ele disse que não era com ele e sim com o atual professor que substituiu ele na época. Mais o problema que só lembro de somente ter falado com o professor antigo, eu não lembro de conversar com o atual professor sobre a pendência. na era final de ano e logo tiramos ferias. quando voltamos deu continuação ao curso do eja do ensino médio nunca chegarão para mim para fala que estava devendo pendência, fiz o 3 e 4 semestre sem problemas com o mesmo professor de matemática. no final do curso a diretora disse o nome dos aprovados que na época todos da sala exclusive eu, fomos convidados a fazer formatura, mais como nem todos tinha condicoes financeiras opitamos por nao participa, e so fizemos um churrasco que foi na minha casa. E 2 anos depois foi mora nos estados unidos. não procurei a escola nesse tempo antes de viaja. 8 anos depois voltei e prestei vestibular em duas faculdades e passei quando foi busca meu diploma estava como não reprovada mais sim em dependência em matemática, mais quando procurei fazer a prova. não tinha como fazer que em 2006 sai outras regras na lei do curso eja. procurei a superintendência e ele mandarão em outra lugar chegando la vou ter que refazer praticamente o ensino médio porque tenho que fazer 18 avaliações, não só matemática mais outras matérias. Nao quero sai como santa e colocar a culpa na escola, mais eu acho que no final do curso a escola deveria de comunicado eu dizendo que não estava aprovada e sim tinha pendência em matemática. eu consegui localizar meu amigos de escola e eles ficarão admirados pelo fato que a diretora na época disse que eu estava aprovada. como isso aconteceu, eles não tem um controle de pauta sobre o aluno.
    o problema que só tenho ate dia 23/02 que já e segunda para levar uma declaração da escola como esta concluído o ensino médio. senão vou perde a matricular. ai vai se mais um ano perdido. eu estou desesperada.

  208. Paula Belagamba comenta,

    fevereiro 19, 2015 @ 17:55

    Boa tarde!!
    Sonia Aranha
    Minha filha Reprovou o 6º ano do ensino fundamental, porem ela ficou somente em uma materia que foi geografia, entrei com o recurso protocolei na escola dia 23 de Dezembro porem não obtive resposta alguma visto que os professores estavam todos de ferias, assim que começaram as aulas, a Diretora me procurou dizendo que havia feito um conselho e minha filha havia sido reprovada por comportamento, pelo meu ver a criança deve ser reprovada por não ter capacidade de passar para o ano seguinte , agora a Diretora quer que minha filha faça uma prova de recolocação o quer devo fazer neste caso?

  209. Luciana Jung comenta,

    fevereiro 19, 2015 @ 21:19

    Boa Noite!
    Meu filho esta cursando o 3º ano (2º serie),e troquei ele de escola,e a escola nova me informou hoje que segundo o mec meu filho esta reprovado,porem eu não estava ciente, o que posso fazer posso recorrer ele continuar cursando a 2º serie do ensino fundamental..
    Obs: Ele estudava em escola particular e agora esta na publica!
    Moramos em Ponta Grossa-Pr

  210. Guilherme Farias comenta,

    fevereiro 21, 2015 @ 2:03

    Oi, estou no segundo ano do Ensino Médio, mas fui “reprovado” com avanço em três matérias, me vejo em péssimas condições de ser aprovado, mas porem me deram os trabalhos de avanço para que possa ser aprovado, você acha que é possível eu ser aprovado?estudo em escola estadual…
    Mais uma pergunta ouvi dizer, que existe uma lei que não podem reprovar, neste meu caso.Mas procurei na internet e não encontrei nada.Existe mesmo essa lei ou alguma lei que possa me ajudar de alguma forma…hahahhaha, desde já grato…

  211. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2015 @ 19:11

    Guilherme, a escola pode reprovar sim.

    Estude, é o que eu lhe recomendo, ok?

  212. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2015 @ 0:11

    Olá Luciana, a escola pública fez a matrícula errada.

    Seu filho não está reprovado segundo o MEC, ele está reprovado segundo a escola particular que cursou em 2014.

    O MEC (Ministério da Educação) não tem nada a ver com isso,ok?

    No Paraná não há ato normativo que discipline o recurso, então, vc pode tentar recorrer da reprovação na escola particular ou pedir reclassificação na escola pública.

    Mas se ele reprovou e não tiver reclassificação ele terá que cursar novamente o 2o médio.

    abraços

  213. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2015 @ 0:12

    Paula, você é de qual Estado? Se for de São Paulo deixe-a fazer a prova e depois entre com recurso se a reprovação for mantida.

    Se for de outro Estado entre com recurso contra a reprovação alegando que na altura do campeonato não dá para ela fazer provas ok?

    abraços

  214. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2015 @ 0:22

    Gleiciane, infelizmente não se pode pautar pela fala das pessoas. Escola é documento e o que está valendo é o que está registrado nos documentos.

    1) Procure instâncias superiores para tentar regularizar a sua situação, sempre por escrito. Primeiro para o supervisor da Superindentencia. Não resolvendo siga para a instância superior.

    2) Se não der certo não há o que ser feito exceto prestar o ENEM 2015 e indicar no ato da inscrição que quer o certificado de conclusão do ensino médio , atingir a pontuação e fechar o problema ok?

    abraços

  215. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2015 @ 1:26

    Danilo,

    Claro que o professor tem autoridade na sala de aula. A questão é que precisa se valer da autoridade com uma boa aula.

    Se o aluno estiver atrapalhando o professor pode retirar o aluno da sala de aula, sem problema.

    Projetos de estudo em grupos são melhores opções.. nada do professor ficar diante da sala de aula falando por 50 minutos … hoje ninguém presta atenção por tanto tempo …. então, projetos de trabalho em grupos , com algo lúdico .. um game, por exemplo, ajudaria bastante a ter uma aula mais dinâmica e mais participativa.

    abraços

  216. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2015 @ 1:27

    Danilo, eu posso ensinar física (inércia, aceleração, etc..) com aula prática de skate no pátio, por exemplo.

    Pode sim…

  217. marizelia magalhaes comenta,

    fevereiro 25, 2015 @ 12:34

    Bom dia querida,minha duvida é a seguinte:tem 2 filhos gemeos que fez o 9 ano em 2014,sendo que ficaram em recuperaçao de 1 materia por conta do professor tem deixado de fazer uma avaliação que completaria a nota,isso foi quase com todas as salas que tinha a disciplina dele.meus filhos procuraram a direção da escola e eles disseram que era p eles virem fazer a recuperação mesmo o professor nem dando aula p recuperação,que se eles não alcançassem a média eles passariam no conselho de classe,porem só um dos meus filhos passaram no conselho de classe e outro perdeu foi reprovado,queria saber da sra como agir nesse caso?muito grata bjs.

  218. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 25, 2015 @ 14:06

    Marizelia,

    Qual é o seu Estado? Se for do Estado de São Paulo não há mais prazo para recorrer exceto se a ciência da reprovação ocorreu agora em fevereiro.

  219. Paula Belagamba comenta,

    fevereiro 25, 2015 @ 20:26

    Muito obrigado Sonia Aranha, ela fara a Prova Amanhã dia 26 de fevereiro caso não de certo entrarei novamente com o recurso, porem este recurso deverá ser na secretaria da Educação? ou na escola mesmo?
    aguardo
    att Paula

  220. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 26, 2015 @ 1:30

    Paula,

    Não estou lembrando do seu caso mas recapitulando…

    1) Primeiro é o Pedido de Reconsideração. Se vc já entrou e a escola respondeu com a prova .. se ela não for aprovada entra com Recurso endereçado ao dirigente de ensino regional mas é interposto na escola e a escola é que encaminhará o Recurso para a DE ,ok?

    Abraços

  221. Felipe comenta,

    fevereiro 26, 2015 @ 13:33

    Sônia… Preciso de sua ajuda!
    Tenho 18 anos e estou cursando o último ano do ensino médio. Minha namorada tem 17 anos e está também no último ano…
    Ela engravidou e vou precisar trabalhar período integral…
    Devo fazer um supletivo? Devo alterar meu período escolar para o noturno? Estou com medo de ser reprovado na escola devido a outras prioridades pelas quais necessito batalhar.
    No caso de uma reprovação, qual o procedimento que devo fazer para o recurso? Preciso alegar algo? Se sim, o que devo alegar?
    Um abraço e muitíssimo obrigado desde já…
    Felipe

  222. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 26, 2015 @ 20:06

    Felipe,

    1) Você pode tentar o EJA em escola pública. Não faça escola particular porque a maioria é fajuta, ok?

    2) Você pode também prestar o ENEM 2015 e no ato da inscrição indicar que quer o seu certificado de conclusão do ensino médio.A inscrição ocorrerá por volta de final de Abril início de Maio e o exame é em novembro. Com a nota do ENEM vc poderá também concorrer a financiamento de faculdade ou ingressar em uma faculdade pública.

    3) Você poderá continuar estudando na mesma escola e fazer de tudo para não reprovar . Se reprovar poderá entrar com recurso,mas reverter reprovação é bem mais difícil do que não reprovar , então, terá que estudar.

    4) Você deve fazer um documento por escrito para a direção da escola e para os seus professores comunicando que será pai e que a vida mudará um pouco para vc e que precisa de ajuda para conquistar o 3o ano do ensino médio. Acho que é uma boa saída. Faça o documento explicando em duas vias e uma delas protocole na secretaria e guarde. Sempre é uma prova de que vc comunicou a escola de sua nova situação caso precise para um possível recurso,ok?

    Boa sorte!!

  223. João Vitor Rezende comenta,

    fevereiro 27, 2015 @ 23:43

    Sônia,

    Minha irmã estava no 9° ano do Ensino Fundamental em uma escola particular. Ela teve notas baixas em Matemática e reprovou apenas nessa matéria. É possível recorrer? Entendemos que ela não foi bem na matéria no decorrer do ano, e ainda teve o falecimento de nossa tia 2 dias antes da prova de recuperação, o que a deixou meio abalada. Desde já agradeço.
    Um abraço,
    João Vitor.

  224. cleusa de matos tessaro comenta,

    março 1, 2015 @ 21:30

    ola professora minha filha concluiu o terceiro ano do ensino medio,quando foi pegar o certificado comunicaram ela que nao iriam entregar por que tinha uma dependencia em portugues do nono ano e a escola nunca avisou ela tem 17 anos o que deo fazer

  225. cleusa de matos tessaro comenta,

    março 1, 2015 @ 21:31

    agora ela nao pode comecar a faculdade que passou e ja pagou o primeiro mes

  226. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 2, 2015 @ 14:17

    Cleusa, infelizmente se consta uma dependência terá que resolver isso… O melhor jeito é fazer o EJA fundamental em escola pública para não cair em nenhum golpe com escola particular de EAD ou prestar o ENEM 2015 para solicitar o certificado de conclusão do ensino médio eliminando o ensino fundamental.

    Você também poderá escrever documento para a Secretaria de Educação do seu Estado solicitando regularização da vida escolar dela.. é difícil.. mas não custa tentar ok? abraços

  227. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 2, 2015 @ 14:36

    João Vitor … era possível, mas agora que já iniciamos Março concorda que é bem difícil ?…

    Se não for Estado de São Paulo ou Santa Catarina poderão tentar.

  228. Sara A. comenta,

    março 2, 2015 @ 16:23

    Profa. Sônia em 2013 estava no nono ano em um colegio “fraco” sem bases de quimica, fisica, biologia, e a matematica basica fraca.
    Em 2015, mudei de colegio, entrei em um mais reforcado, estava no Primeiro Ano do E.M., os coordenadores sempre discordavam de que eu precisava de aulas particulares, mesmo com a insistencia da minha mae, fiquei para recuperacao final, fiz minhas provas como fiz o ano inteiro, tendo certeza de que sairia com pelo menos um 70, o que, incrivelmente, nao acontecia, no ultimo dia da recuperacao a coordenadora disse que eu podia viajar tranquila de que eu passaria de ano, quando voltei tive a surpresa quando me disseram de que nao passei, e teria que repetir o primeiro ano EM, meu pedido de reconsideracao foi negado diversas vezes, a desculpa do colegio era que eu nao tinha “base” e nem “conteudo” para estar no segundo ano EM, falei com um advogado e ele disse que eu teria que entrar na justica com o pedido para reavaliarem minhas provas porque meu caso se igualava com varios casos de perseguicao escolar para a imagem do colegio, no inicio achei bobeira, fiquei ate hoje, 02-03 para voltar ao colegio, chegando la vi alunos que tinham notas menores e nao faziam trabalhos e tarefas no segundo, vi amigas minhas que tinham notas mais baixas passarem, e realmente juntando tudo senti como se ouvesse perseguicao escolar. O que fazer ?

  229. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 2, 2015 @ 19:04

    Sara, qual é o seu Estado?
    Aguardo

  230. Sara A. comenta,

    março 2, 2015 @ 23:03

    Foz Do Iguaçu – Paraná

  231. Antonio Filho comenta,

    março 3, 2015 @ 18:39

    Boa tarde professora!
    Resido no interior da Bahia e sou gestor de uma escola pública que oferta o Ensino Fundamental II e EJA.

    Tenho 5 casos na modalidade EJA (7ª/8ª) séries, dos quais 4 foram reprovados inclusive pelo conselho de classe em uma disciplina. Os mesmos solicitaram da escola a pwerspectiva de exercer em 2015 a progressão parcial da disciplina perdida no ano anterior.
    No que tange a lei pode ser executado e como proceder?

    Desde já grato.

  232. Rariston Siqueira comenta,

    março 4, 2015 @ 16:17

    Desculpe, meu sobrinho faz o terceiro ano e ele ficou de dependecia em a matéria no segundo ano, se ele fizer o EJA ele ainda tera que pagar a dependecia dele ?

  233. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 4, 2015 @ 16:36

    Sara, você pode tentar recorrer ,embora estamos em Março e deveria ter feito antes do início das aulas. Mas tente.
    No Paraná não há um ato normativo que discipline o recurso,mas tende fazer o Recurso junto a Ouvidoria ok?

    http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

  234. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 4, 2015 @ 17:21

    Antonio Filho, depende do Regimento Escolar de sua escola.

    Em geral escola pública não tem um Regimento Escolar em cada unidade e sim um geral. Então terá que verificar se no Regimento Escolar consta esta progressão parcial e se tiver poderá fazer , porém se não constar, não poderá fazer.

    Se o Regimento Escolar for por unidade e no seu Regimento não constar, vc não poderá fazer para 2015, mas poderá modificar o Regimento para introduzir esse sistema apenas para 2016 porque será homologado pela Secretaria de Educação.

    Eu acho o fim do mundo um aluno ficar reprovado em uma única disciplina. Isso vc poderia ter evitado presidindo o Conselho, pois o diretor é soberano ao Conselho e deve advogar à favor do aluno. O Conselho reprovar o aluno em um único componente curricular fere, ao meu ver, o princípio da razoabilidade de nossa Constituição.

    Mas enfim.. está feito.. se vc não conseguir a progressão parcial por não constar do Regimento Escolar eu recomendo que peça a esses 5 alunos que entrem com Pedido de Reconsideração endereçado a você e você convoca o Conselho de Classe novamente para analisar a situação.

    Se novamente os professores não usarem do bom senso reprovando alunos no EJA em um único componente curricular você orienta esse 5 alunos a entrarem com Recurso junto a Secretaria de Educação do Estado da Bahia, via Núcleo Regional de Educação, se a escola for pública estadual e se for pública municipal junto a Secretaria de Educação Municipal, daí este órgão superior poderá analisar se cabe mesmo esta reprovação em um único componente curricular.

    Eu digo isso porque toda a nossa legislação de ensino é para ajudar o aluno, principalmente esses alunos que foram expulsos da escola e hoje retornam via EJA. e não para reprová-los em um único componente curricular..

    Recomendo ainda que vc os oriente a prestar o ENEM 2015.

    No ato da inscrição do ENEM 2015 eles indiciam que querem o certificado de conclusão do ensino médio. Indicam também o órgão certificador que pode ser a própria Secretaria de Educação do Estado da Bahia que deve ter autorização para isso.

    Se eles tiverem mais de 18 anos podem fazer isso e se atingirem 450 pontos nas 4 áreas do conhecimento e 500 em redação conquistam o certificado de conclusão do ensino médio mesmo não tendo concluído o ensino fundamental.

    É uma boa opção. Leia a respeito: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/certificacao/2014/guia_certificacao_enem_2014.pdf

    abraços

  235. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 4, 2015 @ 19:36

    Rariston, ele faz o EJA na matéria que ficou reprovado e se for aprovado acredito que fim..

    Mas faça esta pergunta para o órgão competente que é a Secretaria de Educação do seu Estado,ok?

  236. Isac comenta,

    março 4, 2015 @ 23:45

    Olá, Sou estudante de escola técnica, no estado de Alagoas, tenho 14 disciplinas, estou aprovado em 12, das duas que restam, uma das mesmas acredito que consigo chegar na final. Já outra não! Será que ficarei de ano por conta de uma disciplina? Antes lá tinha ré-oferta o aluno ficando em pendencias de até duas disciplinas pagariam por 3 meses, em horário contrario. Falaram que esse ano não irá haver mais isso. Não concordo! SE ANOS ANTERIORES HOUVE ESSE ANO NÃO PODE SER DIIFERENTE!

  237. Isac comenta,

    março 5, 2015 @ 11:38

    me responda! rsrsrs, estou ansioso…

  238. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 5, 2015 @ 20:27

    Isac,

    1) Será que ficarei de ano por conta de uma disciplina? Infelizmente pode ficar sim, desde que o Regimento de sua escola diga que o aluno é reprovado em um único componente curricular.

    2) Com relação a mudança é preciso saber se está no Regimento esta mudança. Se o Regimento foi homologado é isso mesmo, caso contrário, vc poderá recorrer.

    Veja, se ficar reprovado vc poderá recorrer, mas é difícil reverter uma reprovação, sobretudo, em escola técnica.. é federal? É bem difícil, mas você tem direito ok?

    Abraços

  239. Sara A. comenta,

    março 6, 2015 @ 22:59

    Professora, o problema é que o Colégio disse que eu passaria e que eu poderia viajar tranquilamente, sendo que eu estava do outro lado do mundo, recebi a noticia de reprovacao quando ja nao poderia cancelar a viagem, falamos com os coordenadores quando voltei de viagem, e eles disseram, o que nao creio ser verdade, que falaram com os professores e eles mantiveram a reprovacao. Se eles tivessem dito a reprovacao antes de viajar eu teria recorrido antes a isso, mas eles nao me informaram isso. Queria saber se eu nao posso, ao menos, manter em aberto o 1o EM, e fazer o ENEM, com a nota do ENEM, fechar essa serie.

  240. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 7, 2015 @ 18:36

    Sara, não pode, infelizmente, exceto se tiver 18 anos na época do exame que deve ser em novembro. Se tiver 18 anos sim, poderá obter o seu certificado de conclusão do ensino médio, caso contrário, não.

    Se vc tivesse um jeito de provar que a escola informou errado daí sim poderia tentar um recurso mesmo fora de época.. talvez via judicial, mas sem ter como provar fica difícil…

    Por isso aprenda uma coisa… tudo da escola por escrito.. por exemplo, ao pedir algum tipo de informação faça por escrito e solicite resposta por escrito, ou por e-mail que também é uma prova .. ou grave com o celular enfim..para que tenha uma prova se precisar .. ok?

  241. Liriana comenta,

    março 12, 2015 @ 22:16

    olá, moro na Bahia e em 2014 cursei o 1 ano do ensino médio e fiquei em recuperação em apenas uma matéria fiz a recuperação e não passei fiquei conservada na matéria,tenho boa frequência escolar e possuo boas notas será que teria como passar pelo conselho de classe ou vou ter que repetir o ano.

  242. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 13, 2015 @ 18:44

    Liriana, depende muito da escola e do Regimento da Escola, ok? Não tem como eu lhe dar uma opinião porque tudo depende do Regimento …

  243. erisvaldo comenta,

    março 15, 2015 @ 19:10

    olá Sônia no ano de 2010 foi ultimo semestre do curso de tecnólogo em gestão da produção industrial pela Anhanguera em Jaraguá do sul santa Catarina fiquei reprovado por faltas que era 75% de frequência só alcançou 70% mudei da cidade hoje estou em Linhares espirito santo entrei em contato para saber si tinha possibilidade de faz essa matéria a distancia falam não tinha, orientaram a procura uma faculdade que tivesse esse curso e fazer despois enviar para eles as nota não encontrei nem uma com esse curso e mais todas que pedi informações falam que não tem como cursar só uma matéria, gostaria com posso proceder perante esse caso preciso desse curso a empresa esta cobrando já perdi oportunidade por falta do termino do curso. alguma sugestão ATT.

  244. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 18, 2015 @ 3:42

    Erisvaldo .. não sou especialista em ensino superior.. atuo apenas na Educação Básica ..

    Mas acho que você poderia tentar o seguinte… você ficou reprovado apenas em uma disciplina e apenas por falta? Você está com esse problema desde 2010? Difícil … se fosse em seguida ficaria mais fácil tentar resolver, mas depois de 5 anos…

    Poderia tentar um Recurso dentro da própria faculdade de Anhanguera em Jaraguá do Sul.

    1) Escreva documento bem formal solicitando ao Diretor de Graduação recurso contra o resultado de avaliação final pedindo que a faculdade faça uma compensação de ausência, pois você mudou de cidade, não há faculdade com esse curso e você não pode perder tudo o que foi realizado.Explique bem o que está acontecendo com você neste momento.

    O problema é que se a resposta for negativa não tem instância superior.. veja .. faculdades públicas tem várias instâncias democráticas que o aluno pode recorrer . mas as faculdades privadas não tem isso..

    Eu entrei no site da Anhanguera e dizem que tem um SAE e uma Ouvidoria.

    Talvez constituindo um advogado para verificar se há algo a ser feito.. mas acho o caso difícil…

    Acho que vc poderia consultar um advogado..

    abraços

  245. Sandro comenta,

    março 31, 2015 @ 0:42

    Professora, boa noite.
    Minha filha cursou o 3 ano e ficou em DP de 02 matérias, contudo, foi aprovada no vestibular de veterinária numa boa faculdade.
    Não protocolei pedido de reconsideração, tampouco recurso. Não tinha conhecimento desses institutos.
    Um aluno da mesma classe de minha filha, na mesma condição, ou seja, de DP em 02 matérias foi aprovado e já esta cursando a faculdade.
    Minha filha participou da formatura, o que supõe a aprovação.
    Necessito do contato do advogado especialista.
    Muito esclarecedor seu blog.
    Att.
    Sandro

  246. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 31, 2015 @ 0:44

    Olá Sandro, entre novamente no comentário e deixe o seu e-mail para eu lhe enviar a indicação ok?
    Sem o seu e-mail não tenho como enviar. abraços

  247. Shyrlle comenta,

    março 31, 2015 @ 21:24

    Olá, por favor, estou desesperada!
    Eu faço um curso técnico pelo pronatec na Uninassau.
    Foram 3 períodos de curso e no último período eu precisei faltar as aulas da segunda (que eram de uma determinanda matéria, pois cada dia é uma). Daí assim q consegui fui tentar falar com a professora para explicar o pq deu estar faltando suas aulas e dizer q mesmo assim estou estudando sua matéria (tanto que minhas notas estão boas nela). Só que ela simplesmente por n se lembrar de mim começou a me tratar mal. Disse em alto e bom tom na sala de aula que nunca me viu em nenhuma aula dela e que eu já estava reprovada nela. Disse q só estuda quem tem condições. Eu saí de lá super revoltada mas também n falei nada pq sou uma pessoa muita timida e acho q por isso ela se aproveitou e fez o que fez. Mas isso n foi o pior, no dia seguinte fui na secretaria pra falar de minhas notas da primeira unidade que sumiram do site, aí descubro que a instituião perdeu todos os meus registros na caderneta. Meu nome simplesmente sumiu ( o engraçado é que no portal onde confirmamos repasse do valor de nossa bolsa paga pelo governo a instituição estava lá meu nome bonitinho e constando td em dias). Daí chegou a bendita professora e fez: -O que tas fazendo aqui? Eu educadamente respondi: – Estou vendo umas notas minha q sumiram do site.
    Aí ela começou novamente a me atacar com palavras irônicas e me ofender. ELa disse: -Claro, nunca vem as aulas. EU disse as suas realmente esse semestre n pude vim, mas a dos outros professores sim!
    Aí ela saiu junto com a mullher da secretaria q estava resolvendo meu problema e foram pra uma salinha ao lado, e ela começou a me denegrir como aluna. Detalhe q eu nunca fiz nd pra ela, tenho pessoas que podem provar q eu tenho um comportamento exemplar em sala de aula (até pq somos todos adultos). Em fim, ela fez com q a secretaria n resolvesse meu problema e ainda falou com os professores o qual sumira minha nota pra n facilitarem pra mim pois eu fui pra coordenação fazer queixas deles. Coisa q eu n fiz em momento algum! Agora estou perdida pois não sei o que fazer, pois por causa dela posso perder 1 ano e meio de curso.
    Por favor preciso de uma orientação. O único meio de provar as notas q sumiram q é um dos problemas seria tendo a prova, mas como me mudei nesse período eu perdi.

  248. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 31, 2015 @ 22:05

    Shyrlle,

    Por que por causa dela vc pode perder um ano e meio de curso?

    As notas podem ter sumido do site mas devem estar registradas em outro lugar.

    Escreva documento formal para o Coordenador do Curso explicando que suas notas não estão constando mais do site e que você gostaria que fosse regularizado, ok?

    abraços

  249. Rafaela Ramos comenta,

    abril 1, 2015 @ 20:20

    Olá! Boa tarde, professora Sônia já não sei mais o que fazer. Cursei o terceiro ano do ensino médio no ano passado e fiquei reprovada em somente uma matéria, história, e alguns amigos meus também, mas a coordenação da escola liberou uma nova prova para eles e foram aprovados e pra mim, ela diz que não pode dar. Fui no meu antigo colégio para ver se eu podia fazer a dependência dessa matéria, e no momento não tem mais. E ela me informou sobre uma prova do estado que o aluno faz só aquela matéria e dependendo do resultado é aprovado. Sabe me explicar melhor como funciona?! Muito obrigada.

  250. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 7, 2015 @ 19:03

    Rafaela,

    Qual é o seu Estado? Escola pública ou privada? Aguardo

  251. Adriano Sola comenta,

    abril 13, 2015 @ 3:11

    Ola, acabei de entrar em uma escola nova, porem entrei logo na semana de prova e mesmo assim muitos professores me aplicaram as provas… Posso ficar com reprova (menos que 5 no boletim) esse bimestre? Ouvi dizer que quando entra assim eles nao podem deixar com reprova por ser novo. Estou com medo, pois não fui bem nas provas mas sou um bom aluno e meu historico é muito bom tambem, nao quero que manche ele!
    desde já obrigado

  252. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 13, 2015 @ 23:35

    Olá Adriano, se for menor de idade peça para um responsável seu escrever um documento endereçado a direção da escola , um documento bem formal solicitando a anulação das provas que lhe foram aplicadas e com uma agenda de novas provas.

    Sim, você pode sair prejudicado.

    Faça o documento em duas vias, uma via entrega a outra protocola na secretaria com assinatura de quem receber e a data. Guarde esse documento.

    No documento peça para que explicite o ocorrido e que está a solicitar novas provas.

    Caso precise , presto o serviço de escrever o documento mas cobro honorários para isso.

    abraços

  253. Paulo Venancio comenta,

    abril 14, 2015 @ 10:32

    Ola Professora Sonia tudo bem
    Meu filho foi reprovado e eu entrei com recurso e ele foi aprovado parcialmente ficando em quatro disciplinas Matematica, Fisica. Historia e Portugues. Hoje ele esta fazendo somente essas materias porem em horários diferentes em todos os dias da semana sendo uma aula na primeira e no mesmo dia a ultima aula ficando muito ruim pois ele fica sem fazer nada nesse intervalo de cada aula.
    Ja verifiquei na escola e segundo a diretora ela nao pode fazer nada, ainda salientei que ele precisa de transporte de casa a escola e mesmo assim nao consigo mudar os horarios ou que façam de uma maneira que estude somente um alguns dias.
    Enfim essa pratica da escola publica e correta ou posso recorrer a Diretoria de ENsino da Regiao que no caso é de Mogi das Cruzes SP
    Ele esta cursando o 1 ano do Medio
    Muito obrigado pela ajuda

  254. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 16, 2015 @ 20:55

    Paulo Venancio,

    Você pode pedir ao Dirigente de Ensino Regional – DE Mogi das Cruzes – verificar um modo mais adequado para seu filho cursar o 1o ano Médio.

    Em geral essas decisões são da unidade escolar e pode ser que o Dirigente intervenha.

    abraços

  255. Emanuella Bertulino comenta,

    abril 18, 2015 @ 11:38

    Bom dia, sou professora da rede municipal de uma turma de EJA 1º fase, nessa turma tenho um aluno muito especial ele tem 60 anos e portador de doença mental ele esta nessa turma a 15 anos ele vai a escola todos os dia, a escola para ele é uma terapia social.Ele foi retido todos os anos por suas limitações, limitações estas documentas por vários médicos e por pericia no INSS pois o mesmo recebe o beneficio desde seus 10 anos de idade.Ontem fui informada que deveria modificar todas as notas e relatórios do aluno para que ele seja aprovado isso no diário de 2014 passando para 2º fase nesta ano 2015 pois a coordenadora já havia modificado suas notas em ata sem um aviso prévio alegando existir uma lei em que um aluno portador de necessidades especiais não pode ser retido mais de três vezes. Gostaria de saber que lei é essa se existe, pois questionei a coordenadora ela me disse que lei é para ser cumprida não questionada.

  256. kariny Santos Almeida comenta,

    abril 19, 2015 @ 1:53

    oi eu moro em Grajau-Marahao ,No ano Passado ficei retida por causa de faltas pela Doenca que tive,eu estava cursando o 9 ano e estou nele esse ano ,quero muito ja eta fazeendo o 1 ano do ensino Medio,tem como recupera?

  257. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 20, 2015 @ 20:34

    Emanuella,

    O que está errado:

    1) A coordenadora , sem uma explicação fundamentada, solicitar a modificação das notas.
    2) A coordenadora já ter modificado as notas.

    Está errado porque você , professora, que é a responsável pelo acompanhamento do aluno e pela classe.

    ————————

    O que está correto:

    1) De fato o aluno com necessidades educacionais especiais não pode ficar a repetir ininterruptamente sem ter tido um acompanhamento específico , com um PDI – Plano de Desenvolvimento Individual.

    Este seu aluno é uma vítima do sistema de ensino.

    Por isso que há atualmente uma política de inclusão, para impedir que pessoas como ele sejam massacradas pelo sistema.

    Não há uma lei que diga que não pode reprovar mais de três vezes. O que há é uma política de inclusão que diz que o aluno tem que ser assistido em suas dificuldades. E se isso ocorre ele não precisa ser reprovado e quando chegar na idade adulta poderá ser promovido em avanço.

    Leia a respeito:

    PDI http://www.soniaranha.com.br/plano-de-desenvolvimento-individual-pdi/

    Um caso de um aluno que eu fiz um acompanhamento sem necessidade de reprovaçãohttp://www.soniaranha.com.br/projeto-de-educacao-de-necessidades-especiais-um-caso/

    É preciso compreender quais são as limitações do aluno e promover pequenos avanços.

    Claro que um aluno com uma deficiência severa ou mesmo moderada não saberá todo o conteúdo programático, por isso que é feito um específico para ele.

    O seu questionamento junto a coordenação se deve ater apenas ao autoritarismo do procedimento, mas de fato você deverá elaborar um Plano de Desenvolvimento Individual específico para ele afim de promover avanços mesmo que sejam pequenos.

    E é claro que ele não vai acompanhar o conteúdo de toda a turma.

    É preciso entender e praticar o princípio constitucional da isonomia Tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais;

    Não é que tenha uma lei específica que diga para não ficar reprovando é que esse aluno sendo reprovado ininterruptamente está sendo negligenciado pelo sistema de ensino de acordo com a Política de Inclusão.

    http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/politica.pdf

    Então , a sua coordenadora, ao invés de modificar as notas, deveria lhe orientar e com você elaborar um plano de desenvolvimento individual para esse aluno.

    Não resolve também não reprovar modificando nota. É preciso ajudá-lo.

    E se a família souber da legislação vigante a respeito das pessoas portadoras de deficiência poderá acionar judicialmente você e a equipe técnica.

    Estou ministrando um curso sobre como evitar sofrer uma ação judicial. Faça o curso comigo.. tem uma aula só de inclusão.
    http://www.centrodestudos.com.br/Ead/Aberto/DetalheCurso.aspx?Codigo=29

    abraços

  258. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 20, 2015 @ 20:35

    Kariny, não neste momento do ano letivo.

    Você terá que estudar e vencer o 9o ano ok?

    Sem desânimo! Avante! abraços

  259. Vanessa comenta,

    junho 9, 2015 @ 3:23

    Cara Profa. SôniA,
    Em junho de 2014 fui reprovada na Etec, contestei o resultado uma vez que não consegui compreender o real motivo da minha reprova. Não obtive uma justificativa somente me deram a informação que o resultado permaneceria o mesmo. Porém continuo contrariada com o resultado e gostaria de saber se tem algo que possa ser feito. Entrei em contato com o coordenador da unidade em maio que ficou de me dar uma resposta e até o momento nada.

  260. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 9, 2015 @ 4:06

    Vanessa,

    Essa época do ano já é um pouco tarde … na área da educação não há mais como, na Justiça pode ser um caminho, porém os juízes não gostam de se meter em reprovação exceto se houver uma questão de discriminação ou sobre inclusão.

    Eu teria que conhecer melhor o seu caso para lhe dar uma opinião… ok?

    Abraços

  261. Vanessa comenta,

    junho 11, 2015 @ 2:36

    Sonia como devo proceder caso queira optar por recorrer à justiça?
    Você só representa casos em Campinas?
    Grata e no aguardo.

  262. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 11, 2015 @ 4:17

    Olá Vanessa, eu faça representação apenas no âmbito da administração e indico advogada parceira para recorrer à Justiça porque não sou advogada e sim pedagoga com mestrado em Educação.

    Vou entrar em contato com você por e-mail ok?

    abraços

  263. Vanessa comenta,

    junho 11, 2015 @ 21:56

    Obrigada

  264. Gabriela comenta,

    junho 23, 2015 @ 17:06

    Boa tarde!
    Faço faculdade particular e aconteceu a seguinte situação:
    Toda sala tirou notas baixas e 80% dos alunos reprovaram por conta disso. As notas baixas vieram pois a faculdade passou uma prova na terceira avaliação que não tinha nada a ver com o conteúdo e modelos de provas repassados. Temos como recorrer? Obrigada!

  265. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 23, 2015 @ 17:27

    Gabriela, o caminho

    1) Façam a reivindicação de modo coletivo já que 80% não atingiu os objetivos mínimos.

    2) Escrevam um documento explicando o ocorrido endereçado ao professor da disciplina. Se ele não fizer a revisão da prova, marcando uma nova chance …

    3) Façam um documento para o coordenador do curso, anexando o documento entregue para o professor e solicitando o mesmo..

    4) Se não resolver , escrevam novo documento endereçado ao diretor da faculdade , anexem a cópia do que foi entregue ao coordenador e ao professor.

    5) Todos os alunos da classe que foram prejudicados assinam o documento.

    É isso!

  266. alessandro comenta,

    junho 24, 2015 @ 22:44

    estou fazendo um curso técnico em agrimensura,cujo eu passei na matéria de topografia I e foi lançada a minha nota média 67 e depois de 15 dias a minha nota foi mudada alegando que o meu trabalho estava igual a do colega e retiraram 10 pontos fique com 57 pontos me botaram de recuperação e fui reprovado.gostaria que me orienta-se pois depois deste episódio,um outro professor começou a ficar de marcação comigo e me reprovou em mais três matérias dele qual advogado de procurar.
    desde já agradeço
    fico aguardando sua ajuda
    obrigado

  267. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 26, 2015 @ 15:13

    Alessandro,

    vou lhe indicar um via e-mail ok?

    abraços

  268. Joyce Souza comenta,

    junho 27, 2015 @ 18:27

    Olá, estou fazendo um curso técnico em Enfermagem, a media é 6 pontos, mas não conseguir tira os 6 pontos nessa materia, então me colocaram para fazer prova final por conta de 0,4 décimos. e nessa prova tinha que tirar 7 pontos para passar, fiz a prova. porém, não passei. e agora eles dizem que tenho que pagar essa materia e fazer ela de novo. queria saber, se mesmo o curso sendo privado eles podem me reprovar por conta de 0,4 e eu sou obrigada a pagar uma materia a mais que a mensalidade que pago. desde já agradeço.

    aguardo sua resposta .. Obrigada

  269. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 29, 2015 @ 2:24

    Joyce, pode sim independente de ser privado (você pagando) ou público.

    Depende do Regimento Escolar e do sistema de avaliação adotado.

    Mas você pode recorrer da reprovação.

    Qual é o seu Estado e quando você reprovou?

    aguardo

  270. natayra amanda de souza comenta,

    julho 7, 2015 @ 14:39

    Bom,eu tenho 10 faltas no primeiro bimestre por causa que teve greve como eram poucas aulas nao compareci ,no segundo bimestre tive 6 faltas e tambem nao compareci algumas vezes por dores e tals mais nao me importei nao levei justificativa,tenho no total 16 faltas na materia de educacao fisica e tenho só duas aulas por semana ,gostaria d saber se posso recorrer pois minhas notas sao boas

  271. katia comenta,

    julho 7, 2015 @ 15:35

    Olá! não moro em SP, moro no maranhão mas gostaria se possível q vc por favor me esclarecesse algumas questões.
    vou tentar ser breve no resumo pois é tanta confusão: meu filho faz o 3ºano do ensino médio, o professor de física (q é tão qualificado q já foi corrigido dentro da sala por outro aluno) tem o costume de ensinar um assunto e qnd elabora a prova é sobre assuntos q ele nunca trabalhou com os alunos (isso é costume pois tenho uma amiga q a filha dela estudava com ele no ano anterio e reclamava da mesma coisa). bom, mas a questão é q meu filho fez um provão e acertou 7 das 10 questões, apesar das 7 corretas ele deu só 5. meu filho ficou com 7 de média qndo devia ser 7/5. ele reclamou e o ”professor” saiu com uma risada de deboche dizendo q pelo menos ele tinha alcançado a media e não tinha mais como mudar a nota. mas ele não tem ética e se meu filho precisar de um décimo pra passar de ano ele reprova. o diretor q tambem é dono da escola é outro q não tem ética. ele disse q tinha ajeitado a nota no computador, mas no boletim a média ainda ta como 7. vou amanhã la brigar com ele. o que vc me aconselha? o que devo dizer? quais são meus direitos afinal? eu não sei como recorrer, me ajude por favor. me desculpe por me alongar d+. Dsd já eu agradeço muito. Fique com DEUS!

  272. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 8, 2015 @ 15:48

    Katia, faça tudo documentado e endereçado ao diretor da escola.

    Não havendo uma mudança de conduta você poderá escrever documento para a Secretaria de Educação responsável pela supervisão.

    A lei federal n.8069/90 é que garante ao aluno adolescente (menor de 18 anos .. por enquanto.. se houver a redução da maioridade penal.. daí não cabe mais esse artigo..) contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Artigo 53, inciso III Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:

    III – direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;

    O objetivo do documento é:

    1) esclarecimento dos critérios de avaliação
    2) constrangimento ao aluno quando solicitado esclarecer o critério avaliativo.

    O professor tem o dever de esclarecer qual foi o critério avaliativo adotado.

    Presto serviço de elaborar o documento, porém cobro honorários. Caso precise entre em contato pelo e-mail saranha@mpcnet.com.br abraços

  273. Patrícia Tavares comenta,

    julho 9, 2015 @ 3:27

    Olá. Estou cursando o 7° Semestre de Enfermagem, e reprovei por 4 décimos de uma matéria. Gostaria de saber se há alguma lei que me ampare pelo fato da instituição não arredondar nota. Ou algo que eu possa fazer em relação a isso. A média da instituição é 6, e a minha deu 5.76, pelas regras do arredondamento eu deveria ter passado.

    Agradeço a atenção

  274. katia comenta,

    julho 9, 2015 @ 14:51

    Muito obrigada professora. ontém fui na escola e o diretor não estava nem não deixou a prova q meu filho havia dado à ele, disse q não achou, tinha deixado recado pra me dizerem como estava a avaliação do meu filho na escola (mudando o foco pq é assim q ele costuma se sair) mas eu peguei uma copia do boletim com a nota errada e isoo ele não esperava pois ele ja havia dito q tinha ajeitado a nota no computador. mentiu!. vim pra casa liguei pra ele e falei sobre o boletim e a nota errada, ele ligou na escola mandando ajeitarem a nota e ligaram pra eu ir buscar o ”novo”boletim. estou de saco cheio disso pois os ”professores”(e são 2) q tem costume de se vingar nos alunos dificultando até a aprovação escolar só fazem isso pq o próprio diretoe (e dono da escola como costuma dizer) não tem ética nem respeito por alunos e pais. é um falso e cínico d+, fico sabendo as coisas sempre por terceiros pois na frente ele usa máscaraS. agradeço d+ seu retorno e vou acompanhar td de muito perto pois se acontecer mais alguma coisa errada vou entrar em contato com a senhora sim. mais uma vez muito obrigada e DEUS lhe abêncoe por esse trabalho q desenvolve aqui!

  275. Allan Pereira Braga comenta,

    julho 10, 2015 @ 1:50

    Ola boa noite.
    Gostaria de tirar uma dúvida, faço faculdade de Engenharia Mecânica, estou no 8º período indo para o 9º agora no 2º semestre de 2015. Em uma matéria na faculdade eu tirei nota azul na P1 e na P2 so que depende das notas de trabalhos também, eu entreguei todos os trabalhos do semestre em dia, nas mãos do professor, o mesmo perdeu meus trabalhos e alegou q eu não entreguei, recorri e a faculdade não fez nada, falou que eu teria de fazer a recuperação, acabei fazendo tirei nota azul e não foi possivel passar com a nota novamente, faltaram 4 déscimos na média final, eu sou obrigado a repetir a matéria, ou tem algum órgão em que eu possa recorrer, porque a faculdade avabou não fazendo nada até o momento.

  276. daiane comenta,

    julho 10, 2015 @ 21:49

    nossa o que fazer sou academica de enfermagem estou no quarto periodo e parece um carma desde estou reprovando direto em uma determinada materia ja e a terceira vez que eu reprovo não sei mais o que fazer pois essa materia me impede de proceguir pros semestres seguintes estou muito depre irritada etc……sera que um diaeu saio desse carma rsrsrsrsrsrsrsrsr

  277. Eni Marisa de LIma comenta,

    julho 11, 2015 @ 6:19

    Boa noite Sonia! Estou no último período da faculdade, na verdade já recebi as notas finais, na qual fui reprovada no Trabalho de Iniciação Científica, onde o orientador foi totalmente de má índole. Posso dizer que sofri assédio moral. Primeiro o assunto que foi quase me imposto, na dificuldade de encontrar informações acadêmicas sobre “Pole Dance”sugeri em tempo hábil trocar o assunto, não aceitou e nada aceitava, a média sendo 7,00, me deu 6,16 e depois que me deu a nota mudou a postura e então eu já podia pegar usar links antes negados. Acreditando que poderia recuperar, fui em busca do perdido, mas… ele me coagiu tanto, riscou tando, criticou tanto, que comecei a acreditar que não sabia fazer. Peguei um orientador externo, que me disse que o assunto era muito ruim, mas que estava no caminho certo. Apresentava pra ele, só humilhações. Então peguei mais duas orientações de professores da própria universidade que me tranquilizaram que estava na linha correta, um deles até me deu algumas sugestões, que agreguei no trabalho que foi criticado novamente, onde mandei uma mensagem para o coordenador do curso que nada fez. Na segunda nota ganhei um 5,67, então fui na coordenação e pedi que não queria mais este orientador e me foi negada a troca devido estar muito perto da banca. Banca esta, que mesmo com o trabalho capenga, onde fiz ajustes de última hora, não mostrei para o orientador, simplesmente apresentei, tive uma nota 8,25. Porém devido as duas primeira notas que foram HORRÍVEIS, reprovei, ficando com média 6,5, sendo que para o TIC é 7,00. Adoraria uma luz de como proceder, não sei quanto tempo tenho, as notas foram lançadas hoje, e de imediato liguei para o coordenador que só vai me atender na terça-feira. Alegou que vai contatar o professor e me dará uma resposta na terça. Eu acreditava ser um excelente professor, pois tinha domínio em tudo que nos passava, mas conhecendo melhor, vi que é arrogante, intransigente, e reconhece quando erra. Para ser um bom professor, além de saber do que se trata tem que saber ensinar, ser humano, humilde. Tenho algumas gravações onde escutando me deixa muito desconfortável. Qualquer ajuda é de grande valia, ou indicação de algum profissional que possa me ajudar.

    Obrigada

    Marisa Lima

  278. Flavia comenta,

    julho 11, 2015 @ 12:26

    Gostaria que me tirassem uma duvida. Moro em Vitoria-ES, minha filha ficou reprovada no 9o Ano por ter ficado em recuperacao em mais de 3 materias no final do ano. Isso e permitido na Lei? Pelo que me consta, aqui em Vitoria so essa escola tem essa regra. Gostaria de mais informacoes se for possivel. Ah, so para completar, ela nao teve nem direito de fazer as provas de recuperacao, foi reprovada direto! Achei um absurdo!Obrigada!

  279. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 17:51

    Olá Patrícia,

    Não há o que fazer com relação a contestar o sistema avaliativo porque este é de responsabilidade da escola que tem autonomia em adotar o sistema que considera mais eficiente. O mesmo ocorre em reprovar em um único componente curricular.

    Mas você pode tentar um recurso:

    1) Escreva um documento de Pedido de Reconsideraçã o endereçado a direção da escola pedindo que o Conselho reconsidere a sua reprovação por se tratar de um único componente curricular e por 0,24;
    2) Se a devolutiva for negativa, escreva um Recurso junto a Secretaria de Educação.

    Quanto ocorreu esta reprovação?

    Presto serviço de escrever os dois documentos, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato com saranha@mpcnet.com.br ,ok?

  280. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 17:53

    Natayra, a reprovação por falta não ocorre por disciplina e sim do total de carga horária do ano.

    Você está cursando o ensino médio e é possível que o seu ano tenha 1.000 horas.

    Se for isso você poderá faltar 250 horas que dá 50 faltas/dia no total do ano.

    Peça a carga horária na secretaria de sua escola e faça os cálculos.

    Mas recomendo que no 2o semestre não falte, ok?

    abraços

  281. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 18:20

    Flavia,

    As escolas brasileiras são autônomas para escolher o seu sistema de ensino.

    Isso consta do Regimento Escolar.

    Então, vamos encontrar escolas que reprovam por um único componente curricular e outras com três. Vamos encontrar escolas que reprovam com décimos e outras não reprovam.

    Não há uma regra geral.

    O que há é o Projeto Pedagógico e o Regimento Escolar que regem a escola ok?

    Você poderia tentar recorrer a esta decisão mas como foi em 2014 agora no meio de 2015 nada poderá ser feito pelo menos no campo da educação ok?

    abraços

  282. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 18:29

    Olá Marisa,

    Difícil viu..

    1) Você pode escrever documento para o diretor de sua faculdade solicitando Reconsideração do critério avaliativo.

    2) Neste documento não critique o professor , não diga que usou de má índole de modo algum porque não há como provar ok? O critério é acadêmico e deve ficar nisso. Entre com o argumento:

    2.1) que houve um erro na escolha do tema
    2.2) que não houve permissão de mudança do tema
    2.3) que houve um problema de comunicação entre orientada e orientador
    2.4) houve solicitação de mudança de orientador que foi negado
    2.5) este processo desgastou a relação resultando em notas abaixo da média
    2.6) a banca conferiu nota acima da média
    2.7) solicite que reconsiderassem a reprovação.
    2.8) Apresente suas notas nas demais disciplinas e seu rendimento acadêmico

    3) Se não houve devolutiva positiva poderá tentar a Justiça mas é uma ação que terá que provar que houve assédio moral e se não provar terá que arcar com o ônus do processo.

    4) Presto serviço de escritura do documento, mas cobro honorários. Caso necessite entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  283. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 18:35

    Daiane,

    Que situação, heim?

    Ocorreu o mesmo comigo quando fiz Tecnologia em Obras de Solos. Reprovei duas vezes na mesma disciplina Mecânica de Solos e como era pre-requisito para outras matérias também fiquei amarrada.

    Consegui tirar 10 quando estudei de todos os modos possíveis e inimaginável.

    Estudei o jeito do professor (que era sempre o mesmo). Ele era muito engraçadinho. Nas aulas ensina o simples e na prova pedia o complexo para detonar o aluno.

    Depois de compreender como ele era e saquei o lance dele e estudava de todas as maneiras. Estudei todas as provas anteriores… e sabe como é .. sempre elaboraram a mesma prova…

    Enfim.. consegui tirar 10!! E passei no raio da matéria.

    E depois percebi que a minha não era as ciências exatas e rumei para a área de humanas.

    Daiane.. se gosta mesmo de enfermagem estude, estude, estude. Não tem como .. estude tudo e mais um pouco dessa matéria e lhe digo com experiência própria… Você consegue, ok?

    abraços

  284. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 18:53

    Allan, depende da faculdade…

    Faculdade pública ou privada?

    Se pública você entre em contato o Centro Acadêmico e DCE (para isso é que servem as entidades estudantis.. defender estudantes)

    Se pública você deverá escrever documento para a Direção. Isso será levado ao Congregação que deve inclusive ter a participação de estudantes.

    O documento é um pedido de reconsideração em função de ter havido um mal entendido.. para você houve a entrega do documento e para o professor não houve.

    Se a faculdade é privada é o mesmo procedimento porém não deve ter Congregação e o Diretora é que resolverá sozinho.

    Deve haver um Estatuto que rege o sistema avaliativo e deve constar como é o modo de recorrer de uma reprovação.

    Presto serviço de escrever documento, mas cobro honorários.. caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

  285. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 13, 2015 @ 18:56

    Kátia ! obrigada!

  286. thiago alves comenta,

    julho 30, 2015 @ 4:56

    Sonia, eu tenho uma situacao alias uma aflicao ,eu curso 3°ano do Ensino medio no Parana , e agr no termino do 1 bimestre blocado , tive 123 faltas , disseram q nao tem mais jeito ,,sendo q tem mais um bimestre para concluir esse bloco e comecar o outro bloco pra finalizar o Terceiro ,,realmente nao tem como reverter essa situacao , poxa minhas notas estao boas ,so tive problemas pessoais e fikei alguns dias sem ir ,,, sera q eh possivel ou devo para de ir e esperar o outro bloco e fazer denovo ;( ?? Me ajude ,,

  287. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 30, 2015 @ 14:58

    Thiago, infelizmente reprovar por faltas é complicado de reverter porque está previsto em lei federal n.9394/96.

    Você pode recorrer . Escreva documento para a direção da escola para tentar reverter isso e poderá também seguir com o documento para a instância escolar superior. Tentar não custa.

    Trata-se de supletivo ou ensino regular? Escola pública?

    Eu presto serviço de elaborar o documento, mas cobro honorários para isso. No documento argumento com a legislação e terei que fazer pesquisa na legislação do Paraná para ver se há alguma brecha que lhe favoreça.

    Mas falta é um problema … só se a escola tiver um expediente de compensação de ausência .. mas se é supletivo terá que verificar quais são as regras que são diferentes do ensino regular..

    ok? abraços

  288. ju comenta,

    agosto 4, 2015 @ 15:01

    ola
    tenho depressão e fobia social por traumas no ambiente escolar
    tenho 16 anos e estou no 2 ano do ensino medio
    tenho um laudo do psiquiatra e gostaria de saber se posso completar o 2 ano estudando em casa pegando as materias escolares pois nao consigo nem aprender as materias na escola e começo a sentir os malditos sintomas que me apavoram
    o que faço? posso pedir para concluir o 2 ano em casa? devo pedir ao conselho tutelar?
    obg me ajude pfvr

  289. Beatriz comenta,

    agosto 4, 2015 @ 15:07

    Olá. Faço 17 anos em dezembro de 2015, tenho uns problemas de saúde, junto com depressão, por isso acabei repetindo 2 vezes o 1°ano… queria saber se eu levando os meus laudos médicos eu consigo fazer ano q vem o supletivo do ensino médio, já que foi por motivo médicos q eu repeti e eu completo 18 no final do ano de 2016..

  290. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 4, 2015 @ 15:53

    Olá Beatriz, eu acho que não… o supletivo médio tem que ter 18 anos para conseguir fazer.

    De modo que você com 16 anos não pode ,ok?

    Mas o que você pode fazer é solicitar junto a sua escola uma assistência pedagógica diferenciada.

    Já fiz documento para aluna com depressão e houve um bom resultado junto a escola.

    Entre em contato comigo por e-mail saranha@mpcnet.com.br e poderá saber mais a respeito ok?

    Se tiver laudo médico atual dá para pressionar a escola a fazer um trabalho com você diferenciado.

    abraços

  291. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 4, 2015 @ 15:58

    Ju, você deve pedir para o seu responsável legal (já que é menor de idade) elaborar documento, endereçado a direção da escola, solicitando que a mesma ingresse você em um programa de inclusão para que tenha uma assistência pedagógica específica.

    Eu já prestei serviço para uma jovem como você e deu resultado. A escola começou a lidar de forma diferente e ela conseguiu ficar em casa e fazer trabalhos escolares em casa.

    Você pode tentar o mesmo. Se a escola não aceitar, daí sim é preciso buscar outros caminhos que pode ser o MP, ok?

    Caso queira poderá contratar meus serviços para fazer o mesmo que fiz com a outra jovem entre em contato por e-mail, porém cobro honorários.

    E-mail : saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  292. Erika comenta,

    agosto 12, 2015 @ 4:25

    Olá Profa Sônia,

    Estou sem saber como e por onde começar, por favor me ajude no que for possível.
    Minha filha cursava em 2013, o 8 ano num colégio particular e suas notas não estavam boas, tanto que ao fim do ano ficou de recuperação em 5 matérias, dentre elas português e matemática.
    Em seu sistema de ensino o colégio adotava o fechamento de notas por bimestre e cada bimestre possuía sua recuperação, mesmo assim ela ficou de recuperação das recuperações, fazendo provas em dezembro de 2013 e em janeiro de 2014, qdo no início de fevereiro de 2014, fui chamada pela escola para ser informada que a aluna havia ficado em “dependência” em 2 matérias (português e matemática),nesta altura do campeonato a escola já havia colhido matrícula para o 9 ano, recebido o valor da matrícula e até as 2 primeiras parcelas do ano 2014, mesmo assim solicitei a reprova da minha filha por ver que ela não tinha aproveitamento do conteúdo escolar, muito gentilmente a coordenadora pedagógica que me atendia, disse que minha filha tinha total capacidade de recuperar as notas, no curso de “DP”, friso que em 2 anos que minha filha cursou naquela unidade de ensino, esta era a 3ª coordenadora pedagógica e houve semestre que a coordenadora atuou no máximo 2 meses, enfim aquela coordenadora mal conhecia minha filha para dar qualquer parecer.
    Me orientou a aguardar maiores informações quanto ao período de aulas e preço.
    No início de março de 2014, recebi pela aluna um contrato, com o valor de R$ 1600,00 por matéria, que deveria ser pago até o meio do ano, onde o período de estudo para recuperação do conteúdo de um ano inteiro de aulas, seria uma aula quinzenal por matéria, sendo que haveriam provas bimestrais, utilizando-se o mesmo período das aulas quinzenais, já teriam inicio na segunda-feira seguinte, minha filha frequentou a 1ª aula.
    Quando cheguei em casa, perguntei. Como foi a aula de DP?
    - Ah mãe… hoje o prof só se apresentou e explicou como serão as aulas.
    Como assim ?Que aulas?Como alguém pode aprender alguma coisa?
    Procurei então uma escola municipal.
    Foram diversos contratempos, o fato da matrícula ser regionalizada por bairros e dela ter essas 2 DP’s, fui parar na Secretaria de Ensino e 3 coordenadoras me atenderam, juntas, pois eu já estava chorando muito.
    Pedi para receberem a transferência de escola da minha filha, me informaram que como na rede municipal, se tiver 2 matérias reprovadas não progride o ano, então concordei em matricula-la no 8 ano.
    Me informaram também que nas escolas particulares já haviam alterado a nomenclatura em todas as séries ao mesmo tempo, mas que o correto é que minha filha seria matriculada na 7ª série, correspondente ao 8 ano, o que foi feito por mim, na secretaria da Escola Municipal Coronel Amâncio Bueno em meados de março de 2014, onde fui orientada que a aluna deveria concluir as provas do 1º bimestre na escola particular e iniciar as aulas na rede municipal em 31/03/14, o que foi feito, por equivoco meu, ao buscarmos a fila para sala de aula, paramos na placa que informava 7º ano, equivalente a 6ª série e assim ela frequentou a 6ª série por 4 dias, até que a coordenadora a resgatou.
    Em 30/04/14, fui chamada à escola, por funcionário da secretaria, onde me informou que a matrícula não pode ser realizada para a 7ª série (8 ano), pois não conseguiram registrar no sistema e que eu teria que matricula-la na 8ª série (9 ano), como ela já cursara um bimestre no ensino particular e não souberam me explicar porquê, nem me derma maiores orientações.
    No dia que quitei multa e demais taxas com a escola particular, solicitei o histórico escolar para levar a próxima escola.
    Algum tempo depois, tornei a cobrar a entrega do histórico, então me solicitaram outra via do histórico da escola anterior, achei estranho, pois ela já estava naquela escola há 2 anos, mas mesmo assim solicitei o histórico e tive mais uma taxa, entreguei antes da conclusão do 1º semestre.
    Bom sei que enviei minha filha varias e varias vezes para buscar o tal histórico que nunca estava pronto ou a funcionária não estava, liguei outras diversas vezes pelo menos para saber se já estava pronto, até que sem a minima paciência, fui a escola e fiquei plantada até aparecer o histórico, dia 14/11/2014.
    Graças aos céus resolvi digitalizar o histórico, para depois enviar o original para a escola municipal, original que foi entregue para a coordenadora logo na semana seguinte.
    aluna com notas boas e realmente feliz coma nova escola, pena que teria que mudar de escola novamente,pois aquela tem até o 9 ano apenas.
    Passou de ano sem sofrimento e foi matriculada no 1 ano do ensino médio, iniciou as aulas e quado foi meados de maio de 2015, ela recebeu uma ligação solicitando o histórico escolar pela escola municipal.
    Em 03/06/2015 uma cópia foi enviada para antiga escola.
    Em 01/07/2015 meus esposo recebeu uma ligação da antiga escola informando que ela não tinha a conclusão do ensino fundamental por causa das DP’s, e que a escola particular não poderia ter emitido o histórico com as notas a baixo de 5 e nos orientou a procurar a escola particular.
    Procede?
    Há outro meio dela cumprir as DP’s pelo ensino público?
    Quem deveria ou poderia ter nos orientado antes?
    Como podemos corrigir a situação?Afinal ela já está cursando o 2º semeste do 1º ano do ensino médio.
    Em 2014 e 2015 as notas melhoraram e continuam melhorando, ela diz estar mais feliz e que gosta das escolas públicas, não tem faltas e fomos as reuniões e apresentações escolares.
    Se eu soubesse que faria tão bem para ela, teria transferido para ensino público antes.
    Doce ilusão de achar que gastando um valor que daria para comprar um carro popular por ano em escola particular seria o melhor para ela.
    Obrigada.

  293. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 12, 2015 @ 20:55

    Erika, este é um caso para a Justiça resolver.
    Por e-mail vou indicar advogada, especialista em direito educacional, ok?
    abraços

  294. Lucas Sommer comenta,

    agosto 17, 2015 @ 18:05

    olá tenho 17 anos e curso o terceiro ano do ensino médio no centro paula souza (etec) e estou retido em faltas tenho 62% de frenquencia, tenho uma carga enorme de aulas mais de 1000 aulas por ano, aqui o tolerado é 370 faltas, caso eu não alcance os 75% quais são os recursos que posso usar para recorrer?

  295. Elia comenta,

    agosto 17, 2015 @ 23:09

    Oi sou mãe de um menino de 10 anos q tem tdah , gostaria de saber se tenho direto liberação em 2h do meu serviço para acompanha-lo

  296. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 18, 2015 @ 1:22

    Elia, não, mas a escola tem que disponibilizar uma ajuda para o seu filho. Isso sim eu sei que é garantido por lei, agora, a sua dispensa não, porque a escola é responsável pelo atendimento do aluno,ok?

    abraços

  297. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 18, 2015 @ 1:35

    Lucas,difícil, hei? Reprovar por falta é bravo porque a frequência é prevista em lei federal n.9493/96.

    O ETEC segue o Regimento http://www.centropaulasouza.sp.gov.br/etec/regimento-comum/regimento-comum-2013.pdf

    É complicado porque não consta compensação de ausência!!

    Você poderá solicitar o Pedido de Reconsideração como consta no Regimento e nas Deliberações CEE n.127 e 128/2014 , porém , acho difícil conseguir se não tiver uma baita justificativa para essas faltas,ok?

    Eu presto serviço de elaborar o recurso, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato sarnaha@mpcnet.com.br.

    abraços

  298. ANA MARIA comenta,

    agosto 24, 2015 @ 12:55

    Bom dia,estou cursando o 4º periodo de odontologia em uma faculdade particular.Ocorre que 80% da turma ficaram em depedencia na aula pratica e por um erro no sistema,desses 80% passaram 60%.Desta forma,tentamos conversar com o coordenador para aplicar uma outra prova para todos,o que foi nos foi negado.Diante dos fatos,enquanto aguardamos uma decisao da faculdade e para nao ficarmos no prejuizo,e tambem por seguir o conselho de uma professora da instituiçao.estamos assistindo as aulas praticas,porem estamos sendo expulsos de sala de aula.A faculdade pode nos constranger a este ponto?

  299. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 24, 2015 @ 14:28

    Ana Maria,

    Eu aconselho a turma toda consultar um advogado para agir de forma mais ativa,ok?

    Se houver algo ilegal na conduta da instituição o advogado saberá o que fazer e representá-los junto a instituição.

    Caso precise de uma indicação entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01





  300. Gomes comenta,

    agosto 26, 2015 @ 18:36

    Olá Professora Sônia!
    Um aluno maior com ausência total no 2ºbimestre na modalidade EJA que não tenha justificado suas faltas em tempo hábil é retido pelo conselho entra com recurso sendo este negadona escola e na D.E pode ter sua retenção revogado pela SEE? Sabe-se que há todos registros em diários de suas notas e faltas?Outro ponto importante que o mesmo aluno pegou com colegas de sala as atividades após férias e diz que os professores que passaram sem os mesmo saberam do fato?Após a retenção o mesmo aluno apresenta um atestado médico que atesta que o mesmo não pode frequentar as aulas depois data do conselho de professores e não atesta os dias de ausências efetivas,como proceder já que a SEE aprovou o aluno sem comunicar ao conselho da escola?

  301. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 26, 2015 @ 18:42

    Gomes, qual é a sua cidade e Estado.
    Aguardo.

  302. wellingto comenta,

    agosto 28, 2015 @ 1:42

    Professora,concluir um curso ensino medio tecnico num colegio particular em abril/15 com notas tds satisfatorias, agora fui solicitar meu diploma o colegio alega que fui reprovado por faltas em uma materia de outubro/14 e nunca fui comunicado pelo colegio sobre essa reprovacao no final do modulo, na qual o coordenador do colegio disse que nao tem a obrigacao de comunicar ao aluno sobre essa retancao por falta e o colegio nao permite fazer a dp por conta de uma pendencia financeira que tenho com o colegio. cabe algum recurso devido, pois só soube dessa informacao agora

  303. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 28, 2015 @ 2:40

    Wellingto

    Quando foi que você soube formalmente desta sua reprovação?

    Então, o módulo que você cursou posteriormente ao da reprovação não havia pre-requisito?

    Eu vislumbro dois caminhos:

    1) Tentar recurso usando a Deliberação n.127/2014 e a 128/2014 mas lembre-se de que há prazos. Da data que você soube da reprovação você tem 10 dias corridos para entrar com o Pedido de Reconsideração se for do Estado de São Paulo.

    2) Constituir um advogado para resolver esta questão com mandado de segurança.

    No primeiro caso presto serviço de elaboração do documento, mas cobro honorários para isso. Se tiver interesse entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    No segundo caso posso indicar advogada. Entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    Abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação.Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  304. Mariana comenta,

    setembro 14, 2015 @ 11:41

    Bom dia, estava procurando algm coisa soobre reprovação por causa do meu desespero, é a terceira vezes que curso o primeiro ano e com certeza serei reprovação esse ano também, a primeira vez fui reprovada pot notas, aceitei numa boa porqhe eu realmente estava errada, mas entrei numa depressão após ver minhas amigas e outros colegas prosseguirem e eu não, mas me dediquei bastante, mas tive bastante faltas por motivos de problemas médicos, alguns problemas com família e tal… no final do ano veio a sentença, fiquei reprovada em uma matéria que eu não pude fazer a ptova prova de recuperação, porque a professora havia faltado, fui um outro dia fora do horário na escola para encontra la, mas ela ja havia ido embora antes do combinado. Então não pude fazer aquela prova que os alunos reprovados por notas fazem… fiquei péssima! por que eu sabia que dessa vez a culpa não havia sido minha. Nesse ano tendo mts hemorragias eu acabei tendo mts faltas e tenho certeza que serei reprovação por falta novamente após descobrir uma doença nos ovários que são horríveis e me deixam de cama mais de dez dias… eu faço tratamento ainda assim sinto fortes dores que me imledem de levantar, fora o fluxo mt forte, eu não preciso ir à emergência, então poucas vezes consigo atestado…. mts vezss vou somente pello fato de ter um atestado ou uma declaração. Essa é a minha luta, mesmo que eu me esforce mt, eu precisaria mt da ajuda dos professores para tentar passar, mas eles não estam do meu lado! falam que a culpa é toda minha que tenho que pegar a materia sozinha e aprender… sendo que mts ate pegaram implicância comigo. Vou fazer dezoito anos e não quero ser reprovada de novo!

  305. Thais comenta,

    setembro 14, 2015 @ 12:28

    Professora Sônia, bom dia!

    Estou com um problema da faculdade que desde sexta feira, quando me comunicaram, está me tirando o sono.

    No sexto período do meu curso de Contábeis, deixei de postar um trabalho no portal da escola, e por causa disso perdi os 40 pontos que valia a etapa, e agora, no 8º período, a faculdade está exigindo que eu faça o EAD desta matéria, que custa 830,00 reais, se não, não posso me formar.

    Acontece que era uma dessas matérias que nenhum dos estudantes “fazem caso”, todos passavam com a nota máxima, só de postar no portal. A matéria se chamava Projetos e pesquisas e era para fazermos um “esboço” do TCC.
    E eu, só porque no dia esqueci de postar a 2º parte, fui com 0. Mesmo tendo comunicado o professor motivo disso, ele logo me jogou para recuperação e como não fiz, me colocou em dependência.

    A escola só entrou em contato comigo nessa sexta.

    Pelo fato do professor ser gente boa e tudo, achei que ele tinha atualizado minha nota no portal e relevado, mas não.

    Agora, se eu já estou com meu TCC pronto, é justo pagar o valor integral de uma mensalidade para fazer recuperação dessa matéria tão irrelevante? No qual todos os alunos só ficavam conversando dentro da sala de aula? O professor mais faltava do que tudo? E a matéria nem tinha avaliações, oque contava mais eram as presenças na sala e essas eu tinha, com certeza.

    Resumindo, tinham três etapas para serem postadas:

    1º primeira parte do projeto (esboço TCC) 30 pontos
    2º segunda parte do projeto (esboço TCC) 40 pontos
    3º Slides do projeto (esboço apresentação TCC) 30 pontos

    Só deixei de entregar a segunda parte, que infelizmente valia mais no semestre.
    Mas é uma coisa lógica, e o professor se não fosse sacana, deveria considerar que sem o trabalho todo feito, e não poderia ter feito os slides de apresentação da 3º etapa.

    Sei que 80 % da culpa foi minha, mas foi muita incompreensão e intolerância da parte do professor também.

    Tem algum meio deu recorrer a isso? Essa matéria não vai acrescentar nada na minha vida acadêmica, como profissional Contábil. Tanto que eles nem tem essa matéria mais na grade escolar, nos novos períodos.
    Não posso pagar essa dependência.

    Me ajude encontrar uma saída. Aguardo seu retorno.

  306. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 15, 2015 @ 0:26

    Mariana, a escola é pública? Estado de São Paulo?

    1) Elabore um documento para a direção da escola explicando a sua situação e pedindo compensação de ausência.

    2) Peça ainda se não houver compensação de ausência uma reclassificação em função da defasagem idade x série.

    Se de todo vc ficar reprovada, preste o ENEM em 2017 e indique no ato da inscrição que quer o certificado de ensino médio e alcançando a pontuação de 450 pontos nas 4 provas objetivas e 500 em redação você conquista o certificado de conclusão do ensino médio e poderá já em 2018 cursar uma faculdade, ok?

    abraços

  307. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 15, 2015 @ 0:33

    Thais, difícil, heim?

    Faculdade particular é difícil porque é muito autoritária, mas tente um recurso com o coordenador do curso, alegando o ocorrido e pedindo um recurso junto a esta disciplina.

    Caso não resulte positivo, elabore outro documento endereçado para o diretor da faculdade explicando o ocorrido e dizendo que tentou uma reconsideração junto ao professor e coordenador e não conseguiu êxito.

    Infelizmente é o que se pode fazer porque faculdade tem um regimento próprio, ok?


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  308. eliane comenta,

    setembro 22, 2015 @ 17:45

    Profª, tenho uma filha de 15 anos, ficou doente possui atestado de 30 dias, ausentou-se da escola, correu atrás do prejuízo, conseguiu médias e esta se recuperando de 01 máteria na escola. Passou por um stress tremendo, crise de pânico para voltar a escola, sofremos. O bicho papão de “ser reprovada” paira sobre sua cabeça. Tem exaquecas terríveis, não consegue ter uma vida social saudável na escola. Falta na escola por doença (as vezes sem atestado) e corre atrás do prejuízo… Começou tratamento com neuro, tem pesadelos que vai repetir o 1º colegial. Estamos sem chão. A escola cobra justificativas de ausência, ameaça com conselho tutelar. Minha filha não esta bem, dores de cabeça frequentes, a ponto de chorar por causa das dores de cabeça (enxaqueca)e por não conseguir ir a escola por conta disto.
    Estamos já no 4º bimestre, não quero que ela reprove por faltas, temo os atestados não serem suficientes. Estamos na fila de espera para psicologo (temos encaminhamento de depressão leve). Ela não quer desistir da escola e não quer ser reprovada. O que vc me orienta a fazer para que ela não seja reprovada.

  309. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 22, 2015 @ 20:52

    Elaine, eu recomendo que escreva um documento para a direção da escola explicando a situação da sua filha, alegando que ela está em busca de um tratamento em função da depressão leve e que nem sempre há atestado a ser entregue porque não são todas as vezes que vai até o médico.

    Se for escola pública do Estado de São Paulo pela compensação de ausência para ela, ok?

    Reprovar por falta é de difícil reversão então, é preciso deixar documentado que a sua filha sofre de transtornos e que isso a impede de ir todos os dias para as aulas, ok?

    Eu presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno, mas cobro honorários. Se precisar entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  310. Elda da Silva Gomes comenta,

    outubro 24, 2015 @ 12:11

    Olá, primeiramente estou agradecida por existirem pessoas como vc que pode ajudar pessoas como eu mãe de um filho Asperger diagnosticado recentemente (mês maio 2015) com 11anos de idade estudando no 5 ano, bem desde de pequeno notei essa Sindrome em meu filho e avisava as professoras que também notarão isso nele na pré escola e me disseram para eu buscar ajuda, mas relutei pois ele sofria muito quando tinha que se aproximar de outras pessoas, enfim errei.
    Bem nos anos anteriores ele pegou professores que mesmo sem o laudo o entenderam, mas nesse ano de 2015 ele iniciou o ano com uma professora osso duro de roer que não quis entender e se mostrou que não iria o ajudar achando ele capaz de aprender igualmente aos outros, então recorri atráz de um grupo Multidiciplinar o qual diagnosticou a Sindrome, mas mesmo assim a escola e a prô não o ajudou e continuou a tratá-lo com o mesmo ensinamentos mesmo ele tendo uma tremenda dificuladade em Matemática, interpretações e compreenssões de textos tirou nota baixa praticamente em tudo e vem fechando com vermelha em Geografia e na Reunião me disseram que ele pode ser reprovado por causa desta matéria e sem pensar eu assinei sua possivel Reprovação ao final do ano.
    Bem a pergunta é? Todas as crianças com Asperger tem direito a prova diferenciada, por eles não ter mudado o método de ensino posso não aceitar sua reprovação; ele pode ser reprovado por causa de uma matéria; posso ter prejudicado ele ao assinar o relatório contendo sua possivel reprovação.
    Por favor se puder me ajudar, sou uma mãe super dedicada o ajudo em todas tarefas de casa e vou a todas reuniões e tratamentos a sua causa.

  311. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 24, 2015 @ 12:46

    Olá Elda, obrigada!! Estamos aqui para esclarecer e contribuir!

    A síndrome de asperger está inserida no transtorno do espectro do autista que inclusive tem uma lei específica http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12764.htm

    Sem contar a nova lei Lei Brasileira de Inclusão das Pessoas com Deficiência http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm

    Esta última foi sancionada em 2015 e é bastante clara da necessidade de assistência pedagógica específica.

    De modo que se a escola sabe que trata-se de um aluno com asperger e nada fez de diferenciado e irá reprovar você poderá recorrer desta decisão e com boas chances de reverter esta reprovação.

    Recomendo que elabore documento agora e endereçado para a Diretora a fim de impedir a reprovação.

    Se não der certo você poderá recorrer após ter ciência oficial da reprovação que deverá ocorrer quando os dias letivos terminarem , início de dezembro e daí se for do Estado de São Paulo usar a Deliberação CEE n.120/2013 e as 127 e 128. Se for de outro Estado usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso. Eu recomendaria também porque sei como fazer a defesa fundamentando na lei o que ajuda a mudança de opinião da direção. Caso queira contratar meus serviços entre em contato por e-mail saranha@mpcnet.com.br ,ok?

    Não é difícil reverter essa reprovação se você tiver alguma prova de que a escola sabia que ele tem a síndrome de asperger ,ok?

    abraços!!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  312. Andrea Garboza comenta,

    outubro 28, 2015 @ 8:59

    Olá; somos de Londrina-Pr, minha filha está fazendo 2 ano ensino mefio; e começo desse ano foi diagnósticada com sindrome do panico, ela estuda em colegio particular; as notas não foram tao ruins; mas está faltando em algumas matérias para passar; teve muita falta; mas colegio está ciente do atestado médico; o quê faço sendo que ela não tem condições psicoligicas para fazer provas finas; médico diagnósticou termo agarofobia ??? Se reprovar posso recorrer e a quem devo recorrer ???? Me ajude !!!!

  313. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 28, 2015 @ 13:25

    Andrea, infelizmente no Paraná não há um ato normativo que discipline o Recurso como temos aqui no Estado de São Paulo, mas você pode recorrer usando a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que diz que a criança ou adolescente podem contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Eu conquistei um Parecer no Conselho Estadual do Estado de São Paulo para um cliente com síndrome do pânico e conseguiu colocá-lo no rol de necessidades educacionais especiais. Resultado da defesa que fiz http://www.soniaranha.com.br/o-aluno-com-sindrome-do-panico-e-considerado-portador-de-necessidade-especial/?preview=true&preview_id=2564&preview_nonce=57753a08f1

    Presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno para evitar a reprovação, mas cobro honorários. Caso queira contratar meus serviços entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    No Paraná recorra primeiro com a direção da escola e depois pela Ouvidoria. Sempre por escrito em duas vias, uma protocola e guarda.http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    ok? Abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  314. jaqueline Lindemeyer comenta,

    outubro 30, 2015 @ 14:38

    Ola …..
    meu filho de 9 anos esta na segunda serie ano passado ele repetiu. Ele tem dificuldade na alfabetização tem palavras que pronuncia errado e nao escreve nem le. Se eu soletrar as silabas pra ele. Ele consegue escrever. Fiz vários exames sem resposta agora fiz um exame de cariótipo. Para ver qual problema mas a escola ja esta me falando que ele nao vai passar ficar novamente na segunda série. Ve ho pedindo a escolas monitor para ajuda lo que é negado pq nao tenho laudo. Este mes consegui. ESCOLA é particular e a coordenadora pediu a a pediatra do meu filho me chamasse par uma conversa para fazer eu aceitaria a sua reprovação. .o que devo fazer? Esta certo a reprovação. ? Foi correto envolver uma pediatra que nem sabe direito os problema do meu filho. ? Pode me orientar. Pf. Obrigada

  315. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 31, 2015 @ 15:44

    Jaqueline,

    Qual é a seu Estado?

    Aguardo

  316. Neila comenta,

    novembro 3, 2015 @ 23:47

    Bom dia!
    Gostaria de saber se existe um prazo mínimo estabelecido entre a entrega do resultado final e a prova de recuperação final.
    Obrigada,
    Neila

  317. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 4, 2015 @ 1:33

    Neila, não existe.
    Cada escola tem autonomia para definir o seu calendário escolar,ok?

    abraços

  318. Emmanuel comenta,

    novembro 4, 2015 @ 14:25

    Ola , queria saber se em escola privada do estado de SC , o aluno do 3′ano do ensino médio pode reprovar se ele tem 100% de presença nas aulas nenhuma ocorrencia e depende de duas matérias para passar.
    Obrigdo

  319. Maria Cristina comenta,

    novembro 4, 2015 @ 16:45

    Boa tarde,
    Minha filha está terminando o ensino médio e já passou em um vestibular, porém, as notas dela estão a baixo de 70% q é a média da escola. Sendo a média da maioria das escolas 60% e minha filha estando dentro dessa média, há o perigo da reprovação? Além de que durante o ano letivo ela teve depressão e precisou ficar afastada cerca de um mês das salas de aula, isso com atestado médico psiquiátrico. Neste caso, tenho medo também da reprovação por falta na própria escola ou então se muda-la de colégio.

  320. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 4, 2015 @ 17:01

    Emmanuel, pode reprovar.

    O sistema de avaliação de sua escola, provavelmente dirá que :

    - frequência em 75% da carga horária do ano
    - média em todas as disciplinas

    Então, se você depende de duas matérias e não atingir a média pode reprovar sim,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  321. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 4, 2015 @ 17:27

    Olá Maria Cristina,

    Sim, há risco de reprovação porque o que vale é a média da escola dela. Não interessa se todas as escolas do país a média é 6,0 e na escola dela é 7,0. O que está a valer é a média da escola que ela estuda,ok?

    Neste momento do ano você não vai conseguir uma transferência para ela, infelizmente, não há como.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno para tentar reverter uma provável reprovação, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  322. Maria das dores comenta,

    novembro 5, 2015 @ 18:29

    estudo em uma escola privada. tive bebe tirei atestado de um mês mas com 15 dia retornei no dia seguinte adoeci de hepatite e pedra na vesícula,fazia uma matéria de 4 meses perdi 2 , não tive como repor a matéria. a direção me pediu para eu conseguir um novo atestado para abonar mas 2 meses restante,1 mês depois conseguir. não foi fácil pois já não estava doente. mas foi tarde. me puseram como evasiva da escola. tinha que aguarda mais 1 ano e retornar como aluna nova e fazer as matéria que não fiz,me submetendo a nova turma de estudo por mas 2 anos se preciso sendo que já havia estudado 10 meses.gostaria de saber quais são meus direitos estudantis. devo ou não pagar matéria,eu gostaria muito,pois estudo apenas 2 horas por noite e faco telecurso,ensino médio sou caso único e raro, como agir nesse caso. estou estudando de novo e estou triste, pois minha turma anterior ta terminando em um mês e eu ficarei por tempo indefinido, e se minha turma nova for fazer as matéria que já fiz,tenho que aguardar em casa ate ela terminar,sendo que podem me encaixar em outra turma em outro horário e paga matéria que não fiz e adiantar.estava cursando duas mas me paralisaram pois disseram que era novata e não tinha direito pois eu era desistente e teria que acompanhar a nova turma,esse direito só e dado para quem não desiste. sendo que tenho todos os documentos a meu favor provando que não desistir . isso e angustiante.

  323. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 6, 2015 @ 4:03

    Maria das dores, você estuda em técnico, é isso? Qual Estado?

    Primeiro tem que saber qual é a Matriz Curricular da sua escola. É modular o seu ensino?

    Se for enfermagem é uma chatice mesmo.

    Você tem que saber certinho se deram a sua licença correta.

    Lei federal http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/1970-1979/L6202.htm

    Se tiver condições financeiras constitua um advogado para verificar isso tudo e ver se pode acionar a escola judicialmente.

    Se não tiver busque a Defensoria Pública.

    Você vai precisar de uma cópia do Regimento da Escola capítulo de avaliação e recuperação, e de ausência de aluno em gestação. Vai precisar da Matriz Curricular da escola, como também dos atestados que forem entregues e mais a lei que garante os seus direitos. Dependendo do Estado poderá haver algum ato normativo.

    Posso fazer a análise dos documentos para você e entender melhor o seu caso, mas cobro honorários para fazer isso. Se houver interesse entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  324. Cristiane comenta,

    novembro 10, 2015 @ 15:12

    Ola Boa tarde só uma perguntinha ensino fundamental e o mesmo que alfabetização…essa lei ta valendo ainda achei interessante mais não sabia..obrigada.

    Obs:só pode reprovar por faltas??é isso ou ensino médio??

  325. Fernanda Fernandes comenta,

    novembro 10, 2015 @ 17:09

    Olá,boa tarde
    Eu estudo em uma unidade da Etec e estou no 3ºano do Ensino médio e tirei 3 notas baixas seguidas em Matemática,e hoje meu pai foi na escola e o coordenador disse que se eu tirar nota baixa no quarto bimestre irei ter que refazer somente a matéria de Matemática em outra escola ano que vem,senão não vou conseguir tirar meu diploma,queria saber se isso é possível?ir em outra escola somente nas aulas de Matemática, ou eles estão falando isso pra me assustar?

  326. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 10, 2015 @ 17:30

    Fernanda , sim , eles não estão brincando não.

    Você pode ficar reprovada em Matemática e não poder finalizar o Ensino Médio.

    Daí terá que fazer o EJA ou prestar o ENEM 2016 solicitando a conclusão do ensino médio.

    Entre com recurso. Eu presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno quando ocorrer reprovação, Já fiz para uma ETEC , mas cobro honorários para isso. Caso queira, peça para um responsável legal seu entrar em contato: saranha@mpcnet.com.br

    É meio complicado o ETEC porque segue normas próprias e não as da Secretaria de Educação, mas dá para tentar.

    Verifique se consiga fazer antes de estar oficialmente reprovada em Matemática.

    abraços

  327. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 10, 2015 @ 17:33

    Cristiane,

    Pode reprovar por frequência ou por nota aproveitamento.

    Se reprovar pode tentar recurso contra a decisão final da escola.

    Se for do Estado de São Paulo pode usar a Deliberação n.120 modificada pelas n.127 e 128/2015,ok?

    abraços

  328. Alessandra Losekann comenta,

    novembro 12, 2015 @ 17:36

    Boa tarde, estou em um dilema muito grande, meu filho está cursando o 3 ano do fundamental, faz terapia com psicologo e reforço pedagógico, estuda em escola particular e tem dificuldade de interpretação de texto e dificuldade de concentração, fomos aos melhores médicos estamos sempre em contato com a escola fazendo o possível para que ele alcance os objetivos da escola, mas a professora ja mandou eu prepara-lo para a reprovação, acho que ele tem potencial para passar e que a escola está fazendo pouco por ele, em caso de reprovação posso recorrer?

  329. Alessandra Losekann comenta,

    novembro 12, 2015 @ 17:40

    Sou do Rio Grande do Sul.

  330. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 12, 2015 @ 18:03

    Alessandra, sim pode recorrer, porém no RS não há um ato normativo que discipline o recurso então você deverá usar a lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III e também fundamentar com a inclusão.

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso, caso tenha interesse entre em contato: saranha@mpcnet.com.br eu preciso de uma série de dados para elaborar o documento, mas em geral é mais fácil a escola ceder com um documento escrito por uma profissional como eu do que com uma mãe de aluno,ok?

    abraços

  331. Alessandra Losekann comenta,

    novembro 13, 2015 @ 12:23

    Muito obrigada, vou ver como vai a situação e entro em contato com vocês, muito esclarecedor! Abraço

  332. ELISANGELA MEIRELES ALVES comenta,

    novembro 26, 2015 @ 14:05

    Bom dia Sonia,estou enviando uma mensagem pois tive um problema sério com a escola de meu filho vou fazer um rapido relato sobre:é uma escola de regime militar ,ele fez recuperação de uma materia historia cursa o 2º ano do ensino médio estava para passar para o 3º ano do ensino médio e perdeu na recuperação da matéria historia sabendo que ele teve um problema com esse professor no inicio do ano letivo acho que ficou marcado como devo agir para que ele não repita o 2º ano do ensino médio deixo claro que ele não vai mais estudar lá no ano de 2016,vai para outra escola o que faço me ajude por favor

    sou de salvador/bahia

  333. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 27, 2015 @ 4:57

    Elisangela,

    O seu filho no 2o ano do Ensino Médio talvez fique reprovado em um único componente curricular História?

    Bem, se isso ocorrer recorra.

    Infelizmente na Bahia não há um ato normativo que discipline o Recurso, mas vocÊ poderá usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III para contestar critérios avaliativos em instâncias escolas superiores.

    Primeiro faça o recurso para a direção da escola e se o seu pedido for indeferido faça para a Secretaria de Educação ou diretamente para o Conselho Estadual de Educação.

    Eu presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno, mas cobro honorários, se quiser contratar meus serviços entre em contato saranha@mpcnet.com.br ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  334. Gianny Bertini comenta,

    novembro 30, 2015 @ 6:17

    Estou no 8° ano. E gostaria de saber se a escola pode me reprovar eu ficando reprovada em 4 materias sem direito a recuperação..

  335. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 30, 2015 @ 14:03

    Gianny, pode sim porque esse procedimento deve estar expresso no sistema avaliativo no Regimento da escola.

    Mas você pode recorrer caso tenha uma boa justificativa para essa sua reprovação, ok?

    abraços

  336. Nicholas comenta,

    novembro 30, 2015 @ 14:50

    Olá professora , tudo bem ?
    Todos os alunos retidos por frequência insuficiente tem direito à reclassificação?
    Sou aluno de escola estadual de SP.
    GRATO.
    Antes minha breve situação , minha escola tem 5 horas aulas diárias , que cumprindo normal estabelecida pela LDB terá de ser distribuído em 200 dias letivos obrigatórios, resultam em 1000 horas aulas , então eu poderia faltar 50 dias letivos , o que em horas 50×5=250 horas aula eu estaria aprovado , atualmente , faltando 8 dias para o fim das aulas (meio cômico essa minha pergunta no final do ano ) ,eu me encontro com 250 faltas totais , cerca de 41 , 42 dias letivos , essas informações estão corretas ?
    E caso eu fique retido posso pedir reclassificação ?
    O conselho de classe da minha escola será realizado dia 15/12

  337. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 30, 2015 @ 15:25

    Nicholas,

    Reclassificação só não vale para o 3o ano do Ensino Médio, óbvio!

    Ok, se já estiver confirmado a sua reprovação por faltas, peça para um responsável legal solicitar para um Pedido de Reconsideração Deliberações CEE n.120/2013 e 127 e 128/2014 pedindo que a sua reclassificação via RESOLUÇÃO SE Nº 20, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1998
    Dispõe sobre a operacionalização da reclassificação de alunos das escolas da rede estadual.

    http://siau.edunet.sp.gov.br/ItemLise/arquivos/20_1998.htm?Time=30/11/2015%2013:23:08

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer . Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  338. Sandra G. comenta,

    novembro 30, 2015 @ 20:02

    Boa tarde! Gostaria de saber se existe uma lei que estipula uma nota média padrão para aprovação. Explicando melhor: minha filha cursa o 3º ano do ensino médio. A escola em que estuda aplica a nota 6,5 como nota mínima para aprovar o aluno. Caso ela não consiga alcançar a nota 6,5 (contando com recuperação e conselho de classe), a escola pode reprová-la?
    Agradeço resposta.
    Sandra

  339. Paula Silva comenta,

    novembro 30, 2015 @ 21:07

    Estou no 1° ano do ensino medio de uma escola tecnica, e lá a media é 6, mas ouvi de uns professores que a media global pelo MEC, é 5, que se o aluno tiver 5 de media global ele será aprovado, pois ja sabe 50% do conteudo e está pronto para o proxima serie. É verídico isso? e se for poderia me passar o numero da lei?! queria saber para entrar com um recuso!!1

  340. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 30, 2015 @ 21:57

    Paula Silva, isso é uma lenda urbana! Não existe isso.

    O que vale é o que está escrito no Regimento de sua escola técnica.

    Se a média é 6,0 , é isso.

    Mas você pode recorrer .. é difícil mas se você tem uma boa justificativa para não ter atingido a média..

    ok? abraços

  341. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 30, 2015 @ 22:01

    Sandra G.

    Não. Cada escola é autônoma por lei federal n.9394/96 para adotar o seu sistema de ensino que pode ser quantitativo ,com média expressa em notas, como pode ser um sistema qualitativo , conceitos sem nota e média.

    Caso ela não consiga alcançar a nota 6,5 (contando com recuperação e conselho de classe), a escola pode reprová-la? Sim, pode sim reprovar.

    Você pode recorrer. É direito de sua filha, se for do Estado de São Paulo há prazos rigorosos para fazer isso, se for de outro Estado usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Eu presto serviço de elaborar documento de defesa, mas cobro honorário. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  342. Biiah comenta,

    novembro 30, 2015 @ 22:10

    Eu sou do 9 ano.eu posso reprovar por causa de décimos?

  343. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 1, 2015 @ 4:24

    Biiah, sim depende do sistema de avaliação adotado pela sua escola.

    abraços

  344. Regina comenta,

    dezembro 2, 2015 @ 13:34

    Bom dia, Sonia,
    Excelente o seu blog.
    Gostaria de saber se um aluno pode ser reprovado duas ou mais vezes no final do Ensino Fundamental( 9 ano). Pode ser por nota ou apenas por faltas. Sou professora da SEE de São Paulo. Tem lei para isso?

  345. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 2, 2015 @ 13:58

    Olá Regina, obrigada!

    Não há uma lei que diga expressamente quantas vezes se deve reprovar um aluno, mas a legislação de ensino, em geral, vai observar os seguintes princípios:

    1) A promoção de avanços deve ser perseguida com todo o esforço e empenho da escola;
    2) Não se deve ampliar a defasagem idade x série a ponto de expulsar o aluno da escola;
    3) A criança e o adolescente são sujeitos de direito e devem ser protegidos e cuidados.

    De modo que reprovar um aluno duas ou mais vezes, sobretudo, em série terminal eu diria que está em desacordo com a legislação vigente.

    ok? abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  346. Junior comenta,

    dezembro 2, 2015 @ 21:15

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida.
    Estudo em uma ETEC e estou no 2° ano do ensino médio.
    No meu 1° ano peguei uma DP em matemática e não sei se consegui recuperar. Nessa última semana, teve a última prova da DP, a mesma foi desmarcada e ninguém me avisou sobre a nova data e perdi a prova. Conversei com a professora e ela disse que já tinha fechado as notas e me levaria para o conselho.
    Nesse ano, talvez irei para o conselho em 2 matérias (física e química) + a DP.
    Tenho chance de reprovar?

  347. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 3, 2015 @ 2:03

    Junior, depende do Regimento da ETEC .. eu não conheço para lhe orientar.

    Leia o Regimento da ETEC para saber , ok?

    abraços

  348. Elisangela Ferreira comenta,

    dezembro 3, 2015 @ 18:08

    Boa Tarde Sonia!
    Gostaria de tirar uma dúvida.
    Minha filha tem treze anos e está na sétima serie, no mês de setembro foi diagnosticada com TDHA, estava com as notas muito ruins, começamos a tratamento (sem medicação) a escola passou a aplicar provas diferenciadas (mediação)ela recuperou a maioria das matérias mas ficou de recuperação em inglês e português, mas hoje a professora de português disse que as provas de recuperação irão ser normais, ou seja, não serão diferenciadas para ela, isso pode?
    Obrigada, aguardo seu retorno.

  349. JH comenta,

    dezembro 3, 2015 @ 20:54

    Olá, gostaria de saber se vc atende em Curitiba.
    Meu filho veio do exterior e embora eu tenha provas de que ele teve um bom rendimento a escola me parece não entender que ele não deveria ser avaliado como outros alunos que tem um conteúdo escolar diferente.

    Agradeço se puder alguma orientação sobre isso ou que eu possa contratar seu serviço.

    Abraços

  350. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 3:46

    JH…eu atendo em todo o Brasil porque o meu trabalho é elaborar a defesa do aluno e faço e envio por e-mail e dá certo, mas o problema é que não sei nada sobre o seu caso específico.. nunca me deparei um caso de alunos que estudam no exterior e depois como fica a adaptação.

    Eu recomendo que você faça o seu pedido de reconsideração junto a escola e depois busque a Ouvidoria .. siga a sequência http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    Infelizmente este é um dos poucos assuntos que eu não conheço, vou ficar lhe devendo essa.

    Abraços

  351. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 3:47

    Elisangela, as provas todas elas em que ser diferenciadas, principalmente as de recuperação final.

    Fale com a direção a respeito e diga que a recomendação é que a criança com TDAH tenha sempre para toda a vida avaliações assistidas, ok?

    abraços

  352. Eliana Araújo comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 13:17

    Olá, estou concluindo o 3° ano do ensino médio na rede estadual de ensino, e eu ficarei de recuperação em três matérias, e também tenho muitas faltas, mas elas foram geradas por problemas graves de família, que me afetaram muito no recorrer do ano, e dentre dessas três matérias a que mais me preocupa é inglês, porquê além de a prof faltar muito como eu, ela não cumpria seu papel como prof pq ela nem dava sequer aula, apenas passava muitos exercícios e eu não conseguia acompanhar pq quando sabia dos mesmos já era o dia da entrega e isso me prejudicou muito. Eu gostaria de como saber resolver isso
    Grata.

  353. Elisangela Ferreira comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 13:18

    Ok,obrigada pela orientação!!

    abraços

  354. Eliana Araújo comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 13:18

    E a propósito tenho quase certeza que fui aprovada na Universidade do Estado do Amazonas e isso me deixa mais preocupada ainda.

  355. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 4, 2015 @ 13:50

    Eliana,

    Difícil… reprovar por falta é mais difícil de reverter do que por nota.

    Você mora em qual Estado? Cidade?

    Somente no Estado de São Paulo há um ato normativo que disciplina o recurso. Nos demais Estados não há.

    Você pode recorrer de uma reprovação por nota pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que dá o direito do aluno contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Se ficar reprovada tente com documento endereçado a direção da escola , em um primeiro momento, Pedido de Reconsideração e se a escola mantiver a reprovação entre com um documento Recurso junto a Secretaria de Educação.

    Ter ingressado na faculdade não resolver muito porque o Ensino Médio nada tem a ver com o Ensino Superior , aliás quem não termina o Médio não pode ingressar no Superior.. esse é outro problema.

    é isso..

  356. César Augusto comenta,

    dezembro 5, 2015 @ 7:02

    Meu nome é César,sou aluno e minha escola é particular.Hj recebi minhas médias Finais,fiquei por 3 décimos, e queria saber se escola pode dar esses pontos,pois a minha escola adotou um modo de ajudar os alunos nas provas, ponto extra de 2 pontos na prova,esses pontos são de comportamento e participação.Só que minha professora não deu esses pontos,so ela. O que eu devo fazer ? Eu estou pensando em falar com a direção da escola em relação aos pontos extras, estou fazendo certo ? Eles podem reverter essa situação? POR FAVOR RESPONDA ESSA PERGUNTA,Estou com medo! N posso ficar de recuperação.

  357. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 5, 2015 @ 14:02

    César Augusto,

    1) Se você for menor quem deve lhe defender são os responsáveis legais por você. Então peça para um deles escrever documento questionando os critérios avaliativos dos tais pontos.

    2) Você tem direito a contestar critérios avaliativos concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III. Faça isso, mas se for menor é melhor que um responsável por você faça o pedido formal, por escrito, junto a direção da escola.

    3) Se você ficar reprovado deve recorrer. Agora depende do Estado. Se for do Estado de São Paulo ou Santa Catarina há prazos rigorosos e não pode perdê-los ,ok?

    Abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  358. Isabela comenta,

    dezembro 6, 2015 @ 21:58

    Gostaria de saber se podem reprovarbum aluno por causa de um décimo?

  359. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 4:57

    Isabela, pode se constar no Regimento da Escola.
    Sim é um absurdo, mas quando os pais matriculam os filhos na escola precisam ler o Regimento capítulo de avaliação para saber se concordam ou não se assinarem o contrato significa que estão de acordo com aquele sistema de avaliação.
    Mas por lei pode porque cada escola é autônoma para escolher o seu sistema de avaliação.
    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  360. Gabriela comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 8:35

    Bom dia! Reprovei o 1º ano do ensino médio, nas provas de recuperação precisava tirar notas muito altas entre 7 e 10!!! Mas esse ano descobri que se eu tirar a média do colégio eu não posso ser reprovada, a média do colégio onde estudo é 5… Isso procede?

  361. Fernando Almeida Vieira Junior comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 11:15

    Bom dia. Meu filho de 12 anos estuda em uma escola particular e esta cursando o 6 ano. Peguei as notas dele e ele só ficou em recuperação em apenas uma matéria (inglês) e para mim acho um absurdo uma criança ser reprovada em língua estrangeira pois é uma idade muito precoce para saber se vai servir para algo. Na escola dele eles fazem duas línguas (espanhol e inglês). Existe alguma medida legal para garantir o acesso dele ao 7 ano mesmo que venha perder na recuperação?

  362. FLAVIO comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 13:19

    Bom dia,,, minha filha ficou de recuperação em matematica ,, fez a prova hoje mais não conseguil faltou 3 pontos ,,, bom oque e triste e que ela ja esta matriculada na faculdade pois fez a prova e passou ,,, o que posso fazer ???

  363. Bárbara comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 14:56

    Estudei este ano fazendo cursinho em sp e estudando o terceiro em outra cidade. Viajava para sp todos os dias e voltava. Pegava diariamente quatro horas de estrada. Estudava no carro. Mas as materias do cursinho não coincidiam com as do terceiro. Não tinha tempo para estudar. Ficava das 7h da manha as 20h da noite estudando. Fui reprovada no conselho de classe e agora vou recorrer. Tem algo que posso escrever que va me dar mais chances da carta de reconsideracao?

  364. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 20:30

    Bárbara, relate o que me relatou aqui.. infelizmente a prioridade é o 3o ano Médio. Sem ele não há faculdade .

    Esse é um problema que o aluno não compreende . A escola dá prioridade para a finalização do Ensino Médio.

    Você tem que encontrar falha regimentais na escola. No Estado de São Paulo, sem encontrar falhas regimentais não consegue reverter a reprovação.

    1) VocÊ tem 10 dias corridos para recorrer e não pode perder o prazo a contar do dia da ciência da reprovação.

    2) O nome do documento é Pedido de Reconsideração

    3) Se você tiver 18 anos você faz o documento caso contrário um de seu responsável legal,ok?

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno, mas cobro honorários, ok? Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  365. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 20:33

    Flavio , ficou reprovada de um único componente curricular no 3o ano Médio?

    Bem, vc é de qual Estado? Se for de São Paulo tem 10 dias corridos para interpor o Pedido de Reconsideração junto a direção da escola , se o pedido for indeferido entra com o Recurso interpõe na escola mesmo mas endereçado ao Dirigente de Ensino Regional que supervisiona a escola.

    Se for de outros Estados , exceto de Santa Catarina ,não tem um ato normativo que discipline o processo de recurso. Tenho usado o mesmo trâmite de São Paulo.

    Se for de Santa Catarina é igual a São Paulo o Pedido é para a escola em um primeiro momento mas tem 2 dias úteis para interpor.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa da aluno, mas cobro honorários, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br.

    abraços

  366. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 20:37

    Fernando Almeida …

    1) Se o seu filho não atingir os objetivos propostos em inglês ele pode ser aprovado pelo Conselho.Em geral o Conselho de Classe aprova aluno reprovado em um único componente curricular.

    2) Se porventura a escola for muito ruim e reprovar o seu filho em um único componente curricular você poderá recorrer se de São Paulo há atos normativos (deste post) que disciplinam o processo de recurso , em outros Estados, exceto Santa Catarina, não há , mas recomendo que faça o Pedido de Reconsideração endereçado a direção da escola e depois o Recurso para a Secretaria de Educação.

    No entanto , acredito que ele não fique reprovado apenas em Inglês, ok?

    abraços

  367. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 20:41

    Gabriela, isso é mito! Lenda urbana! Não existe.

    Cada escola é autônoma para escolher o seu sistema de avaliação.
    Umas escolhem a ter nota , outras conceitos A,B,C .. outra apto ou não apto.

    Algumas escolhem a média 7,0 outras a média 6,0 e outras 5,0.

    Todas estão corretas porque o que vale é o Regimento da Escola.

    Se no Regimento da Escola da sua escola a média é 7,0 tem que tirar 7,0 ok?

    Mas você pode recorrer da decisão da escola, é direito seu , conferido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III, ok?

    Se vc for de São Paulo os prazo são rigorosos.. se perder não dá para recorrer.. 10 dias corridos da ciência da sua reprovação.

    Quem tem que fazer o documento é um dos responsáveis legais por você ..

    ok?
    abraços

  368. Octavio gabriel comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 20:42

    Ola, boa noite, ja que estamos em final de ano, periodo de pagar boletins, tenho uma duvida que é o seguinte: no ano todo fiz tudo certinho e tal, mas quando peguei meu boletim, vi que fiquei de recuperaçao apenas em redaçao, na minha escola tem que ter 24 pontos na quarta etapa, porem fiquei com 23,8 no total, tem algo que eu possa fazer, alguma lei que obrigue a escola a dar alguns décimos para o aluno caso necessario? Pf espero que responda o mais rápido possível, pq seria horrivel ter de fazer recuperação por apenas 2 décimos…
    Obrigado

  369. Octavio gabriel comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 21:01

    Me responde pfvvvvv

  370. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 7, 2015 @ 21:29

    Octavio Gabriel..

    Não.. não tem lei que obrigue a escola lhe conferir os décimos que falta! É horrível .. mas é isso..

    No entanto, você pode recorrer da decisão caso fique reprovado por décimos. Em geral o Conselho de Classe aprova o aluno..

    Se for no Estado de São Paulo melhor porque tem atos normativos que disciplinam o processo de recurso em outros Estados não.

    Se for menor tem que ser o responsável legal por vocÊ, se maior vocÊ mesmo poderá entrar com o Pedido de Reconsideração ok?

    Abraços!!

  371. Juliana comenta,

    dezembro 8, 2015 @ 1:30

    Boa Noite!

    Hoje recebo a comunicação de que meu filho cursando o 9 ano, foi reprovado em 6 matérias. 3 matérias por 0,5. 2 matérias por 1,0 e redação por 2,0. Gostaria de saber se tem como reverter essa situação? Sendo que meu filho mora com o pai e avó (falecida esse ano de câncer). era sua 2 mãe, morava com ela. Passou um ano de muito sofrimento e transtornos emocionais por essa situação. A escola acompanhando tudo. Tem algo que eu possa fazer nessa situação??? Vendo como mãe que a reprovação para ele, na vivencia atual será de mais rejeição escolar.
    No aguardo,
    Grata.
    Juliana

  372. Octavio gabriel comenta,

    dezembro 8, 2015 @ 2:29

    Na vdd eu nao fiquei reprovado, apenas de recuperação, mas por 2 décimos, estou no segundo ano do medio, sou do Rj, agradeço pela atenção, muito obrigado!

  373. Matheus comenta,

    dezembro 8, 2015 @ 22:15

    Ola estudo no colégio da policia militar de Goias, e recentemente fomos informados que nao haverá mais dependência ou progressão para os alunos do 3 ano do ensino médio.. Isso realmente existe ?

  374. Andreia comenta,

    dezembro 8, 2015 @ 23:19

    EU GOSTARIA DE SABER PQ A MINHA FILHA FOI REPROVADA SEM DIREITO A FAZER A RECUPERAÇÃO ELES ALEGARAM AGORA, NA HORA Q FIQUEI SABENDO DA REPROVAÇÃO Q A CRIANÇA SÓ PODE FICAR EM RECUPERAÇÃO EM 4 MATÉRIAS DESDE QUE UMA SEJA ESPANHOL, SENDO Q PROCUREI NOS CONTRATOS E NÃO ACHEI NENHUMA CLAUSULA FALANDO ISSO E NEM NO MANUAL DO ESTUDANTE PELO CONTRARIO NO MANUAL DIZ QUE CASO O ALUNO NÃO CONSIGA OBTER A PONTUAÇÃO ELE DEVERA IR PARA A RECUPERAÇÃO E TIRAR MEDIA 6,0. E NÃO FOI O Q ACONTECEU ELES REPROVARAM DIRETO PQ ELA FICOU EM 7 MATÉRIAS POR CAUSA DE VÁRIOS TRANSTORNOS Q ELA TEVE NA ESCOLA Q INFLUENCIARAM AS NOTAS RUINS E A FALTA DE INTERESSE DELA PELOS ESTUDOS O CHAMADO BULLYNG, GOSTARIA DE SABER O QUE DEVO FAZER PARA RECORRER DESSA DECISÃO, JÁ QUE ESSA REGRA DE 4 MATÉRIAS PARA RECUPERAÇÃO NÃO ME FOI INFORMADA… MEU MARIDO TENTOU FALAR COM A DIRETO E A MESMA RESPONDEU QUE NÃO TINHA TEMPO PARA CONVERSAR POIS ESTAVA ATAREFADA. NÃO ESTOU FALANDO DE DEPENDÊNCIA E SIM DE RECUPERAÇÃO, MAS NESSE CASO ELA NEM TEVE CHANCE DE SE RECUPERAR. DESDE JÁ AGRADEÇO E AGUARDO RESPOSTA.

  375. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2015 @ 4:41

    Juliana,

    Entre com recurso.. às vezes é possível reverter às vezes não.

    Você mora em qual Estado? Porque dependendo tem do Estado há ou não um ato normativo que disciplina o processo de Recurso.

    1) Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola
    2) Recurso para a Diretoria de Ensino

    Presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno, mas cobro honorários,ok? Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  376. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2015 @ 5:13

    Andreia,

    Você pode recorrer desta decisão, mas terá que ser rápida porque o tempo está contra nós.

    Estamos beirando término da quinzena e as escola fecham para o recesso no dia 18/12 ou 22/12

    Faça um Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola. Se for do Estado de São Paulo siga as deliberações CEE n.120/2013 e 127 e 128/2014.

    Se for de outro Estado, exceto Santa Catarina, não tem prazo, mas assim mesmo não pode deixar de ser agora.

    Santa Catarina siga a Resolução CEE-SC n.183/2013.

    Se for indeferido o Pedido de REconsideração vc entra com Recurso junto a Secretaria de Educação.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno,mas cobro honorários, caso precise entre em contato: saranha@mpcent.com.br

  377. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2015 @ 5:29

    Matheus, isso é um problema exclusivo da sua escola porque a escola é autônoma para escolher o sistema que quer adotar. Se a escola resolveu abolir a DP nada há a ser feito..

    abraços

  378. rosangela carelli comenta,

    dezembro 9, 2015 @ 11:12

    Bom dia, preciso de uma ajuda pois devido a escola do meu filho ter sido invadida, e fechada ele não foi pra escola e algumas pessoas criaram um face da escola e colocaram trabalhos com data a serem entregues para repor os dias parados e valeria como presença. O que acontece é que o meu filho não acessa face e nem watzap e não foi informado por nenhum colega desses trabalhos, agora a diretora falou que não pode fzer nada e se caso ele seja reprovado eu recorro. Não consigo entender ele ta bom em quase todas as matérias estava fazendo até reforço de matemática mas como a escola psrou devido ao movimento não teve mais aula, e não colocaram nenhum aviso na escola referente a essse face com as provas que teriam que ser entregues em outro lugar em um campo de futebol. Nossa eu estou tão procupada pois perder o ano devido a escola fechar e devido ele não ter conhecimento do face é revoltante. Vc pode me ajudar com alguma informação como eu posso agir, pois estava sempre vendo as noticas da invasão e até o governador disse que as escolas teriam que repor mas eles resolveram criar um face para colocar as provas, não acho isso certo por favor me responda estou desesperada.

  379. Giovanna comenta,

    dezembro 9, 2015 @ 19:29

    Gostaria de saber se eu poderia reprovar o primeiro ano do ensino medio por apenas uma materia. Que no caso seria ingles. Existe alguma lei que nao permite a reprovaçao em linguas estrangeiras? Fiquei de recuperaçao apenas desta materia e acho que nao conseguirei recupera la. A media da minha escola e 5 e em todos os bimestres fiquei com 4. Gostaria de saber se ha a possibilidade de reprovaçao no conselho final. Obrigada.
    Ps. Nao sei se influencia em algo mas estudo em Sao Paulo.

  380. Raquel Cabral Fernandes comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 1:33

    Gostaria de saber a minha filha foi reprovada em quatro matéria em álgebra .geometria geografia. E espanhol achei muito ruim porque ela é uma menina tranquila não dava problema sempre comportada nunca tive reclamacão .e de repente chegar no final do ano e a escola me comunicar que ela foi reprovada sendo que no decorrer do ano letivo a escola não me comunicou em momento algum que ela estava enfrentado dificuldades achei um descanso porque a gente paga escola c tanto sacrifício pra manter o conpromiso com a escola e está instituição noa teve conpromiso com a minha pessoa em mi liga mi comunicar não tenho um recado uma ligação da escola em momento nenhum fui informado do estaria aconteceno estou muito frustrada por que tem uma filha menor que estava na rede municipal e quando ela está tendo problemas na mesma hora fui comunicada e na instituição particular não fui estou em choque até agora como devo agir?

  381. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 4:47

    Raquel Cabral Fernandes,

    Entre com Recurso.. dependendo do seu Estado é dará mais resultado ou não.

    Outra opção é tentar a reclassificação em uma outra escola ..

    Entre em contato comigo por e-mail saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  382. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 4:54

    Giovanna, sim pode ficar reprovada em um único componente curricular .. e todos tem o mesmo peso e valor .. mas eu penso que você será aprovada pelo Conselho de Classe.

    Se ficar reprovada só em inglês vc entra com Pedido de REconsideração tem 10 dias para interpor o Pedido a contar da ciência da reprovação.. soube conte 10 dias.. Pode entregar antes o pedido mas o prazo máximo é 10 ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  383. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 5:14

    Olá Rosangela,

    Não , não procede.

    Oficialmente a escola estava ocupada e, portanto, suspensas todas as atividades escolares.

    A diretora está a se vingar das ocupações dos estudantes, porque ela não pode proceder dessa forma.

    Estamos em uma situação delicada porque é possível que direções, professores e dirigentes de ensino, contrários a ocupação, retalhem os alunos. Espero de tudo depois que vi o Governo Estadual batendo em estudantes que defendiam seus direitos.

    Estou achando muito suspeito essa escola fechar o ano letivo assim sem reposição de aula, sem dar prosseguimento ao processo educativo.

    Acho que você deve fazer um sondagem junto a Diretoria de Ensino que supervisiona a escola. Cada bairro da cidade é supervisionado por uma DE.

    Se lá também vc for tratada de qualquer jeito é porque há uma real intenção de prejudicar os alunos,já que os dirigentes de ensino em reunião com a Secretaria de Educação haviam declarado guerra contra os estudantes.

    Então, se na DE confirmar que o ano letivo foi fechado a toque de caixa, sem direito a recuperação .. você entra com Pedido de Reconsideração.

    Mas com o que vimos acontecer, não dá para confiar na Diretoria de Ensino neste momento .. eles declararam guerra aos estudantes. Eu uso face e acompanhei e apoiei os alunos reverberando notícias e vazou um vídeo de reunião dos Dirigentes Regionais de Ensino .. horrível.. então com o recuo que o Governador Alckmin teve que fazer devem ter exaltado os ânimos de vingança.. tipo ‘” ocuparam, agora que fiquem reprovados” Eu espero que não, mas não dá para esperar nada deles.

    Minha sugestão é que vá na Diretoria de Ensino perguntar para a supervisora se esse procedimento da escola está correto e sinta o clima. Se estiver pesado daí saberá quais são as suas chances.

    Me avise porque se o clima estiver ruim vou avisar jornalistas para cobrirem os desfechos nas escolas e quem sabe sob pressão eles maneram .

    E dependendo do clima talvez acionar o Ministério Público que ajudou bastante (por incrível que possa parecer) eu vejo se descubro o nome do Procurador que ajudou.. buscá-lo e avisar..

    Eu acho que este final de ano será difícil.

    abraços

  384. isabella comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 18:34

    Olá minha filha está no 3ºano do ensino médio, e está de recuperação final em matemática (na escola dela é dividida em m1, m2, m3) acredito que ela não alcançará os pontos necessários, ela tem um comportamento ótimo em sala de aula e é muito esforçada porém carrega essa dificuldade em exatas desde pequena. Eles reprovariam ela? por ser uma matéria importante ?

  385. Matheus comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 18:37

    Sou aluno do nono ano e fiquei para prova final em seis matérias sou aluno frequente q se eu conseguir ser aprovado em 3 matérias e reprovado em 3 matérias eu repito a serie pois estou mudando de grau ??

  386. isabella comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 18:49

    + ela já reprovou 1 vez nessa mesma escola, e por minha vontade continuou lá

  387. Luiz Fernando comenta,

    dezembro 10, 2015 @ 18:50

    Profa. Sônia R.Aranha, curso o 3º ano do ensino médio, no estado da Paraíba, em instituição particular. Fui para a final na disciplina de inglês, não obtive a nota necessária, então, como consta nos métodos do colégio, terei direito a recuperação da final. Gostaria de saber se, caso eu também não alcance a nota necessária, teria probabilidade de que eu fosse reprovado apenas nessa disciplina?
    Vi algumas pessoas comentando na internet que a reprovação só ocorre a partir de 2 disciplinas, isso é mesmo verdade?

    Aguardo respostas, e agradeço desde já.

  388. Kellen fiorentino comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 1:55

    Boa noite Profa Sônia!
    Minha filha e muito esforçada e bolsista de uma escola particular em BH. Esta no 8o ano, e só pode fazer recuperacao em 3 matérias. Ela está em 4 matetias matemática 43pontos ingles 47 pontos ciencias 59 e historis 51. Conversei com a coordenadora e ela disse q nesse cá do inglês conta como a quarta materia p reprovação já que recuperacao so pode em 3 matetias. Disse q o Conselho de classe ajuda se precisar de 3 pontos. Isso é correto o aluno não ter a chance de fazer recuperacao?

  389. Kellen fiorentino comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 1:57

    Desculpe cienciad 50 pontos e não 59

  390. Kellen fiorentino comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 1:59

    Correção ciências ela tem 50 pontos e não 59.

  391. Barbara fideles comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 4:01

    Olá prof Sônia, minha filha tem 7 anos e em agosto sofreu um acidente na aula de educação física,quebrou o punho e teve que colocar pinos(passando por 2 cirurgias) perdeu muita aula e as vezes q foi mal se concentrou e chegou até a dormir pelo uso de antiinflamatórios. Ela estava com muita dificuldade em matemática desde o início…mas acredito que se não fosse o acidente com certeza teria se recuperado…a escola quer reprova-la e está irredutível o que posso fazer,minha filha já sofreu tanto com o acidente e creio que a reprovacao só traria mais danos ,por favor preciso de uma orientação. Obrigada

  392. Cauê Freitas comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 12:31

    Olá Sônia, Eu cursei esse ano o 3º ano do Ensino Médio. Reprovei em 5 matérias, Porém em 1 delas me senti totalmente injustiçado pois a professora entrou no segundo bimestre, antes não tinha professor, e ela faltava demais, muito mesmo. E quando ia pra escola a aula dela era uma bagunça, ela quase não dava matéria, passava uns trabalhos mega nada a ver. E no último bimestre passou o conteúdo do exame final por e-mail, vê se pode? Será que no conselho eles não consideraram isso? Será que cabe entrar com um recurso? Nas outras matérias eu tive uma evolução desde o início do ano, isso não é considerável também?

  393. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 16:20

    Cauê Freitas,

    Sempre cabe recurso porque é um direito seu concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Agora se resultará positivo, não sabemos nunca.

    Se você for do Estado de São Paulo tem prazo de 10 dias corridos para entrar com o Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola.

    Santa Catarina são 2 dias úteis.

    Os Estados não tem prazo ..

    enfim.. corra…

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  394. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 21:37

    Barbara, não pode reprovar no 1o ano do ensino fundamental.

    Se você for do Estado de São Paulo recorra porque você ganha ok?

    Mas tem prazo! Corra!

    Se for de outro Estado você entra com a Resolução CNE/CBE n.07/2010, artigo 30, ok?

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno , caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  395. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 21:45

    Kellen,

    O Regimento Escolar é o que rege a escola.

    Pela legislação é para fazer a recuperação.

    Porém, como as escolas são autônomas para optarem pelo seu sistema de avaliação então fica difícil exigir delas que o aluno faça recuperação de tudo.

    Mas para as diretrizes curriculares recuperação não é uma prova, recuperação são ações pedagógicas que ocorrem para sanar as dificuldades. Mas as escolas dizem que é uma prova ..

    Enfim.. dá para discutir..

    De modo que a escola está correta porque segue o Regimento, mas também o questionamento desta norma pode ser feito.

    Recorra.. é direito dado pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  396. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 21:55

    Isabella, reprovariam.. não .. por estar no Regimento que pode reprovar por um componente curricular..

    Em geral o Conselho de Classe aprova.

    Se não aprovar recorra,ok?

    abraços

  397. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 21:55

    Matheus, sim.. é reprovado ..

  398. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2015 @ 22:04

    Luis Fernando.. mito!

    Cada escola é autônoma para escolher o sistema de avaliação.. então tem escola que a média é 7,0, tem escola que é 5,0 tem escola que não tem nota..

    Tem escola que reprova em uma disciplina, tem outras que reprovam a partir de duas.

    Então , depende da escola .. e no seu caso depende da sua escola em específico, ok?

    De modo que recomendo que leia o Regimento Escolar de sua escola para entender o que pode acontecer.

    Mas se vc ficar reprovado, entre com Recurso. Aí na Paraíba eu não sei se há ato normativo que discipline o Recurso como há aqui em São paulo ,mas a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que o adolescente pode contestar critérios avaliativos, então, significa que você poderá recorrer da decisão da escola.

    Só que tem que correr porque as escolas fecham para o recesso ok?

    abraços

  399. Chris comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 1:30

    Uma dúvida, pode certa de uma sala com aproximadamente 120 alunos na faculdade e um único professor acabar ficando com mais de 60% da sala em dp?

  400. KARLA comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 1:40

    Boa noite!!Minha filha está no nono ano, hoje fui buscar o boletim dela e vi que ela ficou em dependência em matemática por 9 décimos, fui até a secretaria me informar como proceder e eles me informaram que ela não pode fazer a dependência no colégio por que eu não renovei a matrícula para o ano que vem, e somente alunos do colégio poderiam fazer a dependência, a média nessa escola é 8 , quais os procedimentos que posso tomar, ela nunca ficou em dependência, não sei o que fazer e o outro colégio que fiz a matrícula me disse que irá analisar a situação, se vai aceita-la ou não para fazer a dependência lá.
    Me ajude, não sei o que fazer!!

    Karla

  401. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 5:32

    Karla, a DP se não for aceita ela fica reprovada..

    Então, é preciso encontrar escola que tenha sistema de DP ou a escola matricula ela no 9o ano e faz reclassificação para o 1o ano médio.

    Rolo ..

    Qual é o seu Estado?

    aguardo

  402. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 5:33

    Chris, depende .. da faculdade.. dos alunos.. dos critérios avaliativos adotados..

    abraços

  403. Glaucia comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 18:58

    Boa tarde prof Sonia, meu filho estuda em escola particular em Campinas SP, ele está no quarto ano c 9 anos ficou de recuperação em matemática, geografia e inglês, recuperou matematica e geografia, a escola pode reprovar ele caso não recupere o inglês? Ele tem tdah com laudo já na escola. Obrigado

  404. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 19:06

    Glaucia, pode mas não vai acredito que ele passe pelo Conselho.

    Mas se ficar reprovado vc entra com Pedido de Reconsideração alegando o TDAH , inclusão não assistida, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  405. Glaucia comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 19:08

    Ok obrigado

  406. Thiago Borges comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 20:26

    Boa tarde professora! Tenho 15 anos e curso o Colégio Militar De Belo Horizonte , primeiro ano do ensino medio. Minha situação e de conselho em Português com 4,9 . Precisando de 5 . Como meu colegio e rigido e eu sou um aluno invisível (n faz bagunça mas tambem nao ajuda) , creio que vao usar a justificativa “nao se esforça ” ou “nao demonstra interesse”. Quais seriam as opçoes sendo que os professores nao ligam para tipos como eu? Um abraço !

  407. Thiago Borges comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 20:38

    Obs: o conselho é composto pelos professores do meu ano + a sessão psico-pedagogica + a “compania de alunos” (que cuidam dos problemas de alunos)

  408. Valter comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 21:39

    Prezada Profª Sônia, boa noite! nosso filho estudou do 1º ao 9º numa escola particular. Devido a situação econômica do pais, pedimos transferência no primeiro semestre de 2015 para uma Escola Estadual (SP), porém, caiu numa muito fraca e com nível muito ruim. O primeiro semestre foi péssimo, devido a muitas greves e falta dos professores, prejudicando radicalmente sua educação e por consequência suas notas. Tivemos a iniciativa de transferi-lo com muito sacrifício no 2º semestre para um colégio particular, muito bom, porém ele não conseguiu atingir a media em 6 matérias, mesmo com reforço no próprio colégio, e ainda pagamos por fora para aulas de reforço particular. Fomos chamados a escola ontem dia 11/12/2015 e informados que nosso filho foi retido neste ano letivo de 2015. Devemos entrar nesta segunda dia 14/12 com pedido de reconsideração devido a situação. Poderia nos orientar corretamente como proceder? Muito Obrigado, Valter.

  409. Valter comenta,

    dezembro 12, 2015 @ 21:52

    Prezada Professora Sônia, estamos acompanhando suas orientações, e parabenizamos pela iniciativa e diretrizes que faz com conhecimento e sabedoria. Desejamos muito sucesso em seus objetivos. Muito Obrigado, Valter

  410. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 0:03

    Olá Valter,
    Sim, com certeza. Vocês são do Estado de São Paulo?
    Porque muda de Estado para Estado.
    Mas eu vou orientar por São Paulo porque outros Estados não tem prazo,ok/

    1) O Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola é interposto na secretaria da escola. Faça duas vias. Uma protocola na secretaria e guarda, a outra entrega.

    2) No Pedido de Reconsideração chore as pitangas visando sensibilizar a escola e peça para que o Diretor intervenha e que reconsiderem em Conselho de Classe essa reprovação.

    3) Se o Pedido for indeferido (e você só saberá em final de janeiro devido ao recesso de professores) você entra com o Recurso (outro documento) junto a Diretoria de Ensino (se for Estado de São Paulo.. cada Estado tem um nome).

    4) O Recurso já algo mais técnico. A DE vai verificar se houve falha regimental. Porque em uma escola o que vale é o Regimento Escolar, o que nele estiver expresso tá valendo..

    5) A DE tem 15 dias para devolver a análise se for no Estado de São Paulo. Em outros Estados não há prazos então não temos ideia do que acontece.

    Escreva da seguinte maneira.

    Ilma(o) Sra
    ____________________
    Diretora da xxxxxx

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de ________, responsável legal pelo aluno __________________ regularmente matriculardo na no __________ ano Ensino Médio, na __________ localizado à rua _________________ de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de Classe e reverta essa minha reprovação no _ ano do Ensino Médio. Este meu pedido está de acordo com a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127 e 128/2014. (as deliberações só se for do Estado de SP)

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer a aprovação do seu filho)

    Subscrevemo-nos na presente data reiterando protestos de estima e consideração.

    ——-, dezembro 2015.

    É isso!! Boa sorte para vocês!! Agradeço a visita!!

    _____________________

  411. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 0:04

    Valter obrigada!!
    São elogios assim que me fazem continuar!!
    Forte abraço!
    Feliz Natal !

  412. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 0:10

    Thiago Borges,

    Ai Thiago! Com esse texto bem redigido você deve ser um bom aluno! Certeza!
    Bem, a Norma da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) que rege todos os cálculos de engenharia arredonda o 4,9 por 0,1 (um décimo).

    De modo que se o seu colégio não fizer isso e não lhe aprovar, entre com um pedido de reconsideração e justifique que a uma norma técnica http://www.ebah.com.br/content/ABAAAgPAwAD/abnt-nbr-5891-1977

    2.2 Quando o algarismo imediatamente seguinte ao último algarismo a ser conservado for superior a 5, ou, sendo 5, for seguido de no mínimo um algarismo diferente de zero, o último algarismo a ser conservado deverá ser aumentado de uma unidade.

    De modo que manter o 4,9 é um absurdo se em todo as demais áreas que lidam com cálculos numéricos fazem o arredondamento, ok?

    abraços

  413. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 0:11

    Thiago, sim .. eu penso que lhe aprovarão ok?

    Ficar reprovado por 0,1 (um) décimo você entra até na Justiça se for preciso.

    abraços!

  414. Thiago Borges comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 4:36

    Obrigado pela ajuda, me sinto motivado novamente ! ( a plataforma em que estou escrevendo nao dispõe de acentos, só os que o corretor coloca automaticamente)

  415. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2015 @ 4:38

    :-) !! Abraços

  416. tamara comenta,

    dezembro 14, 2015 @ 20:36

    Oi meu filho e repetente da 2 serie do ano passado e esse ano ele reprovou novamente eu gostaria de saber se pode que me falarão que nao podem mais reprovar as crianças do ensino médio.sou de Curitiba obrigado

  417. tamara comenta,

    dezembro 14, 2015 @ 20:39

    Oi gostaria de saber se aqui em Curitiba as crianças do ensino médio podem serem reprovadas.

  418. Mauricio Mariano comenta,

    dezembro 14, 2015 @ 22:05

    Estou no primeiro ano do ensino médio, minha escola foi ocupada devido a um protesto, as aulas voltaram dia 10/12, como perdemos aulas, terá reposição de aula dia 18 de Janeiro, mas eu queria me matricular em uma escola que as aulas começam dia 18 de Janeiro, o que eu pisos fazer pra constar que eu terminei o primeiro médio? Eles podem me reprovas por eu não ir na reposição (por motivos óbvios)? Agradeço desde já

  419. EDNA TIMONEZ comenta,

    dezembro 14, 2015 @ 23:58

    Olá!
    Recebi um comunicado que meu filho será reprovado no 3º ano ciclo II, gostaria de saber quais são os procedimentos que eu posso tomar para contestar essa decisão, pois durante todo ano a escola não fez nada para mudar este diagnóstico da criança.
    Fui até a escola várias vezes solicitando informação sobre o aprendizado da criança, durante este tempo somente no 1º semestre deram alguma informação, depois só recebi recusa e falta de informação.
    Enfim durante o 2º semestre fui 3 vezes na escola onde reivindiquei a prova e os cadernos do meu filho para mim ver, neste dia conversei com a professora que disse que não tinha os cadernos na sala, mas que iria mostrar para mim em breve.
    Fiquei aguardando e nada de me enviar os materiais deles, devido a demora fui até a escola de novo reclamar, pois devido as notas do meu filho não serem boas, ele começou a ter crise de choros em casa dizendo que ele tinha tirado nota 7 e porque a professora não mostrou esta nota no boletim. Esse tinha sido uns dos motivos do qual eu solicitei as provas e cadernos.
    Neste dia fui conversar diretamente com a coordenadora onde novamente me negou ter acesso as provas e disse que iria conversar com a professora para estar me enviando para mim ver.
    Após as minhas reclamações de critérios de avaliação,
    Falta de atividades para casa, sendo que durante quase todo o ano meu filho não tinha levado nenhuma atividade para casa sendo ele uma criança de baixo aprendizado,
    Falta de informação por parte da escola sobre a situação da criança,
    Para finalizar perguntei o porque não estava tendo mais reforço escolar fora do período de aula, sendo que isto poderia ser uma ajuda para a criança melhorar na escola, no final da visita assinei uma ata de registro constando toda minha reclamação, onde a coordenadora se comprometeu de me enviar estas provas para mim ver.
    Observação: quando solicitei a prova expliquei para a coordenadora o motivo pelo qual eu solicitava as provas, pois era meu filho que vinha a alguns meses reclamando da nota do 2º bimestre, alegando que tinha tirado 7.
    Esta visita na escola foi em setembro.
    Durante todo ano a sala do meu filho teve 4 trocas de professores, fora os professores eventuais.
    Os dias passaram e até em novembro eles não me enviaram nada, depois disto fui até a escola novamente, onde em conversa com a coordenadora pedi o boletim do meu filho para mim ver as notas do 3º bimestre e novamente ela me negou de mostrar, alegando que não tinha acesso ao boletim dele, mas que estaria comunicando a professora para me enviar em casa para mim ver, como eu fui resolver um outro problema fui pega de surpresa e não questionei a coordenadora para não criar um mal estar entre nós já que somos do mesmo bairro, mas uma coisa eu pergunto:
    Como negar um boletim se já tinha terminado o 3º bimestre e é direito dos pais saberem a nota do filho e que quando há o conselho de classe as notas ficam na secretaria da escola, enfim sai chateada e fiquei o resto dos meses sem noticia sobre a situação do meu filho.
    Agora estão pedindo a presença dos pais na escola e meu filho disse que ele reprovou, por isso quero um auxílio, como posso proceder para questionar a reprovação do meu filho, já que a escola não fez nada ajudar esta criança durante todo ano.
    Meu filho está tendo crise de choros cada vez que tocamos no assunto e que na escola os coleguinhas tiram sarros daqueles que não tira nota boa.

    Atenciosamente

    Edna

  420. bruna Marra comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 3:12

    ola

    tenho um filho que 11 anos …. esta na 5

    ele vem desde começo do ano chorando para ir a escola, onde era preciso tirar ele a força para dentro da escola . e por muitas vezes ficava na secretaria ate se acalmar e entrar na sala de aula , ou nao conseguia tirar ele de dentro do carro e voltava para casa … nao procuramos ajuda antes pois pensava que ele era preguiçoso . e a diretora só mandava eu cortar o cordão umbilical .
    Demorou mas fomos atrás de ajuda psicológica , esta em acompanhamento com a psicóloga passou por um neurologista , e entraram com medicação para depressão …… foi constatado depressão e até pânico escolar , esta tomando sertralina .

    como faltou muita aula o rendimento dele caiu mais …… mas após a medicação ele ficou mais ativo que com vontade de estudar .. estudamos todos os dias e parou de chorar para ir a escola … seria o ultimo ano dele na escola …. ganhou uma bolsa em uma escola particular muito boa … o que motivou ainda mais ele a passar de ano … mas como falei , perdeu muita aula e estamos estudando muito .

    mas a professora parece nao ajudar muito . muitas vezes ele chega em casa com vontade de desistir de tudo por alguma coisa que a professora falou …

    e uma das vezes que ele nao quis entrar na sala de aula .. ela veio pegar ele no colo a força esperneando e chorando colocando ele dentro da sala de aula , fazendo ele passar vergonha ….

    minha maior preocupação é se ele rodar a coisa vai piorar o ano que vem .. a auto estima dele vai diminuir ainda mais …

    minha pergunta é se podem rodar ele estando com depressão e após a medição o rendimento dele melhorou ,mas não atingiu a media …
    e se reprovar e recorrer se a alguma chance ….

    obrigada

  421. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 6:34

    Bruna Maria,

    Podem rodar mas você poderá recorrer.

    Se você caracterizou o caso como de inclusão , porque depressão é um caso de necessidade educacional especial, é possível brigar com a escola e reverter a reprovação.

    VocÊ é de qual Estado?

    Dependendo do Estado não tem um procedimento a ser seguido então tem que criar um nem que for buscar junto ao Ministério Público, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  422. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 6:50

    Edna

    Se você é do Estado de São Paulo , entre com Pedido de Reconsideração endereçado a diretora da escola 10dias corridos o prazo a partir da ciência da reprovação. Siga as Deliberações CEE n.120/2013, n.127/2014

    Se for de outros Estados não tem um processo a ser seguido mas faça o mesmo com o Pedido de Reconsideração.

    Mas corra .. o tempo está acabando ok?

    abraços

  423. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 6:54

    Mauricio podem reprová-lo se não for na reposição, ok?

  424. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 6:54

    Tamara, sim .. do Ensino Médio..? sim.

    abraços

  425. Lucas comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 15:14

    Fui reprovado, e gostsria de saber como eu poderia fazer a carta de reprovacao

  426. aana comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 15:17

    Sonia, boa tarde.
    minha filha ficou de recuperaçao em 6 matérias, e nao deram a chance de ela ir para as provas de final de ano. O colegio reprovou ela direto.
    Isso é normal? pode ser? Obrigada.

  427. Nice comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 18:13

    Oi, minha filha reprovou em três matérias, faltando: física 0.7, história 0.5 e biologia 0.2. Sei que em até 2 matérias pode fazer dependencia em outras escolas… Só que em biologia ela não conseguiu por pouquissimo, já conversei com a diretora e ela disse que vai reunir os professores só em fevereiro para um novo conselho de classe para ver se eles não a aprovam pelo menos em biologia, caso não, tem algo que eu possa fazer???

  428. Marco comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 19:09

    Fui reprovado no terceiro ano do segundo grau. Nas disciplinas de história, língua portuguesa e eletiva, na minha escola o aluno pode entrar com um recurso na secretaria da propria escola dizendo os motivos que não deveria rodar, la a nota é dada por conceito que vai de A até D (A, B, C e D), sendo que nas disciplinas de história e língua portuguesa eu tirei C no primeiro trimestre C no segundo e D no terceiro e na eletiva A, D e D. Gostaria de saber o que eu poderia justificar para eles me dando o direito de passar no terceiro ano? Obrigado

  429. Marco comenta,

    dezembro 15, 2015 @ 19:12

    Sendo A, B e C a cima da média e D abaixo.

  430. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 2:41

    Aana,, sim.. as escolas limitam o número de disciplinas para recuperação.

    É errado fazer isso mas as Secretarias de Educação aceitam..

    Você pode recorrer ..

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  431. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 2:43

    Lucas , segue o modelo

    Ilma Sra
    ____________________
    Diretora da .

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de Guarulhos, responsável legal pelo aluno __________________ regularmente matriculardo na
    no __________ ano Ensino Médio, na E localizada à rua _________________
    de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de
    Classe e reverta essa minha reprovação no _ ano do Ensino Médio. Este meu pedido está de acordo com a lei
    federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127 e 128/2014. (se for de São Paulo se não for não).

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer ser aprovado)

    Subscrevemo-nos na presente data reiterando protestos de estima e consideração.

    _________, dezembro 2015.

    _____________________

  432. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 2:52

    Marco.. não sei ..

    Qual o motivo de não ter atingido a média? Não ter estudado não vale..

    Tem que ter um argumento bom para que eles possam aprová-lo.

    O que aconteceu com você para não ter conseguido estudar suficiente para ser aprovado ?

    É isso que terá que pensar e escrever, ok?

    abraços

  433. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 3:08

    Nice, de onde vc é ?

    A escola só lhe dar uma resposta em fevereiro??

    Que isso??

    Preciso saber de onde você é?

    abraços

  434. Edson Souza comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 5:07

    Boa noite
    Profa. Sonia.
    Primeiramente gostaria de parabeniza – lá por ser tão atenciosa e simpática, mesmo o post tendo um ano ou mais, continua ajudando e auxiliando pessoas.
    Bom meu caso é o seguinte: Esse ano de 2015 cursei o 1° ano do ensino médio, e começo do ano comecei a trabalhar na prefeitura da minha cidade no setor de Turismo, onde muitas vezes exigia um pouco mais do meu tempo, ou seja tinha alguns dias que faltava ou chegava atrasado, eu estudava de noite e muitas vezes não saia a tempo do meu serviço. Eu sabia que no futuro eu teria um retorno, tanto que fui promovido de aprendiz para estagiário do ensino médio, e já estava estourado em faltas, quando foi final de setembro pedi para mudar meu horário pois estava atrapalhando minha vida na escola. Acabei ficando de recuperação (já esperava) mas por questão de faltas, notas nem tanto. Fiquei de recuperação por falta e nota em matemática, consegui compensar as faltas mas mesmo assim fiquei com 3 de média, fiquei de recuperação em biologia por falta e nota e recupero ambas, fiquei de recuperação em química tbm por falta e nota, acabei compensando as notas e não as faltas, e fiquei de recuperação em inglês e recuperei as notas e não as faltas. Acabei reprovando em Inglês, matemática, história e química. Mas sempre fui um aluno muito participativo, educado e inteligente, sem problema de comportamento e tudo mais… Nesta “altura do campeonato” se eu conseguir pegar uma declaração da prefeitura que eu os representava em reuniões e tudo mais conseguiria justificar as faltas ? Pois isso já melhoraria minha situação de falta com química e inglês pois nota eu estou razoável. E história certamente vou contestar pois o 4° bimestre foi o único que eu fiquei com nota vermelha. O que restaria seria matemática (que não tem muito o que fazer rs) e por ser só essa matéria acho que não reprovaria.

  435. Carla lima comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 10:36

    Meu filho estuda em escola particular, ficou de recuperação em 5 matéria, conseguiu recuperar português e matemática ficou retido em ciência, história e artes.
    Gostaria de saber se cabe recurso tenho quatro dias par entrar com recurso.
    E não sei como elaborar esse recurso se poder me ajudar.

  436. Carla lima comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 10:41

    Meu filho estuda em escola particular ficou de recuperação em 5 matérias, conseguiu recuperar matemática e português ficou retido em história, ciências e artes.
    Gostaria de saber se cabe recurso nesse caso.
    E como elaborar esse recurso.
    Obrigada

  437. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 11:23

    Carla Lima.. sempre cabe o recurso segundo a lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III.

    Mas se for de São Paulo o prazo está acabando.

    Corra!

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  438. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 11:30

    Edson, primeiramente obrigada!!

    Bom, nesta altura do campeonato é preciso usar tudo o que se tem disponível para tentar reverter uma reprovação.

    Tente a declaração de trabalho.

    Agora, se você já tem 18 anos ou fará 18 anos em 2016 recomendo que preste o ENEM 2016 e indique no ato da inscrição que quer o seu certificado de conclusão do ensino médio e alcançando a pontuação necessária resolve o problema do médio e do trabalho.

    Mas isso só pode ser feito se vc tiver 18 anos até o dia do exame que começa em outubro.

    Tente recorrer, ok?

    Abraços!!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  439. Fernanda comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 11:41

    Fiquei de exame no 2º ano do Ensino Médio somente de Educação Física mas não sei se eu passei. Caso não tenha conseguido o que precisava na prova tem como recorrer a isso? Se sim, como? E se eu mudar para uma escola que não tenha essa matéria, eu continuo meu ensino médio normal? Ou terei que fazer dependência?

  440. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 12:11

    Carla Lima,

    Ilma Sra
    ____________________
    Diretora da

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de Guarulhos, responsável legal pelo aluno __________________ regularmente matriculardo na
    no __________ ano Ensino Médio, na __________________localizada à rua _________________
    de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de
    Classe e reverta essa minha reprovação no _ ano do Ensino Médio. Este meu pedido está de acordo com a lei
    federal n.8069/90, artigo 53, inciso III . (se for de São Paulo insira as Deliberações n.120/2013, 127 e 128/2014)

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer ser aprovado e conta que todos o alunos ficaram de química e que isso é um absurdo.. um ensino que não ensinou e que recai sobre o aluno )

    Subscrevemo-nos na presente data reiterando protestos de estima e consideração e em caráter de urgência.

    _____________, dezembro 2015.

    ___________________

    assinatura

    Eu presto serviço de elaborar a defesa mas cobro honorários. Se precisar entre em contato: saranha@mpcnet.com.br urgente, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  441. Nice comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 12:31

    Sou de SC, Florianópolis. Ela disse que só pode dar a resposta em fevereiro pq os professores já estão de férias, mas que iria tentar reuni-los ainda essa semana, acho dificil. E agora tenho que procurar uma escola que reserve matricula né, pq não sei se aceitam dependencia em 3 matérias, mesmo se uma for por 2 décimos…

  442. Raylânia comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 14:06

    Olá! Queria tirar uma dúvida.. Estou no 3° ano do Ensino Médio. Fiquei em recuperação..
    Sera que tem possibilidade de ser reprovada no terceiro ano? Sempre fui uma aluna presente nas aulas e Esforçada.. Queria que você tirasse essa minha dúvida..
    Bjs..

  443. Angelo comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 14:36

    Bom dia professora Sonia

    Parabéns pelo Blog um serviço que não esta disponível e deverias estar em sites oficiais.
    Estou entrando em contado, pois gostaria de expor o caso do meu filho e de acordo com sua opinião contratar seus serviços para elaboração de defesa.
    Sou pai de filhos gêmeos que estudam no mesmo colégio do estado Mauá – Sp.
    Meus filhos sempre estudaram em salas separadas conforme regimento da escola, ambos nunca tinham sofrido reprovação, mas um deles este ano no ultimo ano do 3º grau sofreu, descreverei o caso.
    Meu filho iniciou este ano trabalhando, eu e minha esposa acompanhamos reuniões, cadernos e trabalhos, percebemos que o rendimento do mesmo estava muito baixo não somente na escola como em atividades extra “como inglês, musica e cursinho”, sendo assim pedimos que por hora, ele saísse do emprego e assim foi feito.
    Mas em reunião do terceiro semestre vimos que as notas caíram e para nossa surpresa o numero de faltas era muito alto, neste ponto entra uma inconsistência: Apesar dos meus filhos estarem em salas separadas à somatória de faltas deveria ser idênticas ou com uma diferença muito baixa, já que exceto em caso de doença um compareça a escola e o outro não, a diferença de uma para outro era de 22 faltas (Obs, os dois são deixados na porta da escola e buscados na porta da escola a mesma tem boa segurança não sendo possível sair ou ate mesmo pular muros, o aluno só consegue sair mais cedo com pai presente).
    Solicitei revisão das faltas com a coordenação da escola, mas mesmo assim meu filho fez os trabalhos para compensar as faltas enquanto aguardávamos. Com resposta verbal fui informado apenas que as faltas estão corretas, e sou informado que não posso ter acesso ao diário de classe do professor.
    Outro ponto, apesar do meu filho ter dispensa nos dois primeiros bimestre para Ed. Física sua nota consta como 4 e não como “DT” o que é estranho, pois já que o mesmo não tem atestado como disseram a nota deveria ser “0”, não conseguem me explicar de onde saiu este “4”, ele tem atestado no primeiro semestre e carta de punho para o segundo semestre conforme regimento interno da escola que permite o procedimento.
    Para as demais matérias o rendimento do meu filho e apresentado como baixo, mas é difícil de acreditar, pois acompanhamos confecções de trabalhos, normalmente ambos fazem juntos dividem as pesquisas. Ouve um esforço grande do mesmo no segundo semestre na escola e em cursinho, o mesmo não teve reprovação em inglês que é feito particular, prestou ENEN, adquiriu bolsas parciais em faculdades que efetuou vestibular.
    Em artes o professor do meu filho garantiu que ele não teria tirado nota baixa no terceiro semestre, no entanto a nota não foi corrigida.
    Já solicitei a verificação das notas no colégio, pedi para ver quais foram as ações dos professores e esforços com recuperações já que então o mesmo estava então tão mal em seu rendimento. O mesmo não ficou em recuperação em momento algum do ano. O colégio não libera o diário de classe.
    Eu protocolei na Delegacia de ensino estes mesmos pontos que exponho aqui no dia 11/12, deixando claro no protocolo que devido as equívocos visíveis “caso das notas de educação física e artes” fica comprometido e questionável a credibilidade da escola neste caso, fui informado que uma supervisora vai ate a escola para analisar o caso, mas tenho que aguardar 10 dias, tenho ciência que a escola ficara em recesso do dia 15 ao dia 04 de janeiro, sendo assim acredito que este prazo de 10 dias não será cumprido, e realmente não tenho conhecimento
    Meu filho foi retido por baixo rendimento e não por faltas!
    Estou efetuando este post aqui, pois outros pais possam estar passando pelo mesmo caso e sua resposta pode vir a ajudar os mesmos, mas estou encaminhando para o seu e-mail, pois como disse no e-mail, de acordo com sua analise pode ser que precise dos serviços para elaboração de defesa.

    Muito obrigado
    Angelo

  444. Nice comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 14:56

    Sou de florianopolis, SC.

  445. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:16

    Nice… você tem dois dias para entregar com o Pedido de REvisão

    SE não entrar perde o prazo..

    Resolução CEE-SC n.183/2013 ,artigo 21 ao 28..

    Corra, veja se ainda está no prazo ok?
    abraços

  446. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:26

    Olá Angelo, obrigada!!

    bem.. não tenho muito a fazer neste momento porque você já fez o Pedido de Reconsideração direto na DE.

    O procedimento não seria este .. o procedimento correto de acordo com as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127/2914 e 128/2014 seria.

    1) Pedido de Reconsideração endereçado para o diretor da escola após ciência da reprovação 10 dias para interpor o pedido

    2) Após a devolutiva negando o pedido , interpor Recurso junto a DE interpondo na secretaria da escola que encaminhará para a DE.

    Como você fez isso de modo torto mas fez agora terá que aguardar a devolutiva da DE ..

    Nem sei com a DE está entendendo o seu pedido se já como Recurso.

    Se já como Recurso .. nada a ser feito e se a DE negar daí só com Recurso no CEE e o Conselho Estadual de Educação é chato pra caramba e indeferiu todos os Recurso do ano passado.

    De modo que eu não consigo perceber como eu poderia fazer a defesa neste momento pois o processo já está em andamento.

    Qualquer dúvida entre em contato, ok?

    abraços

  447. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:27

    Fernanda sim poderá recorrer, mas acredito que o Conselho aprovará você ,ok?

    abraços

  448. Ana comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:28

    Reprovei por conta de notas, a media na minha escola é 7 e não é facil de alcança-la. Queria saber se meus pais entrasse com esse recurso na escola se eu poderia passar de ano

  449. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:29

    Raylândia.. sim , pode ser reprovada.. estou fazendo vários recursos de reprovação na 3a série do Ensino Médio .. infelizmente.

    abraços

  450. Rosana Santos comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:51

    Olá Boa Tarde !!!
    Meu filho estuda no SESI de São Bernardo do Campo – SP, no ano passado ele foi reprovado no 9º ano e este ano de 2015 teve que refazer este mesmo ano. Estou muito triste pois ele foi reprovado novamente a mesma série este ano !!!
    Porém fico indignada com o seguinte critério de avaliação da escola do SESI, a cada trimestre eles somam as seguintes avaliações: prova escrita, trabalhos e apresentação. A prova escrita é realizada em duas etapas com 4 matérias em cada, chamada de prova integrada. No 1º Trimestre meu filho fechou todas as matérias com notas acima de 7. No 2º Trimestre meu filho fechou duas matérias com Notas abaixo de 7.
    Porém agora no 3º Trimestre meu filho não conseguiu recuperar estas duas matérias, pois a nota desta prova foi de 6,6, mas o que me chateia é que ele acertou 8 questões das 10 destas matérias que ele precisava de nota. Estou muito triste, pois com 6,6 ele passou em todas as outras matérias que não precisava de nota mais alta, porém nas matérias que ele precisava não conseguiu atingir a média final. Estamos todos muito abalados. Será que é conveniente eu entrar com o Pedido de Revisão ? Afinal , nas matérias que ele precisava ele foi bem!!!

  451. Aline Jardim comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 16:54

    Olá , sou estudante do 3° ano do ensino médio , estou de recuperação final em filosofia , ele me deixou por 2 pontos , irei fazer a prova de recuperação sim , mais tenho medo de ter que repetir de ano por causa de uma matéria só será que no conselho de classe eles olham isso pq só fiquei em a matéria por causa de dois pontos vo te q repetir o ano todo sendo q passei nas outras matérias , to muito triste
    Com medo de reprovar me ajude por favor desde já obg.

  452. Angelo comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 17:05

    Muito obrigado Profa. Sônia.
    A DE achou por melhor não entrar com o pedido de reconsideração, já que ficou visível erro em lançamento de notas o que tornou questionável as demais.
    Sendo assim a supervisora iria efetuar o levantamento das notas.

    Ficarei no aguardo de retorno dos mesmos !

    Obrigado

  453. Valeriana Suba comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 22:26

    Olá boa noite, minha filha estuda na rede SESI, no 1º ano do ensino médio. Hoje na reunião fiquei sabendo que ela foi retida, em seis matérias, sei que ela tem parte da culpa, mas se foi passado o caso pelo conselho porque não passaram ela? As notas vermelhas ficaram por milésimos… como “6,8″ ou “6,7″. Ela ficou abalada e indignada, pois em duas das matérias que ela ficou, uma a professora tirou uma nota 10 dela por estar sentada errada, e outra, a professora dava prova para os alunos que precisavam de nota, para ela não entregava então na cabeça dela ficava que ela se daria bem no boletim, mais ficou com vermelha. Fiquei indignada, pois o conselho podia ter passado ela por esses milésimos… Entrei com o processo de reconsideração? Quais são as chances de conseguirmos?? Aguardo resposta…

  454. Nice comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 22:37

    Tenho que entrar com esse recurso para me darem a resposta antes de fevereiro??

  455. Nice comenta,

    dezembro 16, 2015 @ 22:40

    a Diretora afirmou que é lei os professores tirarem férias e só voltar em fevereiro…

  456. Ingrid comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 2:53

    Boa noite Profa Sônia! Tudo bem?
    Hoje foi um dia difícil ao saber da reprovação de uma matéria do meu filho de 11 anos (1a recuperação e reprovação da vida).
    E agora à noite pesquisando encontrei o seu site com tantas informações, o que me deixou um pouco mais aliviada.
    Moramos em Salvador-Ba e meu filho tem 11 anos de idade. Ele sempre estudou em colégio particular, mas de “Bairro” e em alguns pontos mais fraco do que outros colégios. Esse ano ele cursou o 6° ano e mudou de escola, indo para uma mais conceituada e “rígida”.
    E o que aconteceu é que ele foi para 3 recuperações, passando em 2 e perdendo em português.
    Soube o resultado hoje quando liguei para a escola (1 dia após à sua última prova que foi ontem), me desesperei com o resultado e fui orientada a ir até à escola para conversar pessoalmente com a coordenadora, mas fui até lá e não a encontrei até para entender direito tudo.
    Lembrando que esse ano foi um ano muitíssimo difícil com a descoberta de uma doença da minha mãe e infelizmente posteriormente o seu falecimento, tendo sido quase o ano todo com essas dificuldades e vários deslocamentos ao hospital. Tentamos sempre preservar meu filho de tudo, mas ele como única criança em casa percebia tudo.
    Conversei várias vezes com os professores dele e responsáveis da escola sobre toda a situação e eles estavam ciente de tudo.
    E enfim, depois de tudo, veio a recuperação, o coloquei em um reforço a mais para as últimas provas e depois infelizmente a reprovação.

    E além da conversa que terei amanhã com a coordenadora quando for lá novamente, eu não sei como proceder.
    Será que eles poderiam ter levado em consideração todo o trauma, estresse e tristeza desse ano no conselho de classe? E não poderiam ter reconsiderado a reprovação até por ter sido em 1 matéria?

    Profa Sônia, a senhora pode me orientar como proceder nesse caso?
    Eu posso pedir a reconsideração de reprovação para ele?
    Por favor, me dê uma luz.

    Desde já, muito Obrigada!!!
    Ingrid

  457. Gabriela Thamires comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 10:08

    Olá, Bom dia!
    Parabéns pelo blog, tira muitas duvidas não esclarecidas pelas escolas..
    Este ano fiz o 3º ano do Ensino Médio, Fui reprovada porque tinha uma dp do segundo ano, em biologia, só que a professora não passava trabalho nenhum, apenas dava a nota do provão, não dava nenhum tipo de explicação para os alunos em dp nela, fiquei em história também mais nesse caso foi diferente ele passou trabalhos e tirava varias duvidas… Gostaria de saber quais são os meus direitos e como posso estar recorrendo ? eles me deram até sexta para recorrer. Preciso urgente de sua ajuda, se poder esclarecer essas duvidas, irei agradecer muito.

  458. Leticia lais comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 15:58

    Olá
    Descobri hj que reprovei no segundo ano do ensino médio
    Estou em estado de choque pois nunca havia reprovado
    Entrei com recurso, reprovei por duas matérias
    Tem chances de eu conseguir passar pro 3¤?

  459. Nicholas comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 16:04

    Acabei de saber que estou retido no 3° ano do E.M
    Gostaria de saber se posso recorrer a algo, sendo que mudei de escola este ano, e onde eu havia estudado os outros 2 anos do Ensino Médio não veriam a ser difíceis, estudei em uma escola ”fácil” e que não dava muito valor ao aluno, mudando para a que estou hoje sendo a média 7 e o ensino mais puxado, não consegui acompanhar muito o ano, mas minhas notas estavam ali: 5, 6, e agora estou retido em 4 matérias, futuro planejado para ir viajar para os EUA a estudo, e acontece isso, gostaria de saber se posso entrar com algo na escola para solicitar reavaliação da minha retenção, preciso da resposta URGENTE
    Grato!
    Nicholas

  460. Laura comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 19:13

    Meu primo estuda em colegio particular esta no 2° ano do ensino medio e reprovou por apenas uma matéria no qual ele precisava de mais ou menos 5 pontos (em fisica), eu queria saber se podem reprovar um aluno por apenas uma matéria. Obrigada.

  461. Carlos Augusto comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 19:33

    Prezada Profa. Sônia,

    Parabéns pelo excelente trabalho desenvolvido neste blog, digno de reconhecimento em toda a comunidade discente e docente do nosso país.
    Profa. Sônia, não localizei na legislação do estado do ES nenhuma portaria, decreto ou Deliberação que ampare o pedido de reconsideração em razão de reprovação. Tenho filho com deficiência mental e a escola não utiliza um plano de desenvolvimento individual para ele, mesmo tendo laudo apresentado indicando essa deficiência. A senhora conhece algo na legislação do estado do ES que possa me amparar no caso de reprovação do meu filho? O que posso fazer? Obrigado.

  462. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:20

    Ana, sim , pode entrar com o recurso. Mas nem sempre dá para reverter uma reprovação.
    Depende de onde você é…
    se for do Estado de São Paulo, a partir de saber sobre a reprovação vc tem 10 dias para entrar com o Pedido de Reconsideração, o problema é que a escola fecha nesta época então você tem que correr ok?
    Mas é direito seu recorrer!
    Abraços

  463. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:22

    Rosana,

    Você tem que correr .. quando o Sesi fecha para as festas de final de ano?
    Acho que vc tem só amanhã..
    Corra ok?
    Sim vale a pena.. é difícil porque o SESI é difícil mas é seu direito.

    Outra alternativa é tentar reclassificação em uma outra escola.

    Abraços

  464. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:23

    Alines Jardim,

    Acredito que você seja aprovada pelo Conselho ok?

    abraços

  465. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:23

    Olá Angelo,

    Puxa! Que bom!! Torcendo!!

  466. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:38

    Valeriana,

    Não é fácil o SESI e você deve saber melhor do que eu.
    Então as chances são pequenas.
    Quando houver a devolutiva da escola e se for indeferido o seu Pedido entre com Recurso, ok?
    Sempre vale a pena tentar,

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  467. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:43

    Nice sim após o recesso de professores que ocorre em janeiro.

  468. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 21:44

    Nice, depende .. se escola pública é férias de professores de 30 dias .Somente depois disso é que darão a resposta.

  469. Paloma comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 22:28

    Oi, boa noite!! Curso o terceiro ano do ensino médio e fiquei de recuperação em química, literatura, português e biologia, porém, não passei em química… A média da escola é 7, mas o sistema arredonda de 6,4 P cima, sendo que a coordenadora informou que não ia ter conselho P quem ficasse C nota abaixo de 6,4, como se esse arrendondamento da escola, fosse o conselho de classe. Isso pode acontecer? Achava que a presença dos professores fossem obrigatória no conselho, se é que pode chamar isso de conselho já que o sistema arrendondaria de um jeito ou de outro.. Aguardo sua resposta, desde já, grata.

  470. Carlos Augusto comenta,

    dezembro 17, 2015 @ 22:55

    Profa. Sônia, parabéns pelo blog e pelas orientações repassadas à todos os que aqui buscam seu entendimento.
    Sou pai de uma criança com deficiência mental e que corre o risco de ser reprovada por não atingir o mínimo determinado pela escola para aprovação. A escola tem o laudo médico do meu filho onde consta essa situação, a escola não implementou o plano de desenvolvimento individual do meu filho, e ele faz exatamente as mesmas provas que os demais, e é claro que suas notas sempre estão muito aquém das mínimas possíveis, isto quando ele consegue fazê-las.
    Moramos no estado do ES, e ainda não encontrei a legislação que me permita fazer o recurso contra uma eventual reprovação. A senhora tem conhecimento se existe algo parecido com em SP para que eu possa entrar com esse recurso? Obrigado

  471. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 0:35

    Ingrid, a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança e o adolescente podem contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Então por essa lei é que você fará o Pedido de Reconsideração endereçado para a diretora da escola.

    Se ela indeferir você busque a Secretaria de Educação.

    O fato é que na Bahia não há um ato normativo que discipline o processo de recurso o que dificulta o trâmite.

    Não sei lhe dizer quem pega o seu Recurso se a escola indeferir.

    Esse é o problema .. aqui no Estado de São Paulo como tem esse ato normativo há uma regra a ser seguidas por todos: pais, escola e secretaria de educação

    Aí eu não sei.

    Mas a princípio pode interpor um Pedido de REconsideração ok?

    Concordo plenamente .. as escola hoje em dia está máquinas … sem coração..

    abraços

  472. Aline comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 0:39

    Gostaria de tirar uma dúvida,a escola pode repeti o aluno ele tando cm nota azul,segundo ela a criança n ta apita a passar pro 5 ano

  473. Allyson Bruno comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 0:46

    Olá, estou cursando o 2° ano do Ensino Médio, e infelizmente fui reprovado nas disciplinas de Biologia ( por sete décimos ) e química (por alguns pontos, mas o professor da mesma não baixou algumas notas minhas), sabendo da reprovação procurei a direção da escola acompanhado de minha mãe, mas os professores não estão querendo me ajudar.
    Obs. O professor de química atribuiu uma nota 10 a todos os outros alunos por participarem de uma atividade na escola, mas apenas a mim deu nota 9.0 (não sei por qual motivo, já que sempre tive bom comportamento na escola, acredito eu que ele quer me prejudicar por algum motivo que desconheço ).
    Oque devo fazer diante de tal situação?

  474. Ana Paula de Freitaa comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 2:21

    Meu filho está no 7 ano e foi reprovado.
    No ano passado ele foi promovido pelo conselho e não tive acesso as notas.
    Nesse ano da reprova, as notas que faltava para ele alcançar a meta eram bem menores que as do ano passado, a cordenadora da escola acha que vai ser bom pra ele a reprova. Eu discordo! Concordo com ela que ele deve estudar mais e se empenhar mais. Mas não acho que reprovar seja a melhor alternativa porque ele se mudo7 para essa escola ano passado, sofreu discriminação e passou o ano tentando ser aceito pelos colegas… resultado foi promovido pelo conselho.
    Nesse ano a esxola levantou a hipótese de deficit de atenção, dislexia…. levei na psicóloga, fonoaudiologa, neurologista… ele fez exames de vista de audição, Impedanciometria, mapeamento auditivo, entre outros….ainda não temos um diagnóstico.
    Mais ele foi reprovado e eu entendo que essa postura vai baixar ainda mais a auto estima dele e o levar a um fracasso ainda maior!
    Eu sou uma mãe super exigente, nunca protegi ele em nenhuma circunstância, nem mesmo hoje depois desse resultado. Conversei e expliquei que ele devia ter se esforçado mais e em nenhum momento deixei transparecer que não concordo com a reprova nessas circunstâncias!
    Esse ano foi um ano ruim pra mim financeiramente o que acaba interferindo no emocional dele, o pai dele teve outro filho o que acabou interferindo também.
    Atrasar um ano na vida de um garoto de 12 anos que passou por tudo isso será mais negativo que positivo.
    Vc pode me ajudar? Cabe esse pedido de reconsideração??
    O resultado saiu hoje. Eu sou de Poços de Caldas MG e a escola é particular da rede católica de ensino.

    Aguardo retorno
    Grata
    Ana Paula

  475. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 9:26

    Gabriela faça assim:

    1) Peça para um responsável legal seu escrever um documento Pedido de Reconsideração endereçado para a sua diretora pedindo a sua aprovação.

    2) Você não me disse de onde você é.. o que dificulta para mim dar uma informação correta..
    mas se for de São Paulo vc tem que correr por causa do prazo.. ok?

    abraços

  476. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 9:55

    Leticia.. sempre há chances.. mas as escolas estão muito chatas.. reprovando muitos alunos na 3a série do Ensino Médio..

    Não há muito a ser feito.. é aguardar o resultado e depois entrar com Recurso..

    Se precisar de algo me avise.. abraços e força …


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  477. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 9:57

    Nicholas, corra porque o prazo está se esgotando para recorrer…

    Sim pode entrar e é urgente!!

    Pedido de Reconsideração .. se for indeferido entre com Recurso junto a Secretaria de Educação.

    Presto serviço de elaborar a defesa mas cobro honorários para isso, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Verifique se a escola fecha hoje 18/12 se fechar tem que entrar hoje.. se não entre até o dia 22/12.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  478. Patrícia comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 9:59

    Olá Sônia, gostaria de saber se uma pessoa com 16 anos que perdeu na 1ª série do ensino médio em escola particular, por causa de duas matérias, estando com as duas matérias pendentes, pode cursar a 2ª série do ensino médio em colégio particular ou tem que ser em colégio público? Como proceder nesse caso?
    Desde já obrigada.
    Aguardo resposta.

  479. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:20

    Laura,

    Sim, podem infelizmente.. gente ruim.. é claro.

    Fale para a sua tia entrar com Pedido de Reconsideração endereçado para o diretor da escola se for indeferido peça para entrar com Recurso endereçado ao Dirigente Regional de Ensino.. Se for do Estado de São Paulo usar a Deliberação CEE-SP n.127/2014.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  480. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:26

    Carlos Augusto.. obrigada!!

    Pois não é! Não há!! Infelizmente só temos aqui no Estado de São Paulo e no Estado de Santa Catarina.

    Entrei com uma denúncia no MP do Estado do Rio de Janeiro e consegui uma Portaria que irá cutucar o Conselho Estadual do Rio para dar uma resposta a respeito do Rio..

    Vou tentar em todos os demais Estados assim que a loucura desse período terminar.. essa época do ano faço muito recurso para pais que contratam meus serviços e acabo que não consigo dar conta de tudo.

    Recomendo que você faça denuncia junto ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo, área de educação ou educação especial peça para que intervenham na escola.

    É o único modo que eu estou encontrando porque as Secretarias estão descumprindo a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que determina direito do aluno contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Então o caminho dos outros Estados é o MPdo Estado.. principalmente no seu caso.

    1) Se o seu filho ficar reprovado não perca tempo .. faça um Recurso – defesa – aluno com necessidades educacionais especiais , inclusão não assistida.. encaminha para o MP e peça providência. Em janeiro entra 100% em vigor a lei federal n.13.146/2015 Lei Brasileira de Inclusão das Pessoas com Deficiência que exige que a escola ampare de todas as formas o aluno com necessidades especiais, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  481. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:45

    Paloma,

    Pode porque cada escola tem adota um sistema de avaliação e pode arrendondar a nota ou não.

    A Norma Técnica da ABNT que normatiza cálculos matemáticos diz para arredondar acima de 5 um unidade de décimo .. então se for 6,9 arredonda para 7,0 e se for 6.4 arredonda para 6,5.

    então se a sua escola vai arredondar de 6,4 para 7,0 fique feliz..

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  482. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:47

    Carlos Augusto..

    Não.. no Espírito Santo não tem não .. respondi para você..

    Desculpe a demora mas não estou dando conta de tantas perguntas para eu responder neste final de ano..

    abraços

  483. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:54

    Aline, não , não pode..

    abraços

  484. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:55

    Allyson, recorrer.

    Não sei qual é o seu Estado se escola pública ou privada, mas tente entrar com um Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  485. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 10:57

    Patrícia,

    Depende da escola .. se a escola tiver no Regimento expediente de dependência tudo bem, caso contrário não ,ok?

    abraços

  486. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 11:02

    Ana Paula Freitas

    Vc pode me ajudar? Sim, presto serviço de elaborar a defesa do aluno mas cobro honorários, caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    Cabe esse pedido de reconsideração?? Sempre cabe porque é direito pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III , o que não significa conseguir êxito,isto é, reverter a reprovação.

    Entre com o Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola e depois se indeferido entre com recurso junto a Superintendência..

    abraços

  487. Gabriela Thamires comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 13:24

    Oi bom dia, sou de são paulo mesmo, fui ontem a escola e fiz o pedido da aprovação.Só que eles me disseram que tenho que esperar ate fevereiro, quando voltar as aulas… ou seja como reprovei e o conselho de classe ja encerrou, ano que vem vou ter que estudar novamente, ate que saia meu pedido de aprovação! Ainda estou meio perdida com tudo isso…

  488. kristielle barbosa comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 17:17

    estou no 7 ano, fiquei de recuperação só em inglês , so qe acho qe nao fui muito boa na prova final . O conselho me passa mesmo estando so nessa materia ?

  489. Luiza comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 17:49

    Ola Sonia.Sou moradora do RJ e estou sem saber o que fazer. Meu filho foi reprovado. A escola diz que em Lingua Inglesa e Educação Física. Foi dito a ele que tinha notas pra passar, mas como ele faltou durante o ano enquanto esteve com tuberculose, os professores acharam que ele tinha perdido muito conteúdo e decidiram reprova-lo sem ao menos me consultar.

  490. orestes jr comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 18:04

    Minha amiga faltou dois meses finais do ano e por isso acabou ficandobreprovada em 6 matérias, mas o pior e que ela nunca ficou reprovada, nunca matou aula e etc. Ela só faltou assim por que teve que viajar as pressas por motivos de urgencia familiar. Ela tem alguma chanse de passar do 8° ano pro 9° ? Me responda por favor!!!

  491. Otavio Vinicius comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 18:07

    Boa tarde
    Sou do Espirito Santo e gostaria de saber se pode-se reprovar um aluno por falta de apenas 3 pontos em uma unica matéria (matemática)….
    Obs. Aluno 2 ano do ensino médio.
    Média estadual=60 pontos

  492. Luciana Rangel comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 20:07

    BOA TARDE, GOSTARIA DE UM ESCLARECIMENTO, MEU FILHO ESTUDA NO COLEGIO EVEREST NO RIO DE JANEIRO, HOJE O COLEGIO NOS COMUNICOU QUE ELE FICOU REPROVADO NA MATERIA DE ESPANHOL, POR 0,7 DECIMOS. GOSTARIA DE TIRAR DUAS DUVIDAS A PRIMEIRA , A MATERIA DE ESPANHOL REPROVA? SEGUNDA A MEDIA DA ESCOLA E 7,0 PARA PASSAR DE ANO.
    ESTA E A MESMA MEDIA DO MEC? ENTENDEMOS QUE ELE PODE NAO TER SE ESFORCADO O SUFICIENTE, MAS ACHAMOS INJUSTO O ALUNO PERDER 1 ANO, POR 0,7 EM ESPANHOL.
    QUEREMOS SOMENTE UM ESCLARECIMENTO DO CORRETO. DESDE JA AGRADECEMOS MUITO

  493. Geferson Oliveira comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 20:58

    Boa Tarde!!!
    Meu sobrinho estar no 2 ano do ensino médio, sendo que o mesmo ficou reprovado na disciplina redação em uma escola particular. Sendo que a escola disse que ele tem que refazer o 2 ano novamente. Gostaria de saber se a disciplina Redação pode reprovar o aluno?
    Existe alguma lei em relação a essa reprovação.

    Fico no aguardo.

  494. Geferson Oliveira comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 21:02

    Manaus Amazonas

  495. João comenta,

    dezembro 18, 2015 @ 21:36

    Fiz o 2 ano agora em 2015 e ia para o 3 ano do Ensino Médio agora em 2016. Porem fiquei de recuperação de matemática e a escola me reprovou por 1,5 pontos somente em matemática. Tem como recorrer? fazer algo? E também estava passando por problemas emocionais.

  496. Helena Mesquita comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 3:16

    Olá,
    Eu sou estudante do 3º ano do EM mas acabei reprovando em algumas matérias pois a média da escola era 7, no caso ela é particular. Estou em dúvida em dois pontos, o primeiro é se tem como eu entrar com algum recurso por ter atingido a média estipulada pelo mec, pois estão todas acima de 5,0. E o outro, é se eu ter passado em uma faculdade influência na decisão do juiz?
    Obrigada desde já!

  497. Andreia comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 10:30

    Minha filha cursa o 5 ano do ensino fundamental em uma escola particular em Salvdor. Foi para recuperacao de 2 materias e foi reprovada em uma materia. o que posso fazer, pois nao aceito este resultado. Me ajude

  498. Luciana Rangel comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 12:54

    Professora Sonia, o aluno pode ser reprovado em Espanhol no nono ano do fundamental 2, por 0,7? Mesmo tendo passado em ingles? Tenho procurado e nao acho nada a respeito apesar de muitos me dizerem somente uma lingua estrangeira e obrigatoria e a outra nao. Desde ja agradeco, o colegio quer reprovar meu filho e tenho que ter uma resposta ate segunda. Grata Luciana

  499. Millena Marques comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 16:17

    Olá professora Sônia, meu nome é Millena Marques de Oliveira e neste ano cursei o 3 ano do ensino médio em um colégio particular aqui da minha cidade (Rio Brilhante -MS) , e acabei pegando exame e fiquei retida em 3 matérias, porém eu já tinha feito vestibular, e fui aprovada e a matrícula já foi feita e até paga, fui a escola, tentei conversar com eles e disseram que não poderiam me ajudar e gostaria de saber o que poderia ser feito para que eles devessem essa reprovação!

  500. Ana Campos comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 19:58

    Boa tarde! Preciso muito, mas muito de uma orientação!
    Minha filha mudou esse ano p uma nova escola, ela é uma menina q tem vida de atleta, entao treina cerca de 6 horas diarias, viaja p algumas competições, mas sempre foi uma excelente aluna, até anp passado o 9 ano sói notas excelentes e comportamento ótimo, porem ela teve dificuldade este ano na nova escola e neste ultimo bimestre nao conseguiu atingir os 20 pontos p passar de ano em algumas matérias,fez a recuperação e em 4 faltaram 1,2 pontos p fechar, a ultima prova de recuperação fizeram ela fazer uma prova de Historia de 3 paginas e uma de Artes de 4 paginas em 1 hora! E a pessoa q aplicou apressando p entregar logo, e justamente essas duas materias mais fisica e quimica falataram alguns pontos.A escola nunca estendeu a mão a ela por ela ter essa vida corrida e eu sempre na escola vendo a dificuldade dela em algumas materias e o coordenador nunca me deixava falar c os profs! Me falava q nao podia ter acesso aos prof…Eu fui varias vezes a escola, sempre estive em cima mas eles são do tipo “essas sao nossas regras e ponto”! Nunca viram q ela era uma menina q tinha uma vida diferente já q era uma atleta e falavam p mim q ela tinha q vir no plantao de duvidas p tirar essas duvidas, só q ela treinava nesse horario pq era no outro periodo esse plantao de duvidas…HJ dia 19/12 foi o conselho e me falaram q como ela ficou de 4 materias foi retida, uma menina de comportamento ótimo, q teve a mae sempre indo conversar c o coordenador p falar das dificuldades da aluna em algumas materias. Como faço p reverter?Como entrar em 10 dias c o pedido se me passaram hj o resultado e segunda a escola esta de ferias e volta dia 4/01?Por favor estou desesperada pq minha filha sempre foi uma otima aluna, esse ano a escola nao deu mesmo o respaldo q ela precisava! Estou perdida!O q faço!!!!

  501. Ana Campos comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 20:03

    Só p constar a aluna sempre teve notas e comportamento otimos, nunca faltou mto e sempre estudou em escola particular, esse ano a coloquei naquelas escolas”que só pensam em passar o aluno no vestibular” p colocar em outdoor e em nenhum momento veem as necessidades de alguns alunos que levam uma vida corrida como é o caso de minha filha q é atleta… Obg desde já e peço pelo amor de Deus uma ajuda!Pq a aluna é uma menina de ouro e não merece esse tratamento deste colégio!Se fosse por falta de estudar, preguiça ou pouco caso da criança eu como mãe seria a primeira a dizer q pode reprovar!

  502. Thiago comenta,

    dezembro 19, 2015 @ 20:21

    Fiquei de recuperação final (2 ano – ensino médio), em apenas uma matéria, fiz a recuperação e não fui aprovado. Peguei uma progressão parcial. Porém tinha planos em me mudar pra outra escola no próximo ano, e com a progressão isso não será possível.
    Há possibilidades de recorrer a decisão? Minha média final ficou em 4,4 não atingindo então 5,0. (a escola na qual foi aplicada a recuperação é privada).
    Obrigado aguardo ansiosamente a resposta.

  503. elisete comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 0:59

    Boa noite
    Meu filho foi reprovado em 5 materias as quais ele precisava abaixo de 7 no quarto trimestre ele fez a recuperacao mas a escola disse que ele nao atingiu a media o que faco ele esta com TAG transtorno de ansiedade generalizada levei a declaracao do psicologo a escola mas eles disseram que eu tinha que ter levado o atestado no inicio do ano, mas ate entao nao sabiamos do problema dele o que faco a escola reprovou ele sera que consigo com o recurso contra reprovacao revrrter essa situacao.

  504. Italo Farias Pereira comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 1:17

    Oi , Eu Estudo na escola de nível médio técnico , so Que dentro do ano letivo , mudaram de professor varias vezes , e cada um que entrava começava um assunto diferente do outro , com isso acabei mim prejudicano e indo pra recuperação sem saber , e ja repite de ano , e no ano que repite fui pra recuperação , isso aconteceu de novo , o que devo fazer ?

  505. Giovanna comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 3:40

    Olá SOnia, gostaria de saber se a média federal é 5,0.. Existe, na legislação, algo que garanta a aprovação do aluno quando tira média maior que 5,0?

  506. Vinícius comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 20:20

    Boa tarde professora Sônia. Antes de mais nada parabéns pelo seu trabalho! Minha duvida será um pouco grande, espero que consiga responde-la. Estudo no Colégio Mackenzie(Barueri, SP) e em 2015 cursei o 2o ano do ensino médio porém fui reprovado graças a minha dificuldade com as matérias da área de exatas. Antes da recuperação final estava com 5.1 de média anual em física, 3.9 em matemática e 5 em quimica. Fiz a recuperação e ainda não tive acesso aos resultados da mesma(que só serão repassados aos alunos no dia 24/12/15, coincidentemente o ultimo dia antes do recesso) porém o portal da escola já atualizou meu status para reprovado, mesmo antes da divulgação oficial do resultado. O regimento interno do Mackenzie dita que para a recuperação final e o conselho de classe o aluno deve ter no máximo 5 matérias a recuperar, todas com a média acima ou igual a 5. No meu caso(3 matérias, 2 acima ou igual a média 5 e 1 abaixo de 5) quais seriam as chances entrar com o Pedido de Reconsideração e receber resultado positivo? Para elaborar o recurso contam apenas erros cometidos pela escola ou também posso tentar “sensibiliza-los”? Tirando a área de exatas, sou um aluno exemplar, que tem um relacionamento ótimo com todos os funcionários do colégio(alguns até viraram meus amigos), que ajuda em todos os projetos de caridade do Instituto Mackenzie, que participa de aulas optativas e cursos de reforço não optativo, que ajuda em projetos mesmo que de modo informal(fora do meu horário de aula em projetos pelos quais nem participo, apenas ajudo por bondade), que organiza eventos no colégio que não aconteceriam sem sua iniciativa, que representa o Mackenzie em competições acadêmicas e geralmente consegue trazer prêmios para a escola e que vive de acordo com os principios do Colégio Mackenzie, citados nas páginas iniciais de seu regimento interno. Basicamente passei quase todos os dias letivos do ano das 7:10 da manha até as 6 da tarde no colégio(as aulas regulares terminam todos os dias as 13:35) ajudando em projetos, assistindo aulas optativas ou estudando por conta na biblioteca. Dadas tais circustâncias creio que o panorama está favoravel. Neste ano tive problemas pessoais não relacionados a escola, tanto que fiquei visivelmente abatido, causando forte preocupação em colegas e funcionários do colégio(inclusive a Orientadora Pedagógica, professores, Diretora etc). Creio que uma reprovação seria um retrocesso, já que vim de uma escola MUITO mais fraca que o Colégio Mackenzie e ainda estou batalhando pra correr atrás do prejuízo, passei por problemas pessoais sérios durante o ano e já tenho projetos de caridade e competições marcadas(representando a escola tanto nos projetos quanto nas competições) para o ano de 2016 quando deveria estar no 3o ano do EM. Basicamente gostaria de saber se posso incluir todos esses fatores no meu pedido de reconsideração e quais as minhas chances de receber uma resposta positivo. Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho, professora!

  507. Vinícius comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 20:39

    Perdão pelo erro, na verdade as aulas de reforço que frequento são OPTATIVAS.
    Também gostaria de acrescente outra pergunta: quando elaborar o pedido de Reconsideração devo fazer uma proposta de que se aprovado irei frequentar mais aulas de reforço e me esforçar mais ou isso é inutil?

  508. Cláudia comenta,

    dezembro 20, 2015 @ 23:00

    Prezada Profa. Sônia,

    Sou professora de uma escola particular em Salvador-BA.
    Lendo as situações acima, percebi que cada caso é um caso, e gostaria de compartilhar também, algo que vivenciamos durante o ano de 2015.
    Certo aluno, do 4º ano do Ensino Fundamental, apresentou um comportamento agressivo e independente durante todo o ano. Desrespeitava a todos e até mesmo destruía materiais pertencentes à instituição.Raramente seus familiares compareciam à escola. Filho de pais separados, e morando com a avó paterna, nós, professores, entendíamos seu comportamento como necessidade de atenção, e sempre procuramos fazer nossa parte, usando de empatia.
    Seu desempenho escolar, no entanto, caiu bastante no 2º semestre, e ele ficou com notas muito baixas. Necessitava de estudos de recuperação em 4 disciplinas.
    Bem, o fato é que, no dia marcado para a entrega dos resultados, ninguém da família dessa criança foi à escola ou pelo menos ligou para saber de sua situação. Uma semana depois, tentamos estabelecer contato com a família, via telefone, mas, não tivemos sucesso. Uma professora procurou o avô da criança, e pessoalmente informou sua situação. Ainda assim, levaram mais quatro dias para procurar a escola. E agora, o prazo de estudos de recuperação já se esgotou. A escola encerrará suas atividades em dois dias. A mãe acha que ele não deve fazer a recuperação, pois reconhece a ausência da família. No entanto, a avó e uma tia, acham que a escola tem obrigação de funcionar até que ele termine de fazer suas provas. Decidimos permitir que ele faça as provas, pois, entendemos que ele é a vítima da história. Mas, não temos certeza de que sua família lhe dará o suporte necessário para que tenha êxito. Gostaria que desse sua opinião sobre o caso.
    Grata

  509. Debora comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 4:08

    Boa noite, profa. Sônia!
    Primeiramente, agradeço pela ajuda que está prestando através de sua página.
    Meu primo foi reprovado em uma escola estadual de São Paulo nesta semana, e, apesar de seu caso já ter passado por uma reunião do Conselho de Classe da escola, fomos informados de que ele foi reprovado neste ano letivo, correspondente ao 2º ano do Ensino Médio. Contudo, fomos informados de que ele ainda pode fazer uma prova em Janeiro do ano que vem, oportunidade em que, caso seja aprovado, passará para o ano seguinte, sendo considerado aprovado no 2º ano do ensino médio. Sendo assim, gostaria de saber se cabe Reconsideração e, se o prazo de 10 dias constante da CEE-127/2014, já começou a correr ou, se devemos esperar a reposta desta tal “Prova” de Janeiro. Ou, ainda, se já cabe o Recurso. Minha preocupação é que ele foi reprovado por pouca nota, mas não foi em uma só matéria. Sendo assim, qual o melhor argumento que podemos usar para tentar reverter essa situação? Saliento que o aluno em questão sempre foi participativo nas aulas, e realmente possui dificuldade em algumas matérias, principalmente aquelas de cálculo, como matemática, mesmo estudando em casa no tempo livre.
    Antecipadamente agradeço a ajuda!
    Att.,
    Debora.

  510. maria comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 5:22

    Bom noite!

    Minha filha foi reprovada em ciencias por 0,9 decimos gostaria de saber se na cidade de manaus existe a possibilidade de recorrer, pois a escola e particular ou se posso matricular ela no 1 ano do ensino medio e ela pagar a dependencia dessa materia, por favor me ajude preciso saber como devo proceder.

  511. monike comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 15:21

    boa tarde

    estudo em na escola E.E. SILVA PRADO (SP). ano passado repeti de ano por falta, fui na direção e tentei conversar mas nao teve jeito.
    fiz o segundo ano de novo e hoje sai o resultado, vi no site da secretaria da educação que estou retida nova mete por falta, mas esse ano é injusto pois eu avisei na escola que estava trabalhando e que teria dias que iria me atrasar um pouco devido ao metro e a diretora foi inflexivel em relação a isso, porem na minha sala eu tenho um colega que eles deixavam entrar super atrasado porque ele jogava bola …
    sem mencionar que tive professores que fizeram greve nos dois primeiros bimestres.
    De um modo geral,gostaria que vc me ajudasse a ver um meio de reverter isso pois fazer novamente o 2 ano vai me prejudicar muito, vou ficar 3 anos atrasada, e acho injusto a situação que estou pois procurei a direção da escola antes do fechamento do bimestre e eles nem se preocuparam em me ajudar.

  512. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 18:13

    Gabriela, negativo!!

    Entre com o Pedido de Reconsideração agora para não perder o prazo.
    Você tem até o dia 28/12 para recorrer.
    SE a escola fechou a secretaria envie por Sedex 10 , A. R. e guarde o protocolo.
    Fevereiro não tem mais prazo segundo a Deliberação n127/2014, ok?

    Ilma Sra
    ____________________
    Diretora da E.E. Profª Salime Mudeh.

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de , responsável legal pelo aluno __________________ regularmente matriculardo na
    no __________ ano Ensino Médio, na localizada à rua _________________
    de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de
    Classe e reverta essa minha reprovação no _ ano do Ensino Médio. Este meu pedido está de acordo com a lei
    federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127 e 128/2014.

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer ser aprovado)

    Subscrevemo-nos na presente data reiterando protestos de estima e consideração.

    , dezembro 2015.

    _____________________

  513. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 18:17

    Kristielle, sim.. com certeza .. acredito que o Conselho lhe aprovará ,ok?
    abraços

  514. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 20:32

    Luiza, você pode entrar com Pedido de Reconsideração apoiado na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Mas o problema é que aí no Rio de Janeiro não há ato normativo que discipline o processo de recurso o que dificulta bem as coisas.

    De qualquer maneira faça o Pedido endereçado para a direção da escola alegando que o aluno é um caso de necessidade educacional especial porque ficou período afastado por tuberculose e poderia ter tido atendimento pedagógico domiciliar evitando a perda de conteúdo..

    resolução do CNE/CEB n° 02, de 11/09/2001 [...] os sistemas de ensino, mediante ação integrada com os sistemas de saúde, devem organizar o atendimento educacional especializado a alunos impossibilitados de frequentar as aulas em razão de tratamento de saúde que implique internação hospitalar, atendimento ambulatorial ou permanência
    prolongada em domicilio.

    Lei federal n.9394/96 ,art 13.

    Entregue o Pedido e se for indeferido pela direção da escola, você faz o Recurso e daí que está o problema como no Rio não tem como resolver isso pela Secretaria de Educação envia para o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro

    Mas o primeiro é o Pedido de Reconsideração o quanto antes melhor..
    abraços

  515. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 20:38

    Orestes Jr,

    Reprovação por frequência é muito difícil de reverter, infelizmente, porque ela é prevista em lei federal n.9394/96, artigo 24.

    Se vc é do Estado de São Paulo escola pública poderá tentar uma reclassificação que é prevista pela RESOLUÇÃO SE Nº 20, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1998
    Dispõe sobre a operacionalização da reclassificação de alunos das escolas da rede estadual
    Estado de São Paulo.

    Outros Estados não saberia lhe dizer.. reclassificação pode ser o caminho.
    reclassificação é um expediente legal e consta da lei federal n.9394/06 o problema é que a maioria das escolas particulares não adota.. tente as públicas.

    abraços

  516. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 20:39

    Otavio Vinicius..

    A reprovação por frequência ocorre pela carga horária total do ano e não pode disciplina, ok?

    abraços

  517. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 20:48

    Luciana Rangel

    1) A MATERIA DE ESPANHOL REPROVA? Sim, faz parte da Matriz Curricular, então tem mesmo valor.

    2) SEGUNDA A MEDIA DA ESCOLA E 7,0 PARA PASSAR DE ANO. ESTA E A MESMA MEDIA DO MEC? Não existe isso de média do MEC.. Cada escola por lei é autônoma para escolher seu sistema de avaliação e sua média. Não há uma unificação nacional.. tem escola que usa 5,0 outras 6,0 ou 7,0 outras usam bom, regular .. outras usam apto não apto..

    Sim com certeza é injusto perder 1 ano de escola por conta de um único componente curricular.

    Recorra da decisão da escola.

    1) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado a direção da escola
    2) Se for indeferido , faça um documento de Recurso endereçado para a Secretaria de Educação..

    Infelizmente no Rio de Janeiro não há ato normativo que discipline o processo de recurso mas use a lei federal n8069/90 artigo 53, inciso III que garante ao seu filho direito de contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    abraços

  518. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 20:52

    Geferson,

    Sim pode recorrer. Vc não disse de onde é para facilitar para eu poder lhe passar informação mais completa.. de qualquer maneira faça um Pedido de REconsideração endereçado a direção da escola pedindo a aprovação dele.

    Redação se constar na Matriz Curricular sim.. como matemática e etc…

    abraços

  519. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 21:53

    Helena Mesquita,

    1) Sim vocÊ pode recorrer conferido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III se for do Estado de São Paulo há as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e suas alterações n.127/2014 e 128/2014.. mas há prazos e está acabando corra portanto.

    2) Não há média estipulada pelo MEC porque a lei federal n.9394/96 confere as escolas autonomia para escolherem seus sistemas de avaliação .. então se a sua escola escolheu média 7.0 o que está a valer para você é a média 7,0.

    Não há uma média nacional que todas as escolas devam seguir.. não.. cada escola pode escolher a melhor forma de avaliar.

    O juiz dirá que você tem que concluir o Ensino Médio primeiro para depois entrar na faculdade.. Agora você pode impetrar uma ação , nada impede e ver se o juiz concede a aprovação.

    Eu desconheço jurisprudência neste caso, ok?

    abraços

  520. Julio Lacerda comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 23:37

    Boa noite , sou do 2 ano do ensino médio . Estou nas finais em algumas matérias , matematica , quimica , fisica e outras duas .
    Tenho certeza quase que absoluta que consigo recuperar 3 materias (ingles , sociologia e matematica 1 ) . Porem não consegui recuperar matematica 2 , quimica e fisica . Corro risco de ser reprovado por materias que não vão ter influencia em minha rotina de trabalho (Quero me formar em direito e seguir carreira como funcionario do governo ). Como posso argumentar para que essas 3 materias que eu não recuperei não tenham tanto peso na decisão do conselho ?

  521. Ana Clara comenta,

    dezembro 21, 2015 @ 23:40

    Boa noite,!
    Estudava em uma escol particular e peguei 3 dependências, sendo química, física, e literatura. Para que eu n repetisse o ano, decidir mudar para um escola estadual e cursar o segundo ano, fazendo as três dependências no estadual. Mas não existe a matéria literatura na escola estadual. Gostaria dr saber se ainda tem alguma maneira de cursar o segundo ano na escola estadual
    Obrigada

  522. Aldevina comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 9:57

    Olá,.Minha filha de 13 anos foi retida no7ano e fiz o pedido de reconsideração na quinta feira ontem de manhã a escola me ligou pedindo os cadernos e os livros pq ia fazer o Conselho ontem as 10:00 e sem isso ñ poderia chamar o Conselho.Aí expliquei que estava indo trabalhar ñ ia dar para levar, então a vice diretora falou que vinha na minha casa buscar, ela veio mais eu já tinha saído então foi em um outro endereço q fica na escola que é da minha irmã e falou td q estava acontecendo. Bem gostaria de saber se ela ñ pode fazer o Conselho sem os cadernos, e se ela pode ficar expondo meu problema para os outros e o q eu devo fazer moro no interior de São Paulo. Obrigado desde já.

  523. Riikka comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 11:17

    Olá!
    Sou mãe de um aluno de 2º ano EM de uma escola particular no estado de SP.
    Sexta à tarde (18/12) fui informado por telefone que o meu filho ficou retido.
    Ele foi aprovado direto em todas as disciplinas, exceto duas: matemática e história. Assistiu as aulas de recuperação e no exame final conseguiu uma nota ótima em história (ficando com uma média anual acima de 7,5), mas em matemática não teve êxito. De acordo com a orientadora, a média dele ficou “baixíssima”, 4,8, tirou 5 no exame final.
    Me informou que tenho três alternativas: deixar ele continuar no colégio retido no 2º ano, buscar reclassificação em outro colégio ou protocolar um recurso. Nada disse sobre carta de reconsideração. Mesmo assim protocolei um pedido para reconsideração ontem. Falaram que o resultado sai dia 29/01, as aulas recomeçam no dia 25/01.
    Disse também que em hipótese nenhuma o conselho voltaria atrás na sua posição, pois consideraram o conjunto das notas do meu filho. Realmente as notas dele não são muito altas, com exceção de algumas (como biologia e química, com média próxima a 8), a maioria gira em torno de 6.5, 7.0.
    O Colégio está com lista de espera de alunos, com salas de 40 adolescentes, podendo “escolher” os seus alunos. Me parece uma manobra de forçar a saída de um aluno que não contribuiria para a colocação do Colégio no ranking do ENEM ano que vem.
    Esse ano é a primeira vez em todo o histórico escolar do meu filho (sempre nesse mesmo colégio) que ele dependa da aprovação do conselho, foi aprovado em 12 disciplinas e reprovou em uma faltando 1,2 para completar a média (desconsiderando matérias como EF e artes, onde ele tirou 10).
    No site do colégio não há regimento escolar. Também não encontro mais as notas dele de 2015, ou os resultados dos exames, foram retirados entre anteontem e ontem do portal.
    O que seria melhor para o meu filho nesse momento? Aguardar o resultado da reconsideração,mesmo que perca uma semana de aula. Falaram que não podemos buscar reclassificação em outro colégio se ele continuar matriculado no atual, primeiro devo pedir a transferência e o cancelamento da matrícula neste Colégio, é isso?

    Agradeço imensamente desde já.

  524. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 12:33

    João, sempre tem como recorrer porque tem a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que permite que você recorra.

    Faça um documento Pedido de Reconsideração endereçado para a direção pedindo a sua aprovação porque ficar reprovado em uma única disciplina é muito cruel.

    Se não resultar, faça outro documento Recurso e encaminhe para a Secretaria de Educação do seu Estado.

    Você não disse onde mora e se é escola pública ou privada.

    abraços

  525. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 12:37

    Andreia,

    Entre com o Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola pedindo a aprovação.

    Se for indeferido vc faça o documento de Recurso e entregue na Secretaria de Educação que é responsável pela sua escola peça no documento a aprovação da sua filha .

    Se apoie na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III

    E também , no seu caso, no princípio da razoabilidade , não é razoável reprovar uma aluna que aprender 90% do conteúdo só porque não soube 10% e por tão pouco.

    ok?

    abraços

  526. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 12:40

    Luciana Rangel.

    Professora Sonia, o aluno pode ser reprovado em Espanhol no nono ano do fundamental 2, por 0,7? Pode. Se no Regimento Escolar conter reprovação em um único componente curricular e expresso em décimos , pode.

    O Espanhol constando na Matriz Curricular tem o mesmo peso e valor dos demais componentes curriculares.

    Agora se vc me perguntar que é razoável proceder dessa maneira? Eu diria que não. Pode fazer mas não é razoável, não há bom senso.. princípio constitucional da razoabilidade.

    abraços

  527. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 12:49

    Millena Marques, infelizmente ingressar na faculdade não obriga a escola a lhe promover.

    O aluno da 3a série do Ensino Médio tem que concluir primeiro o ensino médio e somente depois ingressar na faculdade.

    Mas você pode recorrer. No Estado de MS não há ato normativo que discipline o processo de recurso, porém a lei federal n.8069/90 artigo 53, inciso III permite que o aluno conteste os critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    O problema é que não havendo ato normativo fica bem mais difícil você conseguir reverter esta reprovação infelizmente.

    Mas tente. Faça um Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola e depois se indeferido um recurso junto a Secretaria de Educação ou direito ao Conselho de Educação do MS,ok?

    abraços

  528. Elias Augusto comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 18:27

    Boa Tarde

    Minha filha estuda no colégio objetivo, terceiro ano do ensino médio, ou seja seu ultimo ano.

    Ocorre que ela teve um ano complicado devido a serios problemas de saude, uma cirurgia de emergência e de alto risco onde predeu um ovário.

    Isso ocorreu um mes antes das ferias escolares e com isso ela ficou praticamente dois meses longe da escola.

    Só em matemática ela perdeu 8 aulas.

    Obviamente tudo isso refletiu em seu desempenho e ela ficou em recuperação em 5 matérias.

    Fez a recuperação e consegui recuperar quatro matérias, ficando fora da media em 1,4 apenas em matemática.

    Agora ela irá para conselho e estamos preocupados, pois acompanhamos todo esforço dela para recuperar o conteúdo e o tempo perdido devido o problema de saúde.

    Pagamos professores particulares, porém devido a grande quantidade de conteúdo perdido ela não consegui exito total na recuperação.

    Além de tudo isso ela já foi aprovado no vestibular.

    Falamos com a coordenação afim de lembrarmos das dificuldades encontrada e do esforço feito, ela nos orientou a aguardar o conselho.

    Estamos muito preocupados.

    Obrigado.

  529. Vinicius comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 20:54

    Quando o aluno fica em recuperação precisando de um 2 , é acrescentada mas alguma nota por conta que ficou na recuperação ?

  530. Carla comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 21:21

    Boa Noite!!

    Gostaria de saber se uma aluna que havia sido reprovada ano passado, depois passaram ela, pois a mãe da aluna levou para a escola um laudo médico referente a uma doença que a qualquer momento ela pode apagar, podendo ou não retornar desse apagão. Daí, esse ano, ela começou a cursar o 9º ano e agora ela novamente foi reprovada no conselho de classe. A escola realmente pode reprovar a aluna? Se a mãe dela levar novamente o laudo médico que só informa qual é a doença dela e não informa nada que justifique que a doença interfere na aprendizagem dela, essa aluna pode ou não ser reprovada, por lei? Obrigada!!

  531. Rafael comenta,

    dezembro 22, 2015 @ 22:01

    Ola, queria saber como faço para passar sem dependencias, pois estou em varias materias com media Final 5 e a da minha escola é 6.5
    Mais descobri que a media nacional de aprovação 5 então como faço para passar sem dp? Des de ja Obrigado

  532. Gustavo Henrique Flores Schmidt comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 1:56

    essa lei só é valida em São Paulo?

  533. LUCIANA VAREIRO OLANDA comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 2:30

    olá, Profa. Sônia R.Aranha gostaria de saber no caso do meu filho sou do estado de Mato Grosso do Sul e meu filho ficou de recuperação de 5 matérias raciocínio logico,matemática,ciências, português e inglês sendo que de todas as quatro ele passou com exito ficando apenas de inglês por 2,5 e o conselho só aprova por 2,0 oq posso fazer?

  534. Daniela comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 12:36

    Boa noite!
    O meu caso é um pouco diferente, já estou no ensino superior numa universidade particular em SC. Faço um curso que teoricamente seria de “meio período”, porém fiz nesse último semestre uma matéria que exigia dedicação integral. Faço parte da primeira turma noturna, porém nessa matéria mais da metade dos acadêmicos são repetentes do curso matutino ou do antigo integral. Os professores exigiram conhecimentos que vão além do ministrado até então num curto período de tempo. Por conta disso, fechei média semestral de 5,5, sendo que com 5,75 eu passava. Tem algo que eu possa fazer?

  535. Lucimara comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 13:09

    Bom dia,

    depois de passar muita raiva, encontrei esse blog e gostaria de uma orientação.

    Meu filho foi reprovado segundo um conselho de classe ocorrido no dia 18/12, no mesmo dia uma professora conversou com meu filho e disse que alguns professores ficaram indignados por ele ser reprovado e reclamaram com a diretora, pois alunos em situação bem pior que a dele foram passados de série na mesma reunião.
    Os professores das matérias em que ele ficou de recuperação pediram que fizesse trabalho para lhes entregar até na segunda-feira, e ele inclusive fez uma prova nesse dia, pois segundo eles, só dia 23 fechariam os diários.
    Meu filho fez e entregou os trabalhos, fez uma prova junto com mais 3 alunos (que foram aprovados) na segunda-feira.
    Agora, gostaria de saber, se ele já estava reprovado e os outros alunos aprovados, por que fizeram prova? Por que pediram trabalho para ele, isso não é ludibriar, fazer de bobo?
    Segundo uma professora ele é um aluno que tira sarro dos professores, brinca em sala de aula, citando características de personalidade dele, e, soube que outro professor que não avisou que ia aplicar prova, disse que ele “tinha que bombar pra largar de rir de professor em sala de aula”, porém, alunos que mal sabem ler e escrever, que são muito mais indisciplinados e também ficaram de recuperação passaram. Ele é irônico e brinca muito mesmo, admito, mas é inteligente, sabe as matérias, só que não faz os trabalhos.
    Gostaria de saber como faço para entrar com recurso, uma vez que conversando na escola não resolveu nada.

    Grata,

    Lucimara
    Por fim

  536. Pamela comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 13:20

    Bom dia!Minha filha estuda em escola particular,foi reprovada,ficou de recuperação em 4 materia e uma foi para conselho,gostaria de saber se consigo entrar com recurso,pois o diretor me falou que o conselho nem votou por ela ter ficado em 4 materias,por favor preciso de uma resposta o mais rapido possivel pois sei que tem prazo para o recurso.Obrigada

  537. Raquel de Almeida comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 22:53

    olá Professora Sônia. Estou cursando o segundo ano do ensino médio e fui para recuperação final em 3 matérias:Química, física e matemática. Química fiquei por 1 ponto e nas demais essa pontuação foi maior.
    fiz as provas finais e fui aprovada na de química, e reprovada nas demais, não possuo muitas faltas e so tive dificuldade nesse ano diante de trabalhos e somativas não cumpridas. Fiquei para fazer uma prova em janeiro, a prova que o SISU oferece para alunos quem ficam em até duas matérias. Porem, a maioria dos alunos não conseguem passar nessa prova. Gostaria de saber se por acaso eu não for aprovada em janeiro poderia entrar com um recurso? e como faço para iniciá-lo?
    parabéns pelo seu trabalho! Dês de já obrigada
    Abraços

  538. Juliana Braga Hoffmann comenta,

    dezembro 23, 2015 @ 22:54

    Olá! Gostaria de saber se tenho como entrar com recurso, meu filho Gabriel, já é repetente 7 ano, troquei de escola, foi reprovado de novo, tem algo que posso fazer. Obrigada

  539. eduardo maselli comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 14:52

    Boa Tarde Profª Sonia,
    Véspera de Natal e estamos convivendo com o drama familiar de uma reprovação escolar de um filho.
    Poderia me informar se no estado do Rio de janeiro estamos amparados por uma deliberação equivalente a CEE-SP -127.
    Qual seria a legislação ?
    Muito obrigado! Feliz Natal!

  540. Sarah Costa Souza comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 16:31

    Sonia meu filho foi reprovado no 9 ano,tem como eu entrar com um recurso de Deliberação. Ele foi reprovado em três matérias uma cedo 0,9 morro em catalão GO. Eu mesma posso fazer e integra no colégio,como eu faço.

  541. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 17:50

    Anna Campos

    Desculpe-me não ter podido responder antes, mas são inúmeros pedidos de ajuda e apena eu para responder a todos..

    Dia 19/12 – 10 dias corridos – 29/12

    A escola fechou mas se tiver um porteiro para receber correspondência envia por correio Sedex 10 , com A.R para ter um protocolo de entrega dentro do prazo.

    A Diretoria de Ensino, salvo engano, estará aberta nos dias 28/12 e 29/12 ,então , entregue lá dizendo que a escola fechou as portas.

    Abraços , um feliz natal!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  542. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 17:52

    Thiago, sempre há como recorrer , agora se o resultado será positivo são outros quinhentos..

    Use a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III

    E se for do Estado de São Paulo corra para não perder o prazo , são 10 dias corridos da ciência da reprovação. Se a escola fechou para as festas envie por Correio Sedex 10 com AR ou vá até a Diretoria de Ensino para ver se pegam para você ,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  543. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 18:42

    Giovanna, não.. não há uma média federal ou nacional.

    Cada escola é autonoma para escolher com o sistema de avaliação irá usar.

    Pode ser 5,0, 6,0 ou 7,0 .. regular, bom.. apto..

    Cada escola tem o seus sistema de avaliação,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  544. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:08

    Elisete.. isso mesmo.. infelizmente o laudo médico tem que ser encaminhado para a escola no início do ano letivo para que a escola possa ter uma estratégia diferenciada.

    Se o laudo tivesse sido levado no início do ano e mesmo assim a escola não fez nada a respeito e reprovou o aluno daí sim é possível reverter uma reprovação porque caracterizaria inclusão não assistida..

    Você pode recorrer porque é um direito do seu filho concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III mas reverter a reprovação será difícil com laudo sendo apresentado agora, ok?

    Mas tente.. abraços Feliz Natal..


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  545. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:10

    Italo, tente recorrer ..

    Faça documento para a direção da escola Pedido de Reconsideração alertando que você já foi reprovado no ano passado e não pode ser mais uma vez.. que reconsiderem a decisão.

    Não sei de onde você é mas se for do Estado de São Paulo corra para não perder o prazo de 10 dias corridos da ciência da reprovação … se for de outros Estados não tem prazo, exceto Santa Catarina que são dois dias úteis.

    abraço


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  546. Thales Augusto comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:14

    Sonia eu reprovei no 3° ano do ensino médio em uma escola técnica e gostaria de saber como elaborar o documento para a reconsideração contra reprovação.
    Desde já agradeço

  547. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:26

    Vinícius… excelente é o seu texto!! Parabéns! Já fez a sua defesa!

    Isso mesmo ..

    Você tem 10 dias corridos para entrar com o Pedido de Reconsideração endereçado para o diretor da unidade , faça em duas vias, uma entrega e outra protocola e guarda.

    Depois se indeferido entra com o Recurso endereçado para o Dirigente Regional de Ensino mas entrega na escola porque é a escola que fará o encaminhamento para a DE

    Sim pode incluir tudo que puder sensibilizar o diretor da unidade.

    Se for para recurso daí a coisa é mais técnica.. só com falha regimental é que a DE reverte uma reprovação.

    Parabéns para você de estar lutando pelo seus direitos ..

    Feliz Natal e continue assim .. bacana..

    Abraços

  548. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:27

    Vinícius..

    Sim ,pode , mas a escola deveria ter um processo de recuperação para alunos com dificuldade e ser obrigatório e não optativas para o aluno ..

    Tudo é útil!

    abraços

  549. Raquel de Almeida comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 19:32

    olá professora Ana Sonia, essa lei vale apenas para o estado de São Paulo? sou do Espirito Santo e gostaria de saber se essa lei vale para meu estado também. obrigada

  550. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 20:16

    Claudia,

    Peço desculpas por não ter podido entrar aqui e lhe responder antes.. são tantos pais e sou uma só para responder e respondo todos pessoalmente..

    A escola está correta, porém o que pode fazer e se deve fazer..

    1) Ausência da família.. chamou para uma reunião nada.. chamou para outra reunião nada.. envio de telegrama (para que se constitua em prova) dizendo para que compareçam na escola com urgência. E para quem endereçar o telegrama? Para o responsável legal da criança .. se os pais os pais se os avós os avós.. Mas o responsável legal, oficial, aquele que tem o dever de guardar a criança.

    2) Não comparecendo encaminhar ofício para o Conselho Tutelar comunicando que após 3 tentativas de contato com a família, sem sucesso (apresentar cópias dos telegramas) encaminhamos o caso para que o CT tome medidas previstas em caso de negligência.

    3) Se o CT não atuar, entrem em contato com o Ministério Público ou com a Vara da Infância e da Adolescência para que atuem a família da criança.

    Esse é o procedimento a ser feito.
    Se a escola tem dever de acudir seus alunos, a família também. E se a família não o faz em benefício do menor que é vulnerável a escola tem que atuar em prol da criança.

    Vocês poderão para 2016 pedir informações com o Ministério Público do Estado da Bahia, área de educação no sentido de orientá-los para o procedimento.

    Evidentemente esta criança precisa de ajuda e acompanhamento psicológico. Criança que tem uma vida saudável ou que tem um organismo saúde não age desta forma. Então, será preciso encaminhar para uma avaliação diagnóstica no campo da psicologia ou neuro.. e a família não fará isso.

    De modo que é preciso orientação do Ministério quais medidas a escola terá que tomar para acionar a família.

    Recomendo que se protejam e protejam a criança o MP saberá dizer o que vocês terão que fazer para manter o aluno na escola mas sem o sufoco do ano de 2015, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  551. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 20:22

    Olá Debora, obrigada!

    Faz a prova em Janeiro.
    Se for reprovado em definitivo use a Deliberação n.127/2014 com Pedido de Reconsideração
    Se for indeferido passe para o Recurso, ok?

    abraços e Feliz Natal!!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  552. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 20:28

    Monike,

    Entre com Pedido de Reconsideração.

    Quando soube da reprovação? 10 dias corridos para recorrer.

    Use a RESOLUÇÃO SE Nº 20, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1998
    Dispõe sobre a operacionalização da reclassificação de alunos das escolas da rede estadual

    Segue o modelo abaixo:

    Ilma Sra
    ____________________
    Diretora da E.E. SILVA PRADO

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de E.E. SILVA PRADO, responsável legal pelo aluno __________________ regularmente matriculardo na
    no __________ ano Ensino Médio, na E.E. SILVA PRADO localizada à rua _________________
    de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de
    Classe e reverta essa minha reprovação no _ ano do Ensino Médio. Este meu pedido está de acordo com a lei
    federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127 e 128/2014.

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer ser aprovado)

    Subscrevemo-nos na presente data reiterando protestos de estima e consideração.

    , dezembro 2015.

    _____________________

    abraços

  553. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2015 @ 20:36

    Maria,

    A lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança e o adolescente tem direito a contestar critérios avaliativos em instâncias escolas superiores.

    Então, tem direito de recorrer. O problema é como..

    1) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado a direção da escola.
    2) Se indeferido faça um Recurso , anexe cópia do Pedido de Reconsideração e verifique se o Conselho Estadual de Educação aceita o Recurso.
    3) Se o CEE não aceitar , vá ao Ministério Público do Estado do Amazonas e diga que sua filha tem direito de contestar os critérios avaliativos mas não há um caminho junto a Secretaria de educação que possa arbitrar o processo de recurso como existe em São Paulo. Apresente a Deliberação CEE-SP n.127/2014 e a de Santa Catarina Resolução CEE-SC n.183/2013.

    é isso abraço boa sorte! Feliz Natal!

  554. Jussara comenta,

    dezembro 25, 2015 @ 14:12

    Olá Sônia,
    Sou mãe de uma adolescente de 16 anos que cursou o 2º ano em uma escola particular aqui na Bahia. No entanto, após recuperação em quatro disciplinas e passando em duas, foi reprovada. Ela sempre foi uma aluna dedicada, presente, sem falta nenhuma e participava de todas as atividades sem deixar de cumprir nenhuma. Penso assim que o Conselho não levou em conta a participação dela nas atividades propostas, sua disciplina e participação nas mesmas, deixando o quantitativo sobrepor ao qualitativo. Foram treze disciplinas aprovadas e duas reprovadas. O que posso fazer? que prazo tenho para recurso?

  555. Sarah Costa Souza comenta,

    dezembro 25, 2015 @ 21:16

    Você tem algum numero de telefone? se sim a senhora pode me pasalo para min por e-mail ou aki mesmo.

  556. Taynara comenta,

    dezembro 26, 2015 @ 15:15

    Olá, li seu artigo e me esclareceu algumas dúvidas. Mas ainda estou com uma. Deixe me explicar minha situação, eu fiquei de dp(dependência) em uma matéria no 3ano do médio, porém minha escola é técnica logo não peguei k certificado do médio. Mas quando fiquei sabendo meus pais ficaram tristes comigo e logo depois fui viajar então não fui atrás disso. Mas agora eu gostaria de saber se mesmo passando o prazo de 10 dias é possível ainda tentar o recurso e se há chances de ser aprovado. Observação: eu decidi agora pois consegui estágio do curso técnico, então queria entrar na faculdade no ano que vem. Obrigada!

  557. Ruthe Maciel comenta,

    dezembro 26, 2015 @ 17:06

    Olá, sou aluna do ENSINO MÉDIO, faço o 2° ano, mas fui reprovada em duas matérias de cálculos, química e física, fui diagnosticada com depressão, mesmo antes de meu pai falecer por câncer, e a escola me reprovou em química por 1 ponto, e sinceramente, não consigo aprender cálculo de maneira alguma, até tento, mas o ssusnto n fixa na minha cabeça. Poderia me ajudar? Grata.

  558. Ruthe Maciel comenta,

    dezembro 26, 2015 @ 17:07

    Gostaria de saber se posso levar meu psiquiatra e psicólogo à escola afim de esclarecer isso, porque há estudos comprovados de dislexia perante a depressão, a escola diz ter psicológa, mas a mesma não atende e exerce acompanhamento.

  559. Renato comenta,

    dezembro 27, 2015 @ 7:31

    Prezada Sonia, td bem? espero que esteja ótima!
    Gostaria de uma instrução sua quanto a situação de minha filha. Ela fez em 2015 o 9º ano em uma escola particular na Bahia, contudo ela ficou de final em 3 disciplinas(matemática 1 e 2, e química), nas de matemática 1 e 2 ela passou na recuperação final, contudo foi reprovada em quimica, ficamos super chateados, visto que ela se empenhou fortemente, ficamos também chateados pq a escola colocou os resultados no mural no dia 18/12 Às 15h e fechou as portas, não dando acesso a ninguém contestar os resultados. Como devemos proceder? existe uma deliberação para o estado da Bahia? a matéria de quimica tem peso para reprovar e impedir que ela vá para o 1º ano?
    No aguardo….Renato

  560. Sirlene Campos da Silva comenta,

    dezembro 27, 2015 @ 15:18

    Boa tarde! Estou precisando de ajuda meu filho tem 18 foi reprovado em 3 disciplinas no 3° do Ensino Médio, sei que ele não se esforçou tanto quanto deveria mas a escola tem deixado muito a desejar ele estuda em escola pública. e entendo que a reprovação não vai acrescentar em nada na aprendizagem dele muito pelo contrário irá prejudicá lo uma vez que foi aprovado em 2 vestibulares. Por favor me orientem como reverter essa situação. Somos de Minas Gerais

  561. naira aguiar comenta,

    dezembro 27, 2015 @ 15:32

    Tenho um amigo que está pelo terceiro ano cursando o primeiro ano do ensino médio.Ele pode reprovar pela terceira vez?Ele fará 18 anos dia 25 de janeiro.Aguardo.Obrigada!

  562. Rogerio Mauro comenta,

    dezembro 27, 2015 @ 21:12

    Boa noite.
    Minha filha estuda em uma escola que cada disciplina é dividida em 3 ou mais partes, como exemplo, biologia é composta em B11, B12 e B13. Cada bimestre eles chamam de conjuntos e apenas no segundo conjunto/bimestre de apenas um tipo B11 ela tirou nota baixa. Todas demais notas estão acima da média, inclusive neste conjunto – B11. Eles reprovaram justificando que sua nota em biologia prevalecerá a menor e que não trabalham com média. Isso é correto?

  563. Luan Marcos comenta,

    dezembro 27, 2015 @ 22:17

    Estou cursando o 2 ano do ensino médio fiquei em recuperação em 6 matérias Física inglês artes português filosofia e biologia dessas 6 para cada matéria tinha que fazer 1 trabalho no valor de 40 pontos e depois fazer 1 prova no valor de 60 pontos fiz todos os trabalhos em filosofia e artes entreguei o trabalho não precisei fazer o trabalho passei nas 2 tive que fazer 4 prova física português inglês biologia estudei muito para essas provas não passei em nenhuma aluno que ficaram com mesmo numero de recuperação que eu e nas mesma matérias passaram e nem estudaram e ate colaram de min. Em algumas provas,gostaria de saber se posso ir La fazer alguma reclamação morro em MG.

  564. marli aparecida sabino cordeiro comenta,

    dezembro 28, 2015 @ 2:26

    por favor gostaria de saber se ainda posso recorrer pois meu filho tem tdah e foi reprovado na escola pela terceira vez o primeiro ano do ensino medio mesmo eu ter levado laudo medico nada fizeram ate agora e ainda me pedirao para transferi-lo para outra escola doestado pois ele estuda em escola municipal em sao caetano do sul,gostaria de saber se ainda tenho tempo pois ja e dia 28/12/2015 e so agora fiquei sabendo sob o pedido de reconsideração

  565. Maria soares comenta,

    dezembro 28, 2015 @ 2:53

    Olá meu filho Esta cursando o 2ºano do ensino médio ele fico em recuperação em 6 matérias Física inglês artes português filosofia e biologia dessas 6 para cada matéria ele deveria fazer 1 trabalho no valor de 40 pontos e depois fazer 1 prova no valor de 60 pontos ele fez todos os trabalhos, em filosofia e artes ele entrego o trabalho e não preciso fazer a prova passo nas 2 matérias ele teve fazer 4 provas, física português inglês biologia ele estudo muito para essas provas não passo em nenhuma alunos que ficaram com mesmo numero de recuperação que ele e nas mesmas matérias passaram ,gostaria de saber se posso recorrer ou falar com o diretor para ele fazer outra prova ou outro trabalho, morro em MG.

  566. Itamar Xavier Conceição comenta,

    dezembro 28, 2015 @ 15:44

    Boa tarde professora e parabéns pela iniciativa de ajudar a quem é leigo e precisa de orientação.
    Sou morador do RJ( Duque de Caxias) e meu filho ficou reprovado em 3 matérias ( último ano fudamental)por 0,2/ 0,5 e 0,7 décimos numa escola que a média é 7,0.
    Fui à escola pra pedir uma reavaliação e não consideraram meu pedido dizendo que são normas.
    Agora estou a procura de escolas que aceitam meu filho fazer o 1º ano do ensino médio e a maioria só aceitam com 2 dependências.
    E agora? Consigo reverter essa situação?
    Abraços e obrigado

  567. wesllayne comenta,

    dezembro 28, 2015 @ 16:46

    Olá, boa tarde!!!
    Ano passado fiquei em dependência em duas matérias estava cursando o 1 ano
    Já este ano eu passei em todas só não conseguir atingir os pontos de 1 matéria,neste caso tem risco de reprovação ou não?

  568. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 15:34

    Raquel de Almeida,

    Esse ato normativo é apenas para o Estado de São paulo.

    Espírito Santo não tem , que eu saiba, ato normativo que discipline o processo de recurso

    Porém use a lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III ok?

    abraços

  569. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 15:36

    Thales Augusto..

    Abaixo segue o modelo

    Ilma Sra
    ____________________
    Diretora da

    Pedido de Reconsideração

    Eu ________________ portador do CPF _______________ brasileiro, residente à rua ___________
    do município de ____________, regularmente matriculado no __________série do Ensino Médio, na ___________ localizada à rua _________________
    de mesmo município, venho interpor este Pedido de Reconsideração para que V.Sa intervenha junto ao Conselho de Classe e reverta essa minha reprovação
    Este meu pedido está de acordo com a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e 127 e 128/2014 (só se for de SP é que coloca esse final)

    Histórico (aqui você conta o que aconteceu e o motivo pelo qual quer ser aprovado)

    Subscrevo-me na presente data reiterando protestos de estima e consideração.
    _______, dezembro 2015.

  570. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 18:15

    Julio Lacerda, desculpe a demora em responder .. muitos pedidos aqui, por e-mail, telefone.. enfim.. e sou eu mesma que atendo todos…

    Sim corre o risco.

    Não há nada a argumentar, infelizmente a Matriz Curricular é composta por todos estes componentes curriculares e infelizmente também é preciso ser aprovado em todas.

    Tivemos no passado distante três áreas do ensino médio.. humanas, biológicas e exatas .. mas tudo foi unificado e então não tem muita saída,ok?

    Argumentar você pode se fará efeito são outros quinhentos, ok?

    abraços

  571. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 18:17

    Ana Clara, não sei .. você terá que fazer essa pergunta junto a Secretaria de Educação do seu Estado para verificar como é que eles fazem adaptação curricular e como fica essa sua dependência ok?

    abraços

  572. Silmara Teixeira comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 18:20

    No panorama permissivo de nossa sociedade, nem posso me surpreender diante de suas considerações. No entanto, aos vinte e cinco anos de magistério, posso afirmar que lutar pelos direitos dos filhos é buscar uma Educação de qualidade. Isto exige rigor e excelência, por parte da escola e responsabilidade e compromisso, por parte do aluno e da família.
    A promoção parcial e a enxurrada de recursos, no Ensino Básico, são ações vergonhosas que têm, em muito, cooperado com a falência da Escola Pública.

  573. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2015 @ 18:39

    Silmara Teixeira, pena que discordamos.

    Eu vivo em um país democrático, com regras democráticas e com direitos a serem garantidos por cidadãos como eu .

    As Deliberação CEE-SP n.120/2013 e suas alterações CEE-Sp n.127 e n.128/2014 são alterações de uma outra a Deliberação CEE-SP n.11/96 que sempre deu direito ao aluno contestar critérios avaliativos. A diferença é que os pais não tinham acesso a esta informação e hoje tem, graças ao advento da internet.

    Além disso, a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III dá direito a criança e o adolescente a questionar critérios avaliativos em instâncias superiores.

    Minhas considerações refletem apenas a lei federal, a essência da LDB e atos normativos do Conselho Estadual de Educação. Não são minhas e sim de um país democrático.

    Digo-lhe que incomodarei bastante professores e escolas que não cumprem Regimentos, não cumprem a nossa legislação de ensino e não respeitam os direitos dos alunos.

    Vou defender o direito do aluno como sempre fiz quando atuei no chão da escola como professora, como diretora escolar ou coordenadora.

    Estou aqui para fazer com que os pais e alunos conheçam as leis do ensino porque a escola é feita para eles.

    Feliz ano de 2016!

  574. Joao comenta,

    dezembro 31, 2015 @ 1:29

    Ola, sou o Joao, ja perguntei aqui dia 18/12 e voce me respondeu dia 22/12 : João, sempre tem como recorrer porque tem a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que permite que você recorra.

    Faça um documento Pedido de Reconsideração endereçado para a direção pedindo a sua aprovação porque ficar reprovado em uma única disciplina é muito cruel.

    Se não resultar, faça outro documento Recurso e encaminhe para a Secretaria de Educação do seu Estado.

    Você não disse onde mora e se é escola pública ou privada.

    abraços.

    Sou de Campo Grande no MS, e estudo em escola privada.

    Voce disse primeiro para tentar recorrer junto a direção da escola, eu tentei pessoalmente no dia do resultado final, falei com a orientadora e coordenadora da escola e disseram que não tinha jeito.
    E essa escola em que estudo tem Dependência, porem no ano que vem não estudarei la (e a escola que irei não tem dependência) você acha que por ter dependência na escola que estudo dificulta o pedido de reconsideração junto ao CEE ou Secretaria Educação?

  575. Shayane comenta,

    dezembro 31, 2015 @ 4:59

    Desculpa estar enviando um comentário na véspera de ano novo, mas espero que possa me responder.

  576. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 31, 2015 @ 19:40

    João,

    Falar a verdade , aí em Campo Grande muito chata .. já fiz um recurso para um aluno daí, escola privada, e a CEE – Conselho de Educação do Estado do MS – não aceitou o Recurso e a escola recusou.

    Não sei o que lhe recomendar… infelizmente no MS não tem ato normativo do CEE que discipline o processo do recurso.. então , as escola ignoram o direito que você tem de contestar os critérios avaliativos dado pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Dependendo do caso pode poderá recorrer ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul área de educação. Diga que o seu direito concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III não está sendo garantido porque a escola não aceita um Pedido de Reconsideração seu e o CEE não tem uma orientação para encaminhamento do recurso e que você menor precisa que o Ministério intervenha.

    Tenta..

    Tudo por escrito, ok? Nada oral que não resolve. Escreva.

    abraços

  577. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 31, 2015 @ 21:10

    Wesllayne, tem risco de reprovar na matéria e ficar novamente de dependência.. exceto se não houver dependência neste ano..
    Informação correta obterá na secretaria de sua escola,ok?
    abraços

  578. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 31, 2015 @ 21:17

    Itamar, não é fácil aí no Rio de Janeiro , infelizmente.

    Aí não há um ato normativo do Conselho Estadual que discipline o processo de recurso como tem em São Paulo e Santa Catarina.

    Fiz uma representação junto ao MP do Estado do Rio e consegui uma Portaria para cutucar o CEE para que façam um ato normativo igual ao de São Paulo mas ainda restrito a escola pública e tem um ano para resolverem o problema.

    O passo que tenho orientado aí é

    1) Fazer o Pedido por escrito e receber a resposta da escola por escrito. Lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III garante a criança e o adolescente a contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores, de modo que a escola tem que dar uma resposta.

    2) Se houve indeferimento fazer um Recurso e buscar ajuda junto ao Ministério Público ,dizendo que a Secretaria de Educação não dá continuidade ao recurso que é um direito do aluno segundo o ECA (lei indica acima). e veja o que poderão fazer por você..

    Infelizmente buscar a Metropolitana não resolve..

    é isso! abraços

  579. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 3:55

    Maria Soares,

    Em Minas Gerais eu não conheço ato normativo que discipline o processo de recurso, mas em função da lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III concede direito ao seu filho recorrer.

    Interponha Pedido de Reconsideração endereçado a direção do Colégio pedindo que reconsiderem.

    Se for negado faça um outro documento Recurso junto o que enviou para o colégio encaminhe para a Superintendência que supervisiona a escola ,ok?

    abraços

  580. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 4:00

    Marli Aparecida S Cordeiro,

    Desculpe não ter podido lhe responder antes.. final de ano.. festas.. recesso…enfim…

    Faça o seguinte:

    1) Faça o Pedido de Reconsideração alegando que seu filho é um caso de inclusão não assistida e que não vai mais aceitar reprovação na mesma série além da ampliação da defasagem idade x série.

    2) E ao mesmo tempo busque ajuda junto ao Ministério público do Estado de São Paulo, área de educação, inclusão dizendo que seu filho está sendo reprovado pela 3a vez na mesma série sendo TDAH sem assistência e que a escola não reconsiderou . Apresente laudo médico para comprovar o diagnóstico.

    ok?

    abraços

  581. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 4:19

    Renato,

    Desculpe-me não ter podido responder antes…

    No Estado da Bahia não há ato normativo que discipline o processo de recurso, então, não há prazo como há aqui no Estado de São Paulo.

    De modo que agora início de janeiro façam o Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola e interponham na secretaria da escola.

    E depois se for mantida a reprovação tentem a Secretaria de Educação do Estado da Bahia..

    O problema é esse passo porque não sei lhe dizer se a Secretaria acolherá o recurso.

    O que sei e o que vc poderá questionar que a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança e o adolescente tem direito de contestar os critérios avaliativos em instâncias escolares superiores. Se a lei diz isso a Secretaria terá que acolher ,ok?

    Sim, matéria de química tem peso para reprovar assim como Artes ou Educação Física. Todas os componentes curriculares que fazem parte da Matriz Curricular da escola tem peso de reprova.

    Peça para ler o Regimento Escolar para verificar se eles cumpriram o que está no Regimento.

    abraços

  582. Jéssica de Souza comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 16:11

    olá, reprovei numa escola onde a média é 6, reprovei por causa de décimos. Mas irei pra uma escola onde a média onde a média é 5, ou seja tenho média nessa escola. Eles me aprovam ?

  583. Eliseu firmino comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 17:14

    Olá eu fiz o 7ano e não passei fui solicitar o recurso de dependência mas disseram q eu teria de procurar outra escola pra fazer gostaria de saber se eu poderia fazer a dependência e continuar no mesmo colégio

  584. Wésley B. Vieira comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 19:49

    Olá Sônia,tenho 16 anos e nunca reprovei estudo em uma escola estadual do Rio Grande do Sul,estou no 2 ano do Ensino Médio,e tinha pegado provão em 3 matérias,e aqui na escola,só pode pegar em uma área,as matérias que eu tinha pego eram : Química,Física(as duas da mesma área)e Matemática.Passei em Física,não atingi a média que é 5 em Matematica,e em Química não atingi por décimos,tirei 4,4 faltaram 0,6,mais duas questões e teria atingido a média e estaria aprovado com pendência para Fevereiro.
    Outros alunos receberam este tipo de ajuda que eu preciso,e eu não,falei com a direção, pedi a eles para me darem uma chance,pedi para falar com a professora de Quimica mas ela está de férias. Quais medidas eu posso tomar e quais os meus direitos.Aguardo ansiosamente resposta.

  585. Wésley B. Vieira comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 19:54

    Acho que ficou confuso a parte dos provões,pode pegar vários provões,em áreas diferentes,mas em pendência pode ficar só em uma área,que seria meu caso, caso a professora de Química tivesse me dado os décimos que faltava,teria ficado com pendência em Matemática,mas estaria aprovado.

  586. Andreia Ribeiro comenta,

    janeiro 5, 2016 @ 23:48

    ola Dr,tenho um filho com tdha ,ele tem 11 anos,e a escola o reprovou novamente,e o psicologo disse que por ele ter apenas tdha ,nao o impede de reprovar,que sera necessario outra cid.para meu filho nao reprovar de ano…Isto procede Doutora?

  587. ivoneide da Silva Freire comenta,

    janeiro 6, 2016 @ 14:26

    Professora Sônia, gostaria de algumas orientações meu sobrinho foi reprovado no Ensino Médio (profissionalizante ) , dentro de uma escola tradicional do meu estado ,o mesmo é um menino aplicado e muito disciplinado, por ele vim de escola pública, sentiu muita dificuldade ao ingressar nessa escola. Para agravar sua situação, a mãe teve um problema de saúde grave e o mesmo teve que passar a morar comigo. Fui até a escola e comuniquei a situação ,junto a coordenação ,contudo, e nenhum momento ao longo do ano a escola entrou em contato comigo para relatar que meu sobrinho estava passando por dificuldades e no fim do ano ,simplesmente ele fica de recuperação e é reprovado .Por favor como posso proceder .
    Professora Sõnia não me importaria nem que o mesmo reprovasse o pior de tudo, que segundo o regimento da escola, quando o aluno reprova, o mesmo não ´pode permanecer na Escola .Isso é humilhante e constrangedor ,quando o vejo triste com sentimento de derrota me corta o coração, por que para ele entrar nessa escola passou por um processo seletivo muito rigoroso, acordado de madrugada ,finais de semana ,não existia para descontração era só para estudar. Hoje vejo triste frustrado, e com autoestima baixa, depressivo. Por favor que meios legais devo procurar.

  588. Vinícius comenta,

    janeiro 6, 2016 @ 16:35

    Faltando apenas um cadeira para terminar a faculdade, fiz o exame e reprovei por um ponto. Formatura e tudo mais por água abaixo. Descobri que durante o ano o professor agiu de uma conduta um tanto quanto suspeita ao permitir que um aluno, provindo do intercâmbio, realizasse uma prova com consulta e um trabalho para recuperar as notas perdidas. Me sinto muito injustiçado com o ocorrido, de que formas poderia eu, agir em conformidade com a lei para tentar ainda recuperar essa nota e salvar a formatura, ainda está em tempo. Obrigado.

  589. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 0:13

    Aldevina,desculpe não ter podido responder antes..

    Que é isso!! A escola pirou? Como assim buscar caderno para fazer o Conselho?
    Não .. nunca vi isso…
    Não ela tem que fazer o Conselho de Classe com o documento escolar que ela possui …
    Se indeferirem entre com o Recurso.
    abraços

  590. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 0:29

    Riikka,desculpe não ter podido responder antes..

    1) Recurso: o processo de recurso tem três fases:
    1.1) Pedido de Reconsideração para a direção da escola
    1.2) Se for indeferido REcurso endereçado para a dirigente regional de ensino
    1.3) Se for indeferido Recurso Especial para o Conselho Estadual de Educação.

    Você está no 1o passo.. se for indeferido seguir para o Recurso endereçado para a dirigente de ensino regional ,mas entregue na escola que encaminhará para a DE.

    2) Reclassificação: sim..deve fazer a transferência, matricular na série de reprova e somente após o início do ano letivo solicitar por escrito a reclassificação (isso se a escola constar no Regimento a reclassificação, por isso é preciso saber antes ) e a escola submete o aluno a uma avaliação e se ele atingir os objetivos é reclassificado para a série seguinte.

    Você poderá fazer os dois procedimentos concomitantes.

    De modo que eu recomendo que matricule o seu filho no ano da reprova , garante a vaga dele e se não resultar o Recurso ele já está matriculado e se a escola tiver reclassificação tentar uma ok?

    abraços

  591. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 2:48

    Elias Augusto, desculpe não ter podido responder antes..

    1) Se houve a reprovação entre com Pedido de Reconsideração.
    2) Se houver indeferimento entre com Recurso endereçado para o dirigente regional de ensino

    Reverter uma reprovação não é fácil, mas é direito de contestar dado pela lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III.

    abraços

  592. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 2:58

    Vinicius ,desculpe não ter podido responder antes..

    Não sei responder a sua questão porque teria que saber o que diz o Regimento..

    Não sei o que quer dizer “por conta” .. por conta de que?

    Vou ficar devendo essa.. desculpas…

  593. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:07

    Carla,

    1) Adolescente é sujeito de direito e tem prioridade absoluta
    2) Aluno com necessidade educacional especial tem que ser assistido
    3) Se a escola não assistiu a aluna , por lei federal, ela não pode ser prejudicada com uma reprovação.
    4) Se a mãe levou o laudo no ano anterior qual o motivo da escola ter reprovado mais uma vez? A escola não entendeu que trata-se de aluno com necessidade especial protegido por lei federal ?

    Então é isso, sem que a escola tenha assistido o aluno com necessidade educacional especial não pode reprovar.

    abraços

  594. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:08

    Rafael, desculpe não ter podido responder antes..

    Não há média nacional. .. cada escola é autônoma para escolher o seu sistema de avaliação e a sua média, ok?

    abraços

  595. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:12

    Gustavo, sim , não é lei , mas um ato normativo específico de São Paulo. Há um outro de Santa Catarina.

    Mas você poderá usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Em outros Estados não há prazos.

    abraços

  596. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:16

    Luciana Vareiro Olanda, Estado do MS é difícil… o Conselho Estadual de Educação não acata , não responde..

    Difícil .. mas a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que o aluno tem direito de contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores, mas MS é bem difícil porque não tem ato normativo que discipline o recurso.

    abraços

  597. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:24

    Daniela, desculpe não ter podido responder antes..

    O Ensino Superior tem regras diferentes e cada faculdade tem um Regimento.

    Verifique no Regimento se há um procedimento para recorrer de uma reprovação.

    O melhor é juntar os alunos e agir coletivamente junto a diretor do curso.

    ok? Desculpa não poder ajudar em caso de ensino superior as regras dependem de cada faculdade.

    abraços

  598. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:30

    Lucimara, desculpe não ter podido responder antes.. véspera de Natal .. festas de final de ano, centenas de pedidos de auxílio.. somente agora consegui chegar até você..

    Qual é o seu Estado?

    Se for do Estado de São Paulo tem que interpor Pedido de Reconsideração prazo 10 dias corridos após a ciência da reprovação.

    Se for indeferido tem 10 dias para interpor Recurso endereçado ao dirigente regional de ensino.

    10 dia – 28/12 .. se a escola estava fechada .. faça isso agora neste início de janeiro/2016.

    abraços

  599. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:31

    Pamela, desculpe não ter podido responder antes..

    Sim.. pode interpor Pedido de Reconsideração mas depende do Estado.. se for de São Paulo, ok.. e se a escola estava fechada .. é agora no início de janeiro que terá que fazer isso…

    abraços

  600. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:37

    Juliana, desculpe não ter podido responder antes..

    Tente o Pedido de Reconsideração .. se for do Estado de São Paulo tem 10 dias corridos para interpor o pedido e se a escola fechou pode fazer isso nesta primeira semana de janeiro/2016.

    abraços

  601. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:49

    Ruthe Maciel, desculpe não ter podido responder antes..

    qual o seu Estado?

    Se for Estado de São Paulo interponha Pedido de Reconsideração endereçado a Diretora e pode também pedir uma reclassificação, ok?

    O problema é o prazo .. eram 10 dias corridos da ciência da reprovação …

    abraços

  602. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 3:51

    Taynara, desculpe não ter podido responder antes..

    Não.. não há como recorrer após o prazo determinado na Deliberação

    Exceto se:

    1) se você for do Estado de São Paulo…
    2) a escola estava fechada neste período de festas..

    ok? abraços

  603. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 4:28

    Sarah, desculpe não ter podido responder antes.. Natal .. festa de final de ano.. não deu para responder todos os pedidos .. infelizmente só estou chegando até você agora..não sei se você ainda precisa.. mas entre em contato por e-mail saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  604. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 4:54

    Jussara, desculpe não ter podido responder antes..

    Na Bahia não há um ato normativo que discipline o recurso, mas tente.. porque a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III concede o direito a criança e ao adolescente contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Faça o Pedido de Reconsideração endereçado para a diretora da escola.

    Se for indeferido faça um outro documento Recurso endereçado para o Conselho Estadual de Educação e anexe a cópia do Pedido de Reconsideração que enviou para a diretora da escola e também a devolutiva.

    Infelizmente não sei lhe dizer se o CEE da Bahia intervém como o daqui do Estado de São paulo,ok?

    abraços

  605. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:12

    Sarah Costa Souza,desculpe não ter podido responder antes..

    Em GO não tem um ato normativo que discipline o recurso como temos aqui no Estado de São Paulo, porém use a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que concede o direito do aluno contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Então, faça o Pedido de Reconsideração para a escola e se indeferido busque o Conselho Estadual de Educação e encaminhe um Recurso.

    abraços

  606. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:28

    Eduardo Maselli desculpe não ter podido responder antes.. como disse véspera de Natal.. depois festas.. centenas de perguntas para responder…

    Não, não há ato normativo que discipline o recurso no Estado do Rio de Janeiro.

    Fiz uma representação junto ao Ministério Público do Estado do Rio a respeito deste assunto, foi acatado e o MP acionou o Conselho Estadual de Educação para que responda o que os pais devem fazer para recorrer já que há a lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III que concede direito a criança e ao adolescente de contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    A lei para ser usada é a lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III .

    Faça o Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola. SE for indeferido, vá ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro , área de educação e diga que você quer Recorrer junto ao Conselho Estadual mas não sabe como e peça a intervenção do MP, ok?

    abraços Feliz 2016!

  607. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:33

    Raquel de Almeida, sim pode entrar com recurso.. mas você é de qual Estado?

    Dependendo do Estado é mais fácil o processo de recurso.

    Faça documento de Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola, ok?

    abraços

  608. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:34

    Ruthe Maciel, sim .. nada impede de levar os profissionais que atendem o seu filho..

  609. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:40

    Sirlene,

    Entre com o Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola.

    Se for indeferido, você entra com Recurso junto a Superintendência apoiando-se na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Não há em Minas Gerais ato normativo que discipline o processo de recurso como o do Estado de São Paulo.. por isso é mais difícil por aí.. ok?

    abraços

  610. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:42

    Naira, recomendo que ele preste o ENEM 2016 indique no ato da inscrição que quer o certificado de conclusão do ensino médio e alcançando a pontuação necessária ele resolve o problema do Médio.

    Outra saída é fazer supletivo, EJA em escola pública,nunca em privada porque em geral não são autorizadas para funcionar.

    É uma pena que a escola tenha feito isso.. mas tem essas outras alternativas .. não vale a pena ele continuar se for novamente reprovado, ok?

    abraços

  611. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 5:44

    Rogerio Mauro, é correto se estiver expresso em Regimento Escolar.

    A lei federal n.9394/96 confere as escolas autonomia para escolherem seus projetos pedagógicos com seus sistemas avaliativos. De modo que pode .. pode até nem ter avaliação se a escola entender dessa maneira.

    ok? abraços

  612. Mariana comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 11:05

    Fui reprovada no 2º ano do ensino médio e meu colégio diz que não posso me matricular novamente pois não tem vaga. É direito meu permanecer no colégio?

  613. Paula comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 13:21

    Sônia, bom dia. Meu filho cursou o 3º ano do ensino médio em 2015 e ficou em recuperação em 3 disciplinas. Em uma delas ele obteve 71% de nota, enquanto que nas outras duas, 48% (média requerida=60%). A escola o reprovou. Porém, ele NUNCA havia sido reprovado em toda sua vida escolar, ainda considerando mudança de cidade no decorrer de sua trajetória (mudamos de SP para BH). Tanto que ele está com 17 anos. Fomos à escola solicitar uma revisão deste conceito pois ele ESTÁ APROVADO EM VESTIBULAR no curso de economia para 2016 e sua matrícula inclusive já está feita, aguardando apenas o histórico escolar do ensino médio…
    Mesmo assim, as escola não reconsiderou e manteve a posição de reprovado. Não houve problemas de falta nem de comportamento.
    Que recursos/alternativas eu posso utilizar para que ele não perca o ano? Não acho justo ele ter que fazer de novo o 3º se ele já passou no vestibular. Já corri atrás de outras escolas para obter informações sobre provas de reclassificação, mas apesar de não encontrar nada especifico na lei 9394/96, (corrija-me se eu estiver errada), nenhuma escola aceitou fazer a reclassificação para aluno que está encerrando o 3º ano do ensino médio…

  614. LETICIA comenta,

    janeiro 7, 2016 @ 20:05

    Olá profª Sonia!
    Me chamo Leticia e fui reprovada no 9º ano em uma escola particular nas disciplinas de gramatica, redação, inglês e matemática. Obtive pontuação de 22.5 em todos, mas não fui bem na recuperação final. Entrei com o pedido de reconsideração, pois a escola não realiza recuperação paralela e sub divide a área de linguagem em 3 disciplinas:gramatica, literatura e redação. Aleguei ter adquirido media satisfatória em literatura e os critérios de não poder ser analisada pelo conselho de classe, pois a direção alegou ter perdido em quatro disciplinas. O que fazer? estou desesperada!!!!

  615. jocenilson campos comenta,

    janeiro 8, 2016 @ 15:22

    aluno reprovado por dois anos na mesma serie pode ficar na mesma escola?

  616. Maria soares comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 1:24

    Sônia meu filho foi recebeu a noticia da reprovação dia 22 de dezembro depois disso a escola fico fechada só vai estar funcionando no dia 11 de janeiro , morro em minas posso levar o pedido de reconsideração nessa data ou terá problema , e se o diretor não tiver na escola para quem eu deixo a reconsideração?

  617. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 6:35

    Luan Marcos, peço desculpas pela demora.. final de ano.. festas.. enfim

    Entre com um Pedido de Reconsideração para a direção da escola pedindo para reconsiderar a sua reprovação . Você tem esse direito concedido pela lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III que concede direito de contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    ok?

  618. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 6:42

    Jéssica, não .. a média em cada escola é diferente..

    A média na escola X é 6,0
    A média na escola Y é 5,0

    Se for fazer equivalência fica igual

    Digamos que você tirou 6,0 em português que é a média, ao ser transferida para outra escola cuja média é 5,0 e fazendo a conversão a sua nota de português será 5,0 e não 6,0 porque equivale a média ..

    é isso! abraços

  619. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 6:49

    Eliseu Firmino..

    Mas qual é a alegação? Não tem no seu colégio dependência? Ou tem e eles querem renovar a matrícula?

    aguardo

  620. Melba Cabral comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 17:05

    Olá Dra.Sônia,

    Sou Melba , moro em Campina Grande , PB e minha filha teve retenção de série , esse ano de 2015 e não me conformei, pois buscava periodicamente o apoio da escola em busca de resposta pelo baixo rendimento escolar que ela vinha apresentando, só que não tive apoio da escola. Com a retenção fui por conta própria buscar essa resposta, pois minha filha tinha aulas de reforço em casa.
    Pois bem, recentemente foi diagnosticado que ela tem TDAH e Dislexia, a pergunta é: Posso ainda entrar com recurso pra pedir reconsideração de resultado através do CEE.
    Uso do argumento que busquei apoio da escola no inicio do ano letivo e não tive encaminhamento pra fazer nenhum acompanhamento neuropsicológica.
    Como devo fazer?.
    Obrigada.

  621. monalisa comenta,

    janeiro 9, 2016 @ 20:51

    Sonia boa tarde minha filha ficou reprovada em 4 materias na rede particular no 9 ano sendo que suas notas foram todas acima de 5 tipo em portugues teve 5.0 em geografia 5.3 e artes 5.7 e espanhol 5.5 nao obtendo a media 6 as demais notas foram acima de 6.0 e eu matriculei ela na pulblica no primeiro ano do ensino medio sera que consigo no pulblico sem que ela precise repetir pois suas notas estao acima de 5.0 ja que a media do pulblico é 5.0 ou ela vai ter que fazer o nono ano novamente mesmo com nota acima de 5.o no pulblico?

  622. Elisângela comenta,

    janeiro 10, 2016 @ 2:47

    Olá, meu filho ficou retido esse ano, houve paralisações contra a reorganização das escolas no estado de SP. Depois de duas semanas as aulas voltaram e meu filho foi repor as aulas. No dia em que a escola foi invadida ele iria ter matéria que valeriam notas na média.
    Nesta mesma semana que ouve as paralisações eles iriam as provas finais que a escola acabaram cancelando e acabou fechando as notas antes de acabar o bimestre.
    Antes das férias no meio do ano ele não teve aula de história e poucas aulas de educação fisica, e ele tem presença nas aulas.
    O que eu posso fazer para meu filho passar de ano nessa situação ?

  623. camilla souza comenta,

    janeiro 10, 2016 @ 20:11

    boa tarde, meu filho tem 8 anos e foi reprovado no 2 ano do ensino fundamental 1° seguimento, a escola uma semana antes do conselho final me chamou para já tomar ciência que meu filho estava reprovado pois o mesmo apresar de se destacar oralmente nas aulas o mesmo não copiava as atividades propostas pelas professoras, estarei abrindo recurso perante ao conselho municipal de educação, a minha duvida e se a escola pode me dar esse resultado de reprovação do meu filho antes do conselho final, tirando dele assim o direito de ser aprovado pelo o conselho final???

  624. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 3:03

    Wésley B.Vieira, no Rio Grande do Sul não tem um ato normativo que discipline o processo de recurso..

    Então, o jeito é usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III :

    Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:
    III – direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores;

    A partir desta lei você pode elaborar um Pedido de Reconsideração, endereçado para a direção da sua escola explicando o que aconteceu e solicitando que o Conselho de Classe reconsidere o resultado final.

    Se houver indeferimento de seu Pedido que deve ser feito por escrito recorra a Secretaria de Educação. Se não conseguir recorra ao Ministério Público do Estado do RS dizendo que a escola e a Secretaria de Educação descumpriram a lei quando não lhe deram uma resposta.

    A lei não diz para que seja aprovado, mas que tenha o direito de contestar e ter uma devolutiva , isto é, que a escola ou a Secretaria de Educação lhe respondam com um sim ou com um não, lhe expliquem pelo menos o critério avaliativo adotado.

    ok?

    abraços

  625. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 3:11

    Andreia Ribeiro, não é bem assim.. não precisa de outro CID não.. tem até jurisprudência de casos de TDAH que o juiz determinou a aprovação do aluno.

    A questão não é não poder reprovar .. pode reprovar desde que a escola tenha assistido o aluno em suas necessidades. Se ela fez isso pode reprovar, caso contrário não pode.

    Entre com recurso , tem que ter laudo médico e o conhecimento da escola daí é recorrer, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  626. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 3:56

    Ivoneide,

    Exceto Estado de São Paulo e Santa Catarina , os outros Estados não possuem atos normativos que disciplinem o processo de recurso.

    O que dá para fazer é elaborar um Pedido de Reconsideração endereçado para a Diretora da escola apoiando-se na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que concede ao aluno contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Se o pedido for indeferido, elaborar um Recurso para o Conselho Estadual de Educação ou um para o Ministério Público pedindo uma intervenção.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso. Caso precise entre em contato, ok? saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  627. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 4:07

    Vinicius , o ensino superior ele tem regras regidas pelo Regimento Interno especifico de cada faculdade.

    Deve ter em sua faculdade um modo de recorrer junto a Congregação se for universidade pública, ou ao Diretor do curso. ..

    Não sei lhe dizer porque depende da faculdade.. infelizmente vou ficar lhe devendo essa…

    abraços

  628. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 4:40

    Paula, bom dia!

    A reclassificação em geral é feita da seguinte forma:

    - aluno é matriculado na série da reprova, depois submetido a uma avaliação e se alcançar a média é reclassificado para a série seguinte.. o que não existe no 3o ano Médio.. reclassificá-lo para onde? Não é possível aprová-lo no início do ano..

    - alternativas:

    1) Tentar a Justiça. Posso indicar advogada de São Paulo que sabe um caminho.
    2) Se ele prestou o ENEM e obteve notas boas é mais fácil
    3) Se a faculdade que ele entrou é uma instituição conceituada é ajuda também

    Não é fácil reverter esta situação… em Minas não há um ato normativo que discipline o processo de recurso o que dificulta recorrer .. mas vc pode tentar também o Conselho Estadual de Educação, no entanto, para que que o Conselho aprove é preciso encontrar falhas na aplicação do Regimento Escolar ou a escola ter ferido lei federal.

    Supletivo de 6 meses em escola autorizada também é uma possibilidade apenas do 3o ano.

    Enfim.. caso precise de advogada me avise saranha@mpcnet.com.br

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  629. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 6:01

    Mariana, sim..

    Lei federal n 9870/99 Art. 5o Os alunos já matriculados, salvo quando inadimplentes, terão direito à renovação das matrículas, observado o calendário escolar da instituição, o regimento da escola ou cláusula contratual.

    Busque o Ministério Público do seu Estado , área de educação , e diga que a escola não quer renovar a sua matrícula porque você reprovou, ok? Eles agirão..

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  630. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 6:03

    Leticia, você fez o pedido de reconsideração e a escola já apresentou a devolutiva ou ainda não?

    Se já você deve entrar com o Recurso junto a Secretaria de Educação.

    Não sei o seu Estado para eu lhe informar melhor,ok?

    abraços

  631. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 6:25

    Jocenilson, não há nada que impeça .. pode ..

    abraços

  632. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 6:54

    Maria Soares, pode porque em Minas não há este ato normativo.. ele é específico do Estado de São Paulo.

    Então, aí não tem ato normativo que discipline o processo de recurso, o que traz bastante dificuldades para vocês…

    Sim. Interponha o Pedido de Reconsideração e diga no final que precisa da devolutiva em um prazo de 7 dias.

    Não tenho resposta entre com Recurso junto a Superintendência e dê um prazo curto para poder seguir para o Conselho Estadual de Educação..

    Este é o problema de não ter ato normativo ..são os prazos.. por conta do início do ano letivo…

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  633. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 7:00

    Camilla,

    Entre com o Recurso baseando-se na Resolução CNE/CBE n.07/2010 que diz para que não ocorra reprovação nos três primeiros anos do ensino fundamental, artigo 30.

    Não sei lhe responder porque eu teria que ler o Regimento Escolar mas a priori deveria poder ser analisado pelo Conselho.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  634. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 7:03

    Elisângela,

    1) Quando soube da reprovação? Da ciência da reprovação vc tem 10 dias corridos para interpor o Pedido de Reconsideração endereçado para a diretora da escola.

    2) Se indeferido você poderá recorrer com documento Recurso endereçado ao Dirigente Regional de Ensino.

    Mas há prazos. .não pode perder..

    ok? abraços

  635. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 7:12

    Monalisa, a nota que vale é a que consta no Regimento da escola.. não há média nacional e tampouco comparação entre escolas.. Cada escola é autônoma para escolher a sua média..

    Somente tentando uma reclassificação mas no Estado de São Paulo há uma restrição de fazê-la do 9o para o 1o ano..

    abraços

  636. Rosana Santos comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 18:33

    Sonia
    Boa Tarde
    Já entrei com a solicitação de Revisão dos Resultados finais, porém ainda não tive retorno da escola onde o meu filho estuda que é o SESI de São Bernardo do Campo – SP.
    Caso minha solicitação seja indeferida, qual seria a melhor saída, entrar com Recurso ou solicitar uma Prova de Reclassificação ?
    Obrigada
    Rosana

  637. Giovana comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 20:46

    Eu poderia recorrer a minha reprovação aí terceiro ano? Minha escola há muita “panelinha” e professores com preferências , eu fiquei retida por não alcançar nota de matemática e faltou meio ponto de português. E já estamos em janeiro , claro já fiz minha matricula novamente para outra escola mas se tivesse como eu tentar recorrer a isso eu queria muito. Agradecida desde já

  638. Alessandra comenta,

    janeiro 11, 2016 @ 21:14

    Boa noite ,

    Perdi os prazos , mesmo pq so soube que existia recurso agora!

    Tenho ainda como recorrer?

  639. Rafaela de Medeiros Lemos comenta,

    janeiro 12, 2016 @ 19:42

    Boa tarde,

    meu nome é Rafaela,o caso é o seguinte: No ano de 2014 para 2015 eu repeti(reprovei) em duas matéria,Ok!
    Frequentei a escola mais uma vez no 1 ano do ensino médio,porém este ano reprovei novamente,só que neste ano houve algumas injustiças vinculadas a reprovação que não consigo aceitar, primeiro que eu trabalhava em período integral e estudava de noite, começou a aparecer dificuldades e as notas começaram a cair, em meio as dificuldades as GREVES DOS PROFESSORES a qual me prejudicaram,quando por fim acabou as greves estava tendo as “reposições” das aulas perdidas,porem me achei perdida na turma da noite e passei para de manha, ou seja abandonei meu serviço para não desvalorizar os estudos,chegando na turma da manha em pleno 3 bimestre, me informaram que não houve greve na mesma,perdi provas,ganhei faltas,e minha nota só piorou. Tentei recupera-la nas finais, porem de nada adiantou,eis a questão: as matérias que reprovei esse ano eu havia sido aprovada ano passado,e não aceito essa reprovação, pois me esforcei a ponto de abandonar meu serviço precisando dele e reprovar a ponto de me fazer querer para de estudar, existe algum recurso para isso?

  640. Lucas Caetano comenta,

    janeiro 12, 2016 @ 21:49

    Olá Professora Sônia.
    Eu tenho 17 anos e acabei reprovando por sete matérias no ultimo ano do ensino médio , porém eu terminei o curso técnico e já estava pré matriculado na faculdade para fazer engenharia elétrica. sou inteligente só que fui muito relaxado esse ano e não estava me importando muito com a escola mas não tenho problemas de falta estou com 83% de presença e tirei 614 no ENEM .. entrei com o recurso pois ouvi dizer que não se pode reprovar o aluno por falta , o que você acha ? tenho alguma chance de conseguir a aprovação ?

  641. Giovana comenta,

    janeiro 12, 2016 @ 22:44

    Temos um prazo para poder correr atrás da reprovação ?

  642. marcos barcianuves comenta,

    janeiro 12, 2016 @ 23:30

    ola aqi e o marcos eu gostaria de procurar pra vc sobre o meu caso pq eu fiquei de recuperacao em 7 materias e o maximo e 4 entao eu reprovei direto.
    entao eu gostaria de saber se tem alguma solucao pro meu caso e detalhe eu estudo em colegio publico

  643. Nadine comenta,

    janeiro 13, 2016 @ 14:10

    Olá Sônia, meu problema é o seguinte, um pai entrou com pedido de processo contra um professor por reprovar o filho, o aluno em questão não é do tipo que se dedica para as aulas, porém o professor só tem a última prova de recuperação feita pelo aluno, as outras provas são devolvidas ao longo do ano, o que o professor faz nesse caso? O pai pode fazer isso?

  644. katia comenta,

    janeiro 14, 2016 @ 3:59

    Olá Profa. Sonia!
    Existe tbm prazos para a escola encaminhar para a diretoria de ensino?

  645. Jefferson comenta,

    janeiro 14, 2016 @ 16:37

    Olá, queria saber oque eu faço, meu filho reprovou duas vezes no 9°ano por falta, nunca fui informada das dependências do meu filho oque devo fazê sobre isso?
    Dois anos a escola nunca. Me chamou lá

  646. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 14, 2016 @ 16:41

    Jefferson , qual é o seu Estado? Escola pública ou particular?
    Aguardo

  647. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 14, 2016 @ 16:45

    Katia, se você é do Estado de São Paulo.. sim..

    Leia a Deliberação CEEn.127/2014 http://www.soniaranha.com.br/deliberacao-cee-sp-n-1272014-altera-a-120/

    abçs

  648. yara costa comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 0:59

    oi prof uma colega minha ficou reprovada em uma materia por causa de 5 decimos…tem cm reprovar faltando apenas 5 decimos?

  649. Katia comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 2:52

    Primeiramente quero agradecer pela sua atenção…
    Sou do estado de São Paulo, como disse antes já dei entrada com recurso na escola para a diretoria de ensino, pelo que vc me enviou à escola tem 5 dias para preparar a documentação enviar a diretoria??? E se a mesma perder o prazo???

    Obrigada profa. Sônia ,

  650. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 5:58

    Giovana, depende do Estado.. se for São Paulo e Santa Catarina sim.. o prazo expirou se a ciência da reprovação ocorreu em dezembro.

    Outros Estados não tem porque não tem ato normativo que discipline o processo de recurso.

    abraços

  651. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 6:06

    Nadine, sim o pai pode contestar critérios avaliativos na Justiça porque a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança e o adolescente pode contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores ..

    Um professor tem que ter registro detalhado principalmente de alunos que tem dificuldade de aprendizagem seja por motivo cognitivo ou por comportamento.

    Cada aluno deve contar com este registro para saber o que o aluno não sabe e como foi feito para ajudá-lo.

    Um ficha de avaliação individual do aluno ajuda muito.

    Além do registro detalhado que deve constar do diário de classe do professor, ele tem que ter os critérios que adotou para a correção de cada avaliação.

    Isso é fundamental porque como reprovar um aluno se não há registro do processo de ensino/aprendizagem?

    Porque se o aluno precisa provar que aprendeu, o professor precisa provar que ensino e o modo que ensinou, suas estratégias e seu critérios avaliativos.

    Um diretor ou um coordenador pedagógico precisariam orientar o professor para que ele não se fiasse apenas nas provas que avaliou.. elas são instrumentos mas e a análise onde está?

    Agora fica difícil para refazer todos os passos do processo.

    Mas o pai pode sim e deve recorrer da decisão do professor porque é direito do aluno concedido por lei federal, ok?

    abraços

  652. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 6:09

    Marcos Barcianuves, difícil com 7 matérias… reverter reprovação assim de várias matérias só se você tiver um déficit de atenção, uma hiperatividade ou algo do tipo que não foi assistido.. ou teve algum problema muito sério … fora isso é quase que impossível…

    Mas tente..qual é o seu Estado?

    1) Tente reclassificação no mesmo colégio ou em outro
    2) Se for do Estado de São Paulo é previsto a reclassificação
    3) Recorra da decisão com Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola e se indeferido faça outro documento Recurso para a Secretaria de Educação..

    ok? abraços

  653. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 6:31

    Rosana, entre com o Recurso e com a Reclassificação .. um procedimento não interfere no outro..porque a reclassificação só ocorrerá depois que iniciar as aulas ..

    É difícil reverter reprovação no SESI.. mas tente os dois recurso e reclassificação..

    abraços

  654. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 6:37

    Melba Cabral, tente .. não é demais tentar, ok?

    Sim, use o argumento que não teve apoio da escola e anexe o laudo médico com o diagnóstico e com o CID.

    ok? abraços

  655. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 15:51

    Katia não acontece nada , mas você poderá encaminhar um documento direto para o dirigente regional de ensino dizendo que está ocorrendo o decurso de prazo para ele tomar providências.

    Mas atenção .. se a escola fechou para recesso de final de ano ele pode não ter encaminhado o documento , mas assim que retornar e agora todas já voltaram ela deve ter feito isso..

    abraços

  656. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 15:52

    Yara Costa , qual é o seu Estado? Escola pública ou privada?
    Aguardo

  657. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 16:12

    Lucas Caetano, difícil .. sempre é difícil reverter reprovação ainda mais em 7 matérias.. torça por um milagre.
    Qual é o seu Estado?
    aguardo

  658. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 16:46

    Rafaela Medeiros Lemos, vamos entender melhor…

    1) Qual é o seu Estado?
    2) Qual a sua cidade?
    3) Quanto soube da reprovação?
    4) A mudança de turno noturno para o diurno ocorreu na mesma escola?
    5) Qual o período que ocorreram as greves? Quantos dias você lembra?
    6) Quantos anos você tem?
    Aguardo

  659. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 18:00

    Alessandra.. não que eu saiba.. os prazos são rigorossísmos..

    Mas vejamos as possibilidades.

    1) Quando soube da reprovação?
    2) Do dia que soube tem 10 dias para recorrer.
    3) Nesse prazo de 10 dias a escola estava fechada em recesso?
    4) Se estiver você poderá tentar..
    5) Se a escola retornou as atividades dia 04/01 ou 11/01 penso que vc pode tentar interpor o Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola dizendo que a escola estava fechada e somente agora soube que poderia recorrer.
    6) Outra possibilidade se vc tiver condições financeiras é buscar ajuda em um advogado (posso indicar de São Paulo especialista em direito educacional) e ele poderá discutir na Justiça o seu direito a recorrer … Mas isso apenas se for um caso que tenha chances de reverter, por exemplo, se o aluno ficou em muitas disciplinas, é difícil.. mas se for um caso de inclusão não assistida é bem mais tranquilo.. Tudo depende do caso, ok? Caso precise de ajuda entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  660. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2016 @ 20:03

    Giovana querida.. qual é o seu Estado e cidade? Escola pública ou particular?
    Aguardo

  661. Katia comenta,

    janeiro 16, 2016 @ 2:13

    Primeiramente quero agradecer pela sua atenção…
    Sou do estado de São Paulo, como disse antes já dei entrada com recurso na escola para a diretoria de ensino, pelo que vc me enviou à escola tem 5 dias para preparar a documentação enviar a diretoria??? E se a mesma perder o prazo???

  662. Márcia Ribeiro comenta,

    janeiro 16, 2016 @ 2:52

    Olá,você nem imagina o quanto já me ajudou,mas sempre tem alguma duvida.Meu filho tem 15 anos tem TDAH e Sindrome de Asperger,passou no ensino médio com o técnico na federal de SP,é muito inteligente más devido as suas necessidades nunca se adaptou socialmente e começou a se esconder e tivemos de voltar com ele para sua escola antiga que é da prefeitura,como não teve nenhuma ajuda é claro foi reprovado e eu já recorri,más a coordenadora já me avisou que sera muito difícil que ele seja aprovado.Será que é realmente assim?

  663. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2016 @ 3:12

    Márcia Ribeiro, em geral aluno com necessidades educacionais especiais que não foram atendidos em suas necessidades são aprovados pela Diretoria de Ensino.

    Mas como a escola é da prefeitura não sei como é o processo .. não sei se segue as Deliberações do Conselho Estadual de Educação… No seu município tem Conselho de Educação Municipal?

    Se não tiver acredito que é possível dar continuidade via as Deliberações…Se for assim.. e se estiver bem caracterizado a TDAH e síndrome de asperger , a escola sabendo desde o início, a DE em geral aprova o aluno.

    Se porventura o seu Pedido for indeferido e o Recurso junto a DE for indeferido eu recomendo que procure o Ministério Público do Estado de São Paulo, área de inclusão e educação e explique que o seu filho não foi assistido e ficou reprovado.

    Hoje com a lei federal n.13.146/2015 vigorando é um apoio e tanto, sem contar há a lei do transtorno do espectro do autista, decreto federal n.8368/2014

    Art. 4o É dever do Estado, da família, da comunidade escolar e da sociedade assegurar o direito da pessoa com transtorno do espectro autista à educação, em sistema educacional inclusivo, garantida a transversalidade da educação especial desde a educação infantil até a educação superior.

    § 1o O direito de que trata o caput será assegurado nas políticas de educação, sem discriminação e com base na igualdade de oportunidades, de acordo com os preceitos da Convenção Internacional sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência.

    Se a escola não o assistiu em suas necessidades descumpriu o Decreto porque não proporcionou oportunidades iguais ..

    Pode reprovar aluno com deficiência ou necessidade especial? Pode, desde que a escola tenha cumprido a assistência devida, caso contrário não.

    ok? abraços!!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  664. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2016 @ 3:14

    Katia, não acontece nada .. acontecia na Deliberação CEE-SP n.120/2013 mas foi alterado pela n.127/2014 .. antes se perdesse o prazo o aluno estava automaticamente aprovado, agora não mais…

    abraços!

  665. fabio comenta,

    janeiro 18, 2016 @ 12:07

    OLA…BOM DIA ME CHAMO FABIO MORO EM SC E MINHA SOBRINHA PASSOU NO TESTE DA POLICIA MILITAR DO PARANA PARA INGRESSAR NO COLEGIO MILITAR E ACABOU REPROVANDO NA 9 SERIE E AGORA ESTAMOS COM DIFICULDADES PARA CONSEGUIR Q ELA INGRESSE NO COLEGIO MILITAR ,A DIRETORA DO COLEGIO DELA ONDE REPROVOU DISSE QUE NÃO HA O Q FAZER POIS ELA REPROVOU EM MATEMATICA E PORTUGUES,GOSTARIA DE SABER O QUE POSSO FAZER PAAR QUE ELA NÃO PERCA A CHANCE DA VIDA DELA….OBRIGADO….

  666. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 19, 2016 @ 14:11

    Fabio,

    Em Santa Catarina há uma Resolução CEE-SC n.183/2013 http://www.centrodestudos.com.br/Artigos/Resolu%C3%A7ao%20183%20de%202013%20avalia%C3%A7%C3%A3o.pdf

    página 7, artigos 21 diz como deve ser feito o recurso, porém os prazos são super apertados, dois dias úteis da ciência da reprovação.

    Como vocês não sabiam desta Resolução poderão tentar discutir isso junto ao GERED de sua região.

    Tudo por escrito, alegando que vocês desconheciam que em Santa Catarina há um processo de recurso para ser feito contra o resultado de avaliação final e que na escola nada informou e que você pede que seja avaliado o seu caso em função disso.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa mas cobro honorários, caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  667. Geslania bezerra comenta,

    janeiro 20, 2016 @ 10:47

    Meus filho faz o 4″ ano e reprovou
    Ele estuda em uma sala conjulgada, ou seja, quarto e quinto ano, a professora ensina as duas turmas em um horário só, meu filho é surdo do ouvido esquerdo e desatento, o que posso fazer nesse caso?

  668. Thais Alcebiades comenta,

    janeiro 20, 2016 @ 16:22

    Boa tarde, uma amiga minha ficou na especial do segundo ano do médio, porém passou no terceiro ano, e ela não passou na especial, a escola quer reprová-la, não há uma maneira de reverter essa situação ? Obrigada.

  669. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2016 @ 5:11

    Geslania, recorrer.

    1) Pedido de Reconsideração endereçado para a diretora da escola alegando que o seu filho se encaixa em um programa de inclusão com a lei federal n.13.146/2015 Lei brasileira de inclusão de pessoas com deficiência. Peça a aprovação dele já que ele não foi assistido como devia.

    2) Se for indeferido o seu pedido busque apoio junto ao Ministério Público do seu Estado , área de educação ,e explique o que aconteceu e peça intervençaõ.

    A surdez parcial é muito prejudicial.. ele tem que sentar com o ouvido que ouve voltado para a professora porque se for ao contrário ele não escuta o que a professora fala. É um grande problema.

    é isso! abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  670. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2016 @ 5:17

    Thais Alcebiades, não sei o que é especial? Qual é o seu Estado? Escola pública ou particular?
    Aguardo

  671. Bárbara comenta,

    janeiro 25, 2016 @ 21:50

    Olá sonia, boa noite
    Tenho uma duvida… Estou no Terceiro ano do ensino medio, fiquei em recuperação final em Matemática, e a escola me repetiu, sendo que, prestei vestibulares no final de 2015 e passei em alguns.
    Se eu mostrar algum comprevante de aprovação, do mesmo jeito eles podem me repetir?
    E descartando a possibilidade dos vestibulares, minha escola é particular, ela poderia mesmo assim me repetir por uma só materia?

  672. Keivyd comenta,

    janeiro 26, 2016 @ 18:36

    Boa tarde, eu fiquei retido no 9°ano em gramática, matemática, espanhol precisava de 2 pontos para ser aprovado pelo conselho de classe não fui o coordenador falou que eu não poderia ser aprovado pois o conselho de classe não aprovava um aluno por 3 matérias é porque era questão de pontos, não de décimos. Porém nessa mesma escola aconteceu dois casas bem contraditórios uma menina que cursava o 1° ano do ensino médio fez duas provas finais, é zerou todas duas ela precisava de 2 pontos em cada matéria é não foi reprovada, o outro caso foi de um amigo que cursava o 9° ano junto comigo ele também foi retido em duas matérias precisava de 2 pontos em cada matéria é foi aprovado pelo conselho de classe fiquei muito confuso pois o coordenador tinha falado que o conselho não aprovava alunos por questões de pontos, é também como eu fiquei em 3 matérias precisando de 2 pontos pontos em cada ele citou um exemplo de que se em alguma das 3 matérias fosse questão de décimos eu seria aprovado apenas na matéria é iria cursar dependência das outras duas o que fazer ? Tenho direito a ir pra o 1° ano médio ?

  673. luana comenta,

    janeiro 26, 2016 @ 19:40

    ola faço o 9 ano reprovei em matemática so que a diretora da escola que estudo não deixa fazer depemdencia

  674. Renata comenta,

    janeiro 27, 2016 @ 13:48

    Querida , curso biomedicina na estacio macapa onde a nota minima para aprovação é de 6,00. No sistema da faculdade aparece a minha nota no valor de 6,20 no entanto consta como reprovado . Fui falar com o coordenador do curso e ele disse que consta assim por conta de uma das minhas notas serem abaixo de 4 então o sistema “zera” a nota mesmo eu tendo recuperado e obtido média suficiente na segunda avalicao para que eu pudesse passar. Que medidas posso tomar para que eu possa conseguir ser de fato aprovada ?

  675. Preto Lopes comenta,

    janeiro 27, 2016 @ 22:39

    Boa tarde!, eu sou GIVANILSON e cursei o 8 ano em 2015 sendo agora tenho 17 anos e estou no nono mais o pessoal da secretária querem mim colocar na progressão. Pode isso?

  676. luciana comenta,

    janeiro 28, 2016 @ 2:54

    Profa. Sônia boa noite, sou mãe de aluna matriculada em rede estadual , onde houve greve , por 3 meses, e fiquei sabendo no dia 18/01/15 que ela estava retida em 7 matérias , sendo que as aulas só começaram após as férias , entrei com recurso no mesmo dia , e tenho duvidas ,os dez dias corridos será no dia 28/01, ou 29/01 ?, eles ainda não entraram em contato , se não entrarem posso pedir a aprovação automática a partir de que dia ?

  677. luciana comenta,

    janeiro 28, 2016 @ 3:00

    Me desculpe esqueci de mencionar que somos de São Paulo. Obrigada

  678. wallan comenta,

    janeiro 28, 2016 @ 11:50

    ola bom dia

    meu nome e wallan sou de curitiba PR e gostaria de saber se pode me ajudar.
    estou no segundo ano do ensino médio mas fui ” reprovado” em duas materias (fisica e portugues )injustamente ambas foram porque perdi provas e trabalhos em um dia que faltei mas estava de atestado medico , fiz requerimentos para fazer a segundo chamada na secretaria e pedagogia do celegio .
    A professora de fisica fez a prova e me deu a nota XX , so que no meu boletim estava totalmente zerado pois ela nao colocou a nota que eu tive na prova .
    O professor de portugues se recusou a me passar a segunda chamada de seu trabalho alegando que ” nao era dever dele passar a segunda chamada do trabalho para mim ” e por causa deste trabalho reprovei por 0,10 decimos .
    devo recorrer a CEE-SP n.127/2014 ?

    obrigado.

  679. luciana comenta,

    janeiro 28, 2016 @ 14:27

    Boa tarde , Prof. Sonia desculpe insistir , mas não sei como proceder ate o momento a escola de minha filha não entrou em contato , eu que tenho que ligar ou eles que tem que dar a resposta , pelo que verifiquei hoje é o ultimo dia ,já que protocolei o pedido no dia 18/01,mas não sei como proceder a partir de agora. Eu que ligo para saber a resposta ou eles entram em contato. Obrigada

  680. Silvane A R Pontes comenta,

    janeiro 28, 2016 @ 18:58

    Boa tarde,
    minha filha é estudante do INSTITUTO FEDERAL SUDESTE DE MINAS – IF, em 2014 ela foi reprovada no 1º ano em várias disciplinas, em 2015 ela repetiu o 1º ano, tornou ser reprovada, só que agora apenas em uma disciplina (Física) e por poucos pontos, fechou com 48,2 e precisaria de 50 pra passar pro 2º ano. Nessa entidade, o aluno nao pode repetir mais que dois anos a mesma série, sendo assim ela é obrigada a deixar a escola e ir pra outra. Gostaria de saber se minha filha tem direito de fazer a matricula no 2º ano de uma escola estadual e fazer dependência da disciplina que ficou pendente na escola, que é Federal.

  681. queli comenta,

    janeiro 29, 2016 @ 1:43

    Olá. Tenho um filho de 12 anos, que foi reprovado no 7º ano da 6ª série. Há 4 anos foi diagnosticado TDA, tomava medicamento controlado, Concerta 18. E este ano fui solicitada na escola apenas 1 vez no fim do 1º semestre para informar que havia ficado de recuperação, o qual não consegui recuperar. Após a essa conversa na escola, levei o no seu medico que passou para Concerta 36. No segundo semestre fez reforço, porém não houve melhora nas notas. No fim do 3º bimestre eu e o pai resolvemos leva-lo em uma psicóloga, por decisão nossa, a escola em momento algum se manifestou perante a dificuldade do meu filho. O ano acabou e meu filho foi reprovado. Quando a psicóloga fez a devolução do teste psicológico, dia 13/01, eu me espantei, ao saber que meu filho, na escola, estava sofrendo bulling e consequentemente com depressão. Ele não fala mas sei q não aceita a retenção, está em seus olhos. O que faço, devo procurar um advogado. Por favor me oriente mais breve para que eu possa tomar a decisão certa.

  682. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:18

    Bárbara, sim pode reprovar em uma única matéria, mas não deveria e sim pode reprovar mesmo vc entrando na faculdade, porque o ingresso na faculdade, não dispensa ser aprovada no Ensino Médio.

    1)Faça um Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola apresentando comprovantes de sua aprovação em vestibulares e dizendo que precisa ser aprovada.

    2) Se indeferido .. faça o Recurso se no Estado de São Paulo tem prazos e é para Diretoria de Ensino, ok? Se de outros Estados impetre ação de obrigação de fazer. Constitua um advogado..

    abraços

  683. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:30

    Luciana, ligue, nada impede.. e se a escola não lhe der retorno, entre em contato com a DE e entregue documento de decurso de prazo, ok?

    As escolas estão entrando em contato agora, várias entraram no dia 28 , 29, 26 ..

    abraços

  684. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:31

    Olá Luciana, não pode porque a Deliberação n.127/2014 não prevê isso. A anterior previa, mas com a alteração da 127 , essa aprovação automática caiu… infelizmente…

  685. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:32

    Preto Lopes é porque há uma defasagem grande de idade série.

    Com a sua idade já deveria ter terminado o Ensino médio.

    Por isso que estão querendo fazer isso.. eu acho que será melhor para você.. você não acha por qual motivo?

  686. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:43

    Wallan, não… a Deliberação CEE-SP n.127/2014 diz respeito apenas ao Estado de São Paulo.

    No Paraná faça o seguinte:

    1) Elabore um Pedido de Reconsideração explicando tudo isso endereçado para a direção da sua escola.

    2) Se o pedido for indeferido você entra em contato com a Ouvidoria ..veja como fazer o procedimento http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    abraços

  687. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:50

    Silvane, depende da escola. Se tiver uma escola pública que tenha em seu Regimento o expediente da dependência pode sim.

    abraços

  688. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 1:55

    Queli,

    Pode recorrer desta reprovação.

    você não diz que Estado é .. Se for do Estado de São Paulo precisa saber se ainda tem prazo para recorrer..

    De outros Estados não tem prazo mas também não há ato normativo que discipline o processo de recurso.

    Recomendo

    1) Faça o Pedido de Reconsideração anexando laudos antigos e o recente e peça a reconsideração da decisão e , portanto, a aprovação.

    2) Se for indeferido e vc for de Outro Estado que não o de São Paulo busque o Ministério Público ou se tiver condições financeiras um advogado. Posso indicar um..

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários.. caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  689. luciana comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 2:13

    Bom dia Prof.Sonia ,fui ao D.E no dia de hoje e me pediram para ir a escola , lá chegando verifiquei que a data da resposta estava datada com o dia 20/01/2016, mas a escola não entrou em contato ,então fiz um decurso de prazo, pois foi protocolado no dia 18/01/2016 , pois foi mantida a reprovação ,eles tinham 10 dias para analisar ,mas em 2 dias já resolveram todo o processo, e se passaram os dias e eles nem entraram em contato. Preciso que a senhora me informe alguns nomes de advogados ,pois se a minha filha foi lesada com perda de simulado , ficou retida por falta de nota . Mas mesmo ela pedindo e eu também para
    procurarem ou darem outro simulado ficou por isso mesmo. Pois apos a decisão da D.E,preciso passar para um advogado ,pois a escola disse que todas as notas estão no gabarito. Eu pedi várias vezes durante o ano para me mostrarem esse simulado e eles se negaram, mesmo dizendo a eles que sem essas notas ela iria ser prejudicada e não me deram a minima importancia .Obrigada

  690. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 2:30

    Renata, é bem difícil conseguir reverter uma reprovação de ensino superior porque eles tem um Regimento próprio.

    O único modo se for possível é via Justiça.

    Constitua um advogado e veja com ele o que se pode fazer ok? Ele poderá notificar a faculdade para esclarecer os critérios avaliativos e se houver falhas seguir com uma ação de obrigação de fazer ou mandado de segurança.

    ok? abraços

  691. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 2:39

    Luciana, vou lhe enviar contato da advogada por e-mail,ok?

    ok!

  692. luciana comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 2:50

    Obrigada Prof. Sonia,entrarei em contato com ela.

  693. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 4:39

    Keivyd,

    Infelizmente Keivyd você tem que recorrer porque sem ter sido aprovado nessas matérias você não tem direito de seguir para o 1o ano.

    Tem que recorrer.

    1) Faça um Pedido de Reconsideração endereçado para a direção da escola

    2) Se for indeferido terá que tentar na Secretaria o problema é se o seu Estado não tiver um ato normativo que discipline o processo de recurso…

    Outra coisa que vc poderia tentar é a reclassificação em uma outra escola.

    Mas terá que verificar se na escola que você for tem este expediente.

    Você é de qual lugar?

  694. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2016 @ 4:40

    Luana, não deixa por que? Será que não tem no Regimento Escolar? Se não tem no Regimento ela não tem como lhe oferecer dependência..

    Qual é a sua cidade e estado? escola pública ou particular?

  695. Keivyd comenta,

    janeiro 31, 2016 @ 0:33

    Sou da Paraíba

  696. Jheniffer Rodrigues Belina comenta,

    fevereiro 1, 2016 @ 16:40

    Então fui reprovada ano passado no 1 ano do ensino médio , e tinha uma menina que passou sem fazer provão e sem o conselho , e eu fui fazer o provão e não tinha exatamente nenhuma reclamação , eu reprovei por 2,5 em duas mateira geografia e química sendo que já tabela de reprovação eles não colocaram que reprovei em química ,então mudou a direção do colégio hoje 2016 e fui lá tenta resolver eles disseram que não tenho exatamente nenhum direito de correr atrás tinha direito em 48 horas , como posso fazer ra a correr atrás disso ?? Pfv me ajuda

  697. Itamar Xavier comenta,

    fevereiro 2, 2016 @ 18:28

    Boa tarde professora e obrigado pelas respostas e orientações.
    Venho novamente pedir uma ajuda.
    consegui que meu filho pague as materias que ele ficou reprovado( foram 3) no CES-(Centro estudo supletivo) e procurei pela escola no qual estou querendo matricula-lo pra fazer o 1º ano do ensino medio e mesmo assim me negaram, dizendo que só aceitariam se ele tivesse ficado em 2 materias, estranhei quando a diretora me perguntou quais foram as materias( respondi que foram Port, mat e ciencias) tds por decimos( 0,5/0,2 e 0,7 na sequencia de materias acima) e dai ela disse que não poderia, fiquei meio confuso, pq se ele tivesse ficado em outras materias, a escola aceitaria? Outra coisa foi que na ex-escola me disseram que no municipio as escolas aceitam com media acima de 6 que foi o caso dele. Tambem fiquei indignado porque o professor de matematica que o reprovou por 0,2 decimos disse que se ele tivesse assistido as ultimas aulas talvez ele aprovaria, nesse mesmo periodo meu filho machucou o pe, mostrei pra ele o receituario medico e fotos do pe machucado, alem de leva-lo pessoalmente para o mesmo ve-lo, mesmo assim ele não aceitou… isso cabe recursos?
    Novamente obrigado e PARABENS por ajudar tantas pessoas.
    SUCESSO SEMPRE
    ITAMAR-CIDADE DUQUE DE CAXIAS – RJ

  698. pedro comenta,

    fevereiro 2, 2016 @ 23:02

    Olà,meu nome è pedro e fiquei de reclassifiicaçao e nao conseguir paassar em algumas materias,estou cursando o nono ano e pretendo passar pro primeiro ano com dependencia issso é possivel ? Moro em paraopeba mg e creio que posso ter uma outra chance passando com dependencia ?

  699. pedro comenta,

    fevereiro 2, 2016 @ 23:07

    Minha escola e pulblica, E.E Conselheiro Afonso Pena

  700. Elias Luiz bezerra comenta,

    fevereiro 3, 2016 @ 20:19

    Boa tarde. Eu fiz o enem 2015 passei em 3 matérias mais a redação, mais em linguagens e suas tecnologias reaprovei por 1 décimo tem como rever isso.

  701. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 5, 2016 @ 14:15

    Jheniffer Rodrigues Belina, você é de qual Estado e cidade? Escola pública ou particular?
    Aguardo.

  702. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 5, 2016 @ 14:44

    Keivyd, ok.. faça o que eu lhe disse porque aí não há prazo para recorre, ok?

    abraços

  703. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 6, 2016 @ 2:07

    Elias Luis infelizmente o edital é claro tem que necessariamente atingir 450 pontos em todas as áreas e 500 em redação. Se não atingir não tem como pegar o certificado por exemplo.
    Não tem como rever, somente na próxima edição do ENEM ,ok?
    abraços

  704. Isadora comenta,

    fevereiro 9, 2016 @ 18:15

    Olá tudo bem? Estou com uma duvida, poderia me ajudar por favor?
    Assim, eu reprovei o primeiro ano e minha mãe entrou com um pedido na delegacia de ensino para eu poder passar para o próximo ano. Eu acabei mudando de colégio e a escola já começou, fiz varias amizades e não quero passar para o próx ano, já me envolvi com a sala que estou, mesmo porque eu acabei reprovando o ano por falta de maturidade nos estudos, nasci em setembro, era para eu estar mesmo no primeiro, no segundo agora estaria adiantada, e estou com medo de caso passar para o segundo, acabei reprovando novamente! Se eu fosse aceita pela delegacia de ensino, teria como eu continuar no primeiro em vez de ir para o segundo? Grata pela informação! Um abraço!

  705. Tarcisio Leal comenta,

    fevereiro 11, 2016 @ 12:31

    Olá professora Sônia. Sou do estado do Rio de Janeiro e estudei em um colegio público federal até o ano de 2012, onde fui reprovado em uma materia, fiz recuperação final como outros colegas e as notas so foram lançandas após o conselho de promoção. Todos os alunos tiveram muita dificuldade na realizao da mesma, e dentre todos havia um colega que precisaria tirar uma nota de 1 ponto a mais que eu, sendo que a prova valia 10 e eram 10 questoes e ao terminar a prova eu o indaguei de como tinha ido na prova e ele respondeu que não tinha realizado todas questoes enquanto eu tinha. Enfim para minha surpresa todos os colegas conseguiram aprovação menos eu, e por nao acreditar no resultado indaguei alguns professores sobre o que havia acontecido lá, e com muita dificuldade ouvi que professor da materia tinha imposto a condição que só um de nós dois poderia passar, sendo que eu nunca antes havia necessitado do conselho, não pesava sobre mim nehuma culpa ou ato infracional dentro do colegio, apesar de eu nao ter nada contra este colega, as coisas pejorativas em seu curriculo contaram a favor de sua aprovação, como ja ter reprovado de serie, ter precisado do conselho em outros momentos. Estou relatando bem resumidamente a história, mas me sentia perserguido por esse professor por motivos alheios a minha pessoa, me senti muito injustiçado. O que a senhora me aconselharia a fazer?

    Desde já agradeço.

  706. Elenice comenta,

    fevereiro 15, 2016 @ 23:28

    Olá Sônia!
    Boa noite!
    Minha filha ficou retida em 5 matérias por apenas um ponto!
    Participei de todas as reuniões e o que me deixou mais triste é que a escola não faz recuperação, ela não tem faltas e tem notas ótimas de trabalhos e foi mal nas provas!
    Fiquei muito chateada com a avaliação da professora de educação física!
    A professora faz campeonatos de danças e a minha filha não gosta, é muito tímida!
    A minha opinião é que ela deveria ter uma outra maneira de avaliar os alunos!
    Não concordei, recorri, a escola até agora não me deu resposta é ainda colocou a minha filha no período noturno se ela estudava no período da manhã!
    O que devo fazer?
    Obrigada!

  707. Leonardo comenta,

    fevereiro 16, 2016 @ 2:06

    Olá eu gostaria de saber mais sobre o meu caso e o que eu posso fazer para reverter. Reprovei do 1° ano do ensino médio com muitas trocas de colegio no ano então aceitei que a escola não poderia fazer nada para ajudar então repeti o 1° ano e de novo reprovei más minhas notas não estavam ruim para tal ato estou aguardando o colégio ver o que pode resolver mas tem como eu fazer algo a respeito sobre precisar ir na seduc?

  708. marcus comenta,

    fevereiro 16, 2016 @ 11:41

    fui reprovado num curso por falta mas tenho um documento informando que estou aprovado na matéria em que fui reprovado posso conseguir o certificado com esse documento ou terei que refazer a materia?

  709. Henrique Mendes comenta,

    fevereiro 16, 2016 @ 21:22

    Meu nome é Henrique,sou aluno de ensino superior,curso Análise de Sistemas.
    Mas o quem tem sido superior é a minha situação.
    Tenho déficit de atenção e deficiência hormonal e devido a isto,não tive um ensino regular,ainda na segunda reprovação,havia descoberto que tinha déficit de atenção. Entretanto,a descoberta não amenizou seus efeitos e consequências. Tornei-me a ser reprovado e agora,existe o risco de jubilamento (desvinculação de matrícula do aluno da instituição,por índice de reprovação).
    Há algo previsto em Lei que possa mudar isto – além da minha permanência na instituição superior,eu seguir para o período seguinte. Pois além de os professores não me terem me cedido tempo extras para realização de avaliações bimestrais,a uma das matérias que fui reprovado – professor já estava lecionando a matéria do semestre seguinte,neste caso, Estrutura de Dados.
    Caso não seja possível – eu terei de aceitar que não foi possível devido a uma série de fatores desfavoráveis e que devo seguir outro caminho.

  710. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 0:31

    Henrique Mendes,

    Você tem direito sim a uma inclusão com tempo extra, elaboração da prova em local separado.

    1) Você tem que ter um laudo atual , se possível de médico e com CID.

    2) Tem que ingressar na faculdade com um documento solicitando a sua inclusão e reverter a sua reprovação em razão disso.

    3)Se precisar de um advogado para lhe acompanhar os trâmites me avise para eu lhe indicar um especialista em inclusão, ok?

    Tem direito sim e deve correr atrás disso…

    Lei federal n.13.146/2015 , artigo 28.

    abraços

  711. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 0:41

    Marcus, a condição de receber o certificado é aprovação.

    A aprovação tem, necessariamente que ser do rendimento e da frequência.

    Se vc ficou reprovado de frequência, ficou reprovado não a ser feito infelizmente.

    ok?

    abraços

  712. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 0:42

    Leonardo, qual é o seu Estado? Porque dependendo o prazo para recorrer já expirou.

    Aguardo

  713. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 0:44

    Elenice,

    1) Qual é o seu Estado?
    2) Escola pública municipal ou estadual?
    3) Quantos anos tem a sua filha?

    Aguardo


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  714. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 4:48

    Itamar , cabe recurso , mas o problema é que no Estado do Rio de Janeiro não há ainda um ato normativo que discipline o processo de recurso.. você pode entrar com o Pedido de Reconsideração endereçado para a escola, mas se a escola indeferir não terá a quem recorrer porque o SEEDUC não faz nada ..

    Eu mesma entrei com uma representação junto ao CEE-RJ e estou aguardando resposta a respeito de como os pais entram com recurso aí mas ainda não soube de nada.

    Mas tente.. com o Pedido de Reconsideração..

    abraços e obrigada!


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  715. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 4:55

    Pedro, não sei lhe responder..

    Acho difícil do 9o ano para o 1o ano levando uma dependência.. vai depender da sua escola,ok?

    abraços

  716. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 5:45

    Isadora,

    Difícil heim?

    Se a DE disser que vc deve ir para o 2o ano deverá seguir para o 2o ano porque se a DE concluir é porque houve falha da escola com relação a você, ok?

    Aguarde.. .

    abraços

  717. jessimara comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 9:22

    Dr sônia , queria saber se e crime em uma escola particular nao houver conselho de classe e por desorganizaçao ali mesmo alguns escolherem quem passa ou nao , ate porq achei estranho … á materias em que fiquei mas q consegui recuperar .. fiquei pedente em uma só pois acabei faltando por saúde o professor disse q iria resolver no conselho … dias depois … fiquei sabendo q fiquei i isso foi um chock e tanto.. depois conversei com um dos meus professores e soube assim.. q nao teve conselho quando informei isso a alguem disse q eu podia atras ou denunciar pois em plena escolar particular isso n podia ocorrer

  718. Julio comenta,

    fevereiro 17, 2016 @ 12:18

    E com relação a escola:

    1. O Pai quer que o Filho continue na série (1º ano), pois considera que o mesmo não teve o aproveitamento que deveria. Qual procedimento a escola deve tomar?

    2. O aluno foi retido, pois a escola achou que o mesmo não teve rendimento necessário. O que pode acontecer com a escola? Existe algum tipo de punição? Se existir, a escola será punida mesmo o pai da criança ter consentido com a retenção?

    Sou do Ceará.

  719. Nicole Limias comenta,

    fevereiro 18, 2016 @ 22:19

    No ano letivo de 2015 fiquei devendo um trabalho de compensação de ausência onde a coordenadora disse que estava incorreto depois de inúmeras vezes que tentei arrumar.
    Depois do termino do ano letivo de 2015 onde fui aprovada para o terceiro ano do colegial a coordenadora me convocou a sala dela e disse que se eu não entregar esse trabalho (que já deixei bem claro que não consigo fazer) ate o dia 19/02/16, a direção ira me retornar ao segundo ano mesmo depois de ter sido aprovada para o terceiro. Eles podem fazer isso? O que posso fazer? Não sei o que fazer.

    PS: Pedi ajuda a ela, mas ela disse que não pode fazer nada por mim.

  720. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 19, 2016 @ 0:22

    Julio,

    1) Você deve pedir informação junto a Secretaria de Educação que supervisiona a escola de Ensino Fundamental porque cada Estado da Federação tem suas especificidades.

    2) No Estado de São Paulo está proibido reprovar aluno no 1o ano do Ensino Fundamental porque se está seguindo a Resolução CNE/CBE n.07/2010 que diz em seu artigo 30 que não é para reprovar alunos nos três primeiros anos do Ensino Fundamental. O Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo fez um Parecer dizendo que não pode.

    3) Então, se você é escola, recomendo que faça uma consulta junto ao Conselho Estadual de Educação explicando a situação e perguntando se você pode reter o aluno.

    4) Tudo depende do Conselho Estadual de Educação do Estado do Ceará. Qual é o entendimento do Conselho? Não há punição … mas se CEE entender que não deve reprovar seguindo a Resolução do Conselho Nacional de Educação dirá para a escola o que deve ser feito.

    Quem supervisiona escolas particulares, estaduais é o Conselho Estadual de Educação que cria Deliberações , Pareceres em conjunto com a Secretaria de Educação do Estado.

    Então depende do CEE.

    Eu recomendo que faça consulta para poder resolver esta questão,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  721. Ingrid carolina comenta,

    fevereiro 22, 2016 @ 10:38

    Ola , bom dia !
    O meu caso é um pouco complicado pois eu fiz um curso técnico na area de enfermagem e conclui esse curso porém reprovei no estagio , no caso no entando eu teria que pagar o estagio novamente e não quero fazer na mesma instituição de ensino , eu tenho a parte teórica totalmente concluida e fechada inclusive aprovada no tcc , queria saber se teria o direito de pegar essas notas e ir completar a carga horaria de estagio em outra instituição onde me sinto melhor com os professores e gestão da escola , como teria que proceder para fazer valer as notas de uma escola para outra ? Seria possivel valer e nao ter que fazer a parte teórica novamente ? Por favor preciso de sua ajuda ! Obrigada

  722. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 1:59

    Ingrid Carolina,

    Não sei lhe responder porque eu teria que analisar a Matriz Curricular da sua escola e da escola que você quer se transferir.

    Teoricamente sim.. pedir a transferência de escola .. a nova escola terá que analisar a Matriz Curricular e verificar se não equivalentes .. mas nem toda escola tem a mesma carga horária e as mesmas disciplinas.

    Faça o seguinte… leve seu boletim na escola que vc quer a transferência e verifique com a direção da escola se é possível fazer a transferência sem ter que refazer a parte teórica, ok/

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  723. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 3:36

    Nicole , como assim?

    1) Você foi aprovada em desempenho
    2) Ficou reprovada por falta
    3) O trabalho de compensação de ausência não foi entregue e a escola não pode compensar a ausência sem o trabalho.

    É isso?

    O jeito é entregar um trabalho, errado ou não, mas entregar.

    Se ficar reprovada entre com Recurso.

    Primeiro para a direção Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor solicitando que a sua compensação de ausência seja aceita ,mas entregue qualquer trabalho e peça que a reclassifiquem para o 3o ano.

    Se você for do Estado de São Paulo tem um ato normativo que diz que é possível fazer isso.. RESOLUÇÃO SE Nº 20, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1998

    Artigo 2º – A reclassificação definirá a série adequada ao prosseguimento de estudos do aluno, tendo como referência a correspondência idade/série e a avaliação de competências nas matérias da base nacional comum do currículo.
    § 1º – A avaliação de competências deverá ser realizada, até 15 dias após solicitação do interessado, por docente(s) da unidade escolar indicado(s) pelo Diretor de Escola.
    § 2º – Poderá ser reclassificado, nos termos da presente resolução, o aluno que não obteve freqüência mínima de 75% do total de horas letivas para aprovação no ano anterior.
    § 3º – O aluno que, nas condições previstas no parágrafo anterior, tiver frequentado a recuperação intensiva de férias com resultados satisfatórios será dispensado de nova avaliação e classificado na série subseqüente.

    Faça o Pedido baseando-se nisso.. mas se for menor de idade o documento deve ser feito por um responsável legal ,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  724. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 3:54

    Jessimara,

    1) Não, não é crime.

    2) Você mora onde?

    3) Se você for menor, um responsável legal seu poderá interpor um Pedido de Reconsideração e se for indeferido um Recurso junto a Secretaria de Educação alegando que você esteve doente e que na escola não teve Conselho de Classe.

    3) Eu presto serviço de escrever a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  725. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 23, 2016 @ 4:56

    Tarcisio , desculpe não ter podido responder antes

    Mas quando você foi reprovado? Em 2015?

    Você pode elaborar um Pedido de Reconsideração para a escola e se indeferido para o Conselho Estadual.

    O problema é que no Estado do Rio de Janeiro não há um ato normativo que discipline o processo de recurso.. será feito mas ainda não há.

    Então, o problema é que se a escola não deferir o seu Pedido fica sem onde levar o Recurso. Sugiro que encaminhe para o Conselho Estadual de Educação e ver o que acontece.

    Você pode pedir também uma reclassificação em um outro colégio. É um expediente legal , previsto pela lei federal n.9394/96.

    ok?

    abraços

  726. Clarice Fátima Mouradas comenta,

    fevereiro 24, 2016 @ 21:37

    Quero questionar o outro lado. Como profissional da Educação, acompanhei meus alunos no decorrer do ano com suas dificuldades, êxitos, indisciplinas, avaliações diversas, etc.
    A dirigente de ensino da minha região determina após início de ano letivo 2016, o cancelamento de todas as reprovações da escola. Sou desrespeitada o tempo inteiro e agora até aqueles que deveriam nos valorizar, nos desrespeitam com essa decisão abusiva.Gostaria muito de saber o seu ponto de vista.

  727. viviane santos comenta,

    fevereiro 25, 2016 @ 21:53

    boa noite, você pode me ajudar sobre o seguinte: meu filho está no 9ºano e provavelmente ficará reprovado em CFB, o problema e que de acordo com a provas realizadas a professora dele passa o conteúdo muito avançado por exemplo: ela trabalha conteúdo em sala de aula de modo superficial e na hora das provas a mesma não tem a dignidade de elaborar suas próprias questões e pega questões de vestibular para alunos do 9ºano. compreendo que a mesma precisa prepará-los para o ensino médio mas que isso seja feito de forma adequada e respeitando o ciclo em que os alunos estão uma vez que de acordo com a lei 9392/96 isso precisa ser respeitado por isso a existência dos PCNs. estou desesperada uma vez que meu filho ficará reprovado em uma unica matéria. tem alguma coisa que eu possa fazer?

  728. viviane santos comenta,

    fevereiro 25, 2016 @ 21:55

    *A lei que cito anteriormente foi errada, desculpa refiro-me a lei 9394/96.

  729. viviane santos comenta,

    fevereiro 25, 2016 @ 22:01

    a lei que me refiro e a 9394/96, desculpe!

  730. Mariana comenta,

    fevereiro 26, 2016 @ 15:12

    Boa tarde! Minha filha ficou em dependência em espanhol no 7º ano, está cursando o 8º. Essa matéria pode reprová-la? Obrigada

  731. Mariana comenta,

    fevereiro 29, 2016 @ 13:48

    Bom dia! Espanhol pode reprovar um aluno? Obrigada

  732. Guilherme comenta,

    março 1, 2016 @ 19:11

    Oi,
    Gostaria de saber se há algo que eu possa fazer a respeito da minha reprovação escolar.
    Estudo em uma escola estadual no Rio Grande do Sul e aqui é usado o conceito no lugar de notas, e no ultimo trimestre eu não atingi o conceito que precisaria para passar na área de Matemática e na de Ciências de Natureza. A escola propôs a nós alunos uma prova para cada área e mais uma redação que somaria junto, infelizmente não consegui atingir CSA nas áreas que tinha ficado em recuperação mas na área de Ciências da Natureza atingi o conceito CPA e minha professora tinha dito que eu tinha atingido o conceito CSA na redação ai sendo esse o caso eu aprovaria pois a redação iria me ajudar a ficar com CSA na área da C. Natureza más ai como fiquei sabendo da reprovação fui atras para rever as provas e a redação e na redação constava que eu tinha ficado com CPA. Há algo que posso fazer ????
    estou preocupado pois se tivesse tido a aprovação este ano estaria no 3° do ensino médio e minha mãe ja tinha feitos planos para a minha faculdade ela saiu de seu emprego pois recebeu oferta em outra cidade para que eu pudesse fazer a faculdade ano que vem.
    Agradeço desde já!

  733. Guilherme comenta,

    março 2, 2016 @ 16:33

    voltei a comenta
    Foi feito uma reunião hoje na escola com os professores da áreas que eu citei acima e por incrível que pareça a professora que havia dito que eu tinha tirado o CSA na redação simplesmente falou que não lembrava disto, ai a professora da área da C. da natureza falou que eu havia reprovado por falta de interesse pois faltava muito nas aulas sendo que na maioria das avaliações propostas eu sempre atingia a nota parcial ou a satisfatória. E quanto as faltas eu sempre ia ao colégio só chegava atrasado pois estudava de manhã e era complicado acordar cedo todos os dias.
    Os professores das áreas que fui reprovado até falaram que eu era inteligente e que era capaz de ser aprovado mas não fui aprovado pois alegaram que eu não frequentava as aulas e que dormia em alguns períodos ( sendo que as vezes os professores nem davam aula ). Eles comentaram também que no ultimo trimestre eu me esforcei bastante nas aulas fazia todos os exercícios propostos em aula e tudo só que falaram que fui me esforçar muito tarde por esses motivos teria reprovado.
    Na minha opinião foi injusto pois sei todo o conteúdo e as vezes eu ia melhor nas avaliações do que os ” CDF” da minha sala, eu creio que o motivo de eu ser reprovado foi porque a professora da área de C. da Natureza não gostava muito de mim e ela já tem uma fama na escola de reprovar alunos porque ela não da o braço a torcer já deve até alunos que processaram ela.
    E agora não sei o que fazer o ano letivo já começou e me botaram numa sala com alunos de idade inferior me sinto excluído e pra melhorar a minha sala é bem em frente a a minha antiga turma que foram todos aprovados.

  734. Milena comenta,

    março 3, 2016 @ 14:14

    Olá, bom dia. Gostaria de tirar uma dúvida. Tenho um professor muito mal educado sinceramente, e esses dias ele escreveu no caderno de uma colega minha algo do tipo ”professor é gato…” e enfim. Ai minha colega me disse ”você viu que ele fez isso, mas eu não queria”.
    Então meu professor me disse assim: ” se você não falar ou fizer as coisas de acordo com o que eu te dizer, você reprova em matemática (a matéria que ele da aula), e ele completou dizendo: você que escolhe, ou faz como eu mando, ou reprova em matemática, simples assim”!
    Ai discuti com ele afirmando que provas e trabalhos são documentos, e se eu mostrar isso ele não tem como me reprovar e enfim, discutimos um pouco mas ele ficou insistindo que vou reprovar se não for como ele quer.
    Poderia me ajudar nessa questão? Não vou com a cara dele, além dele dar em cima das moças da minha sala, e ainda ameaça me reprovar se não fizer a vontade dele. O que eu faço nesses casos? Ou se ele falar isso novamente pra mim com posso rebate-lo? Devo rebate-lo? Muito obrigada desde já!

  735. Yolanda Pereira Morel comenta,

    março 4, 2016 @ 13:09

    Em uma escola de Porto Alegre um aluno foi aprovado para o 4º ano do E.F. Foi detectado que este aluno não tem condições de acompanhar a turma. Este aluno pode ser colocado em uma turma de 2º ano? Qual a base legal?
    Tenho urgência desta resposta.

  736. Flaviana Pinheiro comenta,

    março 5, 2016 @ 20:17

    Boa tarde!
    Sou do interior do maranhão,uma cidade chamada Mirinzal . Meu filho, juntamente com outros colegas ficaram reprovado no 9° ano. Sendo que teve alunos que mesmo estando praticamente reprovados , a escola passou .Devido isso procuramos nossos direitos ,primeiro fomos até secretaria de educação , falamos com o secretário e ele nada fez ai fomos na promotoria ,o Promotor aconselhou q eles fizessem uma nova prova,ate ai tudo bem,só que estão dando somente 5 dias para estudar vários conteúdos. Caso eles não atinjam a media o q poderemos fazer? os pontos qualitativo não conta?.o meu filho era instrutor da banda da escola q estuda ,participava dos jogos estudantis da escola e ate onde sei não era mal comportado na escola . No ano de 2015 s aulas custou começar e os professores faltava contante , tinha tinha dele só ter 3 horários.
    também ,quero que me explique ,ele estuda no turmo matutino e já fiquei sabendo que transferiram ele para tarde sem me informa ,caso ele for mesmo repetir o ano , a escola pode fazer isso mesmo eu não aceitando , sendo que ele é aluno da casa j´um bom tempo?.Por favor me ajude ,pois meu filhos e alguns colegas não poderão participar da banda caso fiquem reprovados e na nossa cidade o índice das drogas é elevadíssimo e n nossa cidade não tem muito a oferecer de bom para eles. Nós ajude

  737. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 10, 2016 @ 15:47

    Yolanda.. não pode.. não há instrumentos legais para retroceder o aluno.
    Eu desconheço.
    A legislação visa a promoção, o avanço e não o retrocesso.
    Não há como.
    O que há para ser feito é fazer para ele um PDI http://www.soniaranha.com.br/plano-de-desenvolvimento-individual-pdi/ específico para este aluno a fim de ajudá-lo em suas necessidades.
    Ele é uma vítima do sistema escolar.
    abraços

  738. Karine Gabriele comenta,

    março 15, 2016 @ 5:22

    Olá, irei contar o que aconteceu comigo, e queria saber se pode me ajudar!
    Em 2015 estava fazendo o 8º ano e reprovei, na minha escola tinha 11 matérias e na qual fiquei em 10, tive muitos problemas pedir provas e etc.
    Então minha mãe ficou muito reocupada com tudo e comecei a fazer um tratamento com uma psicopedagoga, em fui diagnosticada com dislexia e queria saber se existe alguma jeito de reverter isso!?
    Preciso muito de sua ajuda!

  739. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 22, 2016 @ 6:40

    Karine Gabriele, onde você mora?
    aguardo.

  740. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 22, 2016 @ 7:26

    Flaviana,

    O caminho que tomaram é esse mesmo.

    Se nada resultar poderão tentar o Conselho Estadual de Educação, porém no Maranhão não há um ato normativo que discipline o recurso e é bem difícil conseguir reverter uma reprovação.

    Não sei o que lhe sugerir já que buscaram as instâncias corretas e sem resultado.

    Infelizmente não sei um outro caminho,

    abraços

  741. NAZIELIA VIEIRA comenta,

    março 23, 2016 @ 17:50

    Prof Sonia R Aranha…por gentileza tirar uma dúvida, do seguinte caso: recebamos um aluno de nove anos de idade, que estudou em 2014 o 1º ano, sendo que o mesmo foi desistente no primeiro trimestre, em 2015 o mesmo não estudou, esse ano 2016, a mãe do aluno ,procurou esta escola para matricular o (filho)aluno; sendo assim o aluno estudará no 2º ANO, ou 3ºou4º ANO?
    Att,
    Professora Naziélia

  742. Prof. Luiz comenta,

    março 30, 2016 @ 17:30

    Gostaria de saber se um aluno que reprovou no 9º ano e está cursando novamente a série (recuperação de ciclo) pode ser RETIDO NOVAMENTE, o mesmo está com mais de 4 disciplinas com baixo rendimento. Se puder enviar a Lei também agradeço.

    Atenciosamente, Prof. Luiz

    proflc@hotmail.com

  743. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 31, 2016 @ 4:18

    Prof.Luiz,

    Já se tem um prognóstico de reprovação em Março ?
    Mas ainda faltam aproximadamente 138 dias letivos pela frente ?

    Bem, não compreendi a pergunta dado que estamos no início do ano, mas segue a minha resposta:

    Lei: não há nenhuma lei que impeça a reprovação de um aluno mais de uma vez no mesmo ano.

    No entanto, temos vários Pareceres que versam sobre a recuperação. Se a recuperação for cumprida como determinam os Pareceres penso que será bastante difícil reprovar um aluno duas vezes no mesmo ano sem a escola ser questionada.

    Recuperação Contínua e Paralela – lei federal n.9394/96.

    Pareceres CNE/CEB nº 5/97,CNE/CEB nº 12/97, CNE/CEB nº 24/2008 todo eles tratando da recuperação.

    Para ilustrar o Conselho Nacional de Educação em Nota sobre Estudos de Recuperação de 2013 destaca trecho do Parecer CNE/CBE n.5/97 que diz:

    “Os estudos de recuperação continuam obrigatórios e a escola deverá deslocar a preferência dos mesmos para o decurso do ano letivo. Antes, eram obrigatórios entre os anos ou períodos letivos regulares. Esta mudança aperfeiçoa o processo pedagógico, uma vez que estimula as correções de curso, enquanto o ano letivo se desenvolve, do que pode resultar apreciável melhoria na progressão dos alunos com dificuldades que se projetam nos passos seguintes. Há conteúdos nos quais certos conhecimentos se revelam muito importantes para a aquisição de outros com eles relacionados. A busca da recuperação paralela se constitui em instrumento muito útil nesse processo (art. 24, inciso V, alínea “e”). Aos alunos que, a despeito dos estudos paralelos de recuperação, ainda permanecem com dificuldades, a escola poderá voltar a oferecê-los depois de concluído o ano ou o período letivo regular, por atores e instrumentos previstos na proposta pedagógica e no regimento escolar.( grifo meu)

    E continua:

    (…) “ esclarecemos que a recuperação paralela, segundo o Parecer CNE/CEB nº 12/97, não pode ser confundida ou entendida como “ao mesmo tempo”, não podendo ser desenvolvida dentro da carga horária da disciplina.”

    E ressalta:

    “o simples oferecimento de tais estudos, paralelamente ao período letivo regular, não significará o correto cumprimento da norma legal referida. É indispensável que os envolvidos sejam alvo de reavaliação, também paralela, a ser prevista nessas normas regimentais. Em se tratando de alunos com “baixo rendimento”, só a reavaliação permitirá saber se terá acontecido a recuperação pretendida. E, constatada essa recuperação, dela decorrerá a revisão dos resultados anteriormente anotados nos registros escolares, como estímulo ao compromisso com o processo. Estudo e avaliação devem caminhar juntos, como é sabido, onde esta — a avaliação — é o instrumento indispensável para constatar em que medida os objetivos colimados foram alcançados.” .[ grifo meu]

    ok? abraços

  744. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 31, 2016 @ 5:44

    Naziélia,

    Ele deve ser matriculado no 1o ano do ensino fundamental.

    Depois, se for o caso ,vocês reclassificam ele em função da defasagem idade x série.

    Mas primeiramente é preciso matriculá-lo no 1o ano, somente depois faz a reclassificação para a série compatível com a idade. Façam uma avaliação diagnóstica.

    No entanto, será preciso fazer um PDI _ Plano de Desenvolvimento Individual http://www.soniaranha.com.br/plano-de-desenvolvimento-individual-pdi/ para ele visando um trabalho diferenciado e inclusivo.

    Recomendo que peçam orientação para a Secretaria de Educação que supervisiona a sua escola, ok?

    abraços

  745. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 2:19

    Milena,

    1) Se você for menor de idade a discussão será feita por intermédio de um responsável legal seu ,ok?

    2) Peça para um responsável legal seu escrever um documento para a direção da escola relatando o que está acontecendo com este professor.

    3) É bom que vocês tenham provas. Poderão gravar o assédio do professor e as ameaças.

    4) Seria bom também que outros pais fizessem a mesma coisa.

    5) Documento em duas vias. Um via entrega na secretaria da escola e a outra via protocola e guarda.

    6) Se a direção não tomar nenhuma providência vocês poderão recorrer a instância superior que seria a Secretaria de Educação.

    7) E se a Secretaria não agir poderão busca o Ministério Público do seu Estado , área de educação, ok?

    abraços

  746. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 2:39

    Guilherme ,estou respondendo na outra pergunta.

  747. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 2:42

    Guilherme,

    No RS não há um ato normativo que discipline o recurso contra a reprovação.

    Você poderá tentar acho difícil.. mas …

    1) Se você é menor quem tem que fazer o documento para a sua direção é a sua mãe.

    2) O documento é um Pedido de Reconsideração de sua reprovação.

    3) Se a direção indeferir, faça outro documento Recurso e encaminhe para o Conselho de Educação do Estado do Rio Grande do Sul.

    Não sei se funciona porque aí não tem como aqui um ato normativo que discipline o processo de recurso.

    Eu presto serviço de escrever a defesa, mas cobro honorários para isso. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  748. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 3:11

    Mariana, sim se estiver na Matriz Curricular da escola e se constar em Regimento Escolar que pode, pode, ok?

    abraços

  749. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 3:31

    Mariana, sim pode reprovar sim.
    abraços

  750. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 3:42

    Vivane Santos, peço desculpas pela demora , mas são centenas de pedido de ajuda…

    Bem… o problema é onde você mora.

    Se for no Estado de São Paulo tem prazos e depende da data que tomou ciência da reprovação e seguir as Deliberações…

    Se for de outros Estados não há prazo mas também não há ato normativo que discipline o recurso e é mais difícil, mas tente recorrer.

    O procedimento é

    1)Pedido de Reconsideração para a direção
    2) Recurso para a Secretaria

    ok?

    abraços

  751. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2016 @ 4:32

    Clarice, o meu ponto de vista é que o aluno tem direito de questionar os critérios avaliativos.. lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III ..

    Em um país democrático há direitos que devem ser garantidos.

    O ato normativo do Estado de São Paulo é de 1996 e foi alterado em 2013 e depois em 2014.

    Isso não é novo. Faz 20 anos que existe no Estado de São Paulo e até agora os professores não sabem lidar com isso? Qual o motivo de não compreenderem algo tão simples?

    Como o ato de avaliar mexe com a vida acadêmica e pessoal do aluno é preciso ter um critério bem rigoroso, objetivo e dentro da proposta pedagógica e do Regimento Escolar.

    Se isso ocorrer a reprovação não será questionada. Mas se houver alguma injustiça ela deve ser corrigida.

    Acho que é preciso rever a concepção de avaliação. Reprovar aluno não deve ser visto como punitivo.. não deveria nem ser algo corriqueiro, já que toda a legislação de ensino proclama a promoção, indica o expediente da Recuperação Contínua e Paralela.

    Essa decisão que você considera abusiva tem 20 anos no Estado de São Paulo. Não é novo, ao contrário, já passou da maioridade .

    Agora, o motivo desta dirigente em específico anular todas as reprovações é inédito .. denuncie .. qual o problema de denunciá-la.. questione junto a Diretoria de Ensino.. monte um processo demonstrando todo o trabalho pedagógico realizado com os seus alunos, o programa de ensino, os objetivos a serem atingidos e os critérios avaliativos adotados e prove que a sua avaliação está correta. Leve o caso , se for preciso, para o Conselho Estadual de Educação.

    O seu problema não é o ato normativo , mas sim esta dirigente regional.

    Se provar que os procedimentos não feriram o Regimento , não feriram a Constituição Federal, e estão corretos, não há como tirarem de você a reprovação.

    ok?

    abraços

  752. Pedro Ramos comenta,

    abril 8, 2016 @ 15:34

    Queria saber se um aluno pode ser expulso de uma instituição pública por reprovação. Desde já, agradeço a ajuda!

  753. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 8, 2016 @ 15:42

    Pedro Ramos, nem em pública e tampouco em privada.

    A reprovação não é critério de expulsão.

    Se o aluno é menor recorra junto ao Ministério Público do seu Estado,na área de educação.

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, clique no botão abaixo. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  754. Gabriel comenta,

    abril 13, 2016 @ 14:21

    São Paulo-SP

    Bom Dia, Eu fiquei com DP em uma matéria (Química), não sabia que poderia ter tentado fazer o Recurso na época, quando fiquei sabendo já havia passado o prazo, Gostaria de saber, caso eu não passe nessa DP que estou atualmente estudando, para fazer provas, Eu poderia estar tentando Usar o Recurso de aprovação novamente só que na data certa q possa esta sendo disponibilizado.

  755. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 15, 2016 @ 18:39

    Gabriel,

    Você pode contestar a qualquer momento critérios avaliativos segundo a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Agora contestar uma reprovação daí depende de qual Estado você mora.

    Se morar no Estado de São Paulo ao saber da reprovação você tem 10 dias para interpor um Pedido de Reconsideração e se indeferido mais 10 para interpor Recurso endereçado a Diretoria de Ensino.

    Se for do Estado de Santa Catarina também há prazos.

    Mas outros Estado não há ,mas por outro lado , não há também ato normativo que discipline o recurso, ok?

    Então, se você reprovar nesta DP e for do Estado de São Paulo você poderá interpor o Pedido de Reconsideração para a direção usando as Deliberações CEE-SP 120/2013 alterada pela 127/2014 e 128/2014,ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação, . Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  756. wiudem silva comenta,

    maio 24, 2016 @ 0:53

    olá eu estou no segundo ano do ensino médio e estou de dependência em 2 matérias no 1° ano , eu gostaria de saber se eu passar no segundo ano e em apenas 1 matéria da dependência eu posso passar para o 3° ano .

  757. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 24, 2016 @ 19:53

    Wiudem Silva, sim vai para o 3o ano levando a dependência do 1o ano , lembrando que enquanto não for aprovado na dependência não termina o ensino médio, ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação . Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  758. Léo comenta,

    maio 31, 2016 @ 0:30

    Boa noite!

    O aluno que fica na média durante o trimestre e quer fazer a recuperação trimestral para ficar com melhor nota, é direito do aluno e onde encontro essa resposta baseado em Lei?

    Obrigada,

  759. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 3, 2016 @ 18:28

    Léo, não … depende do que está no Regimento da Escola

    Se a recuperação for específica apenas para alunos que não atingiram a média, aqueles que atingiram não poderão participar, ok?

    O que rege a escola, a lei da escola é o Regimento ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação . Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  760. Danielly comenta,

    junho 8, 2016 @ 0:30

    Bom n é do aluno ser retido né nada , até pq n estamos na época. Mas eu esqueci meu livro hj , aí fui para secretária aí a coordenadora ligou para mh mãe falando que eu esquecia o livro todo dia , só que isso não é vdd eu acabei de ver aqui no docie e hj eu falei isso pra ela e ela disse que é mentira . Se eu quiser denunciar ela eu posso né ? Porque ela enventa história para falar para os pais.

  761. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 8, 2016 @ 18:51

    Danielly,

    O que é possível fazer :

    1) Verifique quais foram os dias que você teve aula desta disciplina do livro.

    2) Conte e marque quantos dias e quantos dias deixou de levar o livro.

    Esta é a estratégia objetiva de provar que a coordenadora está errada e você está certa.

    Depois de fazer este levantamento de dados, você pede para um responsável seu escrever documento para a direção da escola explicando a situação e dizendo que a coordenação lhe difamou, já que disse algo que não corresponde a verdade, ofendendo, portanto, a sua reputação. Peça para o seu responsável legal pedir que a coordenação faça-lhe uma retratação, ok?

    Mas para isso precisa demonstrar que não esquece o tal livro todos os dias.

    abraços

  762. ALEX JUNIOR GOMES DA CRUZ comenta,

    junho 9, 2016 @ 16:03

    Em uma matéria que eu curso mais de 80% da sala teve notas péssimas, nesse caso pode se disser que o modo de ensino da professora precisa ser reavaliado? Tem alguma lei que me ajuda nessa questão?

  763. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    junho 12, 2016 @ 1:09

    Alex Junior,

    respondendo:

    1) nesse caso pode se disser que o modo de ensino da professora precisa ser reavaliado? Sim, com certeza.

    2) Tem alguma lei que me ajuda nessa questão?
    Não, lei específica não. O que vocês poderão discutir com a faculdade é apresentar os dados, se possível com gráficos e dizer que é preciso alterar a metodologia de ensino. Se a faculdade é privada poderão enveredar pelo Direito do Consumidor que tem o direito de ter um serviço de qualidade.

    ok?

    abraços


    AJUDE A MANTER ESTE BLOG PARA QUE ELE POSSA AJUDAR VOCÊ – faça uma doação. Saiba mais sobre as motivações aqui

    depósito no Banco Itaú – 341-ag.0546- c/c 69960-4-Centro de Estudos Prospectivos de Educação e Cultura-CNPJ 03.579.977/0001-01


  764. Anelise comenta,

    julho 15, 2016 @ 17:28

    Olá, é possivel recorrer qdo vcs é reprovado por estar doente o semestre todo, e sem condições fisicas e psicológicas para fazer as provas? Se sim, em qto tempo?

  765. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 23, 2016 @ 18:44

    Anelise, depende do Estado que você mora. No Estado de São Paulo 10 dias após a ciência da reprovação. Em Santa Catarina 2 dias úteis e em outros Estados não há prazo porque também não há ato normativo que discipline o recurso previsto na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III, ok?

    abraços

  766. Janaina Santos comenta,

    agosto 9, 2016 @ 14:26

    Bom dia,gostaria de entender um pouco como deve ocorrer as dependências do segundo segmento do Ensino Fundamental.Qual a lei que regulamenta ? Ele deve ser feita em horários diferentes ou encaixadas de alguma forma dentro do período que o aluno já esta matriculado.
    Muito obrigada.
    Janaina Santos.

  767. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 11, 2016 @ 19:04

    Janaina , depende do Estado … são atos normativos definidos pela Secretarias de Educação.

    Segue para você o do Estado de São Paulo para a rede pública, ok? http://www.educacao.pr.gov.br/arquivos/File/instrucoes/instrucao022008.pdf

    Abraços

  768. Cristiane comenta,

    agosto 15, 2016 @ 17:19

    Oi olha eu eatou fazendo 1° ano no eja medio e fui reprovada .. Eu tenho que refazer todas as minhas notas ou so as das materias que fui reprovada.. O seep apaga as notas todas para eu refazer tudo é???

  769. Amanda Rodrigues comenta,

    agosto 18, 2016 @ 13:24

    Bom dia.
    Sou aluna do curso superior e fui reprovada em uma matéria com 5,8 sendo que a média da faculdade é 6,0. Fiquei sabendo que se eu entrar com recurso alegando que a média do MEC é 5, eu conseguirei a aprovação na matéria. Gostaria de saber se tem a possibilidade de entrar com processo e ganhar?

    Essa matéria me impede de formar, pois é pré-requisito para terminar o TCC II.

  770. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 18, 2016 @ 19:14

    Amanda Rodrigues, isso é mito .. não existe média do MEC.

    Cada faculdade e cada escola tem autonomia para adotar o critério avaliativo que quiser concedido pela lei federal n.9394/96.

    De modo que o seu argumento não é válido. Respondendo a sua pergunta: não tem possibilidade de entrar com processo com este argumento e ganhar, porque o argumento é inválido.

    Mas isso não impede de você recorrer junto a própria faculdade, mas é difícil de reverter porque não há ato normativo que diga que a faculdade deve aceitar recurso. Isso só há para a Ed.Básica e ainda em alguns Estados , mas temos a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III, no entanto, válida para menores de idade, o que não é o seu caso.

    Então, não será fácil você conseguir reverter.. terá que tentar pedindo para o coordenador do curso uma revisão de prova para saber se a correção da professora foi efetiva. Mas você lida com a corporação e fica difícil um coordenador contestar o critério avaliativo de um colega.

    Então, acho que difícil você conseguir.

    att

  771. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 18, 2016 @ 21:31

    Cristiane, não sei lhe responder.. vou ficar lhe devendo essa.
    Recomendo que verifique junto a secretaria da escola, ok?

    abraços

  772. ROSI MERI DE OLIVEIRA PERES comenta,

    setembro 17, 2016 @ 4:09

    “URGENTE” Olá profa. Estou numa situação muito difícil, estou no último ano do curso superior de fonoaudiologia da UFRGS. porém, não poderei colar grau ao final do ano como minhas colegas. O fato é que em dezembro/2015 fui reprovada por 0,2 décimos no estágio supervisionado em audiologia 2. Como somente esta reprovação impediria que eu cursasse os estágios supervisionados de audiologia 3 no semestre 2016/1 e estágio supervisionado em audiologia 4 no presente semestre 2016/2. Pedi quebra de pré-requisitos para poder matricular-me no estágio supervisionado em audiologia 3, visto que só poderia repetir o de audiologia 2 em 2016/2 por não ser ofertado em outra época. Só me deram a resposta negativa no final de janeiro 2016. Ainda em dezembro 2015 pedi revisão de conceito porque o professor não cumpriu plano de ensino, forma de avaliaçao nem carga horária para o qual não obtive nenhuma resposta até março de 2016 quando então protocolei novo pedido de revisão direcionado à COMGRAD que depois de uns 20 dias foi negado alegando que o apresentei depois do praso. Entretanto, o mesmo pedido havia sido encaminhado ao departamento conforme previsto no regulamento da UFRGS no dia 12/12/2015, por tratar-se de estágio o departamento encaminhou para a COMGRAD alegando que é o órgão responsável pelos estágios e a professora que o encaminhou enviou- me email no dia 22 dizendo isto. Recorri da decisão negativa da COMGRAD, usando este email como prova que não encaminhei o pedido fora do prazo sendo que os conceitos só foram publicados no dia 23/12/2015, este recurso foi encaminhado para a CAMGRAD que depois de 2 meses negou também, aceitando as respostas recebidas da COMGRAD da qual o professor reclamado é coordenador substituto, mas disseram que eu ainda poderia recorrer ao CEPE.Fiz isto, demorou de maio até agora no mês de setembro quando finalmente me deram novo indeferimento alegando que tal questão não era de sua alçada e só que poderia resolver seria a COMGRAD, primeira instância à qual recorri. Sendo assim, deixei de fazer o estágio supervisionado em audiologia3 e não estou cursando agora como deveria o estágio de audiologia 4. Por causa da reprovação por 0,2 em audiologia 2, não poderei colar grau no final deste ano. O pior de tudo foi o estresse que venho enfrentando desde dezembro 2015 lutando para conseguir me formar e cada instância aconselhando a recorrer para a proxima, sendo que esta última disse que só poderia recorrer à justiça depois de receber o indeferimento de todas as instâncias internas. Acho injusto por tratar-se de um estágio no qual o professor livrou da reprovação alunas que se tornaram bolsistas de outras professoras da audiologia e mais uma colega que segundo ele,não teria condições de aprovação mas a COMGRAD ficou com pena de reprovar a colega que tinha regressado de intercâmbio no início do semestre. Porém, eu ví ele adulterar e reduzir minha nota debaixo do meu nariz até faltar estes 0,2 décimos sem nada poder fazer porque ele deixou para me avaliar quando todos já tinham saído, não havia testemunhas. Agora estou repetindo o estágio com o mesmo professor que inclusive para este semestre aumentou a nota mínimade 6 para 7. Já concluí mais do que 100% dos créditos obrigatórios do curso, e 100% dos eletivos, fiz o TCC e mesmo assim terei de ficar até o final de 2017 para cursar os estágios de audio 3 e 4 para só então poder colar grau.

  773. Anônimo comenta,

    setembro 17, 2016 @ 13:31

    disse que só poderia recorrer à justiça depois de receber o indeferimento de todas as instâncias internas. Acho injusto por tratar-se de um estágio no qual o professor livrou da reprovação alunas que obrigatórios do curso, e 100% dos eletivos, fiz o TCC e mesmo assim terei de ficar até o final de 2017 para cursar os estágios de audio 3 e 4 para só então poder colar grau.

  774. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 21, 2016 @ 1:24

    Rosi, encaminhei por e-mail indicação de advogado me Porto Alegre.

    Abraços

  775. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 21, 2016 @ 2:04

    anônimo.. pode achar injusto, mas é assim que funciona.

    Se em todas as instâncias houver indeferimento quando entrar na Justiça terá mais argumentos. Mostrará ao juiz que você estava pronta ao diálogo e na busca de uma solução pacífica, mas que a faculdade se recusou, levando você a buscar a Justiça.

    É muito mais promissor um procedimento desta forma do que o intempestivo que já busca a Justiça.

    Mas se quiser, constitua um advogado e veja o que ele diz, ok?

    abraços

  776. Simone comenta,

    setembro 27, 2016 @ 16:27

    Boa tarde,
    Professora; não quero que meu filho vai para conselho para ser aprovado, visto que o desempenho dele foi muito ruim, como proceder nesse caso, sei que é direito dele, no entanto não entendo até onde esse direito ajuda no aprendizado, sendo que, a cada dia estamos em uma sociedade alienada por falta do conhecimento e conscientização

  777. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 27, 2016 @ 17:14

    Simone,

    Escreva um documento para a direção da escola dizendo que você considera que o seu filho não atingiu os objetivos propostos de forma adequada e que considera ser o melhor para ele uma reprovação.

    Se ele for do Estado de São Paulo , escola pública, não será fácil porque a ordem do Alckmin é aprovar, mas tente, ok?

    abraços

  778. Camila Oliveira comenta,

    setembro 30, 2016 @ 15:01

    Olá. Vou contar o que aconteceu comigo.
    Eu estudei o ensino fundamental inteiro em ensino público, e o ensino médio inteiro em ensino privado, no estado do Pará. No terceiro ano do ensino médio, na última avaliação do ano, eu fiquei de recuperação na matéria de Química, fiz a recuperação, em Dezembro de 2014, e aguardei o resultado final, e não recebi meu boletim, fui atrás e também não fui informada sobre o que houve, enfim acabou as aulas pra todo mundo do Colégio e claro, fui “curtir” natal e final de ano com a minha família, em outra cidade. Meus pais moram no interior do estado, e eu, para fins de estudos, me mudei para a capital, e cursei meu segundo e terceiro ano ali. Continuando..
    Eu fiquei definitivo na Cidade onde eis pais moram (no interior) e ajudei minha mãe por 6 meses trabalhando no rrestaurante dela, e depois mudei pra SC em Junho de 2015. Esse período todo, mais de 1 ano, eu não recebi 1 retorno sequer do Colégio que eu estudei, explicando minha situação, nem eu, nem meus pais não recebemos 1 e-mail, SMS, ou até mesmo ligação. Então isso ficou “quieto” por mais de 1 ano.
    Meses atrás eu fui aprovada no curso de licenciatura em história na faculdade metropolitana da Cidade onde moro em SC, pedi que minha mãe fosse, mesmo em meio a dificuldades, ir até o Colégio pedir informações e buscar meus documentos (histórico escolar e certificado de conclusão do ensino médio) e disseram que não podiam fazer nada pois eu reprovei na matéria de Química, por falta de 1 ponto. E que a “única” saída pra mim seria pagar essa matéria o ano todo, em outro Colégio, pra conseguir meu certificado de conclusão, ou, requerer uma prova, com conteúdos do ano inteiro e fazer quando houver uma data. Ou seja, hoje estou com a corda no pescoço, correndo o risco de ser cancelada minha matrícula na faculdade (ainda não foi cancelada pq eu pedi um prazo de 30 dias pra levar os documentos), ou, antes disso, ter quer trancar, pra não perder. O que não mudaria muita coisa. Tudo isso por causa de 1 matéria, e falta de 1 ponto. E não, como eu disse antes, não fui informada de nada, nem mesmo de um “Conselho de classe”, que eu nem sei se houve.
    Enfim, não sei o que fazer agora. Você pode me ajudar de alguma forma?

    Desde já agradeço sua atenção. Boa tarde!

  779. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 2, 2016 @ 4:12

    Camila, que situação!!!

    1) Pegue com a escola o histórico escolar . Eles são obrigados a lhe fornecer mesmo com esta reprovação.

    2) De posse do histórico você faz matrícula em escola pública no Educação de Jovens e Adultos em Santa Catarina apenas de Química e pronto, sendo aprovada você obterá o certificado de conclusão do ensino médio.

    Fica resolvido este problema, ou seja, regularizar o seu ensino médio.

    A faculdade é outra história. Ela poderá não aceitar o seu certificado com data posteriori a do ingresso na faculdade, daí você terá que trancar e começar novamente com uma nova matrícula. As matérias que já cursou você pede equivalência e não precisa cursar novamente.

    Essa é a saída.

    Ou maneira seria após obter o certificado de conclusão do ensino médio e a faculdade não aceitando a data do certificado impetrar mandado de segurança para que a faculdade regularize a situação.

    ok?

    abraços e boa sorte!

  780. Yago Gomes comenta,

    outubro 14, 2016 @ 22:53

    Boa Noite,

    Estudo em uma Etec, tirei nota insatisfatória nos três bimestres. A decisão de reprovação (retenção) deve partir do professor ou do conselho de classe no 4º bimestre?

    Tenho grande dificuldade de aprendizado em física, devo transmitir isso ao responsável pela decisão de reprovação (retenção)?

  781. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 16, 2016 @ 1:04

    Yago,

    Depende do que está escrito no Regimento Escolar. Se no RE estiver previsto que há reprovação em um único componente curricular, daí reprova. Caso contrário segue para o Conselho de Classe que poderá manter a reprovação ou não.

    Sim, claro que deve porém não vai adiantar muito.

    Se você já sabe oficialmente que ficou reprovado deve tentar um recurso, ok?

    abraços

  782. Caio comenta,

    outubro 19, 2016 @ 15:13

    Estudo no 9ano Estou com muitas faltas praticamente estouradas porque tive muitos problemas médicos sérios e isso eventualmente acabou causando depois mais faltas no fim do ano desse ano meus pais conversaram com a diretora ela falou que eu não poderia mais faltar e para eu fazer e tirar notas boas na escola foi o que aconteceu mas ainda no final desse ano estou com medo de reprovar por causa que é inevitável no meu caso algumas faltas porém sou um aluno bom M contexto de uso sim e queria saber caso isso ocorra Há alguma forma de eu recorrer se for reprovado Obrigado Espero que responda a minha pergunta

  783. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 19, 2016 @ 20:29

    Caio, você estuda em escola pública ou privada e de qual Estado?

    Aguardo

  784. Thaís comenta,

    outubro 20, 2016 @ 18:55

    Prof Sônia, será que você poderia me passar seu email, para conversarmos?

  785. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 20, 2016 @ 19:22

    Thais, não presto consultoria gratuita por e-mail ou telefone, apenas por aqui, porque não dou conta de responder a todos gratuitamente.

    Mas se quiser contratar meus serviços de consultoria pode entrar em contato saranha@mpcnet.com.br, ok?

    abraços!

  786. Fernanda comenta,

    outubro 24, 2016 @ 11:41

    Bom dia Sônia,

    Sempre fui uma aluna muito boa na escola, mas esse ano tive um deslize muito grande depois que comecei a trabalhar e tive alguns problemas de saúde. Estou com as faltas estourada na escola, e infelizmente não consigo mais recuperar minhas notas, devido o excesso de faltas e as notas vermelhas nos 3º bimestres e estou no 3 ano do ensino médio. Fiz uma cirurgia no começo deste ano, e perdi o começo do bimestre o que trará mais prejuízos para mim.
    Preciso cuidar da minha saúde e janeiro precisarei fazer outra cirurgia, mas caso eu for reprovada irei perder meu emprego e o convênio médico que o meu serviço me disponibilizou, minha família não tem condições de pagar um convênio médico com urgência.
    O que eu posso fazer para não ser reprovada por esses motivos importantes? Estudo em escola pública e preciso urgentemente de ajuda.
    Moro em São Paulo – Osasco.

    Obrigado.

  787. Bia comenta,

    outubro 24, 2016 @ 12:47

    Cara Sônia,

    estou no terceiro ano do ensino médio, e infelizmente por alguns motivos pessoais de saúde eu me ausentei durante o ano, totalizando com 417 faltas até o momento, mas meus coordenadores irão passar trabalhos de compensação de ausência para tentar reverter esta situação.
    Estudo em escola pública, e é um pouco difícil ser reprovado por notas, mas infelizmente irei ficar dependente em 7 matérias por insuficiência de pontos. Trabalho através de um programa, e este programa deixou dito que caso os participantes sejam reprovados por faltas, automaticamente serão desligados do programa, assim sendo demitidos pela empresa e perdendo seus benefícios.
    Gostaria de saber se eu posso recuperar os pontos dessas 7 matérias no ano seguinte, ou realmente irei ficar reprovada devido à isso?
    Em relação as faltas, talvez eu consiga reverter esse caso fazendo os trabalhos de compensação, mas caso não consiga, seria lago prejudical para mim?
    Estou pagando a formatura e não posso quebrar o contrato devido à reprovação. Mas gostaria de ajuda para mim poder ser aprovada, nem que eu volte a escola no ano seguinte para recuperar os pontos que não consegui neste ano. É possível recorrer com essa situação, ou é inválida?

  788. Josué comenta,

    outubro 24, 2016 @ 20:57

    Boa noite! A minha filha cursa o 1 ano do ensino médio, ela estudou a 1 e 2 unidade em um Colégio no qual não continha a materia de “geometria” e na 3 ela mudou pra outro Colégio, nesse Colégio ja continha essa matéria, ela pode ser reprovada mesmo não tendo a materia mas primeiras unidades?

  789. Lavynia Lacerda Maciel Silva comenta,

    outubro 24, 2016 @ 21:27

    Olá Sônia, boa noite.

    Fiz meu primeiro ano do ensino médio em escola particular na qual fui reprovada devido a duas matérias.
    Sai da minha escola particular e me matriculei em uma pública para fazer dependência.
    Este ano curso o segundo ano do ensino médio e já passei nas dependências do primeiro ano.
    No meu histórico escolar consta que eu fui reprovada na tal escola privada, gostaria de saber como meu histórico ficaria agora?
    Aprovada no primeiro ano pela escola pública ?

  790. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 25, 2016 @ 2:23

    Lavynia, hummm não sei lhe dizer como é que fica o histórico. Quem poderá lhe responder é a secretaria da sua escola ou a Secretaria de Educação do seu Estado.

    Mas eu penso que sim aprovada na escola pública porque as notas de todas as disciplinas seguiram para a escola pública e você finalizou na escola pública, de modo que acredito que no histórico aparecerá só o nome da escola pública.. mas não tenho certeza … terá que se informar com o órgão competente, ok?

    abraços

  791. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 25, 2016 @ 2:33

    Josué… não acho que possa porque o que a escola fez para resolver este problema de não haver nota nestas unidades?

    A escola poderá eliminar as 1 e 2 unidades e só contar com a nota da 3 unidade. Se a sua filha não atingiu os objetivos desta 3 unidade terá que ser submetida a recuperação…

    A escola pode repetir as notas de matemática na 1 e 2 unidades para que a sua filha não fique prejudicada.. o problema é se as notas de matemática forem abaixo da média.

    É bem complicado esse caso, mas deveria se visto o problema na hora da matrícula.

    Agora ficar reprovada não porque ela está sendo prejudicada já que não tem as notas das duas primeiras unidades.

    Recorra caso isso ocorra ok?

    abraços

  792. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 25, 2016 @ 2:40

    Bia

    1) Desempenho: não tenho como saber se você conseguirá recuperar os pontos nestas 7 matérias. Acho difícil porque são muitas matérias para recuperar em um curto espaço de tempo. Não é possível resolver um problema de um ano em outro. Dependência que eu saiba somente para 2 matérias.

    2) Faltas: a compensação de ausência resolve esta questão das faltas.

    Recomendo que você ou um responsável legal escreva documento para os professores solicitando que intervenham no seu caso para que possa ser aprovada pelo Conselho de Classe. É o único modo que eu vislumbro. Conte o que aconteceu e o motivo pelo qual você precisa ser aprovada, ok?

    abraços

  793. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 25, 2016 @ 2:44

    Fernanda,

    Recomendo que escreva um documento endereçado para a direção da escola :

    1) Explicando o motivo de suas faltas.
    2) Explicando de sua cirurgia – anexe algum documento que comprove
    3) Explicando que perderá o emprego e o convênio médico
    4) Peça que a diretora intervenha e lhe ofereça compensação de ausência que consta em Regimento Escolar para que suas faltas sejam abonadas.
    5) Peça que diretora intervenha e proponha atividades de recuperação para que seja possível você não ser reprovada neste último ano do ensino médio.

    ok?

    abraços

  794. Erskne comenta,

    outubro 27, 2016 @ 18:00

    Bom dia, tenho sindrome de asperger e nao recebi um ensino diferenciado, estou mal em matematica e gostaria de saber se caso eu nao atinja a media eu poderia entrar com um recurso sem meus responsaveis, uma vez que minha mae se recusa a me ajudar e meu pai trabalha o tempo inteiro

  795. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 27, 2016 @ 23:22

    Erskne,

    1) Se a escola recebeu o laudo médico com o seu diagnóstico no início do ano ou no máximo até agosto e nada fez para lhe ajudar daí caberá o recurso.

    2) Se for do Estado de São Paulo há estas Deliberações aqui deste post, mas de outros Estados é mais difícil de conseguir reversão.

    3) Se for menor não tem como agir sozinho, terá necessariamente que pedir para um de seus responsáveis legais para fazer isso para você.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso.

    Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br mas vou precisar de um de seus responsáveis para assinar o documento e assumir o recurso para você, ok?

    Porém se você tiver 18 anos daí é por sua conta.

    abraços

  796. Yago dos Santos comenta,

    novembro 1, 2016 @ 3:06

    Então, eu estou reprovado por falta devido a problemas pessoais, eu tiro notas boas e a chamada e boletim notas são em sistema online, há algum recurso que posso recorrer?

  797. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 1, 2016 @ 19:53

    Yago, reprovação por falta é bem difícil de reverter porque é uma determinação de lei federal, a lei 9394/96, então, você pode recorrer mas é difícil resolver isso..

    Recomendo que faça um documento para a direção (se menor um responsável seu deve fazer isso) e solicitar a compensação de ausência que é um expediente legal e previsto.

    Se for do Estado de São Paulo há um ato normativo que apresenta a compensação de ausência como possibilidade, ok?

    abraços

  798. João Victor Fernandes comenta,

    novembro 1, 2016 @ 21:01

    Olá Sônia , tudo bem? Bom eu tenho uma duvida, eu tenho tdah , e só fui diagnosticado esse mês , e estou achando que posso reprovar , estou cursando o 8º ano , reprovei já uma vez no 7º ano… Minhas notas em geral são na média , menos matemática , que falta 11 pontos para eu passar , ou seja , estou de recuperação final… Enfim queria saber se eu posso recorrer de alguma forma caso eu reprove , eu entregando o diagnóstico a escola , eles podem fazer algo a respeito? Ou não já que está no final do ano letivo?

  799. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 3, 2016 @ 3:52

    Oi João, tudo certo!

    Sim, um responsável seu deve escrever documento agora para a direção da escola explicando que como você não teve assistência de seu TDAH não é viável reprová-lo pela segunda vez. Peça a aprovação via Conselho de Classe.

    Se você for do Estado de São Paulo é bem mais fácil porque se a escola indeferir o documento, e quando souber da reprovação entra com Pedido de Reconsideração e se indeferido com Recurso.

    Se você for de outro Estado daí é bem mais difícil. Se tiverem condição financeira eu arriscaria ir para a Justiça.

    Eu presto serviço de elaborar documento de defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br dizendo: onde você mora, se a escola é pública ou privada e se for privada o nome da escola, ok?

    abraços

  800. Gabriel Rios comenta,

    novembro 21, 2016 @ 22:08

    Boa Sônia, tenho muita dificuldade em língua estrangeira (i inglês) estou cursando o 9 ano e estou com medo de ir pra recuperação de inglês . O colégio pode me reprovar

    Ps : Estudo em colégio particular.

  801. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 23, 2016 @ 3:44

    Gabriel Rios, depende do Regimento Escolar.

    Se no Regimento constar que o aluno é reprovado apenas em um componente curricular.. e sim Inglê reprova, Artes reprova, Ed.Física reprova.. todos os componentes curriculares reprovam do mesmo modo..

    abraços

  802. Kelly Fernandes comenta,

    dezembro 1, 2016 @ 3:33

    Boa noite professora.. Sou mãe de gêmeos Davi e Gabriel. Ambos no 1 ano do.fundamental escola Salesiano dom Bosco em Salvador. O Davi ficou de avaliação global.de matemática. Português. Ciências. Geografia/ história. As notas deles eram na média ou pouco abaixo no 1 trimestre onde fui chamada na escola… coloquei no reforço e no 2 trimestre todas as notas subiram. Qdo foi no 3 trimestre um exemplo ele vinha c notas 6.8…7.1 em português.. .caindo para 2.8….ao questionar fui informada q a professora dava autonomia ao aluno e n podia intervir mais….sao.provas de 4 páginas.. .com perguntas como nome de batismo de zumbi de palmares…. 2 países da África etc… enfim…ele está fazendo as provas e ainda deve enfrentar.uma recuperação…. tem apenas 5 crianças fazendo provas… ao questionar a escola disseram q se ele n passar o documento q me Da o pois vou mudar eles de escola é uma declaração q ele foi reprovado isso é legal? Ele está c novo reforço e acompanhamento.. . Lê com dificuldade e escreve até bem mas em processo… as respostas ele sabe todas oralmoralmente… eu não concordo em reter ele… além de saber q ele vai evoluir e alcançar ainda tem o fato.de agora gerar.um trauma porq são gêmeos e a escola massacrou isso.. .inclusive na frente.dele…chegando a ele ouvir q ele n tenho a menor chance….estou revoltada e lutando para q ele consiga
    ….

  803. Joyci comenta,

    dezembro 1, 2016 @ 13:58

    Professora, olá eu gostaria de saber se eu faço o 3°ano do ensino médio e quero repetir (sem reprovação/com a mesma) eu posso? Ena mesma escola?

  804. Lucas comenta,

    dezembro 1, 2016 @ 20:27

    Boa Tarde, tudo bem ?
    Bem, eu fui reprovado e gostaria de saber oque eu coloco no pedido de reconsideração

  805. natalia comenta,

    dezembro 2, 2016 @ 16:28

    ola Sonia,
    Minha filha tem 9 anos e cursa o 4 ano fundamental. Ela costuma fazer provas e tirar nota decimal, tipo 7,42, 7,55, 8,6 … So q a escola nao considera esses decimos e agora ela sera reprovada por meio ponto. o que faço?

  806. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 2, 2016 @ 16:30

    Natalia, onde você mora?
    Aguardo

  807. Carla Silva Bomfim comenta,

    dezembro 2, 2016 @ 17:11

    Eu no 1 ano do ensino médio estive em recuperação em 5 máterias:Quimica,Matemática,Geografia,Artes e Fisica.Eu só passei pelo conselho de classe.
    Esse ano estou no 2 ano do ensino médio e estou em recuperação novamente em 2 máterias: Biologia e Redação.
    Eu posso passar pelo conselho de classe novamente??

  808. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 2, 2016 @ 17:46

    Lucas, respondi para você por e-mail, ok?

    abraços

  809. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 2, 2016 @ 18:46

    Joyci… não tem como ficar na mesma série se foi aprovado.

    Não, não pode.

    abraços

  810. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 3, 2016 @ 2:43

    Carla, pode se o Conselho considerar oportuno.

    ok?

    abraços

  811. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 3, 2016 @ 2:55

    Kelly

    A escola está maluca? Completamente por fora do que seja uma 1o ano do ensino fundamental que recebe alunos com 5 anos a completar 6 anos

    Muito bem… a escola reprova no 1o ano do ensino fundamental.

    Você vai precisar contestar isso. No Estado de São Paulo as escolas já sabem que não podem reprovar no 1o ano.

    Então, se a escola reprovar o seu filho entre com um Pedido de Reconsideração junto a escola e se for indeferido terá que recorrer ao Conselho Estadual de Educação.

    O grande problema aí é que não há ato normativo que discipline o processo de recurso.

    Infelizmente não é fácil.. Você terá que usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III

    Outro saída é buscar o Ministério Público do Estado, área de educação. Não sei se resolve mas tente.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno,mas cobro honorários. Se precisar entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  812. MILENA M OLIVEIRA - URGENTE comenta,

    dezembro 6, 2016 @ 11:49

    Bom dia.
    Tenho um filho que foi diagnosticado de TDAH aos 8 anos. Desdeentão, passa por psico pedagogos, psicologos e psiquiatras. Por algum tempo, a escola me questionou e pressionou muito, por conta dele nao fazer uso de ritalina. Nos ultimos 4 anos, ele usou CONCERTA e todo ano precisei renovar o relatorio psiquiatrico. Ele sempre teve dificuldade em exatas, e com a pressão do colegio, piorava ainda mais. No iniciodo ensino médio o psiquiatra questionou a colegio e atitudes, e pediu para eu rever e troca-lo de escola. Em conversa com meu filho, me foi dito que era dificil fazer amizades – sofreu bastante para conquista-las- e pediu para nao mudar de escola. Acolhi. Hoje ele esta no terceiro ano do ensino médio. E este ano ele foi o pior de todos!!!Esta correndo risco de ser retido, e ele já passou na faculdade. A escola disse que , por conta da falta de interesse dele dentro de sala de aula, e notas baixas, ele pode ser retiro e eu ainda não conseguirei a reclassificaçao. Como devo proceder? Entendo que ele tem que ter responsabilidade e isso sempre foi dito a ele. Ocorre que numa das reunioes, o próprio colegio admitiu que algo foi errado com ele nas avaliaçoes anteriores, que o conselho de classe deveria ter retido ele antes. Ele nao e dos piores, tem alunos que possuem muitas faltas e outros ainda mais agitados por conta do TDAH. Estou procurando jurisprudencias, casos análogos, mas realmente nao sei se devo pedir a reclassificaçao. Gostaria de uma orientação, urgente. GRata

  813. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 6, 2016 @ 12:24

    Milena,

    Onde você mora?

    Sim, a escola deveria tê-lo assistido lei federal n.13.146/2015, artigo 28, parágrafo 1.

    Se você mora no Estado de São Paulo ou Santa Catarina há ato normativo que disciplina o recurso. No Estado de São Paulo 10 dias corridos para recorrer e em Santa Catarina 2 dias.

    No Estado de São Paulo Deliberações n.120/2013 e suas alterações http://www.soniaranha.com.br/deliberacoes-de-recurso-contra-reprovacao-escolar-no-estado-de-sao-paulo/
    Em Santa Catarina Resolução SEE n.183/2013 http://www.soniaranha.com.br/recurso-contra-reprovacao-escolar-em-santa-catarina/

    Os outros Estados não tem ato normativo que discipline o processo de recurso por isso é preciso usar a lei federal n 8069/90,artigo 53, inciso III.

    Se for do Estado de São Paulo procedimento primeiro administrativo.. Pedido de Reconsideração 10 dias corridos entregue para a escola endereçado para o diretor. Se indeferido Recurso entregue na escola mas endereçado ao Dirigente Regional de Ensino. Se indeferido entre com Recurso Especial no Conselho Estadual de Educação e se indeferido entra no Recurso do Recurso junto ao CEE.

    Enquanto isso impetra mandado de segurança o juiz concedendo liminar o seu filho faz a matrícula na faculdade e inicia os estudos enquanto aguarda a resposta do administrativo.

    Quando o processo do recurso chegar ao seu final.. por volta de final de Março início de Abril entra com outra ação por direito adquirido..

    Outro caminho é o seu filho tiver 18 anos fazer o EJA apenas do 3o médio 6 meses , dá um problema na data de ingresso na faculdade e a data do certificado de conclusão do médio mas daí seria preciso resolver via Justiça.

    Jurisprudência

    Instrumento Nº 70397-PE (2006.05.00.053360-2/01) na 9ª Vara Federal de Pernambuco – PE:

    II O adolescente portador de TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) deve ser atendido sob regime de educação especial, e não pode ter seu curso acadêmico obstaculizado pela avaliação docente não especializada. Incidência dos arts. 206, I e 208, III da Constituição Federal, do art. 12, V da Lei nº 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases) e da Convenção Interamericana para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra Pessoas Portadoras de Deficiência.

    III. Deferimento da liminar, determinando à Agravada que realize a apuração do aproveitamento escolar do menor, não de forma retilínea, como o faz com todos os demais alunos que não padecem de transtornos psiquiátricos, mas sim com o balanceamento de quem está tratando um adolescente portador do distúrbio diagnosticado como Transtorno de Atenção e Hiperatividade (TDAH), a quem a própria escola negligenciou um atendimento adequado, em tempo hábil para viabilizar o regular curso do aluno nas atividades escolares, mirando obediência ao princípio da proteção integral, orientador do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.068/90).

    IV. Provimento em maior extensão, por força dos votos separados dos Desembargadores Federais Lázaro Guimarães e Francisco Barros Dias para: a) determinar a imediata admissão do aluno na Sétima Série, onde deverá frequentar aulas até ulterior deliberação judicial; (…)”

    , 1ª Vara da Infância e Juventude do Estado da Bahia, Processo nº: 0037704-20.2009.8.05.0001:

    “ Aluna do 7º ano do Ensino Fundamental pleiteando tratamento escolar condizente com as suas necessidades especiais, já que é portadora de dislexia, disgrafia e discalculia, associada ao Transtorno de Déficit de Atenção e Concentração (TDAH). A juíza de Direito, Karla Adriana Barnuevo de Azevedo, fundamenta a sua decisão favorável a aluna baseando-se na lei federal n.9394/96: “Art.58 Entende-se por educação especial, para os efeitos desta Lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais. §1º Haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado, na escola regular, para atender as peculiaridades da clientela de educação especial. (…) Art. 59 Os sistemas de ensino assegurarão aos educandos com necessidades especiais: I currículos, métodos, técnicas, recursos educativos e organização específicos, para atender às suas necessidades; (…) e sentencia: “Neste contexto, não se pode admitir que a aluna seja impedida de ter um atendimento educacional especializado, objetivando um desenvolvimento intelectual e social saudável, conforme recomendado pelos profissionais que a assistem.”

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno na área administrativa, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br Caso precise de consultoria por e-mail ou telefone também cobro honorários. Gratuidade somente no blog, ok?

    Abraços e boa sorte

  814. Bruna Sacramento de Souza comenta,

    dezembro 7, 2016 @ 20:33

    Olá, meu nome é Bruna, tenho 15 anos e estou cursando o 9° ano do ensino fundamental II.
    Minha professora de literatura teve uma discussão com a turma no meio do ano, e acabou mudando todo o roteiro que iriamos seguir, tipo, ao invés de colocar teste, prova, trabalho e valor do qualitativo, ela mudou só para teste e prova. sendo que ela só trabalhou um livro o ano todo (nós temos 3 livros literários), e ela só fazia ler, quando pedíamos para ela repetir algo que não teríamos entendido ela lia novamente, assim, por sua vez todos da escola, menos um aluno(esse aluno em outras matérias tinha notas maravilhosa, mas nela as notas dele eram baixíssimas ) que é filho de uma professora, acabaram indo para recuperação de Literatura e português( ela também era professora dessa matéria). Mas muitos pais já pediram para ela ser despedida, mas possui um porem, ela é prima da Dona da escola, então essa mulher já vem ganhado dinheiro de vários alunos a dez anos, ate onde onde sei quando falta alguns décimos para o aluno ser aprovado vai para o conselho de classe antes da recuperação mas ela faz de outro modo, ela manda a pessoa para recuperação para depois ver se envia para o conselho, já da pra ver que ela ama ganhar dinheiro as custas dos outros. Ate alunos do primário foram para recuperação dela.
    Com uma professora dessa,nós alunos, não precisamos mais de inimigo. Não vejo a hora de sair logo dessa escola, pq nunca na minha vida tinha feito recuperação antes de entrar nesse lugar que eles chamam de escola. Minha mãe esta indignada, muito arrependida, e outros pais também. O que podemos fazer com isso?
    Obrigada por ter me dado atenção, espero que possa me ajudar.

  815. Valeria comenta,

    dezembro 7, 2016 @ 23:00

    Minha filha foi reprovada no 9º ano, porem a escola não deu recuperações durante as aulas. Ela precisava de 1,5 para passar em matemática e 1 ponto para religião. Sendo que o professor dela nao ensinava religião e sim sociologia. E no 1 ano do ensino médio, religião não fará parte. Ela tem direito de fazer dependência? Como posso resolver isso?

  816. Marcus Felipe Brando comenta,

    dezembro 7, 2016 @ 23:48

    Olá,

    Estou no primeiro ano do ensino médio, tenho 17 anos moro em Santa Catarina Florianópolis.

    Reprovei novamente, o critério que eles usaram para avaliar minha aprovação oy reprovassao foi, “quem tirasse média 5,0″ passava. Ok, passei em 2 fiquei em recuperação em 6, tudo por poucos pontos, exceto matemática e história, conclusão, consegui alcançar a média 5 em duas até ultrapasse a média, porém! No restante ficou faltando 1 ponto, 0,4 décimos e 3pts que foi em física… O que eu posso fazer para não reprovar novamente? Eu posso entrar com algum processo? Algum pedido? Me ajuda pelo amor de Deus!

  817. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2016 @ 0:41

    Marcus,

    Quando você reprovou ?

    Em Santa Catarina tem como recorrer porém tem prazo. Dois dias úteis da ciência da reprovação.

    Se soube hoje 07/12 tem até 09/12 para recorrer..

    Leia aqui http://www.soniaranha.com.br/recurso-contra-reprovacao-escolar-em-santa-catarina/

    Resolução CEE-SC n. 183/2013

    ok?

    abraços

  818. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2016 @ 1:05

    Valeria,

    Dependência – somente se no colégio que ela estuda tenha este sistema.

    Recorrer – depende .. onde você mora? Direito de recorrer tem pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que diz que o aluno tem direito a contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    O problema é onde você mora. Se for no Estado de São Paulo ou Santa Catarina melhor porque nesses Estados há aot normativo disciplinando o processo de recurso.

    Nos demais Estados é bem mais difícil..

    Mas recorrer é direito.

    abraços

  819. João Victor Fernandes comenta,

    dezembro 8, 2016 @ 17:46

    Olá Sônia! Tudo bem? Eu não tenho TDAH , fiz os exames , mas deu positivo para o DPAC (Disturbio do processamento auditivo central). E já estamos no fim do ano , entreguei o diagnóstico no dia 25/11 e o relatório com orientações pra escola hoje (08/12).
    E fiquei de recuperação final em matemática , e estou sem conselho , pois ano passado passei no conselho… E eu peço pra orientadora educacional lá da escola desde do inicio do ano para ela me colocar na frente , que não consigo me concentrar lá atrás , e a mesma nunca fez nada a respeito… Eu tinha que sentar na frente por 2 motivos , além de eu usar óculos , tenho o dpac… Como proceder caso tenha uma reprovação? Pois fui injustiçado durante o ano letivo , sempre pedi pra ela pra mim fazer a prova em um lugar diferente (biblioteca) e ela disse que eu tinha que trazer o laudo , e eu trouxe no dia 25/11… Comecei a fazer o exames em setembro , um no final de setembro , outro no de outubro e esse ultimo no mês de novembro… Assim eu não quero reprovar por uma causa boba sabe , eu consegui passar em todas as matérias , com exceção de matemática… Queria saber o que teríamos que fazer com essa situação , por que o dpac ele faz com que eu escute bem , normalmente , mas quando a informação chega no cérebro , ele ”embola”, não consegue memorizar as informações , qualquer ruído ou um lápis que caia no chão faz com que eu me desconsente… É dificil… Eu estava tendo aula particular esse bimestre , e consegui passar no 4º bimestre , mas como minhas notas foram horriveis no 1º , 2º e no 3º fiquei pra final…

  820. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 8, 2016 @ 23:55

    João você me contou de onde é? Qual Estado? E cidade? Escola particular ou pública?

    Com diagnóstico e laudo dá para brigar mas depende muito do Estado …

    Você tem que recorrer … depende do Estado.. se for Estado de São Paulo tem 10 dias corridos para interpor o Pedido de Reconsideração da ciência da reprovação. Isto é: soube da reprovação 10 dias para interpor recurso junto a escola em um primeiro momento.

    Sim DPCA é uma necessidade especial e precisa de atendimento.

    Me responda as perguntas.. aguardo

  821. Maria Luci comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 1:04

    Boa noite, meu filho vai prestar vestibular nos dias 11 e 12 de Dezembro-2016 na UEPG – Ponta Grossa, porem a escola marcou recuperação final de Quimica no dia 12 e a coordenação disse que não tem como mudar a data da prova, como proceder, perde o vestibular ou faz a prova de recuperação? Caso opte pelo vestibular ele pode ser reprovado? Posso recorrer? Detalhe, moro no interior de São Paulo, obrigada.

  822. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 2:22

    Maria Luci.. difícil heim?

    Se a escola tinha previsto em calendário escolar esta data para recuperação, se recorre perde.

    Se a escola não tinha previsto em calendário esta data para a recuperação pode tentar recorrer e pode ser que ganhe…

    Então, difícil escolher, mas eu sinceramente escolheria a escola porque sem terminar o ensino médio só na Justiça e olhe lá consegue fazer o ensino superior, ok?

    abraços

  823. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 2:42

    Bruna,

    Bem, situação difícil…

    Não entendi direito.. ela deixa de recuperação e depois ela cobra para dar aulas particulares para recuperar os alunos?

    A escola cobra a recuperação?

    Se ficar reprovado por causa desta professora daí dá para entrar com recurso junto a Secretaria de Educação e até na Justiça.

    Mas se não ficar o melhor é sair da escola..

    Saiam em grupo, vários ,quebrem a escola só assim o dono saberá o que é manter uma profissional desse tipo na escola.. é o jeito … o consumidor ainda tem força.. Se sair da escola uns 10 ou 20 alunos de uma vez a escola quebra dependendo do tamanho da escola, ok?

    abraços

  824. Erica Costa comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 10:19

    BOM DIA!
    ENVIEI UMA DUVIDA HOJE E NÃO A ENCONTRO AQUI.

  825. Carolina comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 13:51

    Profa Sonia, neste segundo semestre minha filha sofreu bulling na escola vindo de outras 5 garotas, chegando a receber conteudo pornografico em seu celular. Fui ate a escola expus o ocorrido, a escola “tirou o corpo fora” mas me disse que informou os pais das envolvidas, quando solicitei uma carta da escola dizendo que ja tinham informado os outros pais a escola se negou em me dar. Protocolei varias coisas na delegacia de ensino.
    Resumindo a minha filha esta com depressao reativa, fazendo acompanhamento psicologico. A escola deixou-a de recuperação final (matéria do ano todo) em matemática por um decimo. Ela não esta em condições de fazer esta prova, chora ao saber que terá que voltar na escola para fazer a prova, meu medo é que ela não vá bem nesta recuperação por conta de todo o stress e que ela vá para conselho, como o clima entre a escola e nós (pais) não está bom tenho medo de que eles a retenham por “pirraça”.
    Como devo proceder caso ela venha ser retida no conselho?
    Ela tem 16anos e cursa o segundo ano do EM
    Obrigada!

  826. João Victor Fernandes comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 13:59

    Sônia, sou de Brasilia DF , escola particular…

  827. João Victor Fernandes comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 14:04

    Olá Sonia , sou de Brasília DF , estudo em um colégio particular , o nome é Ceama (http://ceama.educacaoadventista.org.br/).

  828. Helen comenta,

    dezembro 9, 2016 @ 18:59

    Boa tarde,
    Acho que minha filha vai reprovar esse ano e estamos muitos frustados com essa possibilidade. A questão que ela sempre foi uma ótima aluna, estudava em um colégio puxado de média 7,0 mas sempre passava com médias bem acima, nunca ficou de recuperação na vida. Esse ano ela sofreu bullying nesse colégio, mudei ela para outro colégio no meio do ano pois estava sofrendo muito com a situação. Algumas coisas aconteceram nesse meio tempo, além da mudança de colégio, bullying, nasceu também o irmão dela que não estava programado para vir, ou seja, ela deixou de ser filha única depois de 13 anos. O rendimento dela caiu muito nesse novo colégio, ficou deprimida, chegou até a tomar remédios mas desistiu por conta dos efeitos colaterais, chegou até a se cortar mas graças a Deus, isso pelo menos foi sanado pois fez tratamento com uma psicóloga que ajudou muito, além, é claro de muito carinho e muita conversa em casa. Infelizmente ela não conseguiu superar tudo isso e acabou ficando de recuperação e mesmo tendo aula particular todos os dias ja me disse que não foi nem nas provas. Não sei o que fazer… Se ela for reprovada vai ser um tormento psicologicamente para ela… Se fosse em uma ano menos tulmutuado até aceitaria melhor não iria me preocupar tanto mas logo esse ano tão complicado para ela… Também não me conformo dela ter sido sempre uma ótima aluna e derrepente tudo ter ido por água abaixo. O que eu posso fazer? Existe algum recurso que eu possa entrar caso ela repita mesmo? Obrigada.

  829. Guilherme antonio comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 0:03

    Olá,professora Sônia,tudo bem ?
    Eu estou no 3 ano do ensino médio em uma etec, e estou com uma deficiência de notas em biologia: tive notas vermelhas em 3 bimestres e no ultimo tirei azul. Caso venha a ser reprovado em biologia,você consideraria má fé do professor ? Visto que em todas as outras materias fui bem e só em biologia estou tendo enormes dificuldades. Um motivo disso é o metodo de avaliação do professor : ele só passa uma prova por bimestre e conta as faltas do aluno,segundo ele quem tem menos de 75% de presença no bimestre,automaticamente está com nota vermelha,mesmo tirando nota maxima na prova. Os outros professores não usam esse método e não contabilizam as faltas no bimestre. Quero saber se o professor pode tirar nota dos alunos só por causa de faltas em um bimestre. Já analisei o regimento interno das etecs,e lá diz que a retenção só é possivel se o aluno ficar com menos de 75% em TODAS AS MATERIAS.
    Enfim,minhas perguntas são : O professor deve analisar as menções do ano inteiro para dar a menção final ? e O professor pode diminuir nota dos alunos por faltas no bimestre ?
    Obrigado. Aguardo resposta

  830. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 11:39

    Erica Costa , bom dia…. você está em um outro post.

    Você deixou a sua dúvida e eu respondi no post http://www.soniaranha.com.br/o-que-posso-fazer-meu-filho-repetiu/

    E eu lhe perguntei:

    Olá Erica,

    Onde você mora?
    Escola particular ou pública?
    Aguardo

    Abraços

  831. Ana Luiza comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 11:48

    Bom dia!
    Minha filha cursa 1º ano do médio e foi para conselho de classe em 5 matérias, pois não conseguiu nota na recuperação. Ela fez o fundamental num colégio mais fraco e sofreu um pouco para adaptar-se com a nova metodologia da escola nova.
    Achamos que não passará no conselho e estamos decidindo se vamos entrar com recurso ou não. Se entrarmos será pelo emocional dela que está bem abalado, pois é a primeira vez que se vê nessa situação e está com auto estima muito baixa
    Se optarmos pelo recurso, o que devemos alegar? como se embasar? O que você nos orienta?
    Abraço.

  832. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 12:06

    Carolina que situação.

    1) Há uma lei do bullying http://www.soniaranha.com.br/lei-que-cria-programa-de-combate-ao-bullying-comeca-a-valer-esta-semana/ você poderá acionar judicialmente a escola por não ter feito nada para evitar o problema. Na minha opinião ação de danos morais, financeiros e emocionais.

    2) Com um atestado do médico dizendo que a sua filha não tem condições de ir até a escola em função do quadro de depressão gerado pelo bullying sofrido na escola e sem nenhuma intervenção da escola. Solicite atendimento pedagógico domiciliar para fazer a avaliação de matemática http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000423.pdf http://www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/Educacao/ensino_fundamental/textos_educacao_fundamental/Monografia_Atendimento_Alunos_Enfermos_P%C3%A1gina070514.pdf

    3) Se a sua filha não tem condições nem de realizar a avaliação em casa, daí solicite trabalhos que possam avaliá-la e que uma reprovação vocês não aceitarão.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno na área administrativa, caso precise entre em contato.saranha@mpcnet.com.br

    ou posso indicar advogado que atua em direito do aluno para notificar a escola e acionar a escola judicialmente.

    Não pense duas vezes para acionar a escola, o bullying tem que ser combatido,ok?

    abraços

  833. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 12:09

    João Victor Fernandes, em Brasília, não há ato normativo que discipline o processo de recurso.

    Mas se você for reprovado peça para um responsável legal seu interpor na escola um Pedido de Reconsideração. Se a escola indeferir , poderão recorrer a Secretaria de Educação ou ao Conselho de Educação usando a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III, ok?

    Não é fácil reverter uma reprovação aí porque não há expediente , mas tentar não custa…

    abraços

  834. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 12:23

    Helen,

    Preciso saber onde mora? Se for do Estado de São Paulo interponha Pedido de Reconsideração informando o ocorrido e solicitando que a escola reconsidere e a aprove por Conselho de Classe diante desta situação. Se a escola indeferir o Pedido , recurso para a Diretoria de Ensino seguindo esta Deliberação deste post.

    Mas se for de outro Estado as coisa complicam um pouco porque não há ato normativo que discipline o processo de recurso, exceto no Paraná.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  835. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 12:46

    Guilherme , respondendo:

    1) O professor deve analisar as menções do ano inteiro para dar a menção final ? Sim, depende do sistema de avaliação que consta do Regimento Escolar. Em geral, a avaliação final é um resultado do ano todo.

    2) O professor pode diminuir nota dos alunos por faltas no bimestre ? Não se não constar no Regimento. O que rege TODOS é o Regimento Escolar. O que lá estiver escrito está valendo, caso contrário, não, ok?

    Entre com recurso. Soube da reprovação faça Pedido de Reconsideração para o diretor da escola com esses argumentos

    Se for do Estado de São Paulo é mais fácil … caso contrário .. é mais complicado ok?

    abraços

  836. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 10, 2016 @ 13:01

    Ana Luiza , não sei onde mora… se for do Estado de São Paulo tem como recorrer , o que não significa êxito.

    O Pedido de Reconsideração é um direito do aluno, o que não garante êxito. Ele é feito endereçado para a direção da escola intervir junto ao Conselho de Classe e levar em consideração aspectos mais de ordem qualitativa do que quantitativa.

    Nesta fase do processo de recurso é explicar o que me contou e pedir para que reconsiderem .

    No Recurso , se indeferido o Pedido de Reconsideração, é mais técnico porque a Diretoria de Ensino analisará se a escola falhou regimentalmente com a sua filha. Se sim aprova a aluna, caso contrário, mantém a reprovação.

    Como embasar não sei lhe responder porque eu precisaria saber mais detalhes do processo de ensino/aprendizagem dela.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

  837. Maria Alice Oliveira comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 0:12

    olá, Sônia, boa noite!
    gostaria de tirar uma dúvida com você.
    esse ano eu cursei o terceiro ano do ensino médio, estou finalizando agora.
    porém, por minha mãe ter passado por um processo difícil pois teve câncer, eu fiz as provas, mas fui reprovada em apenas duas matérias.
    matemática e química por apenas alguns décimos.
    e o que mais me preocupa é que eu fui aprovada em duas universidades públicas…
    existe a possibilidade de me reprovarem pelas notas ou por conselho? e se sim, posso entrar com recurso?

  838. Marisa comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 10:50

    Bom dia, Sônia. Tudo bem?
    Estou muito preocupada. Minha filha faz acompanhamento psicopedagógico desde que passou por uma avaliação em meados de abril. A escola propôs adaptação nas provas principais que são duas por trimestres, frente ao seu diagnóstico. O que observei ao longo dos meses é que outras atividades avaliativas não foram adaptadas, sendo assim,ela não obteve a media. Ela está de exame final de Matemática por 0,5 ponto,mas corre o risco de ser reprovada por conselho caso não consiga os 6,5 no exame final pq teve numa dessas outras avaliações sem adaptação nota zero. Cabe entrar com recurso se a reprovação acontecer? Muito obrigada . Marisa
    PS: Sou de SP capital, como devo proceder para pedir a reconsideração?

  839. Denise Ramos comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 12:47

    Bom dia! Reprovaram minha filha por 0.5 ponto em ciências e inglês e por 1.0 em matemática, até aí td bem bem só que haviam falado q no período do dia 28/11 à 02/12 seria recuperação, porém, na última hora a direção comunicou que as aulas iriam Até o dia 09/12, os alunos que conseguiram média já tinha sido dispensados na semana anterior e os da recuperação foram comunicados q as notas já estariam fechadas naquele mesmo dia (02/12), que seria em vão virem na outra semana. Eu tenho em mãos

  840. Vania Souza comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 13:59

    Por favor me responda ,minha netinha de 6 anos ficou de recuperação por não atingir os 70 pontos a media da escola,ficou em ciências com 69 pontos,vai fazer a recuperação e pode reprovar caso não tire 100 que é a nota da prova.

  841. leticia andrade comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 16:02

    bom dia !!
    Eu estou no 2 médio do colegial, e não consegui atingir a media final por décimos, gostaria de saber se eu posso dar entrada na reconsideração, pois já tenho 18, ou preciso que meus pais façam isso, e também não faço ideia de como pedir essa reconcideraçao, preciso muito que me ajude, ja perdi um ano, não posso perder outro

  842. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 18:52

    Vania, se for do Estado de São Paulo recorra no prazo correto por intermédio destas Deliberações deste post que só servem para o Estado de São Paulo porque não é permitido reprovar no 1o ano do ensino fundamental.

    Outros Estados tente recorrer usando a Resolução CNE/CBE n.07/2010 , artigo 30 http://blog.centrodestudos.com.br/resolucao-no-7-de-14-de-dezembro-de-2010/

    ok?

    abraços

  843. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 18:57

    Marisa, assim que souber do resultado e se for reprovação você tem 10 dias corridos para interpor o seu Pedido de Reconsideração (não pode perder o prazo) seguindo as Deliberações CEE-SP n.120/2013 e suas alterações 127/2014 (deste post) e a 128/2014.

    Se a escola indeferir entre com Recurso junto a escola mas endereçado ao Dirigente de Ensino Regional que supervisiona a escola.

    É direito do aluno interpor o Recurso, mas nunca sabemos se obterá êxito ou não.

    Leia as Deliberações que lá estão todos os passos..

    ok? abraços

  844. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 19:01

    Maria Alice,

    Sim existe a possibilidade da reprovação tanto que você foi reprovada.

    Pode entrar com recurso .. mas onde você mora? No Estado de São Paulo? Tem prazo para fazer isso se for do Estado de São Paulo ou de Santa Catarina, outros Estados nem tem ato normativo que discipline o recurso.

    Dependendo do caso vc pode tentar um mandado de segurança e tentar resolver isso na Justiça.. mas depende do caso… cada caso é um caso, ok?

    abraços

  845. MArcela comenta,

    dezembro 12, 2016 @ 23:59

    Prezada Doutora
    Meu filho estuda num colegio cuja media é 6. Na disciplina de matematica, ia bem,porem com a mudança do prfessor sua nota caiu, ficando assim: 8.5/6.0/6.0 e 2.0 (q houve mudança de professor ), ficando com a media de 22,5 ou seja, dividida pelos 4 bimestres, 5,625. O mesmo esta convocado para recuperação anual, e isso implica em tirar 6.4 o que sabemos que nao conseguira ja que a materia sera referente ao ultimo bimestre (mes que o professir entrou e suas noas cairam)
    Gostaria de recusar de fazer a prova anual e ele ficando com 5,62 nao seria o mais aconselhavel, e entro com um recurso?Moro em Campinas, indica alguem aqui?Grata

  846. MArcela comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 0:13

    Complementando…esola e particular. Ele pode ser reprovado por 0,38??

  847. José comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 1:16

    Olá gostaria de saber oq é necessário para recorrer e oq é preciso para ganhar a causa?

  848. anonima comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 13:38

    preciso da sua ajuda URGENTE
    eu fiquei em recuperação em 3 materias e ano que vem pretendo ir para outra escola tem como eu passar devendo ou passar por Deliberação?

  849. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 15:37

    Denise Ramos,

    O que vale na escola é o Regimento Escolar e o Calendário escolar que foi homologado pela Secretaria de Educação. O que estiverem neles é obrigação cumprir.

    Se as datas anteriores a alteração eram oficiais a direção não pode alterá-la.

    Pegue o Calendário Oficial e o Regimento e verifique. Se a escola estiver erra entre com Pedido de Reconsideração da reprovação de seu filho e depois com Recurso esclarecendo o que ocorreu.

    ok?

    abraços

  850. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 15:38

    Leticia, você mesma poderá fazer isso.

    Se for do Estado de São Paulo atenção aos prazos , você terá 10 dias da ciência da reprovação para Pedir a Reconsideração, ok?

    abraços

  851. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 16:41

    Marcela, recomendo que não recuse fazer a prova, caso contrário não terá argumentos para o Pedido de Reconsideração.

    Faça a avaliação se reprovar recorra , mas pelo menos cumpriu as exigências.

    Indico.. eu mesma…

    Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  852. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 16:42

    Marcela, sim pode se estiver expresso no Regimento Escolar que a escala é de zero a dez, aceitando décimos.

    O que estiver expresso no Regimento está a valer.

    abraços

  853. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 16:43

    José, é preciso encontrar falhas regimentais na escola. A escola tem que ter falhado no cumprimento de seu Regimento Escolar ou não ter assistido o aluno de inclusão.

    ok? abraços

  854. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 18:14

    anonima… não.. ou é aprovada ou reprovada, exceto se na sua escola tiver um sistema de dependência …

    ok?

  855. Marco Cardoso comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 21:53

    Boa noite!
    Moro no estado de Minas Gerais, minha filha perdeu media em português e química, pela norma da escola se ela tivesse ficado apenas em uma matéria teria passado pela media global, porém ela teve problemas com a professora de português, a mesma rejeitou um atestado no qual minha filha tinha ido ao dentista e falou na sala de aula que dentista não era medico, passado isto no final do período com muita briga e a mesma já falando mal dela para todos os professores fez uma prova a mão sobre um livro as questões estavam muito vagas e foram abertas valendo 10 pontos, minha filha precisava de 6 para passar em português e ser aprovada, a professora deu nota 2 para ela faltando apenas 4 pontos para ela passar ela acabou ficando de recuperação final. O problema que ela esta extremamente abalada com tudo e provavelmente não irá conseguir. se somar todas as matérias era passa com media global pq as notas nas outras disciplinas são boas. O que fazer? Vc atua aqui neste estado?

  856. Sabrina Costa comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 22:10

    Se tomar bomba em duas matérias sendo que uma preciso de apenas 4 pontos, aqui no estado de minas gerais posso entrar com recurso?

  857. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2016 @ 23:57

    Sabrina pode pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III mas em Minas não tem como aqui um ato normativo que discipline o recurso então é mais difícil .

    Mas se reprovar entre com um documento Pedido de Reconsideração para a direção da escola e se indeferido faça o Recurso para a Superintendência.

    O problema é que como aí não tem ato normativo há não prazo para as respostas do recurso.

    ok?

    abraços

  858. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 0:02

    Olá Marcos, sim atuo, mas como falei a pouco , acredito que para a sua filha.. em Minas Gerais não tem ato normativo que discipline o recurso o que dificulta bastante.

    Por exemplo: você interpõe o pedido de reconsideração na escola, se a escola indeferir faz o Recurso para a Superindentência mas não sabemos quanto tempo ela responderá e se vai responder.

    Diferentemente daqui que sabemos porque tem um Parecer (ato normativo) do Conselho de Educação que diz os prazos e a Diretoria de Ensino tem competência para mudar uma reprovação. aí não tem eu suponho..

    Então dá para fazer mas é tudo muito nebuloso por aí.

    Mas tente, de repente resolve no próprio colégio.. já consegui reverter reprovação em Floresta do Araguaia no Pará .. então.. tudo é possível…

    ok? Se precisar entre em contato saranha@mpcnet.com.br , mas cobro honorários para elaborar o documento.
    Informe se a escola é pública ou privada e se for privada, qual é a escola ok?

    abraços

  859. Roberta Louzada comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 0:07

    Por favor Sõnia me ajude.
    Sou de Poços de Caldas, Minas Gerais. Meu filho não passou na prova de recuperação do dia 12/12 de Matemática por 11 pontos ele não passou de ano, gostaria de saber se posso recorrer com algum argumento pois ele faz tratamento psicológico a quase 1 ano e sofre de ansiedade, tenho o prazo de até dia 16/12 para fazer a matrícula dele , não sei se faço para o sexto ano ou recorro com o pedido de reconsideração, mas não sei nem como começar!! Por favor você poderia me orientar. Aguardo sua resposta. Muito Obrigada

  860. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 0:18

    Roberta Louzada,

    Em Minas Gerais não há que eu saiba ato normativo que discipline o processo de recurso como há aqui no Estado de São Paulo.

    Dá para recorrer ? Dá, mas sem o ato normativo a escola vai responder quando quiser , a Superintendência fará o mesmo enfim… tudo é mais difícil

    Se ele tem um laudo médico que ateste a ansiedade com CID o argumento é de inclusão não assistida. Daí se a escola indeferir o seu Pedido de Reconsideração você poderá recorrer ao Ministério Público. Mas precisa ter o laudo e a escola precisa ter ciência e nada fez para acudi-lo .

    Escreva o documento Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor da escola.. esse é o primeiro passo.

    Eu presto o serviço de escrever o documento de defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso. Caso precise entre em contato informando se a escola é particular ou pública, ok? saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  861. Breno comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 14:52

    Se meu filho repetir em uma matéria só que no casa e matemática sendo que ele tem 5,95 de média e e preciso de 6 você acha que vale a pena recorrer ? Ele já passou na faculdade e não sei o que fazer…

  862. Roseane Oliveira comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 17:05

    Boa tarde, sou professora de Matemática, matéria temida e ao mesmo tempo considerada umas das que se cobram mais, Leciono no Município, e me deparei com uma situação inusitada esses dias, de uma diretora, que dirige a escola, onde no conselho de classe, alguns alunos meus no 7º, 8º e 9º, ficaram reprovados, motivos, não obtiveram a nota final, na qual a média é 50 pontos,durante o ano nós professores trabalhamos 100 pontos e o aluno se conseguir 50 está aprovado.. No caso desses alunos, além de não chegarem a pontuação minima anual, não sabem escrever direito, nem ler, motivo maior de alcançar o resultado.. A mesma diretora disse que eu tinha que passar e se os pontos dos alunos faltassem pouco ela ia mexer na caderneta e ia mudar… fiquei perplexa!!!! Os professores convivem e sabem se os alunos tem capacidade ou não, claro que se falta poucos pontos vejo que ele deve seguir, mas alunos que durante o ano obtiveram uma nota 23, ou até 25 deve ser dado o resto para que assim ele passe é terrível, vejo que nós professores estamos fadados ao fracasso total, até porque quem compromisso com aluno não reprova sem que realmente seja necessário, até porque professor nenhum quer reprovar aluno não.. Minha opinião…Mas na verdade a cultura de se mascarar IDEB é assim que se chega.. quanto mais se aprova maior nota de ideb, pois isso nem deveria ser levado em consiração…

  863. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 17:51

    Roseane, de fato você tem razão em relação a sua diretora que está infringido a lei, porque fraudar é crime. Fraudar documento legal é crime. Você professora deveria denunciá-la para seus superiores. É assim que lidamos com criminosos.

    Mas uma coisa nada tem a ver com a outra e achei interessante você escrever este depoimento justamente em um post que orienta e informa a respeito do direito do aluno de recorrer da decisão da escola.

    A diretora não precisaria cometer crime de fraude em documento oficial e legal do Poder Público, bastava informar os alunos reprovados que eles tem o direito de recorrer, direito concedido não só pelo Conselho Estadual de Educação por intermédio das Deliberações CEE-SP n.120/2013 e suas alterações, como também, pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    O professor não é a verdade, ele fez uma avaliação que na opinião dele está correta, porém se o aluno discordar (direito do contraditório garantido em nossa Constituição) ele pode e deve recorrer a instância escolares superiores.

    Ele interpõe o Pedido de Reconsideração na própria escola que reunirá o Conselho de Classe e manterá ou não a reprovação. Se o Pedido for indeferido ele ainda pode recorrer a Diretoria de Ensino que analisará toda a documentação e se houver falhas procedimentais ela aprovará o aluno, caso contrário não.

    Este procedimento é legal e democrático.

    A sua diretora cometeu crime, mas isso não tira do aluno seu direito de contestar os critérios avaliativos.

    E sim.. se o professor não quer reprovar o aluno como disse, então, não ficará incomodado em contar com outras avaliações além das suas.

    Fui e sou professora e nunca me senti acuada com a legislação que protege o aluno, ao contrário, sempre incentivei os alunos a buscarem seus direitos e a serem de fato cidadãos : princípio constitucional da ampla defesa e do contraditório.

  864. Jisiane comenta,

    dezembro 14, 2016 @ 18:55

    Boa tarde
    Minha filha foi reprovada em matemática por 8 pontos
    Eu consigo recorrer?

  865. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 3:58

    Breno , sim , sempre vale a pena recorrer ,mesmo que não ganhe o direito é do aluno recorrer dado pela lei federal n.8069/90 , artigo 53 , inciso III e no Estado de São Paulo há as Deliberações…

  866. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 4:07

    Jisiane, recorrer é direito do aluno, agora outra história é obter êxito.

    Recorra é direito dela , ok?

    abraços

  867. matheus comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 12:22

    Sônia, minha duvida e a seguinte eu estou no último ano do ensino médio, e fui para conselho com algumas matérias das quais a maioria fique com media anual de 50 pontos para cima, e duas delas com 40 e 44 de média anual, por já ter passado na faculdade e feito matricula, haveria possibilidade de ser aprovado no conselho e não for de até mesmo entrar com recurso ?

    Obrigado.

  868. LUCIANA comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 13:21

    BOM DIA, POR GENTILEZA GOSTARIA DE ALGUMAS INFORMAÇÕES, MEU FILHO CURSA O 2º MEDIO, E FIQUEI SABENDO ONTEM QUE ELE FOI RETIDO, FUI ATÉ A ESCOLA PEDI UM NOVO CONSELHO, PARA REVER, PORQUE ELE TRABALHA E ESTUDA A NOITE, EXETO AS REUNIÕES, QUE REALMENTE NÃO COMPARECI MAS POR MOTIVOS DE TRABALHO, EU NUNCA FUI CHAMADA NA ESCOLA, FUI NO MEIO DO ANO POR LIVRE ESPONTANEA VONTADE, E SEGUNDO O PROPRIETÁRIO DA ESCOLA ELE NÃO CORRIA O RISCO DA REPROVA, QUE ELE TINHA QUE FALATR MENOS, MAS NÃO ME APRESENTOU NENHUMA DIFICULDADE MAIOR, E DISSE QUE SÓ DEPENDERIA DO MEU FILHO., AI MAIS UMA FEZ A DUAS SEMANAS ATRAS COMPARECI NO COLEGIO NOVAMENTE, PARA QUE ME PASSA-SE UMA POSSIÇÃO, QUEM ME ATENDEU FOI A PROFESSORA DE PORTUGUES QUE É PARENTE DO DONO COLEGIO, E ELA ME MOSTROU O BOLETIN, DIZENDO QUE ELE TINHAM CHANCES DE PASSAR SIM E QUE SÓ DEPENDIA DELE., POIS BEM ELE FICOU DE EXAME EM 6 MATERIAS, A DE PORTUGUES ELE RECUPEROU, TINHA O DIREITO DE FICAR EM DUAS MATERIAIS DE DP, A MÉDIA É 6, AS OUTRAS ELE TIROU 3,5, – 4,5 – 2,0, E NA LOGICA PEGARIA DP DE FISICA E QUIMICA QUE REALMENTE NÃO TEM COMO CONCORDO., MAS AS OUTRAS TRÊS ELES PODERIAM ME AJUDAR MAS FUI AO COLEGIO ONTEM, E FALARAM PRA MIM, QUE O QUE ELES PODERIAM FAZER ERA MARCAR UMA REUNIÃO NOVAMENTE COM OS PROFESSORES, E QUE EU PUDESSE PARTICIPAR., SÓ QUE AGORA EU ENTRO EM CONTATO ELES NÃO ME RESPONDEM, DIZEM QUE VÃO VER ACREDITO QUE ESTÃO GANHANDO TENHO TEMPO PARA QUE EU PERCA O PRAZO DO RECURSO.

    PRECISO QUE VC ME AUXILIE, E COMO FAÇO PRA EU ENTRAR COM RECURSO, PORQUE NUNCA PRECISEI, NESTA ESCOLA´ELE ESTA DESDE DO ANO PASSADO, ELE ESTUDAVA EM OUTRO COLEGIO, ONDE EU NÃO IA NAS REUNIÕES MAS ERA CHAMADA SEMPRE QUE NECESSARIO, E ELE SEMPRE PASSOU.

    NÃO SEI SE ME EXPRESSEI BEM, MAS ESPERO QUE POSSA ME AJUDAR

  869. Michelly Silva Lima comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 14:26

    Olá, gostaria de uma informação se teria alguma lei que defenda o aluno no ensino superior, pot reprovar uma cadeira por 2 à 3 décimos. Se seria possível entrar com alguma petição para que a prova final do aluno seja reconsidera algo. Estudo em uma Universidade particular e o professor reprova os alunos muitas vezes por esses décimos como 0,17, 2 e 3 décimos. Acredito que teve ter algo que poderia fundamentar em minha defesa. Pois será um período perdido e ainda realizo projeto na faculdade como o PIBIC que colocam como requisito que se o aluno reprovar alguma cadeira, perderá o o Pibic. Obrigada, grata desde já.

  870. Rafael dantas soares comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 16:49

    Boa tarde professora sonia, estou com dificuldades para passar de ano e queria sabe se a senhora sabe ou conhece un advogado da aerea que poderia me ajudar?

    Atenciosamente
    Rafael dantas soates

    Aguardo sua resposta quanto antes possivel

  871. Heloisa comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 18:13

    Meu filho foi retido esta no 2 ano do ensino fundamenta, estuda em escola particular. Não achei correto e vou entrar com o recurso, preciso de sua ajuda. Como faço para falar com a senhora?

  872. matteus comenta,

    dezembro 15, 2016 @ 22:50

    olá meu nome é matteus e gostaria de saber o que eu poderia fazer para ajudar a minha namorada,o motivo ao qual quero ajuda-la é porque ela foi reprovada no ultimo ano do medio por apenas 0,5 decimos em linguagem,qual o recurso que devo tomar?????

  873. Ingrid Simone comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 0:44

    Boa noite,
    Tenho dúvidas, meu filho tem 18 anos e ficou reprovado em 4 matérias sendo uma delas produção textual, fui uma mãe super presente e a resposta que eu sempre tinha e que ele iria a recuperação em 3 matérias e que dependeria só dele pra passar, sendo que a matéria de produção não estava na lista.
    Em resumo ele não pode fazer a recuperação foi reprovado direto.
    Gostaria de saber se tem alguma lei que o ampare, ele é de um colégio particular e por duas vezes fui na escola para pedir a transferência para um colégio público e o colégio alegava que ele tinha condições de passar.
    Desde já obrigada pela atenção

  874. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 19:41

    Matheus, depende do Conselho.. as escolas estão bem cruéis e podem lhe reprovar porque é prerrogativa dela reprovar caso o aluno não alcance a média em todos os componentes curriculares.

    Se ficar reprovado recorra. Sim poderá interpor recurso sobretudo se for do Estado de São Paulo, ok?

    abraços

  875. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 19:43

    Luciana,

    Onde você mora? Dependendo do Estado é mais fácil recorrer.

    Aguardo

  876. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 19:53

    Michelly não, não tem…. infelizmente o ensino superior não tem essa fiscalização e supervisão que tem a Educação Básica.

    Se consta no Regimento a reprovação por décimos .. não tem nada a ser feito.

    Mas procure o Centro Acadêmica da sua faculdade ou outra entidade estudantil para tentar lhe ajudar,ok

    abraços

  877. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 20:04

    Rafael, a reprovação não é caso de resolver na Justiça somente se houve uma grave infração da escola.

    O caso é resolvido na área administrativa

    Eu presto serviços de fazer a defesa do aluno na área administrativa , mas cada caso é um caso. Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  878. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 20:07

    Heloisa, o melhor meio é por e-mail: saranha@mpcnet.com.br ou sonia@centrodestudos.com.br ou contato@soniaranha.com.br

    Nesta época o telefone vive ocupado e por e-mail atendo mais rápido. Preciso saber de onde você é , ok?

    abraços

  879. Ronaldo Júnior comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 23:24

    Boa Noite!

    Prezada:
    Meu amigo tem um filho com algumas limitações de movimentos.
    O rapaz estuda em um curso profissionalizante e agora no último semestre (final) ele foi reprovado em duas matérias.
    O curso é gratuito, porém a escola anunciou ao pai que este rapaz deve fazer as duas matérias em outra escola (mais distante) e devera pagar as mensalidades.
    Primeiro que a escola sabendo das limitações, porque não chamou a família 1 mês ou dois antes do termino para que remediasse a situação.
    Fiquei muito triste e disse a este pai que não podemos aceitar esta discriminação.
    A escola pode até reprovar, mas deve dar a oportunidade de ele refazer a matéria.
    Minha opinião é discriminatório devida a situação do rapaz.
    A família tem limitações financeiras e não tem como arcar com a distância e o custo.
    Como podemos ajuda-los?

  880. Fátima F R Correia comenta,

    dezembro 16, 2016 @ 23:28

    Boa noite,

    Acabei de saber hoje que minha filha reprovou no 3o ano do ensino médio. A média do colégio na prova final é 7, que ela só conseguiu em matemática. Reprovou em português com 6,6, biologia, com 6,2, química com 3,0 e física com 4,0. A questão é que é menor de 18, só completará 18 em junho do ano que vem.

    Se for aprovada no ENEM para alguma universidade pública, tenho esperança de poder recorrer à justiça para que ela não perca a vaga. Minha dúvida é se posso fazer isso, e quanto tempo leva, uma vez que, publicado o resultado no diário oficial, não terei como reverter a situação.

    Aguardo seu retorno. Agradeço desde já a sua atenção.

  881. Matheus comenta,

    dezembro 17, 2016 @ 10:57

    Bom dia, eu fiquei de recuperação em 3 matérias no 9 ano sendo elas biologia,inglês e redação. Se eu passar em inglês e biologia acima de 9 pontos e perder em redação por 2, eu seria aprovado para o ensino médio?

  882. Angela Reis comenta,

    dezembro 17, 2016 @ 14:10

    Bom dia profa. Sônia,

    Meu filho está no 5º ano fundamental, pegou recuperação em uma unica matéria, ele irá fazer a recuperação desta matéria, caso ele não consiga a nota para passar ele pode ser reprovado de acordo com as deliberações do MEC ou outras instituições?
    aguardo seu retorno,
    obrigada.

  883. Vinicius Rodrigues comenta,

    dezembro 17, 2016 @ 16:56

    A média escolar em 4 bimestres é 5, minha namorada ficou com 19,3 em matemática no final do 3° ano do Ensino Médio, sendo que precisava de 20, há algo que possamos fazer para ela não reprovar?

  884. Kathiane comenta,

    dezembro 18, 2016 @ 1:13

    Boa noite Profa Sônia.

    Minha prima foi na reunião do filho dela para saber o resultado final, ele está no 3° ano do fundamental, chegando lá a professora informou à ela que estaria retendo o menino porque ela podia fazer até 4 retenções na sala e, estava em dúvida entre ele e outro menino. No final resolveu pelo filho dela. Motivo o outro não tem família e reprová-lo seria como um castigo. A professora já havia até dito para o meu primo que ele tinha sido aprovado. Até o boletim está rasurado no local onde se coloca o resultado final. Estava aprovado e a passaram corretivo e mudaram para retido. A média dele é 5. O q fazer? Falei para minha prima entrar com recurso.

  885. claudio soares de souza comenta,

    dezembro 19, 2016 @ 23:53

    Boa noite Professora Sônia!
    Gostaia de uma opinião sua sobre um caso que envole o meu filho que está no 8 ano: Ele está sendo retido por não atingir a média em 3 disciplinas: matemaica, inglês e geografia. Acredito que sua reprovação vai lhe causar atrasos em sua formação ao invés de ser uma forma ideal para alavancar sua aprendizagem em um tempo futuro. Digo isso porque acompanho sua vida escolar. O que devo fazer?

  886. Hemily comenta,

    dezembro 20, 2016 @ 3:51

    Olá eu estou reprovada em 2 matérias português e biologia, porém eu precisava de 6 em inglês mas só fiquei com 5, posso ser reprovada por um ponto?
    Estou no 1 ano do ensino médio.
    Sou do Rio de janeiro.
    Nome da escola é CAIC EUCLIDES DA CUNHA a escola é estadual.

  887. Bruna comenta,

    dezembro 20, 2016 @ 15:04

    fui aprovada em 3 vestibulares, inclusive na puc, chegue a fazer a mateicula ei a pagar o primeiro mês da faculdade, mas reprovei em três matérias na escola, como passei em vestibular tenho como recorrer pra que eu possa pegar o diploma de conclusão do ensino médio?

  888. Yan Querino comenta,

    dezembro 21, 2016 @ 11:50

    Bom dia, gostaria de saber como devo proceder no meu caso: Reprovação por falta, sendo está injusta porém é minha palavra contra a da professora, mas todos os alunos da turma notaram que haviam equívocos e confusão em suas contagens de faltas.
    Sou aluno do terceiro ano em Geografia.

  889. Rita comenta,

    dezembro 21, 2016 @ 14:23

    deixei um pedido de auxílio ontem, mas tenho mais uam dúvida se a direção reprovar meu filho no 2º ano do ensino médio mesmo com meu pedido de rever a reprovação, ele estuda eme scola particular, aonde devo recorrer , moro no paraná!!

  890. Carmen Ramos comenta,

    dezembro 21, 2016 @ 19:34

    Ola boa tarde!
    Estou com um problema…
    Minha filha fez esse ano o 2° grau Tecnica em ADM ultimo ano…minha filha tinha muitas faltas em ed.Fisica…mais como passei por uma cirurgia na bexiga e fiquei acamada…ela foi minha acompanhante e adispensaram da diciplina…porem ela ficou em DP em matematica…rec em Espanol e econoMia… ela ficou retida entrei com um pedido de recurso…no dia seguinte…Entreguei na mão do diretor, onde o mesmo protocolou e carimbou, ficando com uma das vias, me pediu para aguardar a reunião conselho e continuar com os preparativos da formatura.Minha filha entrou em contato com a professora de espanhol no Facebook pela mensagem privada, pedindo que a ajudasse liberando a recuperação antes da reunião do conselho, ela liberou e minha filha participou da prova de recuperação fazendo um trabalho exigido por ela e uma prova oral aplicada dentro da unidade escolar em sala de aula com os demais alunos, só que a mesma não apresentou a nota do trabalho e da prova e não alterou a nota na lista de “notas” sendo que afirmou que ajudaria no que disse preciso com a matéria dela, por causa dessa professora, depois do último conselho minha filha continou retida pois a mesma não representou a recuperação com as notas da minha filha, ela ocultou a recuperação, que seriam a prova oral e o trabalho.Foi muito constrangedor pois liberaram todos os alunos inclusive os que estavam com pedido de recurso para a festa de colação de grau onde estavam presentes familiares e amigos que presenciaram a participação desses alunos sem uma decisão do conselho, e depois de tudo isso, no presente momento, alegaram que a minha filha estava retida, me ajude, não sei o que fazer.Penso em entrar com um novo recurso pela secretaria da educação e com um mandado de segurança,estou no caminho certo?

  891. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2016 @ 1:26

    Ronaldo Junior

    1) O aluno com necessidades educacionais especiais é amparado pela lei federal n.13.146/2015, artigo 28.

    2) Ele tem que ter uma assistência diferenciada e se a escola não o assistiu em suas necessidades não pode ser reprovado.

    3) Recomendo que vocês façam denúncia junto ao Ministério Público, área de educação.

    Questão é discriminatória porque a escola não pode transferir aluno , não efetivar a matrícula

    ECA, em seu Art. 5º

    “Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais”..

    “ Art. 6º Na interpretação desta Lei levar-se-ão em conta os fins sociais a que ela se dirige, as exigências do bem comum, os direitos e deveres individuais e coletivos, e a condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento”.

    “Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:

    Constituição Federal, no inciso I do art. 206.

    I – igualdade de condições para o acesso e permanência na escola”. Este princípio é uma repetição do que está contido em nossa Constituição Federal, no inciso I do art. 206.

    O direito à educação é um dos direitos fundamentais sociais. Busca-se, através da Constituição Federal e do Estatuto da Criança e do Adolescente, a garantia do direito à educação.

    ok? Faça denúncia junto ao Ministério Público do Estado e faz pelo site mesmo.

    Abraços

  892. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2016 @ 1:58

    Matteus, depende onde vocês moram? Se for no Estado de São Paulo tem 10 dias para recorrer . Isto é, soube da reprovação conta 10 dias é o prazo máximo para entrar na escola com o Pedido de Reconsideração.

    Se for de Santa Catarina tem 2 dias úteis

    Outros Estados não tem prazo mas também não tem ato normativo que discipline o processo de recurso, o que dificulta muito.

    Então, depende onde moram, ok?

    Aguardo

  893. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 22, 2016 @ 15:20

    Carmen Ramos, onde você mora? No Estado de São Paulo?

    Se for você já entrou com o Pedido de Reconsideração e que foi indeferido. Agora é interpor o Recurso endereçado para a diretoria de ensino, ok?

    Não há muito a ser feito exceto seguir o trâmite.

    Se você não for do Estado de São Paulo fica mais difícil a situação porque não há onde recorrer mas poderá tentar fazer o Recurso e seguir para o Ministério Público ajudar em arbitrar isso.

    Sua filha não participou da celebração de formatura, se tivesse participado e depois reprovado poderia acionar a Justiça.

    ok?

  894. Vania comenta,

    dezembro 22, 2016 @ 20:12

    Sonia, meu filho ficou de recuperação em 6 matérias , ele passou em 4 das 6 , nessas 2 , foram 1 por um ponto e outra por meio ( 0,5 ) , e segundo a funcionária da diretoria , ele não teve direito a ir para o conselho de classe, isso procede ? Realmente não tem direito ?
    Mesmo a escola tando ciente do problema de saúde que teve nesse ano letivo.

  895. Sandra F S Balthazar comenta,

    dezembro 22, 2016 @ 22:37

    Sou de Cachoeiro de Itapemirim – ES., onde meu meu filho de 14 anos que à 12 anos e meio estuda com a mesma turma em uma escola particular de nossa cidade, soube nesta manhã, que o mesmo que estava indo para o 9º ano, ficou reprovado em 02 (duas) matérias, onde ao passar o resultado pro mesmo, fica impossível aqui explicitar a situação emocional que estamos passando ele… Tem Jeito? Tentei te ligar, mas não consegui falar. Obrigada MESMO.

  896. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2016 @ 4:29

    Ingrid Simone, onde você mora?

    Depende do Estado. No Estado de São Paulo há o ato normativo que disciplina o recurso para reprovação, mas há prazos para recorrer.

    Em Santa Catarina também tem ato normativo que disciplina o recurso.

    Outros Estados não tem e daí é preciso usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III para fazer o Pedido de Reconsideração na escola e tentar o Recurso junto ao órgão público.

    Então tem lei e tem ato normativo ok?

    abraços

  897. Leandro comenta,

    dezembro 23, 2016 @ 11:56

    Bom dia Sonia
    Fui reprovado por frequência insuficiente fiquei sabendo hoje
    Mas o motivo de tanta falta é que tenho diabetes tipo 1 cronica
    a escola já sabe desde o ano passado com laudos
    POSSO RECORRER? estado de sp escola publica
    se poder como faço ?

  898. Leandro comenta,

    dezembro 23, 2016 @ 13:19

    é minhas notas tbm tá tudo horrível mesmo assim se eu entrar com recurso consigo reverter isso ?

  899. Leandro comenta,

    dezembro 24, 2016 @ 2:30

    Eu vou fazer o pedido
    vc tem algum modelo ?

  900. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2016 @ 14:08

    Leandro, segue:

    A
    Ilm. (a) Sr. (a) __________________
    Diretora da Escola ____________________

    P E D I D O de Reconsideração

    Eu , ____________________,portador do RG ____________ residente a rua ____________________ município ___________ responsável legal pelo (a) aluno(a) _________________________ regularmente matriculada no ________ ________ no ________do Ensino ___________, venho mui respeitosamente ,solicitar a V.Sa, pedido de reconsideração do resultado de avaliação final do processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) à luz da legislação lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III e da Deliberação CEE n.120/2013 e suas alterações n.127/2014 e n.128/2014 (essa parte final se for do Estado de São Paulo… outros Estados não use)

    Histórico:

    Conte o motivo pelo qual quer a reconsideração. o que aconteceu …

    Na certeza de que poderer contar com V.Sa na análise do processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) revertendo o resultado da avaliação final é que subscrevo-me na presente data aproveitando esta oportunidade para reiterar a V. Sa os protestos da minha mais elevada estima e consideração.

    nome
    Data:

  901. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2016 @ 14:16

    Leandro , pode recorrer, já passei o modelo para você em outro comentário seu…

    Mas não é fácil reverter uma reprovação por falta.

    Dependendo do ano que você estuda você poderá solicitar uma reclassificação em 2017 , isso é previsto em uma RESOLUÇÃO SE Nº 20, DE 5 DE FEVEREIRO DE 1998 da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

    Use esta Resolução,ok?

    abraços

  902. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 24, 2016 @ 14:38

    Sandra, não estou atendendo o telefone nesses dias em função do volume de ligações e não consigo atender a todos, infelizmente.

    No Espírito Santo não há ato normativo que discipline o recurso ,mas você pode tentar usando a lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III.

    Primeiro faz o Pedido de Reconsideração na própria escola e se for indeferido você entra com Recurso e daí está o problema porque não havendo ato normativo que discipline o recurso fica sem saber onde interpor o Recurso, mas tente o Conselho Estadual e ao mesmo tempo o Ministério Público, ok?

    abraços

  903. Leandro comenta,

    dezembro 24, 2016 @ 15:24

    Boa tarde sonia , segunda minha mãe vai ir com esse modelo lá explicando etc
    e vc falou dessa reclassificação como funciona ? to no 9ANO oitava serie
    ano q vem iria pro 1

  904. Adriana Terezinha comenta,

    dezembro 26, 2016 @ 0:42

    OLÁ minha filha estuda em uma escola publica de minas gerais e de acordo com a escola ela foi reprovada em duas materias ingles e quimica ela esata no 3ano do ensino medio. No final do ano 2016 fez vestibular e passou em 3 º lugar ,AGORA JA FUI NA ESCOLA E ELES FALAM QUE ELA DEVE USAR O ENEM PARA SE FORMAR MAS NAO CONCORDO ELA QUER ENTRAR NA FACULDA DE ONDE DEVO RECORRER ?Ja Fiz ate pre matricula na faculdade onde ela passou paguei metade do valor.

  905. Filipe Souza comenta,

    dezembro 26, 2016 @ 12:06

    Na minha escola se a pessoa ficar de recuperação final em 1 matéria e não for fazer a prova ela reprova ,perdi a prova mas eles não têm segunda chamada e me reprovaram por 1 matéria

  906. Lucas comenta,

    dezembro 26, 2016 @ 18:07

    A escola pode me reprovar por falta por cada matéria? o certo não é pelo total de tudo ?
    9 ano escola publica estado de sp ..

  907. mirian jacinto comenta,

    dezembro 26, 2016 @ 18:52

    Professora Sonia,
    Meu filho foi reprovado no primeiro ano do ensino médio, no estado de São Paulo. A direção disse que o conselho não o aprovará na reconsideração e pediu para eu pedir entrar direto com o recurso. Como fica isso?
    Obrigada

  908. diena comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 4:15

    boa noite
    minha filha estuda no colégio militar ficou reprovada em matemática por 0,07 decimo, tentei vários argumentos para eles passarem ela mais não obtive exito tivemos um motivo grave de doença na família, e não dei a atenção que ela merecia, por esse motivo ela não conseguiu alcançar a media.

    onde posso recorrer para tenta com que ela passe de ano pois sinto que não e justo pois nas ouras ela tirou notas boas
    e justo uma criança de 10 anos reprovar tendo capacidade de segui em frente.
    e infelizmente as regras do militar são muito rígidas

    att

    deina

  909. valdiney santos comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 14:29

    A direção da Escola pode aprovar um aluno por conta própria que foi reprovado pelo conselho de classe.
    Aguardo resposta.Obrigado

  910. gizele rocha comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 18:11

    Gostaria de saber se a faculdade pode reprovar o aluno por 2 décimos,
    Estou cursando o curso de odontologia, estou no 7 semestre e gostaria de me informar o que posso fazer pra reverter essa situação, pois acho que a faculdade deveria ajudar, pois 2 décimos é insignificante para a reprovação do aluno!
    Gostaria de ajuda no que devo fazer urgente.
    Obrigada!

  911. adriana araujo luz comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 18:58

    gostaria de saber o porque no site do governo constava ate o dia 23 de dezembro q minha sobrinha foi aprovada, e estava matriculada para fazer o 3 ano do ensino medio.Agora esta q ficou retida e que esta no 2 ano do ensino medio, e na escola todos q foram retido esta escrito de vermelho e tem a justificativa pq reprovou e o dela não o q posso fazer.Ela passou por 3 escolas no ano de 2016 por problemas com a mãe q abandonou ela e a irmã q são de menores estou procurando ajuadar elas estou tentando a guarda da outra q so tem 15 anos a luana ja tem 17 ñ precisa pq ja vai completar 18 anos.Agora ñ sei como proceder com a questão da reprovação.A Ariana repetiu o 9 ano por questao de faltas e notas esta em tratamento com pisiquiatra e pisicologo essa ñao posso nem questionar.

  912. Jackeline Alexandre comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 22:12

    Oii eu fiquei em recuperacão em história ai eu passei na reperacão ai colocaram aprovada só q um dia depois disseram q eu fui reprovada qual é o certo a se fazer se o erro foi deles se eles tivessem colocado q iria precisar fazer provão eu teria ido mas colocaram aprovada o que devo fazer?

  913. Ana Maria comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 23:30

    Olá. Minha filha ficou reprovada por não ter Rendimento Sulficiente em seis materias do 3 ano do ensino médio, nas outras seis ela passou. Como posso entrar com o recurso? Ou não posso?
    Ela teve muitas faltas mas já foram repostas com trabalhos, porem por não ir a aula ela ficou sem nota nas seis materias e acabou sendo reprovada. Posso apresentar isso como argumento? Posso tambem apresentar que o motivo das faltas foram problemas de saude mental que ela passou?
    Peço o recurso na secretaria da escola mesmo ou na secretaria de educação?

    Obrigada!!

  914. Ana Maria comenta,

    dezembro 27, 2016 @ 23:43

    Outra pergunta:
    Posso também optar pela progressão parcial? Ela ficou retida por Rendimento Insuficiente em seis materias e está no 3 ano do ensino medio.

  915. Rita de Cássia Barbosa Pereira comenta,

    dezembro 28, 2016 @ 13:35

    Profa. Sonia

    Estou escrevendo para conseguir ajuda para o caso da reprovação do meu filho. Ele esta no segundo ano do ensino médio e estuda desde sempre em escolas privadas, sendo que aqui onde moramos, nas duas melhores escolas da região, mas em virtude de, durante o ensino fundamental 1 ter estudado numa escola Waldorf, e ter ido para o fundamental 2 para uma escola convencional, foi com um ano de idade a mais, em virtude daquela mudança entre o ensino fundamental ser até o oitavo ano e agora nove anos (ou seja, ele esta com 17 anos completos e esta no segundo ano do ensino médio). Acontece que quando ele foi para o ensino médio, aconteceu aqui em casa, do pai ter tido uma depressão gravissíma e ter sido internado e nós já vinhamos de um outro caso de tratamento, também psiquiátrico aqui (do meu filho do meio, que é 3 1\2 anos mais velho, que sofre de pânico e fobia social e ainda está em tratamento). Então em virtude destes problemas pessoais todos, nossas estruturas estão bastante frágeis e foi bastante dificil para este meu filho o primeiro ano, mas fazendo as recuperações ele conseguiu concluir. No entanto, durante todo o segundo ano, foi ainda mais complicado, com ele ficando com as notas abaixo da média em quase todas as matérias de exatas e português, e sempre com muitas faltas (pois em função destes problemas eu sempre permiti que ele não fosse a escola quando não estivesse bem), mas ainda assim sabíamos que ele ia conseguir. Mas como se não bastasse todos os problemas, ocorreu na escola, durante a última semana de aulas, antes da recuperação do quarto bimestre, uma discussão de um dos professores com a classe e ele saiu de lá realmente tendo desistido. Com calma, eu o ouvi, deixei que ele se acalmasse e isto o fez ir fazer a recuperação, e depois a recuperação anual, mas ele não deu conta do recado e acabou retido nestas cinco matérias. Acontece também que eu nunca tinha ouvido que tinhamos o direito de entrar com recurso em virtude de reprovação e, em relação ao ano de idade que ele tem a mais, com recurso para reclassificação. Acontece também, que na minha última reunião com o coordenador do ensino médio do colégio, ele me garantiu que meu filho é inteligente, tem capacidade e isto eu tenho certeza e é visivél a todos os professores, mas sei também que meu filho esta cansado e que ficar mais dois anos no ensino médio não vai ajudar ele em nada, até porquê, existe o famoso terceirão, onde ele refará, tudo o que já fez até agora!! Preciso entrar com um pedido de recurso contra esta retenção, mas não sei como fazer. Você poderia me ajudar?! Estou realmente decidida entrar com o pedido.

    Rita de Cássia

  916. germana souza comenta,

    dezembro 28, 2016 @ 19:19

    Profa Sônia me manda um modelo de carta pra eu enviar a diretoria de ensino porque meu filho continua retido depois da carta de reconsideração obrigado

  917. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 2:35

    Germana… segue….

    A
    Ilm. (a) Sr. (a) __________________
    Dirigente Regional de Ensino da DE _______

    P E D I D O D E R E C U R S O

    Eu , ____________________,portador do RG ____________ residente a rua ____________________ município ___________ responsável legal pelo (a) aluno(a) _________________________ regularmente matriculada no ________ ________ no ________do Ensino ___________, venho mui respeitosamente ,solicitar a V.Sa, recurso do resultado de avaliação final do processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) à luz da legislação lei federal n.8069/90, artigo 53,inciso III e da Deliberação CEE-SPm.120/2013 e suas alterações n.127/2014 e n.128/2014 (esse último se você for do Estado de São Paulo)

    Histórico:

    Ciência da Reprovação: (data)
    Pedido de Reconsideração interposto no dia : data (segue em anexo)
    Devolutiva da Escola no dia: data (segue em anexo)

    conta aqui o que for preciso

    Na certeza de que poderei contar com V.Sa na análise do processo de ensino/aprendizagem de meu (minha) filho (a) revertendo o resultado da avaliação final é que subscrevo-me na presente data aproveitando esta oportunidade para reiterar a V.Sa os protestos da minha mais elevada estima e consideração.

    nome
    Data:

  918. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 3:00

    Rita de Cássia onde você mora?

    Se for do Estado de São Paulo terá que seguir as Deliberações CEE-SP 120/2013 e suas alterações n.127/2014 e a 128/2014 http://www.soniaranha.com.br/deliberacoes-de-recurso-contra-reprovacao-escolar-no-estado-de-sao-paulo/

    Se for de Santa Catarina terá que seguir a Resolução CEE-SC n.183/2013 a partir do artigo 21.

    Outros Estados não tem ato normativo específico para disciplinar o processo de recurso, o que dificulta muito. Mas você poderá seguir a lei federal n.8090/69, artigo 53, inciso III.

    1) Primeiro Pedido de Reconsideração ou Revisão endereçada para a direção da escola
    2) Se indeferido, daí segue para o Recurso.
    3) Nos Estados que não tem ato normativo que discipline o processo de recurso é atirar as cegas.. mas tente o encaminhar o Recurso para o CEE usando a lei federal n.8090/69, artigo 53, inciso III.

    Não é fácil reverter uma reprovação.

    Casos de inclusão não assistida pela escola é mais garantido que ocorra a reversão.
    Alunos com TDAH, DA , dislexia, discalculia, sindrome de pânico, depressão, autista etc.. devem ser assistidos, se a escola reprova sem ter lhes dado assistência a reprovação é revertida.

    Outros casos são mais difíceis e você terá que encontrar falhas regimentais na escola. Se a escola não cumpriu o que determina o Regimento é mais fácil reverter.

    Caso contrário não.

    Outro caminho é tentar uma reclassificação para o 3o ano Médio…

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Abraços

  919. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 3:43

    Ana Maria,

    Como posso entrar com o recurso? Ou não posso? Sim pode. Agora depende do seu Estado.. Se for Estado de São Paulo siga as Deliberações CEE-SP 120/2013 e suas alterações n.127/2014 e a 128/2014 http://www.soniaranha.com.br/deliberacoes-de-recurso-contra-reprovacao-escolar-no-estado-de-sao-paulo/

    Se for de Santa Catarina terá que seguir a Resolução CEE-SC n.183/2013 a partir do artigo 21.

    Outros Estados não tem ato normativo específico para disciplinar o processo de recurso, o que dificulta muito. Mas você poderá seguir a lei federal n.8090/69, artigo 53, inciso III.

    Se você, durante o ano letivo, levou laudo atestando que a sua filha tem um problema mental,e a escola nada fez para assistida daí é mais fácil reverter a reprovação se apoiando na lei federal n.13.146/2015, artigo 28.

    O processo de recurso tem pelo menos duas partes: a primeira é o Pedido de Reconsideração que é feito para a direção da escola pedindo que seja analisado novamente pelo Conselho de Classe o processo de ensino/aprendizagem da aluna e alegando que é um caso de necessidade educacional especial.

    O Recurso é a segunda parte do processo , só ocorre se a escola indeferir o seu Pedido e daí sim ,segue para a Secretaria de Educação.

    Se você não for do Estado de São Paulo ou Santa Catarina aí é mais difícil porque não é uma prática usual, embora legal e de direito do aluno e a Secretaria poderá criar problemas, se isso ocorrer vai direto para o Conselho Estadual de Educação ou busque o MP, sobretudo, porque sua filha tem necessidade educacional especial

    ok?

    abraços

  920. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 3:45

    Ana Maria, essa opção não sei se é oferecida para esse número de disciplinas e no 3o ano do Ensino Médio.

    Se ela tiver 18 anos melhor seria fazer supletivo- Educação de Jovens e Adultos em 6 meses ela termina o 3o ano. Mas faça a opção por escola pública porque supletivo em escola particular a maioria a escola não tem autorização de funcionamento o que gera um certificado inválido, ok?

    abraços

  921. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 4:11

    Jackeline peça para um responsável legal seu recorrer junto a direção da escola e depois se for indeferido junto com a Diretoria de Ensino.. se vc for do Estado de São Paulo.. se for siga as Deliberações

  922. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 5:58

    Adriana araujo luz,

    Faça um pedido por escrito para a direção da escola explicando o ocorrido e pedindo uma informação oficial a respeito do resultado final. Se não obtiver resposta, faça outro documento , anexe cópia do que enviou para a direção, e encaminhe para a Secretaria de Educação.

    A que reprovou e que tem problemas psiquiátricos precisa informar na escola porque a escola tem o dever de assisti-la, ok? Tem lei que protege alunos com problemas psicológicos n.13.146/2015, artigo 28.

    ok?

    abraços

  923. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 6:00

    Gizele Rocha, a faculdade pode reprovar por décimos se isso constar no Regimento da faculdade.

    Você deve buscar informação junto ao coordenação da faculdade quais são os procedimentos para contestar o critério avaliativo que deve haver.

    O Ensino Superior é diferente da Ed.Básica de modo que recorrer é mais complicado porque depende do diretor enfim.. das normas internas.

    ok?

    abraços

  924. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 6:27

    Vania, sim procede dependendo do Regimento Escolar. Leia o Regimento no capítulo de Avaliação e Recuperação.

    Agora, o problema de saúde, dependendo do problema, pode caracterizá-lo como aluno com necessidades educacionais especiais e daí sim é possível reverter a reprovação.

    ok?

    abraços

  925. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 29, 2016 @ 15:48

    Valdiney … pode. a direção é presidente do Conselho e soberana.

    Pode sim….

    Agora para ela fazer isso depende muito da correlação de forças políticas dentro da escola.

    Uma atitude desse tipo pode gerar um conflito muito grande entre os professores…

    De modo que se os argumentos pedagógicos da direção forem fortes e legais e o Conselho agiu de forma arbitrária para prejudicar o aluno , a diretora que deve ser aquela que garante os direitos fundamentais do aluno e protege o Projeto Pedagógico, além de garantir a legislação de ensino, pode e tem poder legal para isso, intervir e modificar uma decisão do Conselho.

    ok?

    abraços

  926. Dorival martini comenta,

    dezembro 31, 2016 @ 1:32

    meu filho esta no terceiro ano do ensino médio reprovou em duas áreas natureza; somete fisíca e linguagem só português pois não consigo compriender entre os colegas de sala é um dos melhores em redação e isso dito pelos colegas, durante o ano teve redações sem erro mas a prof reprovou agora em dezembro. As notas dadas como conceito as siglas csa; cpa; cra; sera mesmo que é possivel reverter este resultado, cidade N. H. Rio grande sul

  927. Patricia comenta,

    dezembro 31, 2016 @ 13:41

    Meu filho ficou retido 3 materias ele não pode fazer dependencia das mesmas. Ele esta no 2 ano do 2 grau

  928. CLAUDIA comenta,

    dezembro 31, 2016 @ 19:59

    Oi. tenho uma dúvida. Um aluno foi aprovado com dependência em matemática na série e reprovado na dependência.
    No ano seguinte Ele cursará apenas a dependência que reprovou ou a dependência reprovada + a disciplina de matemática ? obrigada

  929. Enés Victor Gonçalves da Costa comenta,

    janeiro 8, 2017 @ 20:55

    Prezada senhora Professora,

    Na minha busca de uma solução pra minha filha, encontrei matérias pertinentes respondidas pela senhora. Por favor, a minha filha cursou 2º Ano de Química no IFAM – MANAUS, com muitas dificuldade, reprovando em 4 matérias “técnicas”, consequentemente o ano. Mas, ao ser transferida paro um Ensino Publico do Estado, informo que essas disciplinas não contem na grade, então, seria possível ser aceita no 3º ano, com ressalvas em sua transferência dando o aval para cursar o 3º ano (?)

    Aguardo sua opinião, ou matéria com este assunto.

    Obrigado,

    Enéas Victor Gonçalves da Costa – Pai da Aluna

    -

  930. davi comenta,

    janeiro 9, 2017 @ 21:58

    eu recorri mais não recebi a resposta e já começa as aula dia 23 de janeiro eu estudo no sesi voçe poderia me ajd pq eles não me responde e tem um tempo pra responde eu acho

  931. João Gabriel de Almeida Monteiro comenta,

    janeiro 10, 2017 @ 13:49

    Eu estou no 1 ano e tenho TDAH. Hoje fiquei sabendo que havia sido reprovado em matemáticas física e inglês, durante as provas dá segunda fase dá recuperação descobrir que a minha coordenadora não sabia que eu tinha TDAH mesmo minha mãe tendo ido ao colégio no início do ano, e em dezembro descobrir que eu deveria ter tido uma acompanhamento especial dá parte do colégio, coisa que não recebi durante o ano. A minha reprovação pode ser revogada devido a falta de acompanhamento do colégio?

  932. GABRIELA BUENO RODRIGUES comenta,

    janeiro 12, 2017 @ 14:18

    Boa tarde!
    Meu filho tem um laudo da psicóloga e uma carta do psiquiatra, onde diz que ele precisa de apoio pedagógico por parte da escola, porém a escola não fez nada. Eu fui até lá para pegar uma atividade e mesmo assim reprovaram ele. Que direito tenho em relação ao apoio pedagógico não oferecido pela escola. É correto essa reprovação, uma vez que ele tem problemas de socialização e depressão e tem pedido do psiquiatra para acompanhamento pedagógico?

  933. Carlos comenta,

    janeiro 12, 2017 @ 14:36

    eu reprovei no 8° apenas por faltas, notas eu passei, tem como eu recuperar esse ano de algum modo? não ter que repetir o 8 fazendo alguma coisa?

  934. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2017 @ 20:01

    Carlos se você for de escola pública do Estado de São Paulo peça reclassificação assim que começar o ano letivo, ok?

    abraços

  935. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 15, 2017 @ 20:03

    Gabriela, o seu filho tem direito de ser assistido e não é correta a reprovação se a escola tinha ciência da necessidade educacional especial dele e nada fez, ok?

    Qual é o seu Estado? Dependendo .. poderá fazer um recurso.

    Primeiro na escola Pedido de Reconsideração endereçado a direção.

    Segundo dependendo do Estado seguir para o Ministério Público.

    Eu presto serviço para escrever o documento de defesa do aluno, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  936. Lucas comenta,

    janeiro 16, 2017 @ 19:31

    Sónia boa tarde

  937. Lucas comenta,

    janeiro 16, 2017 @ 19:34

    Reprovei no 1 ano tem algum jeito de reverter esse processo?

  938. Clarice comenta,

    janeiro 17, 2017 @ 0:33

    Oi minha filha rodou em duas matérias no nono ano,tem como ela passar de alguma forma ou não da?

  939. Adriana comenta,

    janeiro 18, 2017 @ 9:09

    Olá,
    Sou Adriana e tenho uma filha no 1º ano do ensino fundamental. No bairro onde moramos só tem 2 escolas,uma é municipal ensino do 1º ao 5º ano e a outra é particular também do 1º ao 5º ano.
    Na escola municipal não consegui vaga,pois é muito difícil conseguir vaga por ser afastada dos outro bairros é muito concorrido,então fui obrigada a matricular minha filha na escola particular, o problema é que desconfio que escola não tem registro do Mec.
    Como posso saber se tem aprovação do MEC ou não se a Dona da escola diz que tem? Qual a medida devo tomar caso realmente não tenha registro?

    Aguardo resposta.
    Abraços

  940. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 18, 2017 @ 12:10

    Adriana,

    A escola de Ensino Fundamental não tem registro no MEC. O MEC é responsável pelas políticas educacionais e pela supervisão do Ensino Superior (faculdades e universidades)

    Você tem que buscar informação junto a Secretaria de Educação do seu Estado. É o Governo Estadual, por intermédio de sua Secretaria de Educação responsável pelo Ensino Fundamental das escolas particulares.

    Você pode também acionar o Ministério Público do seu Estado para intervir junto a escola pública e conseguir uma vaga.. A prefeitura é obrigada por lei a atender todos as crianças.

    ok?

    abraços

  941. rosana comenta,

    janeiro 18, 2017 @ 18:11

    Boa tarde!

    Meu filho esta com 11 anos e foi retido pela segunda fez – 3 e 5 ano. Como a escola nao soube me explicar o que esta acontecendo, resolvi procurar ajuda junto a uma neurologista, onde após avaliaçao junto a psicopedagoga obtivemos o diagnostico de Defite de Atençao.

    A Dra de imediato solicitou a revisao da retençao junto a escola, emitiu uma carta para a mesma com diagnostico e tratamentos que serao necessarios medicaçao e terapia, além de aulas de reforço. Todavia, nao sei como proceder, pois a escola so voltará a funcionar no dia 1/02.

    Liguei na Secretaria de Educaçao, porém nao souberam me infomar como devo prosseguir.

    Somos de Curitiba/PR, gostaria de esclarecimentos para que quando for a escola estaja preparada e ciente dos direitos do meu filho.

    Desde de ja muito obrigada.

  942. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 18, 2017 @ 18:26

    Clarice, não tem como saber.. para eu lhe dizer precisaria analisar o caso… mas a aluna tem direito de recorrer, direito concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III . O direito não garante a reversão da reprovação, mas o direito de contestar… às vezes da certo outras não.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno.Ano passado fiz 30 recursos e consegui reverter 70% e este ano até o momento fiz 20 e já soube que 5 consegui reverter.. os demais ainda estão tramitando, sem conclusão. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  943. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 18, 2017 @ 18:28

    Lucas, depende do caso, depende onde você mora.. às vezes dá, outras não.

    Mas você tem direito de recorrer , direito este concedido pela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mcpnet.com.br

    ok?

    abraços

  944. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 19, 2017 @ 18:25

    Rosana,

    1) A escola tem direito de reprovar o aluno caso o mesmo não atenda o Regimento Escolar. Cada escola é autônoma para adotar o sistema de avaliação que lhe convier;

    2) Se o diagnóstico de Déficit de Atenção foi feito depois da reprovação é bem difícil de conseguir reverter a reprovação porque a escola alegará que não assistiu o aluno porque não sabia do D.A.

    3) Se o diagnóstico foi realizado antes da reprovação e apresentado na escola a tempo da escola assistir o aluno como devia mas a escola não fez, daí sim as chances de reverter a reprovação são boas.

    Paraná não tem ato normativo do Conselho Estadual de Educação que discipline o processo de recurso.

    Então, será preciso primeiro interpor o Pedido de Reconsideração na escola e se negado ir para a Ouvidoria conforme informo neste link aqui http://www.soniaranha.com.br/estado-do-parana-e-o-recurso-contra-a-reprovacao-escolar/

    ok?

    abraços

  945. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 20, 2017 @ 3:11

    João Gabriel , sim, mas depende onde você mora se o prazo para recorrer não expirou.

    Eu presto serviço de escrever a defesa do aluno, mas cobro honorários, caso queira, entre em contato: saranha@Qmpcnet.com.br

    abraços

  946. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 20, 2017 @ 3:16

    Davi, eles responderão assim que os professores retornarem do recesso escolar.

    Ligue na escola e verifique se os professores já retornaram.

    Se eles não lhe responderam até o dia 23/01, você entra com um documento chamado Decurso de Prazo, junto a Diretoria de Ensino para que sua aprovação seja automática e feita pela Diretoria de Ensino, ok?

    Caso precise, presto serviço de elaborar o documento, mas cobro honorários. Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  947. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 20, 2017 @ 3:25

    Enéas, não sei lhe informar com certeza…

    Se a Matriz Curricular for concomitante matérias do ensino médio e do técnico… talvez possa..

    Mas se for unificada acredito que não.

    Recomendo que faça consulta junto a Secretaria de Educação do Estado do Amazonas eles saberão lhe dizer se é possível… ok?

    abraços

  948. alberto soares de araujo comenta,

    janeiro 20, 2017 @ 16:22

    meu filho ficou reprovado em biologia e ingles no 2 ano do ensino medio ele pode fazer o 3 ano e pagar as disciplina que ele fikcou em horario oposto?

  949. karynna comenta,

    janeiro 21, 2017 @ 4:38

    ´´É possível, então, concluir que vale a pena , diante de uma reprovação, fazer uso da Deliberação CEE-SP n.127/2014. (altera a Deliberação CEE-SP n.120/2013)

    Ela permite que o Conselho de Classe reveja com mais calma o processo daquele aluno específico, a partir de um pedido que pode iluminar alguns pontos que não foram considerados na hora do Conselho de Classe geral.´´
    -Isso se aplica mesmo tendo entrado no mes de ferias do final de ano-.(estou sem interrogaçao).
    Pois, eu fui com meus pais a escola(estou no 1ano do ensino medio), e simplismente disserem que eu iria reprovar de ano e que nao teria problema porque ainda tenho 17anos.Acho isso muito injusto, pois, ja repeti de ano antes por problemas pessoais, e me esforçei para passar, simplesmente por falta de descaso e atençao terei que repetir o ano novamente. Preciso de uma orientaçao , desde ja obrigada.

  950. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2017 @ 0:25

    Karynna,

    Onde você mora?
    Quando soube da reprovação?
    Preciso saber porque no Estado de São Paulo e Santa Catarina há prazos.

    Aguardo

  951. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2017 @ 0:32

    Alberto, depende da escola. Se a escola que ele reprovou oferece a progressão parcial/dependência sim.. mas caso contrário, não.

    Outra possibilidade é fazer reclassificação em um outra escola. O aluno é matriculado na série da reprova, depois de 30 dias a escola aplica uma avaliação se ele atingir os objetivos ele é reclassificado para a série seguinte.

    ok?

    abraços

  952. Edna Rúbia Vieira Peres comenta,

    janeiro 27, 2017 @ 11:29

    Bom dia! Tenho uma dúvida. É o seguinte: Concluí o meu curso de serviço social agora em dezembro e fiz a dependência de uma matéria do semestre anterior e fiquei reprovada por apenas 1 ponto, sendo que fui aprovada em todas as disciplinas, TCC, Estágio, enfim, tudo. Tenho como recorrer, conversar na faculdade i que seria possível fazer, porque recebi uma proposta de emprego e estou impossibilitada por não possuir o número do CRESS. Será que a faculdade teria alguma alternativa como entregar um trabalho para conseguir esse ponto ou até mesmo disponibilizar um certificado de curso provisório para que eu possa apresentar nessa vaga de emprego? Aguardo ansiosa pela orientação. Muito obrigada.

  953. Pâmela stéfany comenta,

    janeiro 27, 2017 @ 18:05

    Olá eu gostaria de saber o seguinte, eu fiquei de recuperação final em APENAS UMA MATÉRIA sociologia, no 1 ano do ensino médio, e não teve prova, somente eu precisaria assinar e como o diretor disse eu já teria passado, porem não foi como o esperado, eles não me passaram. existe alguma possibilidade de eu rever esse caso??

  954. Valdirene dos santos comenta,

    janeiro 29, 2017 @ 14:06

    Olá,minha filha está no 3 ano do ensino médio e reprovou em geo e artes sendo q artes ficou com cpa,posso recorrer ,mesmo que ela não aprove mas queria que pudesse recuperar só as matérias que nao aprovou!
    Se poder me ajudar agradeço muito

  955. Fabile Andrea Scorciapino comenta,

    janeiro 29, 2017 @ 23:01

    Olá, profª Sonia!

    Meu filho cursou o 9º ano em 2016 em uma escola particular em SP .Lá não há recuperação paralela, apenas exame final e anual que ocorreu nos dias 26 e 27/01/2017. Ele ficou de Quimica e Fisica ( que compõe a matéria Ciencias no boletim) não passou no exame final e tirou 7,0 no exame anual, porém juntando com a média anual ficou com a nota 5,9, sendo assim reprovado no 9º ano por 0,1 décimo em apenas esta matéria.
    A escola agiu dentro da Lei?

  956. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 31, 2017 @ 4:53

    Fabile , provavelmente…

    Depende do Regimento Escolar da escola que pode escolher o sistema de avaliação.

    Mas você poderá recorrer ok?

    Primeiro você faz o Pedido de Reconsideração e depois o Recurso caso seja indeferido o Pedido de Reconsideração.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Mas cobro honorários.

    Abraços

  957. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 31, 2017 @ 4:59

    Valdirene dos Santos, sim pode recorrer. Recorrer é direito do aluno, mas se resultará em êxito daí não se sabe, ok?

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno Pedido de Reconsideração e depois Recurso, mas cobro honorários para fazer isso.

    caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  958. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 31, 2017 @ 5:05

    Pâmela Stéfany, sim faça o Pedido de Reconsideração e depois o Recurso se negarem.

    Eu presto serviço de escrever a defesa do aluno , mas cobro honorários. Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Precisa recorrer porque ficar reprovada apenas em sociologia é o fim..

    abraços

  959. diego marcelino comenta,

    fevereiro 1, 2017 @ 4:49

    Estou passando por um problema, cursei o 7° período da faculdade que é estagio 1, durante esse período aconteceu uns problemas financeiros e consequentemente de saúde e tive algumas faltas no estagio, mas sempre relatei o que estava acontecendo ao supervisor e coordenador do curso, mais disseram que ia conversar e resolver essa pendência para que eu pode-se pagar esses dias que faltei posteriormente, mas para minha surpresa agora que estou no final do período fui informado que já estou reprovado ! sem ter nem uma explicação, ou melhor, disseram que obtive a nota suficiente do estágio mesmo cumprido todas as atividades propostas durante o período que fiz o estágio.
    queria saber o que posso fazer para reverter essa situação, pois foram 330 horas, e não posso perde além de atrasar o curso 6 meses aguardo uma resposta obrigado.

  960. Vera Lúcia do Nascimento comenta,

    fevereiro 2, 2017 @ 14:13

    Estou enfrentando um drama terrível que eu achei que tinha dependência para o 5o ano mas não tem me disseram na Secretaria de Educação que não tem na Secretaria de Educação de serão que eu tinha que convocar todas as mães que os alunos foram reprovados eu comuniquei a site mais nenhuma delas quiser aí eu já gastei o que tinha e o que não tinha o que podia para poder reverter essa história e não consigo eu gostaria mui respeitosamente saber da doutora o que eu posso fazer por que minha filha está em com dependência duas matérias matemática história e a escola particular não tem como dar essa dependência porque dizem que aqui no Rio de Janeiro não existe dependência para o 5o ano antiga quarta série O que eu faço por favor me responda o que que eu posso fazer se eu posso colocá-la numa escola que tenha quinto ano e e através do aprendizado dela se pode passar a menina no meio do ano para sexto ano que que eu posso fazer Me ajuda

  961. Matheus comenta,

    fevereiro 3, 2017 @ 14:43

    Olá Sonia
    Eu fui reprovado o fim de 2016 estava no ( 9 ano de tarde escola publica) fui reprovado por ter muitas faltas é notas abaixo da média
    to fazendo o 9 ano de novo de manhã
    eu ainda posso fazer alguma coisa algum recurso?? fazer o mesmo ano de novo é mt ruim

  962. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 5, 2017 @ 1:21

    Matheus,

    Hummm onde você mora? Você não me disse?

    Aguardo

  963. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 5, 2017 @ 4:20

    Vera, é o seguinte:

    Não há dependência para o 5o ano.
    No 5o ano se reprova ou se aprova.
    Não há nada a ser feito em relação a dependência.

    O que dá para fazer:

    1) Reclassificação na escola pública do 5o ano para o 6o ano. Verificar com a escola pública se eles tem este expediente no Regimento Escolar;

    2) Entrar com Pedido de Reconsideração na escola que reprovou a aluna e depois com Recurso.. não é fácil reverter uma reprovação mas poderá recorrer usando a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    ok?

    abraços

  964. Raquel comenta,

    fevereiro 6, 2017 @ 3:26

    Boa noite, eu estou desesperada, reprovei o 3° ano, eu quebrei o pé e fui tirada dá escola após a vice diretora não ter passado meu atestado para os demais… Quando voltei eles simplesmente me colocaram em outro número, teve pessoas que tinham menos frequência q eu, sem nota, e com DP, é simplesmente foram aprovados mesmo sem atestado, já eu tive a grande decepção de ser reprovada, minha mãe recorreu, mas gostaria de saber como vou saber se conseguir ou não o recurso
    Agradeço desde já.

  965. Matheus comenta,

    fevereiro 7, 2017 @ 16:01

    Piracicaba interior de sp

  966. Matheus comenta,

    fevereiro 7, 2017 @ 16:19

    tem como eu fazer a reclassificação ?

  967. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 7, 2017 @ 17:13

    Matheus, você terá que fazer a solicitação na escola que está matriculado, se na escola não tiver a reclassificação prevista em Regimento, terá que verificar em outra escola que tenha, ok?

    abraços

  968. Agatha olivera comenta,

    fevereiro 7, 2017 @ 22:34

    E o seguinte , eu estou perdida , por favor me ajude eu n sei oq fazer , 0ra resumir a estoria foi assin
    Eu fui buscar as notasno final do ano e ver onde eu fiquei ,
    Ai a professora e a secretaria virou pra mim e falou VOCE FICOU EM REDAÇÃO E MATEMATICA , ate ai ok , fiquei feliz pq achei q ia ficar em umas 5 , rs rs n sou muito boa aluna , mas sou muito queta , entao n atrapalho a aula nem faço diferença na vida de ninguém la , boooommm

    Ai eu fiz a recuperação de redação de matematica e no final quando eu fui pegar os resultados eu me deparei com um (Conservada )
    E todos os outros da minha sala passaram , todos , maconheiros repetentes todos
    Eu estou no 9 ano , vou pro primeiro no caso
    Eu falei com a diretora e sabe oq ela me disse ?
    Disse q eu tinha ficado em 4 materias e q eu faltei duas provas , e q por isso eu n passei
    Ah ! E tanbem me disse q se eu tivesse ido sem estudar como todos os outro e so marcasse presença de prova e tivesse tirado 0 eu teria passado ;)
    To com tanto odio , foi tao enjusto , agora tou aq depresiva a unica da sala q perdei no nono ano , primeiro dia de aula querendo morrer

  969. Matheus comenta,

    fevereiro 8, 2017 @ 0:50

    OK vou ligar amanha de tarde na escola e irei perguntar se no regimento tem a reclassificação
    Ai se tiver e só eu pedir ? ai automaticamente vou para 1 do ensino médio ?

  970. Matheus comenta,

    fevereiro 8, 2017 @ 16:41

    Liguei lá na escola, a coordenadora me disse que 9 ano não faz reclassificação
    somente do 1 pra cima que vai fazer
    ela tá certa?

  971. s.s. comenta,

    fevereiro 9, 2017 @ 2:01

    preciso muitissimo de ajuda!! estou tentando concluir o 3º ano do ensino medio no entanto fiquei de recuperação em 4 matérias, materias estas que apresento enorme dificuldades de aprendizado e ja foi ate mesmo constatados pelos meus professores de respectivas materias. no entanto, como tenho menos de 18 anosnão posso apelar por outros meios para sair deste tormento que é a recuperação. como faço parra não ter que passar por todo o processo de fazer o 3º ano mais uma vez.
    estou desesperada e parece não haver muitas saidas para mim. :(

  972. Matheus comenta,

    fevereiro 9, 2017 @ 14:49

    Sonia, eu falei pessoalmente com o diretor hoje
    ele me disse que o 9 ano só faz se os pais assinar o documento dos termos da escola para mim fazer a prova
    ele disse que não recomenda eu fazer isto
    pois eu vou terminar a escola como se tivesse pulado o 9 ano
    e não teria terminado o ensino fundamental
    ai não poderia ingressar em faculdade etc
    mas ele disse se eu quiser mesmo
    meus pais vai lá assina é eu faço em março a prova

  973. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 3:22

    Matheus, a reclassificação no 9o ano é complicada mesmo.. fica sem o certificado do ensino fundamental..

    Não é que não poderia ingressar na faculdade.. faz fica um problema aí que eu não sei como resolve.

    Siga o modelo – pede para a sua mãe ou pai fazer assim:

    À
    Direção da EE …………………..

    Assunto: Reclassificação

    Eu, (nome da mãe ou do pai), portadora do RG _________ , brasileira, residente ________n._______

    bairro _________, município de __________, responsável legal pelo aluno Matheus……………. ,

    regularmente matriculado no ano letivo de 2017, no 9o do Ensino Fundamental na EE …………… , localizada – à R.____________ , n. ________ , em mesmo município, interponho este Pedido de Reclassificação.

    Sabemos que há um impedimento para reclassificação no 9o ano do Ensino Fundamental para o 1o ano do Ensino Médio, no entanto, o Parecer CEE-SP n. 169/14 diz: “(..) deve tomar as providências para a reclassificação do aluno, nos termos da legislação vigente.” De modo que se o Conselho Estadual de Educação autorizou a reclassificação do 9o ano para o 1o ano Médio deve haver um modo de não deixá-lo sem a certificação do Ensino Fundamental e não prejudicar a sua vida acadêmica futura.

    Na certeza de poder contar com o deferimento deste meu pedido, subscrevemo-me na presente data

    ……………., 10 de fevereiro de 2017

    ___________________________

    assinatura

    ok?

    Vamos ver o que o diretor diz. Abraços

  974. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 3:29

    S.S.

    Já tentou o EJA – Educação de Jovens e Adultos somente do 3o ano do Médio? Esta é uma boa saída. Em 6 meses você termina.. Busque em escola pública (não em particular porque a maioria é ilegal)

    Já fez o Pedido de Reconsideração? Tente .. de repente os professores reconsideram .. .

    Mas acho que a saída é o EJA porque vc já tem 18 anos, ok?

    abraços

  975. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 3:53

    Matheus, sim.. de certo modo.. mas tente o que eu propus em outro comentário…

  976. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 5:14

    Agatha Olivera , mas que coisa? Onde você mora?

    Aguardo para lhe dar uma orientação ok?

    abraços

  977. Eduarda Alves comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 15:14

    eu faço segundo ano do ensino médio só que ano passado também fazer segundo ano porém eu fiquei em recuperação em 7 matérias passei em 4e foi para dependência com três matérias Porém esse ano a diretora do colégio me disse que eu tinha reprovado e vou fazer um do ano novamente eu gostaria de saber se tem alguma coisa que eu posso fazer algum recurso por quê Ela me reprovou eu estou fazendo segundo ano novamente eu vou fazer 17 anos

  978. Eduarda Alves comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 15:15

    por favor me ajuda me orienta a fazer alguma coisa pois não sei o que fazer e também não quero ficar reprovada ficar no segundo ano novamente por favor se puder responder urgente agradeço!

  979. Leticia comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 16:07

    Oi Dr. Sônia.
    Então, eu sou de Brasília e em dezembro de 2016 recebi a notícia que fui reprovada do 9 ano do ensino fundamental, até então eu não sabia desse recurso de reconsideração de reprovação, fiquei sabendo por esses dias e fui até a escola pedir o recurso de reconsideração e também para corrigir as notas das minhas provas de recuperação pois todas estavam corrigidas erradas, mas mesmo corrigidas erradas três delas ainda ficavam com a nota abaixo da média , então passaram dois dias e hoje a escola ligou dizendo que o pedido foi negado, não tem algo que eu possa fazer?
    É claro que tem consciência de tudo o que diz e se realmente eu não tivesse aprendido nada durante aquele ano letivo eu não pediria pedido de reconsideração pois prefiro aprender do que passar de ano sem nenhuma informação obtida e eu também tenho 15 anos e faço 16 no final do ano (não, nunca reprovei antes), e por causa disso que fica uma idade muito avançada para eu cursar novamente o 9 ano. Me ajuda, por favor.

  980. Matheus comenta,

    fevereiro 10, 2017 @ 20:55

    O diretor disse que não pode fazer nada, vou ficar sem o certificado do fundamental
    Mas acho que vou fazer mesmo assim
    Mas meus pais não querem assinar com medo de me prejudicar
    oq isso pode me prejudicar/ ?

  981. Mayra R Ruas comenta,

    fevereiro 13, 2017 @ 16:57

    Prezada professora, Boa Tarde!

    Estava lendo seu blog e primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo serviço prestado.

    Minha filha estudava no Cefet, colégio técnico, ela foi reprovada em três matérias de engenharia e passou nas matérias de ensino médio. Sob a alegação de não se identificar com as matérias de engenharia, pois a mesma quer o curso de medicina, ela pediu transferência para outra escola. Porém, na carta de pedido de transferência a escola não separa o ensino médio do ensino técnico e informa apenas que a aluna foi “reprovada”.
    Como proceder já que nas escolas de ensino médio levam em consideração somente as matérias do ensino médio e não as do técnico.

  982. L R B comenta,

    fevereiro 15, 2017 @ 15:42

    Boa tarde! Sou professora de apoio de uma aluna do curso de Pedagogia. Conseguiu laudo no ano passado, sendo que ja estava dois anos no primeiro ano, ou seja, ficou reprovada em algumas matérias e aprovada em outras… está tentando cursar o primeiro e segundo ano… é possivel a reprovação dela por ser laudada?
    Obrigada pela atenção.

  983. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2017 @ 4:02

    LRB , olha se é um caso de inclusão a faculdade tem que assistir esta aluna em função da lei federal n.13.146/2015, artigo 28, parágrafo 1o .

    Então, a reprovação só pode ocorrer se a aluna foi assistida pela faculdade em sua necessidade educacional especial, se não ocorreu nenhum procedimento pedagógico para ajudar a aluna ela não poderá ser reprovada.

    Ler a lei federal n.13.146/2015, artigo 28, ok?

    abraços

  984. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2017 @ 4:53

    Mayra Ruas, não tem como resolver isso infelizmente.

    O CEFET tem uma Matriz Curricular que envolve disciplinas do médio e técnicas. São duas Matrizes. Se fosse tudo certo, mas não é.

    Então, infelizmente ela ficou reprovada no ano.

    O que você poderá tentar é nesta nova escola se ela faz reclassificação. Explique para diretora que ela se saiu bem nas disciplinas do ensino médio e que você está solicitando uma reclassificação. Se a escola tiver no Regimento Escolar é o que vai resolver, ok?

    abraços

  985. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2017 @ 5:24

    Matheus vai prejudicar você futuramente .. sem o certificado do ensino fundamental poderá lhe trazer problemas para o ingresso na faculdade por exemplo.. ou se quiser prestar um concurso público..

    ok?

  986. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 17, 2017 @ 5:26

    Eduarda… onde você mora? escola pública ou particular?

    Mas convenhamos não foi a diretora que lhe reprovou.. ela não tem esse poder.. não é?

    Você ficou reprovada em três matérias é isso?

    Aguardo

  987. Lara Thamires comenta,

    fevereiro 19, 2017 @ 16:55

    Boa tarde.
    Eu estou cursando o 9°ano, Mais só que o meu professor de Artes me deixou retida por causa de meio ponto, isso estar correto???

  988. Matheus comenta,

    fevereiro 22, 2017 @ 17:40

    Entendi SÔnia mas mesmo assim vou tentar
    Eu acho que nem vou passar são questões dissertativas
    são 8 provas tem q acertar 5 em todos
    Sei q a culpa foi minha por reprovar
    mas não da para fazer o msm ano de novo não.. horrível

  989. Bia comenta,

    fevereiro 24, 2017 @ 0:39

    Boa noite, faço o 3º do ensino médio em uma escola estadual do Ceará, não consegui antingir a média em matemática fiz a recuperação mas também sem sucesso, quase 20 pessoas ficaram na recuperação e só umas 10 passaram, os demais reprovaram de ano, inclusive eu. Fiquei pensando se a escola pode me reprovar no 3º ano por apenas 1 matéria, e gostaria de saber se tem como eu entrar com algum recurso ou algum pedido.
    (Tenho mais de 75% de frequência)

  990. Bia comenta,

    fevereiro 24, 2017 @ 0:44

    Complementando minhas informações: fiz o 3º ano em 2016, mas como houve greve finalizamos agora em fevereiro de 2017.

  991. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 24, 2017 @ 2:15

    Bia, pode, pode. Se no Regimento Escolar constar que o aluno que não atingir os objetivos de um único componente curricular fica reprovado, fica.

    Agora, se vc for menor de idade poderá usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III. que concede direito do aluno contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores.

    Alternativas de luta:

    1) Fazer um Pedido de Reconsideração para a escola, se a escola indeferir seguir para o Conselho Estadual de Educação. Aí não há ato normativo que discipline o recurso, então, não há prazo para ter a resposta.

    2) Você fez ENEM ? Teve boas notas? Prestou vestibular? Foi aprovada? Se a resposta para essas perguntas for sim.. você poderá tentar uma ação judicial , obrigação de fazer para ver se o juiz concede para você a aprovação ou uma liminar para conseguir cursar a faculdade até ter resposta do Conselho Estadual de Educação.

    Mas, reverter uma reprovação não é fácil.

    Eu presto serviço de escrever o documento de defesa, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Abraços

  992. simone viana comenta,

    março 2, 2017 @ 18:32

    boa tarde! ano passado alguns professores entraram de greve e isso prejudicou muito a minha filha ela cursava o 1 ano do ensino médio.e ela foi reprovada por notas,sendo quando a professora de matemática voltou da greve passando e testes mesmo ela n sabendo,ela fez trabalhos dentro e fora de sala de aula seu nome foi pro conselho para ver se ela passaria? resultado eles a reprovaram devo recorrer mesmo que ela passe com dependencia.

  993. simone viana comenta,

    março 2, 2017 @ 19:00

    concluindo ouve aluno(a) que ficou em 5 matérias igual a minha filha e o professor passou como pode isso

  994. simone viana comenta,

    março 2, 2017 @ 19:06

    eu renovei a matrícula,mas o sistema da escola tirou o nome dela lista de Alunos.por favor me ajude!

  995. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 3, 2017 @ 15:59

    Simone, recorrer é direito da sua filha o que não quer dizer que conseguirá reverter a reprovação.

    Depende também do Estado que mora. No Estado de São Paulo há regras determinadas em outros Estados não.

    Como você não indicou onde mora não consigo lhe orientar da melhor forma, mas eu recomendo que tente.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno,mas cobro honorários para fazer isso, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  996. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 6, 2017 @ 2:27

    Lara, do ponto de vista do Regimento qualquer disciplina poderá reprovar e faltando décimos. Mas precisa ler o Regimento.

    No entanto,uma falha da direção que deveria tê-la aprovado por Conselho.

    Onde você mora? Quando soube desta sua reprovação?

    Eu presto serviço de escrever a defesa do aluno, mas cobro honorários, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  997. Lucas comenta,

    março 10, 2017 @ 4:38

    Sônia, sobre a prova de reclassificação pode ser feita até o fim do 1 bimestre né?? qd acaba esse 1 bimestre? escola publica estado de sp

  998. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 12, 2017 @ 19:06

    Lucas, não sei lhe dizer porque depende do calendário da escola. Se a escola iniciou as atividades escolares no final de janeiro mais ou menos um bimestre terá uns 40 dias letivos então vai até o final de Março.

    Mas se a escola começou as aulas em fevereiro pode se estender até Abril..

    Então, depende do calendário escolar, ok?

    O prazo para a reclassificação está expresso no Regimento Escolar e também varia de acordo com a escola.

    abraços

  999. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 17, 2017 @ 20:25

    Letícia, esse recurso do post é específico do Estado de São Paulo.

    Em Brasília não há ato normativo que discipline o recurso.

    Porém, pode solicitar via lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III ,mas não é fácil reverter uma reprovação por aí.

    ok?

    Infelizmente não consegui chegar até você antes. São centenas de pedido de ajuda e não consigo atender
    a todos no tempo necessário.

    abraços

  1000. Lucas comenta,

    março 22, 2017 @ 22:21

    Então Sônia, como vc msm disse até o final de março ou ABRIL.
    Fui fazer o pedido para a inscrição da prova, é a coordenadora me disse que o prazo máximo era até dia 15 de março. :( , tem algo que eu possa fazer ainda? estado de sp – escola publica

  1001. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 24, 2017 @ 2:46

    Lucas, puxa.. não há nada a ser feito nesta escola..

    Normas Regimentais de escolas públicas do Estado de São Paulo

    Artigo 74 – Para o aluno da própria escola, a reclassificação ocorrerá até o final
    do primeiro bimestre letivo
    e, para o aluno recebido por transferência ou oriundo de país
    estrangeiro, em qualquer época do período letivo.http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/ccs/002/28.pdf

    Então se o 1o bimestre terminou .. nada a ser feito.

    Se o bimestre ainda não terminou vc poderá questionar com este artigo a secretaria da sua escola,ok?

  1002. Ottávio comenta,

    março 29, 2017 @ 3:29

    Boa noite meu nome é Ottávio faça o curso de administração na faculdade vertice na cidade de Matipó. Fraturei a mão direita e a mão que eu escrevo. Partir do dia 18 de Abril começam as provas Qual é o procedimento que a faculdade deve tomar comigo pois não estou conseguindo escrever. Eu tenho direito de fazer a prova em dupla? Ou eu devo fazer as provas Somente depois que a mão estiver boa

  1003. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 29, 2017 @ 21:42

    Ottávio, escreva documento para o coordenador de seu curso, anexando os atestados médicos ou exames que comprovem que você fraturou perna e braço e que está impedindo de fazer as avaliações de modo normal. Que você pede que a faculdade lhe ofereça um modo de fazer as avaliações a partir das seguintes possibilidades:

    1) Alguém que possa escrever para você as questões ditas por você: você responde oralmente e esta pessoa escreve as questões.

    2) Você poderá responder as questões oralmente com ajuda de um gravador ou filmadora.

    3) Fazer as provas quando sua mão estiver apta a escrever

    4) Fazer a prova em dupla.

    ok?

    Esse documento você faz em duas vias. Uma via entrega e a outra protocola e guarda.
    Se a faculdade se recusar a lhe oferecer a prova e lhe atribuir zero daí você poderá constituir um advogado para acionar a faculdade.

    abraços

  1004. Isabela comenta,

    março 31, 2017 @ 13:32

    Olá!
    Bom dia Profa. Sônia
    Minha filha tem 16 anos, estuda no ensino médio.
    No ano de 2016 ela ficou em recuperação de Matemática. Nas demais matérias ela passou direto.
    No exame final, na prova, ela foi pega colando. Não contou à ninguém em casa do acontecido. Passado alguns dias ela foi ver o resultado e viu que estava reprovada. Voltou pra casa e co foi para a Avó dela. A mesma foi na escola e pediu uma revisão, uma nova chance. Mas os professores já tinham feito o Conselho de classe e decidiram que ela estava reprovada.
    Porém, no início desse ano, os professores fizeram um novo conselho de classe, com a Avó e minha filha. A pedido da Avó, que disse ser a responsável pela menina.
    Por unânime decidiram que ela estava reprovada.
    Agora vem o detalhe mais importante, eu a Mãe(a responsável legal pela aluna), não fui informada, nem pela filha, nem a Avó e nem os professores.
    Na data de ontem 30/03 a diretora da escola me ligou, e perguntando se eu estava sabendo que a filha tinha sido reprovada(pois na escola, os professores vinham comentando que a Mãe da aluna não estava ciente do que estava acontecendo), sendo pega colando.
    Pasmeém.
    Com minha filha, minha mãe e a escola.
    Não acreditando no que estava acontecendo. Sem chão.
    Fui à escola hoje, em reuniao. Argumentei com todos os meus pontos de vista. Não sei o que fazer diante da situação. É grave colar, eu sei.
    Mas deve ter outra saída que não seja ser reprovada, Retrocesso total!!! Tem que haver outra saída. Dizem que não posso recorrer, por já ter acontecido decisão final do Conselho de classe. É por a Avó dela, ter assinado, e “concordado” com a decisão. Meu Deus ela ficou por um ponto, só em matemática. Enfim
    Obrigada

  1005. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 31, 2017 @ 17:52

    Isabela, o problema é que estamos em início de Abril.

    Como reverter uma reprovação na altura do campeonato?

    Se você não for do Estado de São Paulo até poderia tentar, pois aqui não mais porque há prazos, mas mesmo assim quanto tempo levará para se ter uma decisão? E o ano corre.

    De modo que eu não vejo como reverter. É pena porque trata-se de um elenco de erros sucessivos – erros da filha, da avó e da escola…

    Mas … se não for do Estado de São Paulo poderá tentar.

    Eu faço a defesa do aluno, mas cobro honorários para fazer isso. Não dou garantia de êxito. Meu trabalho é escrever um documento bem fundamentado para que você tente, mas cobro honorários para fazer isso.

    Caso tenha interesse entre em contato: saranha@mpcnet.com.br e informe se a escola é pública ou privada, ok?

    abraços

  1006. Lucilene comenta,

    abril 5, 2017 @ 16:02

    Boa tarde!

    Um amigo está com uma situação na faculdade…
    Ele trabalha de turno e foi reprovado por faltas, porque uma professora não abonou para ele, apesar de ele ter obtido boas notas. Agora a faculdade cortou essa matéria do grade curricular e agora, no último semestre, lhe deram duas opções:
    1) fazer essa matéria em outra faculdade para concluir o curso, sendo que já nem é mais possível esse semestre, pois as inscrições já acabaram.
    2) pagar 8 mil por um professor para dar aula dessa matéria só para ele.
    Além do atraso e gasto financeiro, ele ainda nem poderá colar grau, pois a faculdade não permite colação simbólica.

    Isto está correto? Pois entendo que, se a matéria foi cortada, ele poderia ser dispensado. Ou então, vejo isto quase como uma alteração contratual unilateral, porque quando ele entrou, eles ofereciam a matéria e as condições para o caso de não passar o semestre, e aí eles decidem cortar a matéria e o aluno precisa arcar com isso pagando muito caro, ou indo para outra faculdade para concluir o curso.

    Poderia ter sua opinião sobre o caso, por favor?

    Att.

  1007. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 6, 2017 @ 16:56

    Lucilene, não, não é correto.

    Sugestões .. preciso saber onde fica esta faculdade. Aguardo.

    Att

  1008. José Paulo comenta,

    abril 30, 2017 @ 3:23

    Prezada Profa. Sônia Aranha,

    Peço para que ajude-me com informações, sinceramente irá parecer que estou reclamando “de boca cheia”, como diz o ditado popular, contudo continuarei em meu relato. Hoje acessei o site de divulgação de boletins online do Estado de São Paulo, e me deparei com uma situação: Em meu boletim constava de 12 matérias escolares 9 notas A, entretanto em uma das matérias consta a nota 6, correspondente a letra C, nessa determinada matéria que foi me dado nota 6 tenho 95% de frequência, tendo 1 uma falta de todas as aulas dada no bimestre. Também nas aulas dessa determinada matéria cumpri todos os requisitos, levando em consideração que não foi aplicada prova pelo professor, se a nota maxima que é aplicada para quem cumpri todos os requisitos da melhor forma possível é a nota 10, representada pela nota A, e eu não fui contemplado com ela, sabendo que conversar com o professor e resolver a maioria das situações possíveis amigavelmente seja sempre a melhor escolha, ação que ainda não tentei pois hoje não é dia letivo em minha escola, e contando com a possibilidade de uma resposta não satisfatória baseando-se no critério de justiça, como a senhora recomenda que devo proceder?

    OBS: Prezo pelas minhas notas do ensino médio pois pretendo fazer meu curso superior no exterior, onde na maioria das universidades da maioria dos países que pretendo estudar é levado em consideração as notas médias do ensino médio, o que é chamado em inglês de GPA (Grade per average).
    Segundo ponto, acredito que caso o professor não queira revisar suas notas a direção o apoiará.

  1009. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 6, 2017 @ 3:38

    José Paulo,

    1) Tente conversar com o professor solicitando uma revisão dos critérios avaliativos para você compreender como foi avaliado.

    2) Não resultando, escreva documento para a direção de sua escola explicando o ocorrido, informando que conversou com o professor sem sucesso e que a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que III – direito de contestar critérios avaliativos, podendo recorrer às instâncias escolares superiores; (isso se você for menor de idade, isto é, menor de 18 anos)

    Peça que quer saber os critérios avaliativos aplicados.

    ok?

    abraços

  1010. Leandro comenta,

    maio 11, 2017 @ 23:45

    Olá professora, vc sabe se no 9 ano escola publica estado de sp
    reprova se tirar notas com uma média de 3, 4 ,5 ( máximo )reprova?
    Mas ter bem poucas faltas? até o fim do ano
    É um aluno que não conversa na sala de aula só não tem bom rendimento com as matérias

  1011. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 15, 2017 @ 21:32

    Leandro, reprova sim.

    Há duas condições para ser aprovado:

    1) Média 5,0 em todas as disciplinas e em todos os bimestres

    2) Frequência de 75%

    Se tiver o 1 e não o 2 reprova
    Se tiver o 2 e não o 1 reprova

    ok?

    abraços

  1012. Theodora comenta,

    maio 22, 2017 @ 9:34

    Oi, eu tenho 18 anos e estou cursando o 3 ano do ensino médio. Reprovei a 8 série e minha mãe fez eu ficar mais um ano no jardim de infância contra a minha vontade. Se eles, por alguma razão me reprovarem esse ano, posso utilizar esse tal recurso?

  1013. Fernanda comenta,

    maio 22, 2017 @ 16:28

    Professora,
    Sou académica de medicina do último período. Fui reprovada em duas matérias. Uma em avaliação de conceito por duas professoras amigas, que não me avaliaram nos critérios pedidos e não me deram oportunidades de participar das atividades. Depois desta primeira reprovação, houve certa implicância por parte de outra professora. Está, até me permitiu me ausentar da última semana de aula por uma viagem que havia programado a meses antes, mas em meu retorno fui impedida de pagar estas faltas e fiquei reprovada por este motivo. Alegam que há um prazo de 15 dias ao final do módulo para pagar estas faltas, entretanto esta informação não consta em nosso planejamento. Consta apenas em ata, discutida pela comissão do internato, ao qual apenas o representante de turma tem acesso. também não consta no caderno de orientações aos internos do hospital. Ou seja, não tive conhecimento do mesmo. Além de ter sido humilhada pela professora em frente de outras pessoas, fui proibida de tentar pagar as minhas horas, mesmo ainda em prazo vigente. Enviei recurso de reconsideração a Coordenação de medicina e a Coordenação superior a esta. Agora me falta apenas o colegiado, mas não creio que consiga reverter, pois há um corpoorativismo muito intenso entre eles. Terei de ficar aqui, mais quase seis meses, me submetendo a essa pressão com medo de nova reprovação? Durante as reuniões para votação, eles distorcem os fatos, ignoram o que eu disse apresento. Além de ser praticamente impossível de conseguir provas pois eles não permitem flagrantes. Estou completamente perdida. Contando dia a dia no calendário, como um presidiário sem culpa, impotente.

  1014. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 24, 2017 @ 3:34

    Fernanda, compreendo a sua dificuldade…

    O ensino superior não tem um processo de recurso disciplinado porque cada instituição de ensino tem autonomia para se organizar enfim…

    Talvez fosse importante para você consultar um advogado para lhe amparar porque sozinha diante de um colegiado é bem difícil discutir, argumentar, enfim… talvez saindo do campo da universidade e ir para a Justiça.. mas .. somente um advogado verificando o caso com documentos comprobatórios de sua versão poderá lhe dizer se cabe seguir em defesa por um outro caminho.

    Caso tenha interesse de saber como fazer esta consulta entre em contato : saranha@mpcnet.com.br

    ok?

  1015. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 24, 2017 @ 3:38

    Theodora,se você mora no Estado de São Paulo sim. Mas, recomendo que você converse com a sua mãe para começarem a verificar o que está acontecendo agora e não deixar para reprovar e depois correr atrás.

    Estamos em Maio, qual o motivo de você achar que será reprovada?

    Você com 18 anos se ficar reprovada recomendo supletivo em 6 meses termina o sofrimento, ok?

    Mas antes verificar o motivo pelo qual o seu desempenho não está satisfatório a lhe dar receio de uma reprovação, ok?

    Eu presto serviço de consultoria educacional e havendo motivos eu faço defesa do aluno antes que o pior ocorra… entra em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1016. Ola meu nome e Driele Oliveira comenta,

    julho 6, 2017 @ 15:15

    Tenho 17 anos tava na idade certa quando cheguei ao ensino médio com 15 mais engravidei e acabei desistindo e com 16 tentei de novo mais por alguns motivos desistir de novo agora to com 17 ainda no ensino médio tentando novamente e estou com algumas notas boas porem outras não, tinha ficado em 6 matérias mais recuperei e agora to em 4 tem como eu passar ? Ou se por um a caso permanece nessas .. tem como eu passar ?

  1017. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 11, 2017 @ 17:36

    Driele sempre tem como passar porque não finalizamos o ano ainda.. mas é preciso esforço ok?

    abraços

  1018. Fabiano da silva ribeiro comenta,

    julho 21, 2017 @ 21:56

    Boa noite quero saber de algo meu filho tem 9 anos e estudar ne uma escola particular a pro deu um assunto na sala de aula de matemarica mas nao passou a avaliacao pra os pais estudar com o aluno em casa. E a mae estudo normaumente sobre matematica mas quando ele foi fazer a prova o assunto foi justamente o assunto que ela deu na sala de aula e nao passou pra os pais estudar com ele e ele tirou nota baixa justo nesse assunto ele foi prejudicado eu posso mover uma acao juridica contra a escola?

  1019. Kassia comenta,

    julho 24, 2017 @ 13:28

    Olá Sonia, muito bom dia!
    Gostaria, se possível, de uma ajuda sua. Faço faculdade e, mais da metade da minha turma(cadeira de estagio) reprovou, fizemos todo o semestre sem saber da nossa nota, o professor nunca nos falou se estávamos certos ou errados, fomos fazendo, e no final do semestre, todos surpreendidos com a reprovação. Então, o professor aplicou uma prova de substituição e, novamente a maioria da turma reprovou.
    Como devo elaborar o pedido de reconsideração e/ou recurso? A quem devo endereçar esse pedido? Algum argumento especifico?
    Atenciosamente
    Muito Obrigada

  1020. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 25, 2017 @ 2:57

    Kassia, este procedimento que eu postei é para a Educação Básica e não para o Ensino Superior.

    Na faculdade não há respaldo de um ato normativo .. infelizmente.

    Se o professor já considerou uma nova oportunidade, somente tentando com o coordenador , mas
    não vejo muita saída, infelizmente…

    vou ficar lhe devendo esta…

    abraços

  1021. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 25, 2017 @ 16:39

    Fabiano, ação não, não pode porque a escola tem autonomia para apresentar critérios e procedimentos avaliativos de modo que não,no meu entendimento não cabe uma ação na Justiça, mas a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança e adolescente podem contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores, isto é , cabe recurso no campo administrativo e não no judiciário.

    Então, você representando o aluno, poderá questionar junto a Direção da escola solicitando uma revisão de avaliação, ok? Se a escola não atendê-lo em sua reivindicação somente se o aluno for reprovado é que dá para seguir com o recurso para o Conselho Estadual de Educação e depende do Estado: Estado de São Paulo tem data certa para fazer isso e outros Estados não.

    Caso precise posso elaborar documento e orientá-lo, mas cobro honorários para fazer. Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1022. Danilo comenta,

    agosto 1, 2017 @ 12:52

    Eu repeti o primeiro ano do ensino médio num colégio que não aceita dependência, se eu for para outro colégio e fazer a dependência e o segundo ano e concluir, eu posso no próximo ano voltar para o colégio que eu tinha repetido?

  1023. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 1, 2017 @ 18:27

    Danilo,

    1) Você reprovou o 1o ano em escola sem dependência
    2) O seu histórico escolar constará reprovado no 1o ano
    3) De modo que acho que uma escola que tenha dependência não sei se poderá efetivar a matrícula, mas se conseguir, você fará o 2o ano , a dependência e se aprovado em tudo será aprovado no 1o e no 2o ano
    4) Daí poderá ser transferido para a escola que o reprovou para o 3o ano.

    Agora, o que eu não sei lhe dizer e que somente a secretaria escolar poderá lhe informar é se aceitará a sua dependência. Se aceitar e você for aprovado, sim, a escola que lhe reprovou não terá motivos para não lhe matricular no 3o ano, ok?

    abraços

  1024. Anônimo comenta,

    agosto 9, 2017 @ 16:50

    Olá…

  1025. Liana Delapola comenta,

    agosto 17, 2017 @ 13:06

    Oi bom dia…
    Meu filho sempre foi um ótimo aluno
    Até que um dia uma professora fez um comentário desagradável em uma reunião sobre ele…
    Ele ficou traumatizado e não conseguia ir a escola mais, para finalizar as provas eu acompanhava ele pq ele chorava muito… como estava no final do ano ele conseguiu fechar suas notas pois era um ótimo aluno.
    Mas no ano seguinte quando iniciou as aulas ele não conseguia entrar em sala de aula do levando ele a escola por um bom tempo e fazendo acompanhamento com pisicologa até que ele conseguiu voltar pra sala de aula…mas não consegui fazer as atividades escolar ficou com Do no primeiro ano no segundo reprovou está cursando o segundo de novo agora depois de muita ajuda familiar e de profissionais ele voltou a fazer,mas nunca tive ajuda da escola peço trabalhos pra fazer em casa com ele incentivar mas nada acontece…em casa ele é super inteligente e tem 95 por cento de presença na escola o que posso fazer para provar que ele sabe mas não consegui em sala de aula… existe possibilidade dele fazer alguma prova.

  1026. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    agosto 24, 2017 @ 17:50

    Liana Delapola,

    Você não diz de onde é e se a escola é pública ou particular, mas não há reprovação no 2o ano do Ensino Fundamental em função do ato normativo
    Resolução CNE/CBE n. 07/2010, artigo 30 http://www.soniaranha.com.br/resolucao-cneceb-n-07-14122010-novas-diretrizes-curriculares-para-o-ensino-fundamental-de-9-anos/

    http://blog.centrodestudos.com.br/resolucao-no-7-de-14-de-dezembro-de-2010/

    Os três primeiros anos não devem ocorrer reprovação.

    Infelizmente a escola fez que ele fizesse o 2o ano novamente … agora que já estamos em agosto não há nada a ser feito a este respeito. Ele não pode ficar reprovado novamente daí você terá que recorrer.

    Talvez fosse o caso de transferi-lo de escola no próximo ano.

    Você pode buscar uma psicopedagoga para fazer uma avaliação nele visando obter um relatório que apresente a sua capacidade cognitiva.

    ok?

    abraços

  1027. Marilene Ferreira comenta,

    agosto 30, 2017 @ 19:45

    Ola , estou muito traumatizada com o que está acontecendo , eu faço ejá na minha escola estava fazendo o primeiro ano , então passei para o segundo ano mas fazendo o eja , esses dias para trás me chamaram na diretoria e me falaram que eu não tinha passado que eu ia parar de fazer o ejá do segundo ano e teria que refazer o primeiro ano ,novamente gostaria de saber o que devo fazer ? Pois não consigo nem ia na aula mais por causa disso com vergonha porque nunca vi isso acontecer , eu li meu nome estava lá escrito aprovada pra depois falarem que fui reprovada.

  1028. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 4, 2017 @ 1:17

    Marilene, você não diz onde mora … mas tente solicitar uma explicação para o fato primeiro na escola e depois junto a Secretaria de Educação . Faça por escrito e protocole a sua via para que tenha prova de que solicitou uma explicação oficial para o ocorrido,ok?

    abraços

  1029. Elisa comenta,

    setembro 21, 2017 @ 3:17

    Ola ,meu filho esta com 10 anos tem def de atençao a escola não estava fazendo nada por ele iria repetir mais um ano , sem pensar nos direitos que ele poderia ter se eu tivesse ido atras , transferi meu filho para outra escola e hoje faz 2 dias , queria saber se eu tenho direito de voltar atras da vaga dele na escola sesi , pois não falaram nada dos direitos que ele tinha como portador de def de atençao ,um abraço

  1030. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 21, 2017 @ 13:39

    Elisa,

    Deixa eu ver se entendi.

    1) O seu filho estudava no SESI;
    2) Ele tem déficit de atenção diagnosticado, isto é, você tem laudo médico que atesta o D.A.
    3) No SESI não fizeram um programa de inclusão para assisti-lo da forma correta.
    4) Diante disso você resolveu transferi-lo de escola.
    5) Agora você quer transferi-lo novamente para o SESI, é isso?

    Olha o SESI é uma escola cheia de regras, difícil, conservadora, e como a lei federal n.9394/96 dá autonomia para as escolas, o SESI pode ter critérios de aceitar ou não um aluno novamente.

    Como faz dois dias tente, mas eles são bem difíceis. Mas tente, alegue que o seu filho não se adaptou.Mas vá o quanto antes porque quanto mais demora pior fica.

    Não tem direito. O SESI pode recusar o retorno.

    O SESI não é uma escola inclusiva. Para que cumpram a lei você terá que brigar.

    abraços

  1031. Duda comenta,

    setembro 21, 2017 @ 19:49

    Estou estudando o 9°ano em 5 meses.
    Por conta das graves dos professores o ano de 2016 (8°ano) terminou em Abril desse ano. E todo mundo passou pro 9°ano
    Começamos em Abril.
    Porém estou com 4 notas vermelhas (Mat,Ciências,História, Geometria.)
    Muito risco de aprovaprovação.
    Se eu reprovar posso está entrando com recuso?

  1032. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 22, 2017 @ 21:43

    Duda, se você é menor de idade poderá usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III e se for do Estado de São Paulo há um processo de recurso a ser cumprido com datas rigorosas.

    Poder, pode, porém não é fácil reverter a reprovação. Então, recomendo que redobre os estudos para não precisar do recurso, principalmente se não é do Estado de São Paulo.

    abraços

  1033. Francielli comenta,

    setembro 27, 2017 @ 9:56

    Bom dia
    Sou professora da rede municipal de ensino e atuo no 4° ano do Ensino Fundamental (anos iniciais), gostaria de saber se um aluno da sala de recurso pode ser reprovado.
    A criança está no 4° e não reconhece as vogais e nem os números. A mãe já veio até a escola e solicitou a reprovação.

  1034. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    setembro 29, 2017 @ 14:41

    Francielli, poder pode, mas há alguns aspectos que devem ser observados, a saber:

    1) O que tem este aluno?
    2) Foi feito um plano de ensino específico para ele como determina a lei federal n.13.146/2015, artigo 28?
    3) Qual trabalho pedagógico que a escola propôs para ele iniciar o processo de alfabetização? Ele atingiu o que dos objetivos pretendidos neste plano especial?
    4) Qual a defasagem dele idade x série?
    5) Em que a reprovação alterará esta situação?

    Se houver respostas plausíveis para estas questões, pode reprovar, com recomendação do que fazer pedagogicamente com este aluno em um novo 4o ano.

    É preciso entender que um aluno especial precisa de um plano de ensino diferente do de sua turma, com objetivos específicos e trabalho específico e se houve avanço deste aluno dentro do que foi proposto para ele é preciso aprová-lo.

    Leia a minha experiência com aluno de inclusão http://www.soniaranha.com.br/projeto-de-educacao-de-necessidades-especiais-um-caso/

    Abraços

  1035. Gisele Ribeiro comenta,

    outubro 17, 2017 @ 3:04

    Não entendi, se minha filha reprovar, eu posso entrar com recurso?

  1036. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 17, 2017 @ 4:03

    Gisele, sim , pode sim porque é direito dela lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III que diz que a criança e o adolescente podem contestar critérios avaliativos em instâncias escolares superiores e se for do Estado de São Paulo usar a Deliberação CEE-SP n.155/2017. Há prazos, ok?

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno. Ano passado reverti 70% dos casos que atuei. Caso precise entre em contato saranha@mpcnet.com.br

    Mas se acha que a sua filha provavelmente reprovará, entre em contato comigo antes para tentarmos algo antes do resultado final … não é fácil mas .. é direito de sua filha recorrer.

    abraços

  1037. Mário Marianelli comenta,

    outubro 20, 2017 @ 22:31

    Olá, sou estudante do ensino médio faço o 3° ano, minhas notas são todas altas, principalmente em matérias exatas, não tenho problema com nem uma matéria, com exceção de Filosofia e Geografia, fizemos uma avaliação uma a trás da outra, tempo de intervalo 1 semana para a próxima, tendo isso acabei me prejudicando nessas duas, pois sou ruim para decorar, (OBSERVAÇÃO: Não adianta eu colocar na matéria dessa tal professora, com as minhas próprias palavras, ela sempre considera algo errado, e nesses erros ela acaba descontando 1 ou raramente 0,5), as duas matérias são delas. Conclusão acabei ficando por 1,5 em uma e por 1 em outra, estou retido, não vou poder fazer faculdade ano que vem. Isso não é justo, tem alguma forma que eu possa recorrer? (Também pedi esses pontos para a professora é a diretoria ambos negaram), vontade de continuar estudando é 0. Obrigado, desde já!

  1038. Karusa Vieira da Silva comenta,

    outubro 20, 2017 @ 23:15

    Olá, meu namorado está no segundo ano mas começou a trabalhar e conseguiu que a escola deixasse ele entrar na segunda aula, mas ele trabalha muito longe da escola e não está conseguindo chegar a tempo da segunda aula e por isso ele está quase atingindo o limite de faltas.
    A minha pergunta é que se ele atingir o limite de faltas e reprovar por esse motivo, ele pode tentar fazer alguma coisa para poder passar de ano mesmo se ele reprovar por falta ?

  1039. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 21, 2017 @ 15:21

    Karusa, não… reprova por falta não tem o que fazer.

    1) Para ele reprovar tem que ter mais ou menos 250 horas de falta ou 50 dias de falta.

    2) Não reprova por disciplina e pelo total da carga horária anual. Se o 2o ano dele tem 1.000 horas é obrigado a cumprir 750 horas e pode faltar 250 horas.

    3) Reprovou por falta não tem o que fazer. Então, e ele for do Estado de São Paulo e estuda em escola pública pedir para a direção a compensação de ausência que é uma forma do aluno não reprovar por falta. Na rede pública do Estado de São Paulo eu sei que tem ato normativo que disciplina a compensação de ausência e está expressa no site da Secretaria. Em outros Estados não sei como é , mas pode pedir para a direção quem sabe é possível conseguir.

    4) No próximo ano falar se ele tem 18 anos falar para ele fazer EJA – Educação de Jovens e Adultos – apenas do 3o ano , acho que em 6 meses ele termina ou fazer em Maio a inscrição para o exame CEEJA – que é para pegar o certificado de conclusão do ensino médio. O exame ocorre em novembro.. mais ou menos..

    ok?

    abraços

  1040. Claudia Balthazar comenta,

    outubro 29, 2017 @ 10:31

    Bom dia tudo bem?
    Preciso urgentemente de sua ajuda.
    Estou dando aula particular de matemática para uma criança de 12 anos que estuda em uma escola particular . Essa criança sempre teve dificuldades com a disciplina e sempre teve aula particular para ajudá -lo nas dificuldades. Esse ano mesmo com ajuda, o aluno não está conseguindo tirar notas boas nas provas de matemática. Ele faz todas as atividades propostas pelos professores de matemática em casa. Estuda comigo, faz os exercicios de casa, porém na hora da prova, não se sai bem. A escola disse que ele será reprovado. Ele tem notas boas nas outras matérias e estuda em escola particular. O que eu faço pra orientar e ajudar essa família? Não acredito que essa criança precise ser reprovada. Quais os meios legais para impedirmos que issso aconteça?

  1041. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 29, 2017 @ 17:50

    Claudia, a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III diz que a criança ou adolescente tem direito de contestar critérios avaliativos em instâncias superiores. De modo que os responsáveis legais pelo aluno podem recorrer da decisão.

    Se você for do Estado de São Paulo, há ato normativo do CEE que disciplina o processo com prazos.

    Se você não for do Estado de São Paulo, já é mais difícil de reverter a reprovação.

    Mas é preciso tentar.

    Eu presto serviço de fazer a defesa do aluno, mas cobro honorários para isso. Ano passado consegui reverter 70% dos casos que atuei, mas 30% não… não é fácil, mas melhor tentar, sobretudo, porque os custos financeiros e emocionais são altos.

    Poderão entrar em contato comigo : saranha@mpcnet.com.br

    Preciso de uma série de dados para montar a defesa. É um processo administrativo, porém com um jeitão jurídico.

    Estou à disposição, ok?

    abraços

  1042. Sonia comenta,

    outubro 30, 2017 @ 12:06

    Bom dia , meu filho com tdah 17 anos 2 anos reprovados , esse ano ta na com metade de notas vermelhas e metade de notas azuis , frequência boa, dificuldades em escrever . não faz muita coisA EM AULA . bom de ouvido , sabe das aulas ,mas não consegue colocar nos cadernos na forma escrita , Não sei o que fazer , cada reprova ele desanima , tem, laudo médico tudo ,me ajudem não sei oq eu fazer ..

  1043. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 31, 2017 @ 4:26

    Sonia,

    Estado de São Paulo?
    Tem laudo médico entregue na escola desde o início ou no meio do ano?
    Reprovou 2 anos seguidos na mesma escola?

    Bem, se a resposta para estas perguntas for afirmativas dá para tentar reverter esta reprovação. Como ainda é novembro, recomendo que entre com um documento endereçado a direção da escola dizendo que se trata de um caso de inclusão que não foi assistida e que uma nova reprovação será um desastre.

    Se mesmo assim a escola reprová-lo, após a ciência da reprovação entrar com o Pedido de Reconsideração e depois Recurso seguindo a Deliberação CEE-SP 155/2017 se for do Estado de São Paulo.

    Outra alternativa é buscar uma reclassificação para ele em uma outra escola para 2018.

    Se ele fizer 18 anos em 2018 , outra alternativa é fazer EJA – Educação de Jovens e Adultos em escola pública para garantia de certificado válido.

    Eu presto serviço de defender o aluno,mas cobro honorários. Caso precise entre em contato consigo reverter 70% dos casos, infelizmente 30% não, ok? saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1044. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    outubro 31, 2017 @ 5:35

    Mário Marianelli, onde você mora?

    Tem como recorrer… Mas para reverter esta reprovação é preciso uma batalha.

    Eu presto serviço para elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários.

    Precisando entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1045. francisco leao comenta,

    outubro 31, 2017 @ 13:47

    Meu filho estuda em colégio militar da PM em Manaus mantido pelo estado, se ele reprovar em uma matéria eles tem o direito de nega-lo para o próximo ano?
    ele tem certa dificuldade com matemática

    grato

    francisco leao

  1046. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 1, 2017 @ 14:37

    Francisco, colégios militares possuem um Regimento Escolar severo.. afinal.. formam militares e é esta política deles.

    Então, se no Regimento Escolar constar que a reprovação ocorra em uma disciplina, ela ocorrerá, porque a lei federal n.9394/96, dá autonomia para as escolas adotarem seu projeto pedagógico como queiram, obviamente sem ferir princípios constitucionais ou direitos fundamentais.

    Com relação a matricula do próximo ano podem fazê-lo também, no entanto, no meu entendimento, caberia um recurso judicial, um mandado de segurança, porque nossa Constituição Federal (se estiver ainda vigorando.. não sabemos…) em seu Artigo 206 diz em seu inciso I : igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; A CF pede que o aluno permaneça na escola e não que seja expulso dela.

    Então, se o seu filho for reprovado (cabe recurso também , lei federal 8069/90, artigo 53, inciso III) em uma disciplina e a escola negar-lhe a matrícula, você poderá recorrer a Justiça , baseando-se na Constituição Federal Artigos 205 e 206.

    abraços

  1047. Júlia Carolina de Oliveira Cabral comenta,

    novembro 3, 2017 @ 2:39

    Olá professor Sonia, então estou no primeiro ano do ensino médio, e descobri que tinha 228 faltas, e faltei uns 3 dias ja nesse 4° bimestre. So que acontece, que esse ano na escola teve greve dos professores e fiquei o 1 bimestre sem aula e reposições foram feitas no sábado, sendo que nao tinha como eu ir por fazer inglês no sábado, e também fiquei sabendo que os professores não estavam passando conteúdo no sábado. Creio que ja passei de 250 faltas. Eu tenho notas pra passar, diante disso é capaz de eu ser reprovada? Posso entrar com recurso? Nao quero perder o ano, to desesperada. Obs: em nenhum momento a supervisão ou a coordenação chamou a minha atenção para alertar sobre minhas faltas.

  1048. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 3, 2017 @ 3:52

    Júlia, reprovação por falta é muito difícil de reverter.

    Se você for do Estado de São Paulo escola pública talvez tenha alguma chance.

    Peça compensação de ausência para a direção.

    Eu presto serviço de fazer a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso considere contratar os meus serviços entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    Não dou garantias, porque como disse não é fácil, mas tentar é melhor do que não fazer nada.

    abraços

  1049. Denise Cerqueira comenta,

    novembro 5, 2017 @ 16:16

    Bom dia, meu filho teve um problema de saúde e passou por uma cirurgia de urgência no perio de testes que antecedia as provas do 3° bimestre. Com isso se deu muito mal e ficou com 5 notas vermelhas inclusive em matérias nas quais já vinha com dificuldades desde o início do ano, a escola não me deu nenhuma assistência nem a mim nem a ele os professores nem sabiam que meu filho havia sido operado e ficou 21 dias sem ir as aulas. Eu levei o atestado e mesmo assim ele veio com todas as faltas no bimestre….o que posso fazer ele tem algum direito? Ele não pode ser reprovado por motivo de doença.

  1050. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 6, 2017 @ 15:22

    Denise, a lei federal n.9394/96 , no artigo 24 , diz sobre o controle de frequência e não há previsão de exceção alguma.

    O atestado justifica mas não abona. No entanto, em escolas públicas de alguns Estados há um expediente que é a compensação de ausência para evitar a reprovação por faltas.

    Onde mora? Escola pública ou particular?

    aguardo

  1051. Simone Correia do Valle comenta,

    novembro 7, 2017 @ 10:00

    Profa. Sônia, bom dia!
    Meu afilhado está precisando recuperar a nota de matemática. Minha dúvida, no fund. II, 6º ano, ele pode ser retido em apenas uma matéria? Ele estuda em escola particular.
    Obrigada,
    Simone

  1052. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 7, 2017 @ 13:48

    Simone, dependendo da escola pode. Se isso ocorrer, entre com recurso junto a escola e depois junto ao órgão competente.

    Caso precise presto serviço de elaborar a defesa do aluno neste processo administrativo, mas cobro honorários. Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1053. Eduardo comenta,

    novembro 10, 2017 @ 3:04

    Boa noite, estou cursando o segundo ano do ensino médio, e encontro dificuldade em algumas matérias, acredito que poderei reprovar por poucos pontos, tenho uma ótima frequência em aula. Gostaria de saber quais passos devo seguir diante de uma reprovação em 2 matérias (espanhol e redação), sendo que é meu primeiro ano de aulas de redação.

  1054. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 10, 2017 @ 18:43

    Eduardo, onde você mora? escola pública ou privada?

    Lembrando que a reprovação ocorre;

    frequência boa – desempenho não atingiu a média
    frequência ruim – desempenho bom , atingiu a média

    Para ser aprovado tem que estar com

    frequência boa e desempenho bom.

    São duas coisas e não apenas uma só ok?

    aguardo.

  1055. sarah comenta,

    novembro 15, 2017 @ 19:41

    Boa tarde. Meu filho estuda no 8º ano em escola particular e está de recuperação em todas as matérias. Corre sério risco de ser retido. Gostaria de entender mais sobre a Reconsideração. É a diretora da escola dele quem analisa? Qual a probabilidade dela aprovar meu filho se o conselho de classe o deixou retido?

  1056. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 16, 2017 @ 14:16

    Sarah,sim é a diretora que encaminha para o Conselho de Classe, a nova análise é feita pelo conjunto de professores.

    Não é a diretora que aprova e sim o Conselho que analisará novamente o assunto.

    Mas tudo depende da defesa que o responsável legal fizer. Se não houver uma defesa que demonstre, por intermédio de argumentos e fundamentos legais que houve falha da escola ou que deveriam levar em consideração algo relevante que não foi considerado, não há mesmo como alterar a reprovação.

    Se a reprovação ocorreu porque a escola falhou com o aluno ela deve ser revista.

    Leia http://www.soniaranha.com.br/avaliar-nao-e-apenas-medir/

    http://www.soniaranha.com.br/a-avaliacao-integra-os-processos-de-ensino-e-de-aprendizagem/

    Se a escola avaliou o processo de ensino/aprendizagem como determina a lei, se fez a recuperação como determina a lei, se chamou os responsáveis legais para verificar com eles o que está motivando um
    desempenho acadêmico insatisfatório , há reprovação é incontestável, porém se a escola depositou toda a responsabilidade nos ombros do aluno e nada fez para ajudá-lo é possível contestar.

    ok?

    abraços

  1057. Lucas Souza comenta,

    novembro 29, 2017 @ 11:08

    Olá, meu filho não está nada bem nas notas. O problema é que, ele foi bem nas provas mas a escola dele teve uma mostra cultural e ele não foi, então só por isso corre risco dele repetir de ano por conta dessa nota. Ele passou o ano inteiro sem nenhum amigo, deprimido e ele já passou pelo conselho nos últimos 2 anos, ele está cursando o 8° ano… Tem chance de usufruímos do recurso? Grato desde já!

  1058. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    novembro 29, 2017 @ 18:24

    Olá Lucas… sim… se você for do Estado de São Paulo é mais fácil porque aqui temos o ato normativo este do post que disciplina o recurso.

    Se você for de um outro Estado é mais difícil, mas use a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Eu presto serviço de elaborar o documento do recurso, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br relatando mais detalhes do caso.

    Abraços

  1059. Eliane de souza souza comenta,

    dezembro 7, 2017 @ 20:07

    Boa Tarde Sonia!
    Vou ser breve, se puder me ajudar agradeço.
    Minha filha saiu do sesi em abril e entrou no singular,toda a matéria da 1 etapa tinha sido passada,me informei se isso ia prejudica-la os mesmos disseram que não, e nesse mesmo mês aplicarão todas as provas sem ela ter nenhum conhecimento da matéria, pois sem querer prejudicar nenhuma escola o sesi e bem mais fraco em relação ao singular,o singular avalia o aluno dessa forma o resultado das notas subtrai de 100 e divide por dez então as notas tem que ser 50 divide por dez e fica cinco para cada matéria, Amanda minha fila nunca reprovou sempre teve boas notas apesar de tratar de depressão tem alguns transtornos de ansiedade,passa por psicólogo e psiquiatra,para ajudar ela teve uma crise não se adaptou com alguns alunos e não conseguia ir para escola só chorava ,foi medicada melhorou e voltou para a escola dai mais um semestre perdido,hoje esta estudando muito pois ficou de quarta unidade,tenho como recorrer por ter entrado com bimestre já fechando pedir média menor ao invés de 50 pontos 40,ou entrar com recurso pela sua saúde psicológica ,por favor me oriente pois ela esta sofrendo e já acha que reprovou ,fico no aguardo obrigado!

  1060. Elane kelle comenta,

    dezembro 7, 2017 @ 22:05

    Olá! Tenho um filho de 9 anos com dificuldade no aprendizado, ele está cursando o 2 ano do ensino fundamental. A direção da escola me falou hoje é ele iria ser reprovado, não aceitei essa situação. Ela falou também q procurasse outra escola pra meu filho por conta da dificuldade dele em aprender. Essa atividade está correta da escola?

  1061. Daniela Teixeira comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 4:23

    Boa noite meu filho te 15 anos e ja reprovou 3 vezes no 6 ano e aparece que vai repetir novamente tem algo a se fazer 4 anos na mesma série

  1062. Ailton Mauro Pérez comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 13:30

    Boa tarde vc teria como indicar um profissional , advogado acredito eu, pois estou na iminência da reprovação do meu filho , que é portador de defict de atenção diagnosticado e tratado com concerta e psicopedagoga .

  1063. CAMILLA comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 15:20

    Boa tarde!

    Sou estudante do terceiro ano do Cólegio de aplicação da UFRGS. E ontem fui reprovada. Gostaria de ter dicas de como posso fazer meu recurso ser aceito. Tendo em vista de que fiquei abaixo da média o ano inteiro nas disciplinas de física e matemática, ao final do ano recuperei 2 trimestres de física, mas infelizmente tentei trapacear na ultima prova de matemática, e fui pega. A questão é que sempre tive notas baixas ou medianas nessas disciplinas. Entretanto já fiz provas de ENEM, vestibular, etc, e sempre sou aprovada em todas as matérias. O que me faz questionar o objetivo da escola, é realmente me ensinar a passar em faculdades, ou não. Porém esse ano também acredito que tenha reprovado na disciplina de inglês e biologia, o problema é de que não fui informada sobre tal nota, e que acho um absurdo eu ter de recorrer sem saber minhas próprias notas. Também tenho problemas psicicologicos, minha mae e minha vó (que moram comigo) também são depressivas. O que torna difícil de estudar em casa.

  1064. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 16:03

    Camilla, difícil reverter esta reprovação em função da contravenção cometida. Se você colou e foi pega , praticamente as chances são zero do Colégio aceitar um Pedido de Reconsideração.

    Infelizmente os problemas familiares, também não são levados em consideração.

    E para piorar , aí no RS não tem ato normativo que discipline o recurso…

    Enfim.. acho que nem resolve tentar.

    Se você tem 18 anos , recomendo que faça supletivo assim resolve logo o Ensino Médio.

    Caso contrário, verifica no município em que vive se tem escola que aceita dependência. Daí você faz o ano da reprova e leva essas duas matérias de dependência, mas tem que sair do Colégio de Aplicação.

    São duas saídas.. a última é refazer a série.

    Infelizmente não são boas notícias, mas é o possível a ser feito no seu caso, ok?

    abraços

  1065. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 16:11

    Prezado Ailton,

    Sou pedagoga e com mestrado em Educação, formada pela Unicamp e faço todo o processo de recurso contra resultado final de avaliação, mas cobro honorários para fazê-lo. Atendo o Brasil todo, mas dependendo do Estado é mais fácil, por exemplo, Estado de São Paulo, mas já reverti reprovação na Bahia,Tocantis, Minas, Brasília e muitos em São Paulo.

    Já fiz mais ou menos 300 recursos de 2013 até o momento e consigo reverter a reprovação em 70% dos casos, mas 30% não.

    Caso queira entender o meu trabalho para contratar os meus serviços, entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1066. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 16:15

    Daniel Teixeira.. é preciso fazer alguma coisa.. denunciar a escola …

    Entre em contato.. saranha@mcpnet.com.br

    abraços

  1067. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 16:23

    Elane Kelle,

    1) Não há reprovação no 2o ano do Ensino Fundamental segundo a REsolução CNE/CBE n.07/2010, artigo 30

    2) A escola não pode solicitar a transferência do aluno porque ele tem dificuldade na aprendizagem

    Portanto,a atitude da escola não está correta.

    O que fazer:

    1) Elabore o Pedido de Reconsideração alegando que não se pode reprovar no 2o ano segundo ato normativo do Conselho Nacional de Educação.

    2) Se mesmo assim for indeferido, faça outro documento de nome Recurso e encaminhe para o órgão competente. Se for no Estado de São Paulo siga a Deliberação CEE-SP n.155/2017, se for outro Estado leve o caso para o Conselho Tutelar ou para o Conselho Estadual de Educação

    Eu presto serviço de elaborar o documento de defesa do aluno e ganhei na Bahia. Leia a respeito: http://www.soniaranha.com.br/conselho-estadual-de-educacao-da-bahia-aprova-aluno-do-2o-ano-do-ensino-fundamental/

    Mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1068. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 9, 2017 @ 16:38

    Eliana sim,tem como recorrer principalmente se for do Estado de São Paulo. Use a Deliberação CEE-SP n.155/2017

    Caso precise eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, e se o Singular é de Santo André já fiz recurso contra ele em 2014.

    Bem, toda a reprovação é difícil de reverter,mas se a escola tinha ciência da depressão da sua filha por intermédio de atestado médico e não assistiu dá para discutir que é um caso de inclusão não assistida,ok?

    Entre em contato saranha@mpcnet.com.br caso queira contratar os meus serviços.

    Abraços

  1069. larissa.. comenta,

    dezembro 11, 2017 @ 4:32

    Olá prof estou no 2°ano do ensino médio ,acabei de descobrir que fui reprovada,estudo em colégio particular e gostaria de saber se é mais difícil recorrer por ser uma escola particular?
    eu fiquei reprovada em 5 matérias,assim não podendo fazer a recuperação final,tenho chances ? Qual é o próximo passo ?o que devo fazer ?estou perdida.

  1070. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2017 @ 17:28

    Larissa,

    Depende do Estado. Onde você mora?

    Aguardo

  1071. MARCOS MARTINS comenta,

    dezembro 11, 2017 @ 19:40

    Boa tarde.

    Meu filho foi reprovado por ter ficado em prova final (recuperação) em mais de quatro matérias. O regulamento da escola só autoriza a recuperção final de até quatro matérias. Mas, observando suas notas, vejo que em quatro das matérias em que foi reprovado, as notas da média anual (que é 7,0) foram de 6,9, 6,8, 6,6 e 6,4. Pergunto: há norma que obrigue a escola a aproximar tais médias para 7,0, já que um, dois, quatro e seis décimos não são tão expressivos?

    Desde já, muito obrigado.

  1072. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 11, 2017 @ 20:14

    Marcos, não há.

    Porque não há:

    1) Porque cada escola é autônoma para escolher o seu sistema de avaliação e pode optar por uma escala de 0 a 10 com intervalos de décimos.

    2) Quando eu faço recurso contra o resultado final de avaliação e me deparo com escolas que usam este tipo de sistema de avaliação eu questiono inclusive com a regras de arredamento da ABNT, mas em geral resulta… é difícil …

    3) A Secretaria dirá que os pais assinaram o Contrato de Prestação de Serviço e portanto deveriam ter lido o Regimento e se aceitaram o sistema qual o motivo de questioná-lo somente agora? Sabemos que a maioria das escolas não apresenta o Regimento Escolar.

    Dá para questionar , mas para reverter uma reprovação precisa de mais argumentos.

    Você pode interpor o Pedido de Reconsideração e se for do Estado de São Paulo tem prazo para fazer isso.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa no campo administrativo. Faço isso desde 2013 e tenho conseguido 70% dos casos, mas 30% não. Mas cobro honorários para prestar este serviço. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1073. ROBSON DE MEDEIROS AZEVEDO comenta,

    dezembro 12, 2017 @ 20:46

    Meu filho está no 8º ano do ensino fundamental e ficou em recuperação e três matérias Matemática 5,9 – Literatura 5,5 e inglês 4,8. A minha duvida é a escola pode mudar a pontuação de trabalhos para reforçar as notas, pois foi realizado um trabalha de show de talento valendo três pontos e depois mudaram sem ao menos dá uma satisfação aos pais e aos alunos e isso ocorreu para essas médias.
    como posso recorrer dessa decisão da diretoria.

    Salvador-BA.

  1074. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 13, 2017 @ 12:40

    Robson, pegue o Regimento da Escola e verifique se está expresso os critérios avaliativos. O que estiver lá está a valer.

    Você pode contestar o resultado final com um Pedido de Reconsideração endereçado ao diretor caso seu filho
    fique reprovado. E se for indeferido, encaminhe para o Conselho Estadual de Educação da Bahia que é bem bacana, já consegui reverter uma recuperação na Bahia porque o CEE interferiu.

    ok?

    abraços

  1075. marcia cristina comenta,

    dezembro 13, 2017 @ 19:38

    boa tarde , gostaria de saber sobre reprovação; meu filho ficou em recuperação em matematica no 3 ano fundamental, ainda não tive resultado de prova nem testes nem trabalhos, hoje foi a recuperaçao e a professora disse que ele iria para o conselho pois ja esta reprovado, trabalhei para o governo de estado de educaçao na minha epoca nao reprovava em uma unica materia, meu filho precisava so de 5 pts para passar, a professora disse que zera as notas dele do 4 bim. porcausa da recuperaçao queria saber se isso e verdade e se apenas uma materia hoje reprova e qual meu proceder mediante isso. agradecida

  1076. Olga comenta,

    dezembro 14, 2017 @ 4:23

    Boa noite preciso de um.contato de uma boa advogada na área para entrar com recurso da escola da minha filha 8 ano
    Colégio sagrado bjs obg aguardo resposta obs:

    urgente

  1077. João manoel comenta,

    dezembro 14, 2017 @ 21:54

    oii
    estou desesperado queria saber se eu posso pedir o recurso dois anos seguidos?

  1078. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2017 @ 22:15

    João Manoel, não há nada que impeça.. é direito seu contestar critérios avaliativos, porém
    o êxito do processo não se sabe se ocorrerá.

    Dependendo do Estado que mora e do ano que estuda (sem ser 9o ou 3o Médio) pode tentar reclassificação, ok?

    abraços

  1079. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 14, 2017 @ 22:18

    Olga,

    Encaminhei e-mail para você .. posso elaborar o Pedido de Reconsideração e Recurso,mas
    se o caso requerer advogada posso indicá-la também.

    Entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1080. FABIO LUIZ CRUVINEL HORIKOSHI comenta,

    dezembro 15, 2017 @ 18:11

    BOA TARDE POR FAVOR ONDE CONSIGO UM MODELO DO Pedido de Reconsideração OBRIGADO

  1081. Vinicius Borges da Silva comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 0:20

    Não sei o que fazer ! Sou aluno de Universidade UNIRITTER DOS REIS de Porto Alegre RS. Fui reprovado por quatro décimos em um relatório do estágio obrigatório, no estagio passei. Quando recebi a noticia não tive estrutura psicologia para apesentar meu TCC , que seria na sexta feira. Tentei falar com o professor e ele me disse que não me daria os quatro décimos. Sou bolsista do FIES e meu contrato acabou em Dezembro de 2017 . O que eu posso fazer? pois não posso perder 5 anos de faculdade.
    Aguardo seu manifesto.

  1082. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 6:00

    Vinicius respondi pelo e-mail…

    Recomendo que constitua um advogado para resolver isso.. sozinho será muito difícil, ok?

    abraços

  1083. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 6:06

    Fabio, se você for do Estado de Sâo Paulo usa a Deliberação CEE-SP n.155/2017 se for de outro Estado lei federal n.8069/90,artigo 53, inciso III

    A
    Ilma(o) Sra (o)
    Diretora Pedagógica
    Colégio

    P E D I D O D E R E C O N S I D E R A Ç Ã O

    Eu , __________________________________,brasileiro(a),CPF_________, residente à ___________ responsável legal pela(o) aluna(o) _________________________ regularmente matriculada(o) no___________º ano do Ensino Fundamental (Médio), deste estabelecimento de ensino , venho mui respeitosamente e de acordo com a Deliberação CEE N.155/2017 , que dispõe sobre pedidos de reconsideração e recursos referentes aos resultados finais de avaliação de alunos, solicito que VSa, juntamente com o Conselho de Classe, venham reconsiderar o resultado final do processo de ensino/aprendizagem de minha filha.

    Relato dos fatos:

    Na certeza de que o Conselho de Classe , com a orientação de V.Sa, poderá analisar com maior clareza o processo de ensino/aprendizagem de minha filha revertendo o resultado final, é a intenção deste meu pedido que compreende uma devolutiva em um prazo de 10 dias, conforme a Deliberação CEE N.155/2017.

    Cordialmente

    Nome – assina
    Data: /12/2017

  1084. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 6:39

    Marcia Cristina,,, brigue

    Não há reprovação nos 3 primeiros anos do ensino fundamental – Resolução CNE/CBE n.07/2010 ,artigo 30.

    O CEE da Bahia também aprovou um aluno (que eu fiz o recurso) de 2o ano por conta deste ato normativo

    O CEE de São Paulo também tem Parecer n.285/2014 que diz o mesmo.

    Brigue porque não pode reprovar no 3o ano do Ensino Fundamental.

    abraços

  1085. Cláudio cesar comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 10:28

    Dra. Sônia bom dia, meu filho corre risco eminente de ficar reprovado somente em inglês, a Sra poderia me dá uma orientação, sou do Rio de janeiro e o colégio é privado?

  1086. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 16, 2017 @ 20:08

    Cláudio Cesar .. que situação .. como assim reprovar por uma única disciplina?.. se isso ocorrer sinceramente .. para tudo que eu quero descer do Brasil….

    Se ocorrer .. usar a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III para fundamentar o seu Pedido de Reconsideração, porque aí não há ato normativo que discipline o recurso como temos aqui no Estado de São Paulo.

    Se a escola indeferir o Pedido, tem Recurso e é aí que a situação fica difícil porque não tem o tal ato normativo para ajudar…

    Acho que o Recurso deve ir direto para o Conselho Estadual de Educação.

    Outra via talvez a Justiça..

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários. Consegui reverter uma reprovação em Petrópolis e outra em Parati na própria escola.. mas uma outra, na cidade do Rio, não consegui…

    Outra opção é verificar um outra escola que faça reclassificação. Aqui no Estado de São Paulo algumas escolas fazem nem todas não sei aí como é …

    Se precisar entre em contato : saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1087. Maria Fernandes comenta,

    dezembro 17, 2017 @ 23:35

    Boa noite!
    Prezada Sônia,
    Minha sobrinha recebeu o resultado que foi reprovada no 9. Ano. Porém o que a deixou com dúvidas foi que a mesma não recebeu nenhuma nota, nem a prova para saber qual foi sua pontuação e que questão ocasionou sua reprovação. Como recebeu o resultado nas vésperas da conclusão, também não teve a oportunidade de ver os professores para esclarecer essa dúvida. Gostaria de saber se é possível rever essa situação. Grata.

  1088. Cláudio cesar comenta,

    dezembro 18, 2017 @ 0:26

    Ele está no 9° ano!!

  1089. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2017 @ 1:46

    Cláudio.. ok… continua valendo a minha resposta.. reprovar no 9o ano em uma única disciplina.. nossa.. é o fim.. sem sei o que lhe dizer.. tem que tentar o Pedido de Reconsideração e Recurso junto ao Conselho Estadual de Educação, ok? Lute.. porque só assim haverá uma chance!

  1090. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 18, 2017 @ 1:47

    Maria Fernandes, interponha Pedido de Reconsideração solicitando vistas as provas e ao boletim, ok?

    Use a lei federal n.80690/90,artigo 53, inciso III se não for do Estado de São Paulo.

    Se for do Estado de São Paulo use a Deliberação CEE-SP n.155/2017 = aqui tem prazos cuidado se perder não tem como recorrer…

    abraços

  1091. Priscila comenta,

    dezembro 21, 2017 @ 13:55

    Oi
    Meu filho foi reprovado no ano de 2016. Esse ano já concluiu o primeiro ano do ensino medio. Tem como recorrer, foi reprovado por 0,5. Moramos em são paulo, estuda em escola particular.

  1092. Juciara Dantas comenta,

    dezembro 21, 2017 @ 20:16

    Oi, Sônia!
    Boa tarde!

    Moro no RS, na cidade de Canoas, minha filha foi reprovada em matemática, após um ano dificílimo, entre questões de saúde e problemas na escola. Ainda não possuo um laudo definitivo, referente a situação de saúde dela, pois ainda está fazendo exames. Gostaria de saber se tenho como recorrer aqui na minha cidade e como fazê-lo?!

    Agradeço desde já sua atenção!
    Juciara

  1093. Luiz Gustavo comenta,

    dezembro 21, 2017 @ 23:00

    MANDEI ESSE TEXTO PRA ESCOLA

    Parabéns , estão repetindo alguém pelo simples motivo de não participar de um festival , como vocês podem ser tão irresponsáveis ? Um festival interferir nas notas de todas as matérias ? O certo não seria só de arte ?

    (o principal motivo de fazer esse texto , mas infelizmente tem varios)

    vocês estão repetindo os alunos que querem , não é por nota ou ausência , até pq elas são divididas de uma maneira tão simples que mostra o desinteresse de vocês, e como reflexo o desinteresse estão também nos alunos , é tão simples resolver a situação mas vocês ficam no mesmo sistema retro , como podem chegar e somarem todas notas e dividirem por 5? Como pode a nota de comportamento ter o mesmo valor de uma PROVA? (Minha opinião comportamento se resolve na diretoria , não na nota) A prova e a principal nota , mas não, além de todo mundo colar em todas as provas sem exceção em nenhuma matéria , as apostilas que o professor pede não foram concluídas quase nenhuma esse ano, na maioria culpa dos professores , e quando não dava tempo pra eles explicar eles pedia pra fazer mesmo sem explicação como sempre um colando do outro igual um robô pra entregar pro professor na data e horário que ele quer , os cadernos então é pior , estamos no ensino médio e ainda tem professor que faz um texto gigante para a gente copiar não explica , não fala nem sobre o que estamos copiando , eu sei que professor tem autonomia na sala de aula , mas qual é o limite dela ??

    o pior que conversei com a vice , ela disse que temos que aceitar

  1094. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2017 @ 6:20

    Luiz a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III concede o direito de contestar critérios avaliativos .. se for do Estado de São Paulo há ato normativo que disciplina o recurso.. então não tem que aceitar tem que buscar o seu direito .. Pedido de Reconsideração por escrito , se indeferido , Recurso junto ao Conselho Estadual de Educação…

    ok?

    abraços

  1095. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2017 @ 6:27

    Juciara, a lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III dá o direito da criança ou adolescente contestar critérios avaliativos.. então, você deve escrever um Pedido de Reconsideração endereçado ao direitor e explicando a situação pedindo a aprovação da sua filha.. se for indeferido o seu pedido , entre com uma denúncia junto ao Ministério Público informando que é um caso de inclusão que não foi assistida e que o laudo não tem definitivo mas que a Nota Técnica 04/2014 do MEC/SECADI/DPEE diz :
    “Neste liame não se pode considerar imprescindível a apresentação de laudo médico (diagnóstico clínico) por parte do aluno com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação, uma vez que o AEE caracteriza-se por atendimento pedagógico e não clínico.”

    Tente… RS não tem ato normativo que discipline o recurso, então, é mais difícil, mas tem que tentar.. ok?

    abraços

  1096. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    dezembro 23, 2017 @ 6:44

    Priscila, não . não há recurso retroativo…

  1097. Bruna silva comenta,

    dezembro 26, 2017 @ 15:38

    Olá, moro em Belo Horizonte, MG fui reprovada no 3°EM, durante o ano tive diversos problemas de saúde, fiquei afastada por 4 meses por causa da minha gravidez ( mas smp fazendo as atividades ) e dps fiquei mais 15 dias por motivo de saúde novamente, smp ajudando minha mae tb, pois ela tb esta doente…será que posso recorrer por esses motivos ?

  1098. Michelle comenta,

    janeiro 3, 2018 @ 1:16

    Sônia, boa noite! Sou de Ribeirão Preto/SP, meu sobrinho foi reprovado, está no 1. ano do ensino médio, escola particular. Foi reprovado em 4 matérias por causa de meio ponto, em todas elas a mesma situação . Minha irmã assinou um termo de ciência na escola, no dia 19/12, e tentou saber detalhes sobre essas notas e como chegaram ao cálculo daqueles pontos, porém o coordenador que falou com ela neste dia, nem mesmo soube justificar ou explicar este cálculo. Simplesmente, disse que não tinha condições de que ele passasse para o 2.ano e pronto. Além disso, nessa conversa, estavam ela e meu sobrinho pessoalmente… tentando esclarecer e entender o porque… Este coordenador ainda teve a capacidade de citar uma aluna da sala dele, mostrando e comparando a nota dela, no sistema da escola, e dizer ainda que meu sobrinho não passou porque ele mesmo não quis, que a culpa não eh da escola. Minha irmã disse que iria entrar com recurso, pedir revisão, mas a escola simplesmente disse que poderia entrar, mas que não adiantaria nada. Enfim, minha irmã saiu de lá, muito mal, decepcionada com o atendimento e nem foi orientada a como proceder com esse pedido de recurso.
    O problema é que não tínhamos noção nenhuma dessas regras da CEE 155/2017, pra entrar com recurso…. ela tentará ir na escola amanhã, 03/01, não sabíamos desse prazo… será que ainda há o que fazer? Obs: minha irmã irá transferir ele pra outra escola, não quer que ele fique nesta escola mais.

  1099. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 3, 2018 @ 1:57

    Michelle, boa noite,

    O prazo terminava no dia 29/12. No meu entendimento vocês perderam o prazo para recorrer.

    Mas entrem em contato com a Diretoria de Ensino de Ribeirão Preto, diga que tomaram ciência
    da reprovação do dia 19/12, mas como a escola está em recesso, vocês perguntem se vocês poderão
    interpor na escola agora.

    Se a DE disser que sim , façam isso, caso contrário tente reclassificação em escola pública ou uma de Ribeirão Preto que faça a reclassificação.

    ok?

    abraços

  1100. Claudio comenta,

    janeiro 12, 2018 @ 17:14

    aluno vitima, escola vilã….geração desinteressada porque são promovidas sem muito esforço, por isso tanta diferença de escolas particulares e publicas (salvo algumas). A unica obrigação do aluno é estudar e nem isso as vezes quer fazer e chega no final do ano, um monte de pedidos de reconsideração porque o coitadinho (exceções existem) não se dedicou, a escola se torna punitiva como uma mãe brava pronta a castigar pela desobediência de estudar direito. É essa massa de profissionais que teremos no futuro, depois quero ver passar em um vestibular de medicina da usp, ops não conseguem porque nota do enem só serve para ser professor…se escola publica que promove os alunos sem esforço é tão boa não precisaria nem de cotas…desconsiderem isso os pais que assumem essa função e cobram as obrigações do filho ou o filho que rala ano todo e faz sua parte, parem de vitimar preguiçosos…post lindo mas…

  1101. Thalita comenta,

    janeiro 13, 2018 @ 23:52

    Estudo em uma escola Federal- IFRJ, e fiquei reprovada em UMA matéria- SOCIOLOGIA. Isso é certo ou posso correr atrás?

  1102. Thaís Ribeiro comenta,

    janeiro 15, 2018 @ 23:10

    Boa noite,

    Professora Sônia, por favor, preciso de uma orientação.
    Meu filho tem transtornos de aprendizagem e foi reprovado no 3º ano fundamental. Fiz o pedido de reconsideração, mas a escola manteve sua decisão. Entrei com recurso no dia 04/01 e aguardo uma resposta. A minha dúvida, no entanto, é; existe alguma forma de acompanhar o andamento do caso? Sei que o órgão responsável tem até 15 dias para dar uma devolutiva, mas, e se esse prazo não for respeitado?
    As aulas do meu filho iniciam 29/01. Se até lá eu não tiver uma resposta ele fica sem estudar?
    Você acha que eu deveria contratar um advogado para me auxiliar?
    Por favor, me dê uma luz… estou muito aflita.

    Grata,

    Thaís

  1103. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2018 @ 2:04

    Thaís, respondendo:

    1) existe alguma forma de acompanhar o andamento do caso? Não que eu saiba.

    2) Sei que o órgão responsável tem até 15 dias para dar uma devolutiva, mas, e se esse prazo não for respeitado?
    Sim, de modo geral, sim.

    3) As aulas do meu filho iniciam 29/01. Se até lá eu não tiver uma resposta ele fica sem estudar? Não, ele vai para o ano da reprovação.

    ok?

    Abraços

  1104. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2018 @ 2:17

    Thalita, está dependendo do Regimento Interno do IFRJ .. se estiver lá que reprova em uma disciplina está correto.

    Pode recorrer? Pode se for menor de idade , daí você se apoia na lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    Recorra, mas tem que ser rápido porque já estamos em 15/01 e as aulas do próximo ano letivo já iniciarão, ok?

    att

  1105. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2018 @ 2:35

    Claudio… que eu posso dizer diante de seu comentário …..que temos opiniões distintas e sabe o motivo? O motivo é que não se está discutindo aqui a qualidade do aluno. Não estou a fazer juízo de valor. O que estamos defendendo é o DIREITO que o aluno tem de solicitar o recurso concedido pela lei federal n.8060/90, artigo 53, inciso III e no Estado de São Paulo pela Deliberação CEE-SP n.155/2017.

    Se os professores e a escola cumpriram com o que determina a legislação de ensino, o aluno permanece reprovado.

    Mas se os professores e a escola descumpriram a legislação de ensino, não tem sentido reprovar o aluno, porque seria uma reprovação arbitrária e o PODER PÚBLICO, responsável para supervisionar as escolas, tem o DEVER de aprovar o aluno diante de uma processo errôneo.

    É uma questão de DIREITO, mas claro, em um país atrasado como o nosso, escravagista, que acha que o chicote no lombo é que resolve e que rasga a todo instante a nossa Constituição Federal .. fica difícil mesmo de entender o propósito de um recurso.

    Eu acredito na construção de um país DEMOCRÁTICO que segue REGRAS, LEIS E NORMAS incluindo professores e escola.

  1106. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 16, 2018 @ 3:39

    Bruna Silva, pode. Aí em Minas não há prazo para o recurso, o que é bom, por outro lado, não há ato normativo que discipline o processo de recurso.. então .. é um voo às cegas, mas tente…

    1) Primeiro é o Pedido de Reconsideração na escola , endereçado ao diretor de escola se o Conselho de Classe indeferir…

    2) Faça outro documento de nome Recurso endereçado para a Superintendência

    ok?

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha @mpcnet.com.br

    abraços

  1107. Kelli Amorim comenta,

    janeiro 17, 2018 @ 3:29

    Boa Noite Dra Sonia

    Fico agradecida pelas informações! Preciso de uma orientação fui retida no curso Tecnico de Enfermagem por faltas, devido há problemas familiares e assedio moral cometido pela professora,
    Obtive a resposta por email sobre a reprovação, no dia 18 de Dezembro e no dia 21 de Dezembro encaminhei a diretoria a carta de reconsideração de avaliação, porém até o momento não obtive resposta, mandei um email para secretária solicitando a resposta e e informaram que so depois do dia 21 de Janeiro, minha duvida é até quantos dias a escola tem para responder a carta? E se o prazo ja foi ultrpassado o que devo fazer?

  1108. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 17, 2018 @ 3:41

    Kelli depende.. se você é do Estado de São Paulo a resposta será dada após o término do recesso dos professores, porque a Deliberação CEE-SP n.155/2017 diz que durante as férias escolares o processo de recurso fica em suspensão.. então, será preciso os professores retornarem para analisarem o caso novamente.

    Está correto a informação da escola porque provavelmente aguardam o retorno dos professores que ocorre mais ou menos nesta data.

    Depois que os professores retornarem daí sim começa a correr o prazo novamente…

    ok?

    abraços

  1109. Thaís Ribeiro comenta,

    janeiro 20, 2018 @ 1:22

    Boa noite,

    Como devo proceder se a escola não encaminhar o recurso ao órgão competente? Existe alguma lei que nos auxilie nesse caso? Seria melhor contratar um advogado para me auxiliar?

  1110. Alessandra castanheira comenta,

    janeiro 20, 2018 @ 13:05

    Prof Sonia 

    Por favor me.tire uma.duvida 

    Meu filho tem 15 anos e.eata no 9o ano já foi reprovado no.2 ano pois nao estava alfabetizado 

    Ele eh um adolescente tímido de poucas palavras e com baixa auto estima 

    Já fez avaliações neuropsicologia e aponta uma distúrbio d atenção 

    Em umas das matéria que foi reprovado no.segundo trimestre ele teve nota baixa e o Colégio para minha surpresa mandou uma carta dispensando do reforço e parabenizando pelo sucesso 

    E fora que me deram a notícia da retenção um.dia depois dele viajar de formatura

    Entrei com.recurso e o Conselho negou 

    Hoje dia 17/01/218 dei entrada no Colégio para recurso junto a diretoria de ensino

    Mas estou preocupada 

    Qual a probabilidade de ser aprovado 

    E se as aulas começarem?

    Obrigada

  1111. Daniele Gomes comenta,

    janeiro 22, 2018 @ 14:17

    Bom dia!

    Sonia meu filho fez o 9° ano em 2017 e como sempre teve problemas com notas e ao fim do ano ficou retido.
    Eu entrei com um recurso onde a escola negou.
    na data de 12/12/2017 o nome dele já estava no mural como reprovado e na data de 15/12/2017 entreguei o recurso na escola.
    na semana seguinte a escola me comunicou que o recurso deveria conter a data de 26/12/2017 e me solicitou um novo papel com esta data, eu levei e segurei o da data do dia 15 e o data 26 e agora na ultima sexta feira 19/01/2018 fui solicitada a comparecer na escola onde fui informada que foi negado e junto aos papeis foram anexados relatórios onde a escola diz coisas absurdas sobre o meu filho como ele dormir o ano todo e não realizar atividades em sala e nem tarefas, e chegaram a colocar nesses relatórios que eu estaria ciente dos fatos e que as professoras teriam conversado comigo pessoalmente!
    eu não fui as reuniões e nem conversei com professor a respeito de notas…
    quando meus filhos passaram para esta escola eles tiveram uma queda muito grande nas notas, sendo que um deles eu tive que tirar da escola por conta dos professores fazerem pouco caso.
    então agora a diretora solicitou que eu entre com um recurso junto a delegacia de ensino e me disse que poderia estar levando este recurso diretamente para ela, e que ela o faria.
    eu não sei como agir diante de tanto empecilhos colocado a respeito do meu filho e mentiras absurdas inventadas conta ele.

  1112. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 22, 2018 @ 15:11

    Daniele.

    O processo de recurso no Estado de São Paulo é feito por intermédio das determinações
    da Deliberação CEE-SP n.155/2017

    O procedimento agora é você elaborar o documento de Recurso.
    Tem 5 dias corridos para fazer isso

    Ele é endereçado para o Dirigente de Ensino Regional que supervisiona a escola
    e a escola intermedia o encaminhamento e leva para a DRE.

    Mas sempre elaborar com duas vias. Uma entrega e a outra protocola e guarda.

    Nunca fazer à mão … o PODER está na palavra e na narrativa e na apresentação…

    Em geral escola diz para fazer de próprio punho.. não , faça digitalizado em um editor de texto em computador, bem formal e em ordem, caso contrário, não irão analisá-lo direito.

    A gente começa a ganhar um recurso desde a apresentação do documento.

    Então, fazer o documento (já nos falamos a respeito)à luz da legislação de ensino e entregar na escola para que a escola encaminhe para a Diretoria de Ensino.

    ok?

    abraços

  1113. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2018 @ 2:34

    Alessandra… difícil dizer … não é fácil reverter reprovação ..

    Caso a Diretoria de Ensino indefira o seu Recurso e se couber ainda cabe fazer
    o Recurso Especial para o Conselho Estadual de Educação.. demora para responder
    mas é uma possibilidade.

    Eu presto serviço de elaborar recursos, caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1114. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 30, 2018 @ 2:37

    Thaís, se você é do Estado de São Paulo poderá entrar em contato com a Diretoria de Ensino para saber se o Recurso chegou até eles. Se disserem que não, poderá interpor um documento Decurso de Prazo solicitando aprovação automática do aluno por perda de prazo da escola.

    ok?

  1115. monica comenta,

    janeiro 31, 2018 @ 23:22

    boa noite Sonia
    preciso de ajuda. meu filho ,15 anos, cursou o 1 ano Ensino Médio, em uma escola particular.Porém durante todo o ano desde o segundo bimestre fomos alertados pela coordenação da possível reprovação, isto sempre com a confirmação do boletim com notas sempre baixas, mesmo após as recuperações oferecidas pela escola.
    Pois bem, isto seguiu até o o ultimo bimestre, quando tínhamos a certeza e também a consciência de que o melhor para ele seria sim a retenção.
    Por problemas de logística e pela distancia desta escola, decidimos muda-lo para uma escola mais próxima de casa, também particular.
    Na ocasião, fez uma prova nesta nova escola para entrada para o primeiro ano do ensino médio, e assim foi feito pois estava claro tanto para nós como pela escola anterior que iria ser retido.
    Para nossa surpresa, após todas as recuperações feitas, veio a noticia que tinha sido promovido porém com DP em três matérias,Matemática, Física e Inglês.
    AO nosso entender temos certeza absoluta que ele não tem condições , base e conhecimento para ir para o 2 ano EM, porém a escola o colocou no GDAI com aprovação.
    A nova escola não pode desta forma coloca-lo no 1 ano, o que deve fazer?
    Pensando no meu filho ,quero o seu bem, não quero-o perdido novamente, como foi este ano que passou.]
    Para ele tenho certeza de que o melhor será refazer o 1 ano, como devo fazer para conseguir que a nova escola possa matricula-lo no 1 ano EM?

    mito obrigada

  1116. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    janeiro 31, 2018 @ 23:30

    Monica,

    A escola nova pode avaliá-lo desta forma porque as escolas são autônomas para escolherem seus critérios avaliativos.

    O que dá para fazer é um Pedido de Reconsideração para contestar os critérios avaliativos adotados, mas tem
    prazo para fazer isso. Da ciência da aprovação vc teria 10 dias corridos para interpor este Pedido.

    Se o prazo já passou tente assim mesmo quem sabe a direção acata .. mas é difícil.

    Peça para a direção convocar o Conselho e analisar o caso novamente.

    Se tiver no prazo e se a escola não mantiver a aprovação da´ para recorrer junto a Diretoria de Ensino.

    ok?

    abraço

  1117. Andrea comenta,

    fevereiro 6, 2018 @ 7:47

    Oi Sônia meu filho foi reprovado por falta ele fazia o 1 ano do fundamental. Eu moro longe da escola e a rota escolar ficou um bom período sem buscar os alunos e eu nao tive condições de levá-lo a escola será q posso recorrer junto a secretaria de educação pela revogação da retenção grata!

  1118. Priscila comenta,

    fevereiro 8, 2018 @ 20:17

    Boa-tarde!
    Prezada Dra.

    Minha filha estava no 1 ano do ensino média, ela mudou de escola em setembro ficou faltando entregar o histórico escolar.
    A escola repetiu ela de ano por que faltou entregar o histórico, a escola e publica.
    Eles podem fazer isso por que ela tem nota para passar de ano.
    Obrigada fico no aguardo.

  1119. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 9, 2018 @ 18:21

    Priscila,

    Claro que não!!

    Se o aproveitamento acadêmico atingiu os objetivos e ela foi aprovada não pode ficar reprovada porque não
    entregou o Histórico Escolar.

    1) Pegue o Histórico Escolar na escola origem

    2) Pegue o boletim dela do ano de 2017 da escola de origem e da escola atual

    3) Escreva documento anexando cópia dos documentos e encaminhe para a Secretaria de Educação do seu Estado a fim de Recorrer a arbitrariedade desta reprovação, ok?

    abraços

  1120. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    fevereiro 9, 2018 @ 18:23

    Andrea, onde você mora? Qual Estado?
    Aguardo

  1121. Vanessa ravena comenta,

    março 14, 2018 @ 15:43

    Boa tarde!
    Prezado Dr.

    Eu cursei o 3° ano do ensino médio em escola privada, porém desenvolve um transtorno, q me fez perder todas as provas de outubro e novembro por conta dos medicamentos a qual comecei o tratamento. No entanto, eu fui aprovada no enem e passei para o curso e biblioteconomia em uma estadual, mas a escola me deu como desistênte quando eu estava doente, tenho laudo e td, mas a escola n quis entrar em acordo. Como devo proceder diante de tal fato, sendo q ela omite todos os meus documentos carga horária, boletim??

  1122. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 14, 2018 @ 18:13

    Vanessa, você vai precisar de auxílio.

    1) Poderá iniciar junto a escola elaborando documento endereçado a direção solicitando a sua transferência;

    2) Havendo negativa ou não havendo resposta, pegar a cópia protocolada do documento entregue na escola e encaminhar para a Secretaria de Educação do seu Estado, alegando que a escola não emitiu sua transferência.

    Eu presto serviço de elaborar os documentos na fase administrativa, mas cobro honorários para fazer isso. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

    att

  1123. Vanessa comenta,

    março 20, 2018 @ 3:26

    Boa noite! No caso ela me reprovou por conta dessas perdas de provas, msm sabendo q eu estava em tratamento, como devo proceder para reivindicar essa reprovação q me fez perder uma vaga na universidade pública?

  1124. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    março 21, 2018 @ 15:31

    Vanessa, neste caso é preciso de um advogado para analisar o caso e se for o caso acionar a escola por danos… ok?

    abraços

  1125. Luciana Rocha da Cruz comenta,

    abril 2, 2018 @ 20:21

    Boa tarde, Professora Sônia!

    Minha filha foi diagnosticada com TDA e transtorno de ansiedade em 2014. Entreguei na escola o laudo da psiquiatra onde além do diagnóstico foram citados os recursos que minha filha necessitava a fim de minimizar os prejuízos na aprendizagem causados pelo transtorno. Nenhuma solicitação foi atendida durante esses anos. Enquanto isso custeava aulas particulares, terapia e outros cuidados com a saúde. Mas os constantes fracassos em algumas matérias eram inevitáveis, o que foi fragilizando cada vez mais minha filha, mas mesmo assim ela nunca desistiu, por vontade própria intensificou as aulas particulares e das 8 matérias que ela ficou em prova final apenas em 2 ela não conseguiu passar.
    Ela estuda no Colégio Pedro II no Rio de Janeiro, e devido a greve do ano de 2016, o calendário de 2017 foi comprometido e só acabou semana passada. E com a notícia que ela estava reprovada.
    Após tomar conhecimento da reprovação pela listagem fixada no pátio externo da escola procurei o setor de atendimento ao aluno. A funcionária me atendeu e me informou que devo entrar com um recurso administrativo contestando a situação final dada a minha filha.
    Por favor, o que deve constar neste requerimento?

  1126. Luciana Rocha da Cruz comenta,

    abril 2, 2018 @ 20:22

    Em tempo, parabenizo sua iniciativa em manter este blog.

  1127. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 3, 2018 @ 14:24

    Luciana Rocha Cruz, obrigada!

    1) A lei federal n.8069/90, artigo 53, inciso III.

    2) A lei federal n.13.146/2015, artigo 28

    3) O laudo médico atualizado.

    Só vai resultar se o laudo médico foi apresentado na escola com antecedência, porque o colégio poderá alegar que não sabia que a aluna tem TDA razão pela qual não a assistiu. O TDA é polêmico,alguns dizem que está incluso no artigo 28 da 13.146/2015 e outros não.. enfim.. não é assunto pacificado, embora haja jurisprudência.

    Eu presto serviço de elaborar documento para defesa do aluno em recursos contra resultado final,mas cobro honorários. Caso precise contratar meus serviços entre em contato: saranha@mpcnet.com.br . Entre em contato.

    Abraços

  1128. Luciana Rocha da Cruz comenta,

    abril 3, 2018 @ 18:44

    Professora,

    Entreguei na escola laudos no final do ano de 2014 e outro no final de 2015.
    O calendário letivo do colégio, por conta das greves, está em 2017.
    O ano letivo de 2018 só começa em 11 de abril deste ano.
    Mais uma vez fui a escola e a fala tanto da vice diretora quanto dos demais funcionários é que eles decidiram reprovar a minha filha porque ACHAM que vai ser melhor pra ela.
    Vários alunos que foram reprovados em duas disciplinas, inclusive alunos sem nenhum transtorno comprovado através de uma laudo de uma médica psiquiatra, que é o caso da minha filha, foram aprovados pelo COC.
    Se ela tem um transtorno que afeta a aprendizagem é no mínimo injusto já que ela com toda a dificuldade foi aprovada nas outras 12 disciplinas.

    Mandei um email pra senhora.

  1129. Joao Vitor Parente comenta,

    abril 4, 2018 @ 16:54

    Olá, entrei atrasado na escola e repeti o 5¤ por faltas porém no 6 fiz a prova de reclassificação e passei então continuei normalmente o 6¤, agora tenho 17 anos estou no 2 ano do ensino médio fiz a prova de reclassificação pra ir pro 3¤ fechei a prova 10 em português, matemática e fui bem na redação porém fui informado que a direção irá ver oque fazer pq eu já havia feito uma prova de reclassificação….. gostaria de saber se a uma lei que proíbe fazer 2 vezes a prova e se reclassificar? E se à alguma qual possa me apoiar?

  1130. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 5, 2018 @ 19:14

    João Vitor, não há nenhum impedimento legal que eu saiba, ok?

    abraços

  1131. Carlo comenta,

    abril 12, 2018 @ 0:36

    Vou fazer a pergunta novamente… meu filho nao quer ir a escola esta uma situacao dificil pq ele tem encoprese e nao esta indo a escola a diretora ameaçou repeti lo por falta mas estou fazendo um tratamento para ele resolver a encoprese acontece q as fezes saem sem ele querer e por isso nao quer ir a escola resolvi nao forca lo levei em uma psicologa mas achei q nao estava ajudando entao estou mudando ele faz todas as licoes e provas e vai muito bem no teste de qi deu acima de 130 … posso deixa lo ir tranquilamente qdo estiver se sentindo mais confortavel? E depois pedir reclassificação?

  1132. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 12, 2018 @ 18:58

    Carlo, desculpa mas não consigo atender a todos com a rapidez necessária.

    1) Primeiro desafio para ser resolvido é : preciso ter 75% de frequência – lei federal n.9394/96, artigo 24, inciso VI, caso contrário é reprovado.

    2) Para não reprová-lo seria importante solicitar para o psicólogo escrever um laudo médico , com CID pedindo um atendimento pedagógico domiciliar.

    3) O atendimento pedagógico domiciliar é um expediente legal para alunos que estão temporariamente ou cronicamente impedidos de frequentar a escola. A escola, fundamentada no laudo psicológico, poderá atender o seu filho de forma domiciliar, enviando tarefas para ele e aplicando avaliações.

    4) Qual é o problema de deixá-lo em casa sem o atendimento pedagógico domiciliar. A escola percebendo que ele não está frequentando a escola, será obrigada a comunicar o Conselho Tutelar, porque a frequência escolar é obrigatória dos 4 aos 7 anos. Daí o Conselho Tutelar quererá saber o motivo pelo qual o aluno não está frequentando escola.

    5) Acho prudente tentar junto a escola o atendimento escolar domiciliar, se a escola não aceitar, buscar você o Conselho Tutelar para justificar ausência e solicitar intervenção junto a escola para atendê-lo conforme a lei determina.

    6) Porém será necessário tem um laudo médico a respeito.

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno via administração por ser pedagoga e mestre em Educação, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  1133. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    abril 13, 2018 @ 21:42

    Luciana Rocha…

    Você pode entrar com um Pedido de Reconsideração contra esta reprovação já que o ano letivo começou nesta semana.

    Este Pedido de Reconsideração deve ser bem formal e fundamentado na legislação.

    Se indeferirem você entra com Recurso (outro documento) junto a Secretaria de Educação ou direto no Conselho de Educação, mas depende do seu Estado.

    Eu presto serviço de elaborar os documentos de recursos. Ano passado fiz 40 documentos e consegui reverter 70% deles, mas 30% não. No entanto, cobro honorários para fazer este trabalho. Caso precise entre novamente em contato por e-mail: saranha@mpcnet.com.br

    abraços

  1134. Luciana Rocha comenta,

    abril 19, 2018 @ 3:18

    Boa noite, Professora!

    Mandei novamente email pra senhora.

    Aguardo retorno.

    Abraços

  1135. isabella comenta,

    maio 9, 2018 @ 20:24

    Olá. No ano de 2013, eu cursei o 3 ano do ensino médio em uma escola particular do Rio de Janeiro e reprovei somente em duas matérias. Eu tenho algum respaldo jurídico ou algo do gênero para solicitar a revogação desta decisão da direção escolar?
    Abraços.

  1136. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    maio 11, 2018 @ 18:48

    Isabella, não, não tem sobretudo depois deste tempo todo. Recomendo que faça supletivo em escola pública para obter certificado válido de ensino médio ou preste o ENCEEJA – Exame Nacional de Certificado de Educação de Jovens e Adultos, inscrição em Maio e exame em outubro ou novembro.. abraços

  1137. Wesley comenta,

    julho 17, 2018 @ 9:20

    Eu estudo no IFSC de SC e reprovei em 3 materias, reprovando em 3 eu fico em pendência e não passo pro próximo semestre, mas eu estava cm muitos problemas de família nesse semestre, se meu pai for conversar sobre isso na coordenação da escola, eles me passam pro próximo semestre?
    Ou não?

  1138. Ingrid comenta,

    julho 17, 2018 @ 23:12

    Olá boa noite.

    Meu filho está no terceiro ano do fundamental, teve dificuldades em com a professora nova que era muito rígida e brigava muito. E desde o começo a professora já se queixava de dificuldades com ele. Está ameaçando reprova-lo de ano em pleno 2 bimestre, sendo que no primeiro ele tirou notas médias e acima de médias.
    Ela não permite fazer trabalhos para recuperação de nota apenas prova de recuperação.

    Como posso recorrer? A escola pode reprovar um aluno do fundamental? Tenho vídeos dele fazendo tarefas e estudando para as provas demonstrando esperteza e sabendo fazer o que se pede., por. Confesso que ele tem. Preguiça e desenteresse. Que acho normal.

    Obrigada. Aguardo seu esclarecimento para me iluminar.

  1139. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 18, 2018 @ 4:56

    Ingrid,

    Se você for do Estado de São Paulo e seu filho estuda em escola pública estadual ou particular pode começar a recorrer agora no início do próximo semestre porque há a Deliberação deste post que favorece.

    No entanto, em outros Estados já complica. Você pode tentar.

    Não há reprovação no 3o ano do Ensino Fundamental em função da Resolução CNE/CBE n.07/2010, artigo 30

    http://www.soniaranha.com.br/resolucao-cneceb-n-07-14122010-novas-diretrizes-curriculares-para-o-ensino-fundamental-de-9-anos/

    http://www.soniaranha.com.br/resolucao-no-7-de-14-de-dezembro-de-2010/

    Eu presto serviço de elaborar a defesa do aluno fundamentado na legislação, mas cobro honorários. Caso precise entre em contato: saranha@mpcnet.com.br

  1140. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 18, 2018 @ 5:05

    Wesley, acho difícil, mesmo o seu pai indo conversar.. isso tem que ser feito antes da reprovação, depois fica bem complicado.. sobretudo em escola federal em Santa Catarina.. infelizmente não há nada a ser feito.

    Att

  1141. Ana Julia comenta,

    julho 28, 2018 @ 5:36

    Olá, eu estou no terceiro ano e moro em Goiás. Tenho problemas médicos atestados por laudo que justificam faltas e notas baixas. No entanto, meu atual colegio não tem provas nem trabalhos para recuperar nota e depois de um problema pessoal eu tive que me mudar no meio do semestre. Porém no meu colegio anterior eu ainda não havia feito as provas do primeiro bimestre e quando me mudei as provas do meu novo colegio já tinham terminado. Logo, me propuseram de duplicar a nota, que é composta por nota de trabalhos, tarefas, prova bimestral e prova mensal. Acabei sendo muito prejudicada e não sei se atingirei a nota necessária para aprovação. É possível recorrer no meu caso?

  1142. Jaciara comenta,

    julho 29, 2018 @ 3:52

    Olá !
    FIZ O ENSINO MÉDIO 1979 FUI REPROVADA EM 2 MATÉRIAS QUERO VOLTA A ESTUDAR , TENHO QUE REPENTIR O ANO TODO ouDEPENDÊNCIA NAS MATÉRIAS QUE Eu Fui REPROVADAS.

  1143. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 30, 2018 @ 19:19

    Ana Julia, é possível recorrer, mas depende do seu Estado. Mas fácil é dentro do Estado de São Paulo.

    Mas o problema que eu vejo é que se fizer avaliações será melhor para você? Você estará preparada para fazer as avaliações? Se estiver você pode recorrer. Alegando que o procedimento adotado lhe causou prejuízo.

    Eu presto serviço para elaborar a defesa, mas cobro honorários, caso precise entre em contato por e-mail saranha@mpcnet.com.br informando se a escola é pública ou particular e qual é o seu ano, para que eu possa lhe pedir mais dados e inclusive o seu boletim para eu analisá-lo.

    abraços

  1144. Profa. Sônia R.Aranha comenta,

    julho 30, 2018 @ 19:31

    Jaciara,

    Tem que finalizar o ensino médio.
    Faça supletivo CEEJA apenas das disciplinas que ficou reprovada , supletivo público e flexível. Ou preste o ENCEEJA – Exame Nacional Certificações de Educação de Jovens e Adultos.

    ok?

    abraços

Por favor, Deixe um comentário aqui !