Bullying escolar,não dá para fingir que não sabe e que não viu

01/nov/2017 às 19:46 por Profa. Sônia R.Aranha em: educação

bullyingmenino

O bullying escolar é uma agressão sistemática dirigida para um aluno que de algum modo se diferencia de sua turma por ser negro ou por ser baixo, ou por ser gordo, ou alto demais , ou por simplesmente por  usar óculos, ou aparelho dentário. Não importa o motivo, mas de algum modo a vítima do bullying escolar não tem pares em sua turma, se diferencia de algum modo e torna-se vulnerável e alvo de agressão de outros alunos.

O agressor, aquele que pratica o bullying escolar não faz sozinho. Em geral, se apoia por um pequeno grupo que zomba da vítima, envia mensagens ofensivas pelo WhatsApp diariamente ou até ininterruptamente, sem folga. É isso que caracteriza o bullying escolar de uma piada eventual ou uma brincadeira entre colegas: sistemático, ofensivo, persecutório.

A vítima que pode ser criança ou adolescente  de ambos os sexos não é convidada para festinhas, não é bem-vinda em grupos de trabalho, fica isolada no recreio, é perseguida e zoada todo o tempo e exausta não atura a pressão   por não poder contar com a escola a lhe garantir segurança e acaba desenvolvendo um terror escolar, acompanhado de quadro de depressão podendo gerar tragédias, tais como : suicídio ou homicídio.

De modo que o bullying escolar não é brincadeira, cujas consequências são seríssimas.

A escola precisa estar preparada para enfrentar o bullying escolar, ouvir seus alunos, estar atenta e coibir quaisquer tipo de  denúncias para investigar e agir.

Contamos com a Lei do Combate à Intimidação Sistemática (Bullying), lei federal n.13.185/2015 que  diz:

Art. 5o  É dever do estabelecimento de ensino, dos clubes e das agremiações recreativas assegurar medidas de conscientização, prevenção, diagnose e combate à violência e à intimidação sistemática (bullying).

É dever da escola o prevenir e combater o bullying. Para que a escola esteja preparada para enfrentar este desafio é preciso investir em formação de seus quadros e para contribuir , indico o curso online que ministro Lei que Combate o Bullying e as Implicações para a Escola. (aqui)

Não há que aguardar uma tragédia ocorrer como aconteceu com uma querida aluna Larissa (nome fictício) que adquiriu paura de escola. Leia aqui a história desta adolescente aqui

Venha se preparar ! Aguardo você aqui

Tags: , ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

Comentário



É preciso parar o bullying nas escolas

28/jul/2017 às 18:22 por Profa. Sônia R.Aranha em: educação

 

É preciso parar o bullying nas escolas.

Temos uma lei federal nº 13.185/2015 que a cumpramos.

O bullying escolar mata.

Se não mata aleija para sempre.

Se você é pai ou mãe fique alerta e lute pelo seu filho.

Se você é escola, assuma a responsabilidade de criar uma campanha séria de combatendo o bullying escolar.

A vida das crianças e adolescentes correm perigo na escola.

Assista o documentário norte-americano a respeito.

Tags: ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

Comentário



13 razões para você fazer este curso

25/abr/2017 às 2:53 por Profa. Sônia R.Aranha em: Direito do Aluno

 

1) É dever da escola prevenir o bullying;

2) É dever da escola combater o bullying;

3) O sofrimento da vítima é real e cruel;

4) A vítima pode ser levada ao suicídio;

5) A escola poderá sofrer uma ação criminal;

6) A escola poderá sofrer uma ação por danos;

7) O bullying fere o Art.227 da CF;

8) O bullying fere o Artigo 5º, inciso X, CF;

9)  Entender os sinais do bullying;

10) O bullying não é explícito, mas implícito;

11)  A criança e o adolescente são prioridades;

12)  O agressor também precisa de ajuda;

13)  A vítima pode estar do seu lado.

Curso on-line  Lei de Combate ao Bullying e as implicações da escola

 

Tags: , ,

Veja Também: Sem assuntos relacionados.

Comentários (2)